1. Spirit Fanfics >
  2. .jungkook ama o hyung >
  3. One shot;;

História .jungkook ama o hyung - Capítulo 1


Escrita por:


Notas do Autor


De novo, no mesmo dia. Temos um avanço.



Para quem gosta de putaria...

Capítulo 1 - One shot;;


Jungkook sentia seu hyung socar os dedos em seu cuzinho, fundo e forte. Os pequenos membros massagevam sua próstata deliciosamente bem, deixando-o insano.

O Jeon se encontrava de quatro no meio da grande cama de casal, as roupas estavam espalhadas pelo chão, e suas pernas bem separadas uma da outra, dando passagem ao namorado.

O moreno sentia que podia desfalecer ali mesmo, de tanto prazer que sentia. Seus mamilos durinhos eram espremidos entre os próprios dedos e o pênis inchado pingava sobre o colchão, dolorido.

Mas nada realmente importava, além dos dedos do seu hyung entrando e saindo em um ritmo descomunal da sua entradinha, fazendo com que tremesse as perninhas, e implorasse logo pelo cacete do outro.

Jimin estava o torturando, Jungkook sabia muito bem disso. O mais velho tinha consciência de que o Jeon não estaria satisfeito até que gozasse bem fundo dentro dele.

O menino tinha certeza que uma das coisas que mais gostava no mundo era a porra do Park. Céus! Ser preenchido por ela era uma sensação dos deuses, que o moreno não trocaria por nada.

— O que quer, princesa? Fala para mim, hm? — O loiro roçava o pau duro na coxa do mais novo, enquanto puxava os fios longos de seu cabelo para trás.

— J-Ji… p-por favor! — Jimin não parava com as estocadas brutas, dificultando para o Jeon.

— O que disse, amor? Eu não escutei direito.

— J-Jimin! — Jungkook contraiu o cuzinho fortemente e seu corpo tremeu por inteiro. Estava a beira de um orgasmo, sem nem ter tocado o próprio pau. Jimin o deixava realmente sensível. — D-deus! Jimin m-mais... huum!

Os dedos frenéticos não paravam de maltratar o buraquinho rosado. Mas Jeon não se sentia satisfeito, queria o namorado. Queria que no lugar dos dedos talentosos fosse o pau grande, que o alargava todinho e acabava com suas pregas. Queria que fosse o membro teso e duro, que no ápice, jorrava todo o gozo para dentro de si.

Com esses pensamentos rondando a cabeça, o mais novo ejaculou forte, sem conseguir se segurar mais.

Por um curto período de tempo, apenas o barulho da respiração descompassada de Jungkook era ouvida, até o mesmo voltar a rebolar o quadril, se mostrando para o hyung.

Este via a cena maravilhado, Jeon estava acabado e ele que o tinha deixado assim. O mais novo estava jogado em sua própria porra, com apenas a bunda empinada, que rebolava no ar, toda aberta, expondo a entradinha pequena e avermelhada se contraindo em torno do nada. Park riu com escárnio desacreditado em Jungkook.  

— Meu garotinho não consegue ficar sem um pau, não é? — Levou a mão à uma banda, e a massageou. — Diga para o hyung o que quer.

— Oh… hyung, eu q-quero o seu pau… huum… me comendo bem g-gostoso. Q-quero que g-goze bem quentinho no meu cuzinho, hyung! — Jungkook soltou um gemido manhoso ao imaginar o mais velho lhe comendo forte. Precisava da porra dele. — Promete que vai me lambrecar todinho, Ji?     

— Deus, Jungkook… — Jimin ofegou com o palavreado de seu dongsaeng, que dizia todas as profanidades com uma voz quase que celestial. — O hyung vai te dar tudinho o que quiser, princesa.

Cumprindo o que disse, Park terminou a noite preenchendo seu menino, que parecia nunca se cansar. A culpa não era de Jungkook se amava seu hyung e sua porra quentinha. 


Notas Finais


bom dia, que sol brilhante né? dia bonito

Jsjskxkksjxkxpee ai ai... digo nada só observo.

Só para reforçar: ***nenhuma jimin!bottom stan foi machucada durante o processo de escrita***


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...