1. Spirit Fanfics >
  2. Jungkook e seu lado obscuro >
  3. Nunca subestime a Sn

História Jungkook e seu lado obscuro - Capítulo 10


Escrita por: yuritanakahinata

Capítulo 10 - Nunca subestime a Sn


Fanfic / Fanfiction Jungkook e seu lado obscuro - Capítulo 10 - Nunca subestime a Sn

~POV JK ON~

Estou trancando a porta, quando termino,me viro à procura da S/n,vejo a mesma indo para a direção errada, então grito afim de detê-la 


Eu: Ei! -gritei,mas sem sucesso ela nem sequer me olhou ou parou de andar,pelo contrário ela começou a andar mais rápido 


Resolvo andar até ela, mas parece que nunca irei alcançá-la, então tento apressar meus passos mas infelizmente isso não resolve, então resolvo correr até ela,estico meu braço afim de segurá-la e viro-a com rapidez,logo ela está me olhando assustada, acho que ela não esperava por isso. 


S/n: -o que está fazendo? Me solta! -grita e tenta se soltar,mas para o azar dela eu faço academia, então ela definitivamente não irá conseguir se soltar, então sem sucesso ela puxa a bolsinha de alcinha roxa dela para o lado e me acerta 


Eu: Aí! Isso dói -falo e ela continua me batendo tentando se soltar,mas mesmo assim eu resisto, não vou deixá-la sair assim,ela nem deve saber para que direção é o local onde vou levá-la 


S/n : -Eu mandei me soltar! -logo começa a me bater novamente com sua bolsa -me solta! O que você quer? -pergunta já sem paciência 


Eu: -O que eu quero? Eu quero que pare de me bater,eu quero que você perceba que esse não é o caminho que eu quero te levar -quando falo isso,logo ela abaixa a bolsa,e pede novamente para que eu a solte 


S/n : ok agora pode me soltar? -fala normal 


Eu: -Desculpa, você não me deu escolha,se tivesse parado, eu não precisaria correr atrás de você muito menos segurar seu braço -digo soltando-o, só então percebo que deixei ele roxo -Desculpa e..eu não queria ter te machucado -começo a chorar 


S/n: -Por que está chorando? -fala limpando minhas lágrimas -está tudo bem, calma, não precisa,chorar -sinto suas mãos macias tocarem na minha pele e vejo o quão dócil ela pode ser quando quer ser 


Você deve está se perguntando por que eu estou chorando. Mas acredite nem eu mesmo sei, eu sei que quando vejo a S/n me lembro da minha tia,da minha mãe,do meu pai 


Desde quando isso acontece? Bom....desde agora, ou uns minutos atrás,desde que descobri que a S/n é minha prima e que matei a sua mãe, que é a irmã da minha mãe e que automaticamente a minha tia. 


Estou tendo personalidades diferentes, porque ela me lembra 3 pessoas: 


Primeira pessoa


Meu pai,eu o odeio de todas as formas, além dele trair minha mãe com outras,ele batia nela, e graças à ele, minha mãe viveu muitos anos como se estivesse no inferno. 


E por ela me fazer lembrar do meu pai, acabo que sendo grosso, arrogante,um completo idiota com ela 


Segunda pessoa 


Minha mãe,eu a amo de todas as formas possíveis,na adolescência eu era completamente arrogante com ela,por sempre culpá-la da morte do meu pai,sem nem ao menos,me por no seu lugar,eu só a julgava. 


E por ela me fazer me lembrar da minha mãe, acabo que sendo legal, compreensivo e totalmente fofo com ela. 


Terceira pessoa


Minha tia, sempre que lembro dela começo a chorar, porque é um trauma lembrar de que eu a matei. E depois que matei ela,meu mundo desabou,eu só tomava medicamentos para me acalmar,e dormir,ouve um tempo em que eu fiquei sem comer devido às lembranças que tenho, sobre a morte dela. 


E por ela me fazer lembrar da minha tia, acabo que sendo mais sensível,choro com facilidade um completo bebezinho com ela. 


Saio novamente dos meus pensamentos, quando escuto ela me chamar 


S/n : -Não vai me responder? Por que está chorando? 


~POV JK OFF~ 


~POV S/N ON~


Depois que o Jungkook soltou o meu braço,eu o olho com fúria,e logo olho meu braço e vejo roxo,tive vontade de chorar, não por está doendo e sim por ele ter me machucado,mas antes que eu pudesse fazer alguma coisa,sou surpreendida pelo seu ato,ele se desculpa comigo 


Jungkook: Desculpa e..eu não queria ter te machucado -começou a chorar,mas não entendo o porque dele está chorando. 


Eu: -Por que está chorando? -Sem perceber acabo que colocando minhas mãos em seus olhos,afim de limpar suas lágrimas- está tudo bem, calma, não precisa,chorar, digo passando minhas mãos em seu rosto afim de acalmá-lo 


Não. Não está tudo bem! Por que eu disse que está tudo bem? O que deu em mim? Era para eu está brava com ele nesse exato momento,mas por algum motivo não consigo ficar irritada com ele,ter visto ele chorar estava me deixando triste,seu choro não pareceu nada forçado pelo contrário, pareceu muito sincero. 


Jungkook: -Eu também não sei o porque -diz tirando minhas mãos do seu rosto 


Por um momento achei que ele fosse só tirar minhas mãos de seu rosto ou empurrá-las por se sentir incomodado,mas sou surpreendida com seu ato. 


Ele segura minhas duas mãos,e começa acariciá-las, fazendo com que eu me confunda e fique corada,logo levanta minhas duas mãos até sua boca,e beija uma por uma, fico assustada e as puxo com rapidez 


Jungkook: -De.. Desculpa eu não queria ter feito isso, não foi minha intençã.. -interrompo ele dando um beijo na sua bochecha, fazendo o mesmo ficar assustado 


Eu: -Não é que eu não gostei você só me assustou,eu fiquei da mesma forma que o senhor está agora -digo me aproximando da sua orelha - não está corado nesse exato momento, está? -sussuro em um tom provocativo,mas logo sou afastada pelo mesmo 


Que foi? Não é só porque eu sou a aluna "quietinha da sala" ou "tímida" ou "sem amigos" que vai me impedir de provocá-lo, não é mesmo? 


Só uma coisinha, não me subestime! Espera,o que estou falando? O que está acontecendo comigo? Droga! 


Jungkook: -Por.. por que fez isso? Por que beijou minha bochecha? -Perguntou intrigado 


Eu: -Só estou pagando com a mesma moeda! -digo com um sorriso sínico da minha parte 


Jungkook: - O quer dizer com isso? -Perguntou curioso 


Eu: -Achei que fosse mais esperto professor, não foi o senhor que começou? Até porque quem beijou minhas duas mãos,foi o senhor! 


Jungkook: -Mas eu me desculpei 


Eu:-Tem razão,falta eu! Desculpa Professor, não foi minha intenção -digo com um sorriso de deboche -vamos? 


Ele me olha confuso,mas logo assenti,ele se vira e eu o sigo, então fico ao lado dele, até de repente ele parar 


Eu: -O que foi? Não quer mais sair? -o olho confusa 


Jungkook: -Não é isso, é só que vamos de carro - diz pegando a chave do carro do bolso e abrindo a porta do passageiro para a minha entrada -Entre! -diz se afastando para que eu possa passar e entrar dentro do veículo 


O que? Ele veio de carro? Eu andei atoa,eu realmente achei que fossemos em pé? Eu não me entendo. 


Eu: -Ah sim claro,eu vou entrar -,digo indo até a porta e adentrando nela -obrigada -digo olhando para o mesmo e vejo ele assentir 


Logo Jungkook fecha a porta,e arrodeia o carro,e entra pela porta do motorista,logo me encara e dá um sorriso de lado,o que me deixa confusa 


Ele se aproxima de mim,afim de me beijar,ele vai me beijar! Não que eu queira, até porque ele é meu professor, isso é muito tabu, porém eu amaria sentir o sabor de seus lábios, então fecho os olhos e espero o encontro de nossos lábios 


Eu não sei porque estou sendo assim,eu realmente não me entendo. Mas está muito próxima dele,me faz ter esses pensamentos estranhos na quais nunca tive com ninguém antes,mas nesse momento não estou me importando com mais nada 


Com meus olhos já fechados faço bico eu só não entendo o porque da demora do professor para me beijar,mas talvez eu que esteja adiantando as coisas,mas não ligo 


Pela demora do professor, resolvo abrir os olhos,e vê-lo com um sorriso largo ele definitivamente está segurando o riso,o que ele está pensando? 


Eu: -Do que está sorrindo? -Pergunto afim de entender o motivo do seu sorriso 


Logo que pergunto,escuto ele dando risada, de fato muito alta, parecia que ele iria morrer de tanto ri, não compreendo tamanha graça,para ele está desse jeito, então pergunto novamente 


Eu: -Ok não vai me contar? Quero ri também -pergunto e ele para de ri,chega mais perto e fala 


Jungkook: -Eu estava apenas me aproximando para colocar o seu cinto de segurança, não ia fazer o que estava em sua mente -diz colocando meu sinto 


Droga! Eu jurava que ele ia me beijar, isso parece novela,aquelas em que o protagonista pensa em fazer quaisquer coisa de pura inocência,mas daí a protagonista tem uma mente totalmente perversa,e faz coisas sem nem pensar 


De fato,eu não estou numa novela, mas só queria mencionar o que estava na minha mente. 


Estou muito envergonhada,de fato, minutos atrás eu havia beijado sua bochecha,e não senti vergonha nenhuma,mas agora,eu achava que ele fosse me beijar e... 


Saio dos meus pensamentos, removo o meu cinto de segurança, e vejo ele me olhar confuso 


Jungkook: -O que está fazendo? -Indagou estranhando minha reação 


Não falo nada, não consigo mas abro a porta,e a única coisa que consigo falar é 


Eu: -Desculpas,eu não queria ter pensado nada demais,essa não sou eu,ou sou,mas não sabia,eu não estou me entendendo,e não queria passar essa impressão para o senhor, desculpa -falo a última palavra e infelizmente saiu um fiasco total,mas logo saio do carro,e a fecho 


Logo sou surpreendida com o Jungkook, segurando meu punho, como ele chegou aqui tão rápido? 


Eu : -Qual o seu problema? -pergunto,eu não queria ter sido grossa mas infelizmente o meu tom de voz não me ajudou muito. 


~POV S/N OFF~



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...