1. Spirit Fanfics >
  2. Jungkook levou foi gaia >
  3. Capitulo Único.

História Jungkook levou foi gaia - Capítulo 1


Escrita por:


Notas do Autor


Boa leitura 🌸❤

Capítulo 1 - Capitulo Único.


Fanfic / Fanfiction Jungkook levou foi gaia - Capítulo 1 - Capitulo Único.

Depois que Jungkook pegou a sua namorada o traindo com o seu melhor amigo a sua vida mudou drasticamente. Passar a noite em bares começou a ser parte do cotidiano e ser expulso por arrumar briga também. Vivia sempre com olheiras e expressão abatida, não ligando muito pras coisas ao seu redor.

Seus pais? Foram comprar cigarro na puta que pariu!

Poxa, tinha perdido a mulher da sua vida, sua melhor amiga de infância que com o tempo foi crescendo algo a mais dentro do peito. E vê- la com seu , também ex, melhor amigo o destruiu. Deixando só a cacaquinha.

Puxaa.

Naquela noite de sexta-feira chovia e trovejava muito, Jungkook voltava de mais um bar acompanhando a musica que tocava no radio. E claro bêbado.

- EU LEVEI FOI GAIA, EUU LEVEI FOI GAIA. DAQUELAS QUE AGENTE SE ATRAPALHA. DAQRELAS QUE NOIS SE ATRAPLHA- Cantava, se embolava com a letra, mas não se abalava, continuava a cantar.

Porem por um momento de distração, o capô do carro se chocou com um corpo de uma pessoa, com o susto tentou desviar arrancando uma placa escrita ‘pare’ e batendo em um poste, fazendo sair fumaça do capô e o vidro quebrar. Jungkook pegou a garrafa aberta no banco de passageiro, saiu do veiculo – que tocava outra musica - começou a dançar debaixo da chuva com a garrafa na mão sem se importar com alguns pedaços de vidro em sua perfurando sua pele.

-Vou beijando esse copo, abraçando as garrafas Solidão é companheira nesse risca faca Enquanto 'cê não volta, eu 'tô largado às traças. Maldito sentimento que nunca se acaba. – Mexeu os quadris e deu mais um gole na garrafa - Ô ô ô, ô ô ô A falta de você, bebida não ameniza Ô ô ô, ô ô ô 'Tô tentando apagar fogo com gasolina

- Você por acaso é louco? Está bêbado e ainda dirigindo? – Ouviu o rapaz  gritando consigo – provavelmente o qual atropelou. Olhou pra trás e pode sentir seu coração bater mais rápido e a bebida andando por suas veias.

O ruivo era baixinho, pele clara, bochechudo e uma boca, que meu pai. Vestia uma blusa pólo preta assim como a calça apertada em suas coxas sendo segurada por um cinto e nos pés dois coturnos.

Bebida é muito ruim, céus. Não bebam crianças ela te faz  alucinar anjos vestidos de preto.

Estava tão imerso aos seus pensamentos que não notou quando o ruivo começou a aproxima-se de si, mas logo recuou ao sentir o cheiro de cachaça vindo do mais alto.

- Está bêbado! – Exclamou

- A-cer-tou na mos-ca bebê- respondeu cantando a musica de Tierry e riu.

- Já chega, eu vou chamar a policia, seu maluco.

E foi o que o ruivinho fez. Mas quando a policia chegou encontraram o rapaz em cima de um muro qualquer ao som de ‘ desça daí seu corno’.

Levou a musica ao pé da letra, tadinho.

Depois de tirarem Jeon em cima do muro, o levaram para a delegacia ainda cantando a bendita musica da gaia.


[...]

- Eu ainda não acredito que você me atropelou naquele dia – Disse Jimin rindo com a cabeça deitada no peito do outro que também ria.

Faziam dois anos que Jimin e jungkook se conheceram e seis meses que estavam juntos. Estavam deitados na sala do apartamento do ,agora e por enquanto, moreno para passar o final de semana. Conversando, acabaram mergulhando no mar de lembranças daquela noite.

Na época, papo vai, papo vem, e no final os dois passaram a ser amigos. Jungkook parou de beber e um sentimento a mais começou a crescer no peito alem da amizade.

- Se eu não tivesse te atropelado, não estaríamos aqui agora- Jeon respondeu após parar de rir e depositou um selar na testa do namorado.

- Nisso eu tenho que concordar- Suspirou- Você acertou na mosca hein bebe. – Olhou para o namorado e  riram. 

Depois da conversa, continuaram deitados abraçados no sofá pelo resto da noite comendo e assistindo filme.

Ô gaia da misera,viu!



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...