História Jungkook (Meu duende abusadinho) hot - Capítulo 33


Escrita por:

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS), Red Velvet
Personagens Jeon Jeongguk (Jungkook), Seulgi
Tags Jungkook Magia Hot
Visualizações 128
Palavras 905
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Aventura, Comédia, Crossover, Famí­lia, Fantasia, Festa, Ficção Adolescente, Hentai, Luta, Magia, Romance e Novela, Sobrenatural, Survival, Suspense, Terror e Horror, Universo Alternativo
Avisos: Álcool, Bissexualidade, Heterossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Capítulo 33 - Devo aceitar?


Fanfic / Fanfiction Jungkook (Meu duende abusadinho) hot - Capítulo 33 - Devo aceitar?

​Na casa de Joy e Baek

 

Pegamos carona com um gnomo e chegamos na casa dela (era uma arvore gigante e oca de dois andares) acho que na visão deles isso é luxo

Jy-Chegamos.

Sn-Wal... Mas a casa é bem de frente para a cachoeira?

Jy-Pois é? Tô começando a achar que aquele safado fez isso de proposito har Baekhyun

Desci da cabine e fui até a lagoa, haviam 5 sereias, todas eram realmente belas, cabelos longos e cacheados, escamas nos braços e uma longa cauda de peixe, na cor rosa prateada, outras tinham a cauda azul dourada e daí por diante.

entre seus dedos haviam uma pequena barbatana e guelras no pescoço, olhos completamente escuros, não tinha parte branca, apenas a íris negra

 

Sn-Há... Joy

Jy-Hum?

Sn-Não querendo desmerecer mais... Eu acho que você está confundindo, Sla, elas não parecem nem tão humanas assim

 

Jy-Claro, são piranhas

Sn-Sim, mas a anatomia delas é completamente diferente, não são feias, mas é uma beleza exótica e única delas

peguei Joy pelo braço e a trouxe para mais perto de mim

Sn-Olhe para os olhos delas, é... Estranho

Jy-Você acha mesmo?

Sn-Claro, elas têm escama barbatanas e uma cauda, na minha visão isso não é nada atraente...

Jy-E como você me explica todos os marujos e tripulantes de uma embarcação inteira que a Durdona levou? Sabe quantas vítimas elas fazem?

Sn-Bem, acho que é mais um tipo de encanto e não por uma beleza de tirar o fôlego

 

Jy-Não sei não... Ainda não gosto delas, alá ó! Começaram a cantar de novo

a Sereia sentada na pedra começou a cantarolar enquanto escovava os cabelos de outra, era algo bom de se ouvir, era uma melodia doce e contínua, no final era possível ouvir um eco suave, depois tudo começava novamente

 

Sn-Ok, acredito que essa área é bem povoada por pessoas normais e deve ser um tanto incomodo para os garotos comprometidos

Jy-não tem jeito, vou ter que aturar essa piranhas até me mudar ou atirar Baekhyun cachoeira à dentro

 

Sn-Não, espera... Diz a lenda; que há um único jeito de vencer uma sereia e mandá-la de volta para sua casa

 

Jy-E qual é?

Sn-Cantando melhor que ela

Jy-Impossível!

Sn-Nada é impossível Joy.

Jy-Eu, cantar melhor que elas?

Sn-Sim, mas se você perder, ela te leva para as profundezas do mar sem fimmm...

 

falei com uma voz assustadora e fazendo cara de terror para ela

 

Jy-Tá, eu já entendi...

Sn-Já tentou falar com elas?

Jy-Não, mas já joguei água quente nelas

 

Sn-Khê?

Joy começou a rir

Jy-Dsclpa, foi só uma vingancinha...

Sn-Loka, espera aqui, eu vou falar com elas

Jy-Boa sorte pirralha

 

Sn-Pirralha?

Jy-Tá Dsclpinha... Rsrs

saí detrás da casa e andei devagar até a beira do rio

Sn-O-olá...?

me sentei ali e uma delas se aproximou, seus cabelos eram negros e escorridos, ela se apoiou na minha perna e começou a me olha, bateu um certo medo confesso, mas não fiz nada

ela pega minha mão com aquela pele fria e sorri para mim, mostrando aqueles dentes afiados

Ad-Olá, me chamo Adella

Sn-Adella, é um belo nome, me chamo S/n

Ad-O que uma humana faz aqui? Posso sentir seu cheiro

Md-Humana?...

Sn-Bem, eu gostaria de pedir-lhe um favor, talvez seja um grande favor porém, justo

Ad-Morvarid, ela quer fazer um pedido

A sereia mais velha aproximou-se e sentou ao meu lado, pegou meus cabelos e começou a pentealos

Sn-Bem, eu gostaria de pedir que...

elas estavam sendo tão legais ainda que estranhas. Talvez Joy fosse um pouco louca surtada, não havia porque ter inveja ou ciúmes delas, eu tentei mais na hora parei

Ad-Então, o que deseja Humana?

Sn-Na verdade...

Jy-Ela e eu queremos que você e sua gangue sumam daqui

Joy apareceu do nada e elas afastaram-se mergulhando na água e se distanciando de mim

Sn-O que você fez Joy

Jy-Respondi a pergunta, é desse jeito que você veio para me ajudar? Virando amiguinha delas?

Sn-Não Joy! Pensei que você tivesse mudado mas continua a mesma, louca e obcecada pelo Baek, já parou pra refletir a que ponto isso vai te levar?

Jy-Eu-Não-Sou-Obcecada.

a cada palavra que falava ela se aproximava, fui andando para trás e sem querer pisei numa pedra perdendo o equilíbrio e quase caindo para trás, Joy me segurou pelo braço e tentou me puxar mas o peso estava cedendo para o meu lado

Jy-Me desclpa, eu não quis...

olhei para trás e vi Adella me olhando, ela acenou para que eu entrasse mas eu nem ao menos sabia nadar e depois, a cara delas não era muito confiável, aqueles dentes então...

Jy-Vem Sn... Segura na minha outra mão

 

Bk-Joy?

Jy-Baek?

Joy me soltou e eu caí na cachoeira

Bk-Sn!!!

a corrente estava forte, me chiquei contra algum tronco e fui levada lá pra baixo, engoli muita água e fechei os olhos... Tudo parou e quando os abri, vi Adella e Morvarid me pegando de cada lado, vi um pouco de sangue na água mas não devia ser nada muito grave, fomos para a superfície e Adella cochichou no meu ouvido

Ad-Vou te levar para a nossa casa

 

Sn-Quê? Não por favor...

Ad-Porque não? Você precisa de cuidados, está ferida

 

ela passou a mão na minha testa e lambeu o sangue

 

Sn-E-Eu vou morrer se ficar muito tempo em baixo da água

 

Md-Quer uma cauda? Posso te dar a minha em troca das suas pernas

 

ela fala passando seus dedos pela minha perna


Notas Finais


E vocês, trocariam por um dia?
Resta acreditar rsrs


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...