História Jungkook- o pai do meu marido - Capítulo 8


Escrita por:

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS)
Personagens Jeon Jungkook (Jungkook), Personagens Originais
Tags Bangtan, Bts, Hot, Jungkook, Jungkookie, Romance
Visualizações 533
Palavras 1.235
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Drama (Tragédia), Fantasia, Ficção, Romance e Novela, Shoujo (Romântico)
Avisos: Adultério, Estupro, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


MUITO OBG PELOS 80 FAVORITOS❤❤❤

Capítulo 8 - A viagem


Fanfic / Fanfiction Jungkook- o pai do meu marido - Capítulo 8 - A viagem

| 2 meses depois |

Vamos resumir o que aconteceu nesse meio tempo...

Agora eu vivo indo na casa da minha sogra, eu e o Jungkook estamos tendo um amor escondido, quase todas as vezes temos uma rapidinha 🌚

Faz 20 dias desde o primeiro dia que transei com Henry, mas também foi só um dia.

Uma vez a Hae quase pegou eu e Jungkook metendo uma (rs 🌚) mas por sorte Henry a chamou na cozinha

Hoje íamos para uma casa em uma fazenda (com uma mansão de dois andares, ar-condicionado, tv, wi-fi, desde quando é fazendo? Só porque tem terra e animais?)

Henry- amor vamos logo, o idiota do Jungkook está esperando a gente no carro  com minha omma e sua omma e appa também

- to indo, calma aí

Antes de sair olho na frente do espelho e vejo como minha barriga estava crescendo

- gorda, aish

Pego minha bolsa e vou para o carro, a viagem estava super legal, minha omma e a senhora Hae não paravam de falar

Até que sinto uma ânsia e tudo ao meu redor girava

- Jungkook para o carro

O mesmo encosta o carro, eu desço e logo vômito

Henry- amor, ta tudo bem?

- ta sim, vai na farmácia pra eu comprar um remédio por favor

Jungkook para na farmácia e eu entro sozinha, como estava suspeitando eu compro um teste de gravidez

A viagem foi chata pois o tempo todo eu estava enjoada, até finalmente chegarmos na tal "fazenda"

- eu vou no banheiro rapidinho ta

Henry- tudo bem, é ali - ele fala apontando para uma porta

Eu entro no banheiro, faço o teste e espero até dar o resultado

- positivo - falo em um sussurro e sinto uma lágrima cair

Não sei se chorava de felicidade por ter um filho, ou se chorava de tristeza por ter um filho

O pior nem é isso... O pior é que o filho é do Jungkook

Eu tenho certeza que esse filho é do Jungkook, eu só preciso mentir para o Henry que esse filho é dele

Saio do banheiro e chamo Henry em um canto

Henry- o que foi amor?

- surpresa! - falo entregando o teste de gravidez para ele

Henry- ai meu Deus, ai meu Deus, Ai.Meu.DEUS

Ele vai correndo para a sala onde todos estavam

Henry- EU VOU SER PAI

Nesse momento, o café que Jungkook tomava é cuspido na mesma hora

Todos ficaram em silêncio com um sorriso no rosto, menos Jungkook

Hae- ai meu Deus, parabéns meu filho

Ela vai abraçar ele, enquanto estava atrás de Henry, chamo Jungkook discretamente (espero) e o mesmo vem ao meu encontro

Jk- que foi - ele falava meio bravo

- Jungkook por favor, guarde esse segredo - falava ja me afogando em lágrimas

Jk- s/n o que aconteceu?-  sua reação tinha mudado, agora ele estava preocupado

- eu to grávida e... Jungkook esse filho é seu

Ele me olhava surpreso com a boca aberta

Jk- meu? Meu filho?

- você prometeu que não ia me largar

Jk- quem disse que eu vou te largar? Eu vou ter um filho! - ele falava sorrindo, estava muito feliz e parecia uma criança, eu nunca o vi tão feliz assim

Ele me abraça forte, e ele estava chorando... peraí...

Chorando?

- Jungkookie, você está bem?

Ele não diz nada e apenas assenti

Jk- você é a melhor mulher do mundo, e agora você vai me dar um filho - ele falava sussurrando em meu ouvido me abraçando mais ainda

Henry- o que tá acontecendo aqui? - ele estava alterado

Jk- eu estou dando meus parabéns pelo filho

Henry- por isso tem que abraça-la?

- Henry chega, ele só está me dando parabéns pela criança, para de ciúmes nossa

O Henry suspira pesado e sai dali

- ele é tão idiota

Jk- tenho que concordar com você, mas... espera, não me diga que

- que foi menino?

Jk- se você ta grávida, quer dizer que... Não vamos poder mais transar?

- JUNGKOOK, aigoo você só pensa nisso

Ele ri e deposita um beijo em minha testa

Jk- vamos pra sala, ou vai ficar chato a situação

Chegando lá eu sento no meio do Henry e do Jungkook, o assunto estava TÃO chato, que acabo dormindo no ombro de Henry


|Sonho on|

Eu estava grávida de 7 meses e estava passando em uma praça, quando vejo Henry apontar uma arma pra mim

Henry- SUA VADIA, EU SEI QUE ESSE FILHO É DO JUNGKOOK

- Henry para, deixar eu explicar- pedia chorando

Henry- VOCÊ MENTIU PRA MIM POR 7 MESES S/N

- para por favor, me deixa em paz 


 Henry- sabe o seu queridinho Jungkook? Seu amante não é? ELE TÁ MORTO

- NÃO POR FAVOR - gritava soluçando por tanto chorar

 Henry atira na minha barriga e sinto uma dor gigante

|Sonho off|

Acordo em um pulo com falta de ar, a única coisa que eu consegui fazer era chorar e abraçar fortemente Jungkook

Foi então que senti alguém me puxar bruscamente para trás

Henry- o que aconteceu?

- eu sonhei que o Jungkook morria e que atiravam na minha barriga - falo limpando as lágrimas

Coloco minhas mãos sobre meu úteros sentindo dor

Henry- você sentiu a dor do tiro no sonho? - eu fiz que sim com a cabeça - já sei! É o nosso filho dentro de você, por isso você sentiu dor

Ao mesmo tempo que Henry sorria, Jungkook se contorcia de raiva

- é deve ser

Omma- filha me ajuda a tirar as roupas da mala por favor ?

- ajudo sim!

Fomos para o quarto dela no andar de cima e ela me olha com uma cara nada boa

- que foi?

Omma- você gosta do Jungkook?

- claro que não mãe, ta louca?

Omma- s/n não mente pra mim

- gosto dele não, ta louca

Começamos a arrumar as roupas no armário que tinha lá, até que escuto batidas na porta

Omma- pode entrar

A porta abre revelando Jungkook

Jk- desculpa atrapalhar mas... Será que a senhora pode me emprestar sua filha por um tempo?

Omma- quanto tempo?

Jk- horas ou minutos, eu não sei

Omma- vai logo, eu termino isso sozinha

Eu vou para a porta e e mesmo me puxa até um quarto (que seria dele e da Hae)

- Jungkook calma eu vou cair de cara no chão

Jk- deita naquela cama

- o que? - falo meio surpresa

Jk- deita na abençoada cama

Faço o que o maior manda e ele senta do meu lado

- kook o que você vai fazer?

Jungkook ergue minha blusa e se aproxima da minha barriga

Jk- olá criaturinha - ele fala sorrindo - eu sou seu appa sabia? Não aquele chato do Henry - o maior faz uma cara de nojo

- Jungkookie - falo batendo de leve no braço dele

Jk- ué eu só estou dizendo verdades! Mas o que importa é que eu vou te dar muito amor e carinho, você pode contar comigo e me dar muitos beijos ta? Eu gosto muito de beijos, principalmente se for de um filho ou de uma pessoas que eu amo  muito - ele fala segurando minha mão

- eu te amo muito meu amor, meu coelhinho fofo

Jk- eu também te amo muito

Nós sorrimos e nos beijamos

Escuto a porta se abrir

??- mas o que...



Notas Finais


Vishh...


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...