História Jungkook oppa - Capítulo 21


Escrita por:

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS)
Tags Romance
Visualizações 91
Palavras 1.931
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Aventura, Comédia, Famí­lia, Festa, Hentai, Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Shoujo-Ai, Yuri (Lésbica)
Avisos: Álcool, Bissexualidade, Heterossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Meio tarde mas acabei meu rascunho agora
Boa leitura ❤️💛

Capítulo 21 - Maldita hora


Fanfic / Fanfiction Jungkook oppa - Capítulo 21 - Maldita hora

Cheguei na casa da minha omma depois de tempo, ela mora a alguns quilômetros em um lugar no interior de farroupilha Rs, decidi que dormiria na casa dela essa noite, já era muita informação na minha cabeça para um dia só.
*5:53am*
Levantei e minha omma ainda estava dormindo, em silêncio me levantei e fiz minhas higienes matinais, fui até a cozinha e preparei um café, deixei uma chácara para minha omma em cima da mesa com um bilhete "bom dia omma, espero que tenha dormido bem, já fui trabalhar tenha um ótimo dia te amo" peguei minhas coisas me vesti e fui até a cidade novamente para o escritório. Fiz meu passe na entrada e cumprimentei os seguranças na porta com um sorriso que foi retribuído, peguei o elevador, estava tudo ótimo até 
 xXx: espera! Segura o elevador pra mim ! 
Era só o jungkook pra estragar com o meu dia quase perfeito, aish! 
- entra jungkook!  
- Jk: obrigada e bom dia pra você também senhorita ___!
- Bom dia jeon jungkook! 
 Apertei o andar da minha sala e subimos em silêncio, o elevador chegou e jungkook segurou para mim passar (como se fosse preciso) e logo em seguida ele veio atrás, entramos na sala e sentamos em nossa mesas, e como sempre jungkook não tinha nada pra fazer, e eu cheia de papelada pra resolver mesmo sendo só uma estagiária. Vejo jungkook se levantar e vim até minha mesa 
- Jk: e então, to pensando em um lugar pra gente almoçar, você tem ideia?
- Como assim a gente?
- Jk: é pensei que agora a gente almoça juntos não é mesmo?
- Tá pode ser, eu conheço um lugar aqui pertinho tem umas comidas gostosas e baratinhas.
- Jk: tá pode ser a gente vai de carro! Mesmo que seja perto não to afim de andar.
- Preguiçoso como sempre! 
 Ele volta para sua mesa e eu continuo meu trabalho, sabe na verdade acho até bonitinho ele se esforçar pra me conquistar assim, ele é fofo mas não posso amolece assim, por mais que tenha sido eu que errei mas passado é passado não quero cair na conversinha dele, não mais. 

*10:45am*
Jk: e então vamos almoçar? 
- vamos deixa eu só empilhar esses papéis...... E pronto vamos ! 
- Jk: vai ter que me mostrar o caminho!
Fomos dirigindo de vagarinho até o restaurante da minha mãe, claro que não contei a jungkook que o restaurante era dela, achei melhor não. Entramos pela porta que fez um barulhinho de sino avisando a chegada de clientes, logo de cara vi minha mãe lá no fundo no balcão de olho em mim, fiz um sinal secreto nosso, que era passar o dedo no lado do nariz, indicando que conversamos depois que por enquanto não era para ela me chame de filha e sim como se fosse uma cliente qualquer, ela rapidamente entendeu o sinal. Fomos até o balcão fazer nossos pedidos 
- Vamos querer dois croasonhos desses de chocolate e morango, e dois sucos de laranja natural, por favor!
- Om: claro, vou anotar, mais alguma coisa ?
- Jk: eu vou querer uma tortas dessas salgadas também- fala jungkook em coreano para mim com cara como se estivesse morrendo de fome meu deus que fofo! 
- Ok e vamos querer essa torta salgada de frango e só!
- Om: Ok já vou levar o pedido de vocês podem se sentar em qualquer lugar!
Escolhemos um lugar perto a parede de vidro que havia mesa para duas pessoas 
- Jk: vi que você não foi pro prédio ontem, dormiu fora?
- Pode se dizer que sim !
- Jk: humm, tá bom- faz uma cara emburrada passando a língua na bochecha.
 Ficamos conversando por um tempo até nosso pedido chegar 
- Om: aqui está senhores, aproveitem a refeição!- minha mãe me olha fazendo o sinal com o dedo, dou risada e ela se retira 
- Jk: tá rindo do que ?
- Nada só estava com fome! Vamos coma! 
 Começamos a comer e jungkook parecia nunca ter comido nada igual ou estava morto de fome porque só olhava para o prato e comia rapidamente, eu olhava para ele e dava risada, escutamos o sino da porta e vimos uma mulher entrar 
- xXx: jungkook meu biscoitinho meu deus que saúdes que estava amor, o que você tá fazendo nessa cidadezinha pequena?
- Jk: lisa? O que você tá fazendo aqui no Brasil ?
- Ls: aí biscoitinho queria tranquilidade sabe é tanto trabalho merecia tirar férias! Aliás não vai me apresentar sua amiguinha que por sinal é brasileira- fala com uma cara de nojo como se eu fosse uma megera aí que nojo dessa menina 
- Jk: essa é a ___ minha funcionária e ___ essa é a lisa minha ex namorada! 
- Ls: nossa biscoitinho namorando funcionária seu nível caiu em bons tempos em que você pegava as mulheres mais lindas da Coreia- fala apontando para si mesma, essa vaca não se enxerga mesmo não é !
- Jk: para de me chamar de biscoitinho eu odeio e outra não estou namorando com ela, ela é só uma funcionária da minha empresa nova!
- Okay então estou vendo que to atrapalhando a conversa de vocês e já que eu sou só mais uma funcionária da sua empresa eu vou me retirar com licença !
- Jk: não ___ espere vem cá não quiz dizer isso !
- Me levanto e vou em bora andando até a empresa, como ele pode ser tão idiota em?! 
- Ls: deixa ela jungkook fica precisamos conversar!
- Jk: agora não Lisa depois a gente se fala preciso ir !
- Ls: aí jungkook sério isso vai então atrás dela 
 Jungkook sai pela porta indo atrás de mim pela rua, entra em seu carro e dirige devagar ao meu lado 
- Jk: quer uma carona? 
- Não aceito carona de idiotas!
- Jk: desculpa foi no impulso eu queria espantas a lisa!
- Não enche jungkook!
- Jk: entra no quarto agora! Por favor ?
- Entrei no carro e ele continuou dirigindo 
- Jk: deixa eu te explicar o que aconteceu comigo e com a lisa ?
- Tá bom explica.
- Jk: a um tempo atrás eu namorei a lisa e aí começou a ficar meio ciumento e obsessivo então eu quis terminar aí ela ficou louca e quis me perseguir eu fiz um acordo na justiça pra ela fica a tantos metros de distância minha aí um tempo passo ela melhorou e eu retirei o pedido de afastamento.
- Nossa ela é louca literalmente! E o que ela veio fazer justo no Brasil e justo aqui em farroupilha?
- Jk: algo me diz que ela continua me perseguindo!
- Também acho.
- Jk: só que eu ainda gosto um pouquinho dela só que ela é obsessiva e descontrolada!
- Tá bom jungkook se você ainda gosta dela porque veio atrás dr mim por que não continuou lá no restaurante em ? Quer saber eu to cansada disso 
 Sai do carro e continuei andando a pé, jungkook continuou de carro do meu lado bem de vagarinho e acho que a polícia não ficou muito contente com a velocidade 
- Pl: por favor senhor encoste o carro, o senhor está fora do limite de velocidade!
Tive que falar com os policiais jungkook ainda não sabia muito bem português apesar das aulas que dei a ele enquanto estávamos juntos, bom ele ficou sem o carro e tivemos que andar 
- Vamos até a casa da minha omma!
- Jk: tá bom, é perto né?
- É mais ou menos, depende o que você considera perto.
 Andamos muito e jungkook não parou de reclamar o caminho inteiro sobre como estava cansado e dolorido de andar, parecia uma crinça, estávamos praticamente na entrada do terreno da minha mãe 
- Jk: aigoo! Não aguento mais andar! Você disse que era perto! Aish!! 
- Como você é fraco em jungkook não aguenta uma caminhada 
- Jk: aé?! Vai ver só o fraco!
 Ele me pegou pelas pernas e me colocou em suas costas como um saco de batata e eu me rebatia em suas costas em quanto ele corria que nem um louco
- Aish jungkook! Me coloque no chão agora! 
- Jk: e agora quem é o fraco ?! 
 Ele me colocou no chão e estávamos na frente da casa da minha mãe, bom havia esquecido que ela estava no restaurante então do entramos pegar umas coisas que eu precisava 
- Vamos jungkook, podemos ir para casa agora.
- Jk: como é que é? Você me fez andar tudo isso pra pegar três coisinhas e ir em bora?
- Sim só preciso disso vamos!
- Jk: ah não acredito! Você só pode tá brincando dona ____!
- Não estou é sério não tem nada pra fazer por aqui e alias estamos livres do trabalho por enquanto então eu quero muito a minha cama 
- Jk: eu acho que você preferiria a minha!
- Não começa, agora não !
 Ele me pega de Novo como um saco de batatas em suas costas em quanto eu me rebatia ele saiu correndo, como ele ama me irritar 
- Tá tá me põem no chão nesse meio tempo eu chamei um uber pra gente em dois minutinhos ele chega!
- Jk: obrigada você é incrível- fala me colocando no chão 
Eu saio correndo até a estrada e jungkook vem atrás tentando me alcançar então eu tropeço e caio no chamo puxando jungkook no barro comigo, eu conseguia sentir sua respiração em meu rosto, ele se aproxima para me beijar e eu retruco 
- Não jungkook! Enquanto você não se resolver com a sua ex não podemos ter nada!
- Jk: aish ! Você gosta de me provocar não gosta- diz se levantando e colocando a mão nas cinturas olhando em volta.
- Não não gosto mas você ama encher meu saco!
- Jk: não tem diferença, eu te amo, não amo te encher o saco mas também adoro te incomodar você fica linda brava 
- Sério jungkook? Kkkkkk vamos o uber já vai chegar!
- Jk: te deixo entrar no carro com um acordo!
- Qual?
- Jk: vai passar essa noite no meu apartamento sem remediar!
- Vou pensar no seu caso!
 O uber chegou e entramos no carro, ficamos quietos, e jungkook pegou no sono no meu ombro, ele é lindo até sujo e dormindo, dou tapinhas no seu rosto para ele acordar
- Jk: aish, me deixa dormir, tá tão bom aqui!
- Não, vamos acorde daqui a pouco vamos chegar na cidade 
- Jk: tá bom espera só mais uns minutinhos, me faz um cafuné jagi?
- Tá bom só um pouquinho mas você vai ter que acordar!
- Jk: aha.
 Aproximei minhas mãos do seu cabelo que agora estava deitado em meu colo, e acariciei seu rosto e seus cabelos suavemente 
- Jk: você podia cuidar de mim assim sempre, é só você que não quer porque a gente tem tudo pra dar certo, você é muito dura comigo!
- Você sabe que tenho meus motivos não teime, só vou dormir na sua casa hoje é nada mais 
- Jk: viu você já aceitou, você me quer mesmo !
- Convencido, anda levanta já vamos chegar!
 Ele levantou e saímos do carro, quando o celular pegou sinal de novo o celular de jungkook apitou loucamente com mensagens e ligações, é pra mim nada surpresa era a lisa, maldita hora que estava dando tudo certo.

 


Notas Finais


Espero Q tenham gostado
Boa noite ❤️🍪


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...