História Jungkook oppa - Capítulo 33


Escrita por:

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS)
Tags Romance
Visualizações 42
Palavras 891
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Aventura, Comédia, Famí­lia, Festa, Hentai, Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Shoujo-Ai, Yuri (Lésbica)
Avisos: Álcool, Bissexualidade, Heterossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Capítulo 33 - Um novo jogo


Fanfic / Fanfiction Jungkook oppa - Capítulo 33 - Um novo jogo

S: eu conheço alguém que pode nos ajudar, e que aliás o hyun tá devendo uma grana preta pra ele! 
Os três: quem!? 
S: acho que vocês não vão gostar mas.... 
-fala logo homem de Deus! 
S: Jay Park! 
Jk: na na nana nem pensar! 
-jungkook se ele pode ajudar nos vamos aceitar ! 
Jk: não quero olhar na cara dele nunca mais! 
-é pelo youl! 
Jk: ..........tá, só pelo nosso filho.
Nj: alguém sabe se ele ainda tá na Coreia? 
V: não, ele tava em Los Angeles até esses dias pelo que vi! 
-vocês têm que parar de surgir do nada e falar algo sobre o assunto, parece até novela que todo mundo tava ouvindo a conversa e do nada brota do nada pra falar algo! Falta mais quem brotar do chão ainda? 
Jm: cheguei galeris! Qual é a nova? 
-viu, mas pelo menos ele não sabe o que tá acontecendo! 
Jm: não, o Jay já voltou pra Seul, voltou ontem aliás e tá aqui por perto 
-credo gente, tem roteiro né ? Só pode! 
J: tá okay temos que nos concentrar no hyun! Precisamos de um plano, e do Park! 
S: já falei com ele, em uns cinco minutinhos ele aparece aí. 
V: agora é só sentar e aguardar 
Botei o dong no berço do quarto, voltei para sala e todos estavam sentados aflitos e pensativos
*campainha* 
S: deve ser o Jay! Eu abro 
Suga abriu a porta e Jay entrou, jungkook já respirava fundo 
Jp: oi pessoal! Fiquei sabendo que precisam de mim, o que houve, oi ___ - diz se aproximando e me dando um beijo na bochecha, jungkook o encara com sangue nos olhos mas Jay não retribui o olhar. 
J: precisamos da sua ajuda! 
Jp: o que aconteceu? - se senta ao meu lado apoiando os cotovelos nos joelhos 
Nj: problemas com o hyun! 
Jp: jung-hyun? 
Jk: é, meu irmão junghyun! 
Jp: o que esse infeliz fez agora? Juro que to loco pra afundar a cara dele na parede! 
-ele quer o dong-youl! 
Jp: dong quem? 
-meu filho! 
Jp: você teve um filho? Sério? Que bacana! Onde ele tá? Adoro criança! 
Nj: tá isso não vem ao caso agora, a gente precisa que você negocie com o hyun, a gente sabe que ele te deve grana e muita por sinal, você poderia ajudar 
Jp: ajudar eu até posso, mas precisamos de um plano, o hyun sempre tem algo em mente, e ele te passa a perna sem você nem perceber! 
*corte de tempo*
Jay foi para sua casa se arrumar para falar com hyun, eles se encontrariam a noite apenas eles dois. 
Fui para meu quarto onde jungkook dormia um sono profundo e relaxado como todos na casa, minha mãe havia alugado um ap na Coreia para passar um ano aqui. Olhei hyun no berço onde ele dormia bem, pequei meu pijama, vesti, e desci as escadas, estava nervosa de mais para dormir agora, peguei uma xícara de chá verde e uns cookies que minha mãe havia feito antes de ir para seu apartamento, sentei-me no sofá e liguei  a tv, me aconcheguei entre as almofadas de pelos do sofá extenso, me estuquei e quase pegando no sono ouço a campainha soar, me levanto em um um pulo visto as pantufas é caminho um pouco tonta até a porta 
-quem será a essas horas? - digo esfregando os olhos de sono abrindo a porta 
app: posso entrar? 
-appa? O que o senhor tá fazendo aqui? 
App: vim ver minha filhinha que não vejo a muito tempo, estava na hora de nos reencontrarmos! 
-o-okay, entre appa está frio aí fora!
App: posso abraçar minha filinha? 
-claro appa! - vou até seus braços e me aconchego neles, a muito tempo não via meu pai ele foi em bora quando era pequena mas nunca guardei mágoas. 
App: sua mãe está morando com você nessa enorme casa? 
-não appa, estou morando com meu marido e meus meninos.....e agora meu filho. 
App: meninos? Filho!? 
-é pai recentemente tive um filho com meu namorado, os meninos.....são os meninos! 
App: que meninos? Como assim? 
-eu tenho que te mostrar não tem como te explicar, mas agora estão todos dormindo, o senhor deveria dormir também appa, esta tarde. 
App: sim, deveras, preciso me deitar, acabei de chegar de Daegul. 
Levo meu pai até seu quarto evitando qualquer barulho, fui para meu quarto e me deitei com jungkook. 
Pela manhã fui a primeira a levantar, troquei youl e o pus no bebê conforto onde o monitoraria enquanto fazia minhas coisas. Fiz o café da manhã e deixei na mesa, estava a caminho da sala 
-appa! Que susto, não vi você aí! Desculpe-me. 
App: não foi nada, vi que preparou o café da manhã! 
-sente-se appa fique a vontade vou chamar os meninos 
Subi as escadas e chamei todos para descer, normalmente não tomamos café juntos, eles estranharam, desceram as escadas e foram até a mesa 
Jh: quem é esse nonna? 
-gente esse é meu pai, s/p!, pai esses são, hoseok ou hobi, jimin, Namjoon, jin, tae, suga e meu namorado jungkook! 
App: jungkook? 
Jk: sim senhor, jeon jungkook! 
App: com licença, mas preciso me retirar, tenho algo importante para resolver!
Diz se levantando rapidamente da mesa após ouvir o nome completo de jungkook, sem entender nada fui até a porta e me despedi dele. 

 



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...