1. Spirit Fanfics >
  2. JungKook, you and them 2 >
  3. Funeral impiedoso

História JungKook, you and them 2 - Capítulo 15


Escrita por:


Capítulo 15 - Funeral impiedoso


Fanfic / Fanfiction JungKook, you and them 2 - Capítulo 15 - Funeral impiedoso

POV (S/N)

Sr. Jihyuk- O que?

Yoongi- Desculpa (S/N), mas é a verdade.

Sinto minhas pernas enfraquecerem mas Sr. Jihyuk me segura. Eu sinceramente não sei o que pensar em relação a tudo isso, eu só poderia está dentro de um pesadelo do qual não estava conseguindo acordar.

SeokJin- (S/N)...

(S/N)- -Risada nasal- O Myung não faria isso comigo não é? Vocês estão enganado, e-ele não seria capaz disso...

Bambam- É melhor você se sentar.

POV POLIANA

Enquanto os meninos estavam arrumando o Notbook para conectar o pendrive eu observava a (S/N), parecia que eu estava me vendo no espelho anos atrás quando soube de tudo que Park Jimin havia feito e o que ele era. Aquele olhar... era idêntico, eu sabia melhor do que ninguém o que a mesma estava sentindo naquele momento.

Saio da poltrona e vou até a mesma me sentar ao seu lado, apesar da falta de intimidade eu seguro sua mão como apoio. Eles iriam mostrar à ela algum tipo de prova do que disseram, então provavelmente esse será o pior momento para ela.

Poliana- -Sussurro- Seja o que for que eles irão mostrar, mesmo que pareça que isso irá te matar por dentro...uma hora ou outra você supera está bem?

POV (S/N)

(S/N)- Supera é?

Poliana- Não totalmente mas sim. Você aprende da pior forma.

(S/N)- -Suspira-

SeokJin- Ok, já podemos rodar o vídeo.

Yoongi- Então, são alguns tipos de "Diário-vídeo" do Myung que ele fazia para desabafar sobre seu dia, a maioria tem por volta de alguns minutos ou segundos porque estão todos cortados.

Bambam- Porque o foco é a (S/N), certo?

Yoongi- Isso.

Sr. Jihyuk- Isso não se trata da gente, precisamos pedir permissão da (S/N) primeiro antes de ver o vídeo.

SeokJin- (S/N), você quer ver os vídeos?

(S/N)- -Engole em seco- Sim.

Myung- Faltam alguns meses para Guhak começar o plano dele, eu estou tão ansioso por isso. Ele está orgulhoso de mim, conseguir ganhar a confiança de (S/N).

Myung- Ela estava tendo algumas crises no relacionamento com SeokJin o que deixa ele bem vulnerável, então adicionei alguns remedinhos em dois copos diferente e BUM! Traição concluída com sucesso! -Rir- Queria poder filmar a reação de (S/N) quando ela viu o macho dela beijando outra, foi uma sensação tão...emocionante.

Myung- Me pegou de supresa mas os dois acabaram tendo um caso juntos, foi ainda mais brilhante!

"SeokJin- É, terminamos por aqui. -Dar de ombros-

(S/N)- É o que parece. -Fecha a mão com força-

SeokJin- Você quer que eu pegue minhas coisas ou...sei lá, você que sabe.

(S/N)- Me espere aqui.


(S/N)- Aqui a porcaria das suas coisas! -Joga a caixa nele-

SeokJin- Precisava jogar assim?!

(S/N)- Que seja! -Abre a porta- Saia daqui e suma da minha vida!"
1° Temporada, Cap 1.

SeokJin- O QUE?! ENTÃO FOI ELE?! ELE QUE-...

Bambam- Se acalma!

SeokJin- Me acalmar?! SE NÃO FOSSE POR ELE EU-...

Bambam- -Aponta seu olhar para (S/N)-

SeokJin- -Suspira enraivecido-

Yoongi- (S/N), se você quiser eu paro de-...

(S/N)- NINGUÉM VAI PARAR NADA!

(S/N)- Eu quero ver vídeo por vídeo.

Yoongi- Certo...-Dar play-


Myung- -Gargalhando alto- Hoje (S/N) quase foi morta pela ex-namorada louca de Jeon JungKook. De alguma forma consegui convencer Taehyung a fazer o que fez, aquele idiota é facilmente manipulável. Eu sinceramente queria que a faca tivesse atravessado a (S/N), assim eu me livraria de vez dela.

Myung- Já fazem alguns anos...infelizmente não estou conseguindo afastar (S/N) do JungKook, mas o clima entre ele e Taehyung estão começando a esquentar, agora ela terá que escolher entre os dois. Espero que ela não me decepcione.

Myung- Taehyung quebrou celular de (S/N). Guhak ligou para (S/N) sabendo que Taehyung atenderia enquanto colocava um áudio de fundo que Taehyung do fundo de sua alma desejaria esquecer. -Rir- Isso é tão irônico.

Myung- Hoje começou o grande plano do Guhak, ficarei responsável por tirar fotos em tempo real da (S/N). Isso com certeza irá assustar muito ela!

Myung- -Roda na cadeira- Dei uma idéia ao Guhak, ele concordou desde que não afetasse tanto a (S/N). A idéia era que afetasse, mas tudo bem. Comprei alguns agentes químicos e adicionei na base que ela sempre usa, para minha sorte nesse mesmo dia Taehyung resolveu maquiar ela, então seja o que acontecesse a culpa cairia toda em cima dele.

Myung- A mãe de Jennie e Rosé veio fazer um trato com Guhak, eu pensei que a troca seria ajudar matar (S/N) como ele sempre faz mas dessa vez foi diferente. -Mão no queixo- Ele pediu para que ela roubasse a adaga da casa de SeokJin, assim (S/N) suspeitaria de Taehyung ou SeokJin. Bom, foi o que eu pensei.

Myung- No fim isso tudo foi para (S/N) descobrir os segredinhos sujos de SeokJin e sofrer ainda mais. Eu diria que foi uma jogada inteligente, porém estranha...Sinto que ele está começando a jogar de forma diferente, não é como se tratasse apenas da (S/N) e sim com todas as pessoas em sua volta. Estou ficando preocupado...

Myung- (S/N) e eu nos vestimos ridiculamente para "corremos", claro que tudo tinha um motivo. Na minha kigurumi eu estava guardando uma arma, e quando ela gritou por Guhak eu atirei para o alto e ela correu com tanto medo. -rir- eu queria tanto atirar na cabeça daquela cadela, mas Guhak apareceu e tomou a arma da minha mão.

Myung- Recentemente Guhak me pediu para adicionar alguns flash no galpão da antiga sede do RED X, ele disse que iria fazer um jogo com ela, enquanto isso eu iria controlar os flash.

Myung- Hoje trouxe minha câmera para a sala do chefe, então por hoje não serei Myung e sim Toy!

Myung- Dar oi para câmera NamJoon e diga o que espera desse plano?

NamJoon- Eu espero que você vai tomar no cu! Tira essa coisa da minha cara!

Myung- Como ex-namorado você é o pior!

NamJoon- Sabe que nosso namoro nunca foi real.

Myung- Então por que chorou quando disse que tinha traído você com o idiota do Yugyeom?

NamJoon- -Risada nasal- até parece.

Myung- -Vira sua câmera para Jimin- Olha quem acabou de chegar. Dar Oi para câmera PJ

PJ- Desliga isso.

Myung- Gosto desse cara, uma vez ele quase matou (S/N) pelas costas de Guhak. Diga Jimin, como foi a sensação de quase ver a garota que você odeia quase morrer nas suas mãos?


Poliana- Meu irmão fez isso com você?

(S/N)- sim.

Poliana- Eu sinto muito.


Myung- Ele está de mal humor, o sumiço da irmãzinha dele está afetando a cabeça dele. É apenas uma questão de tempo para Guhak encontrar ela.

PJ- SE VOCÊ FALAR ISSO MAIS UMA VEZ VOCÊ-... -Olha para Guhak-

Myung- G-Guhak?


Guhak- desligue isso agora.

Myung- Guhak está tão estranho comigo...ele está sempre escondendo as coisas de mim, me evitando. -Limpa suas lágrimas- E eu não sei porque ele está assim, ele dificilmente me diz alguma coisa.


Myung- Isso tudo começou quando ele me perguntou se alguma vez eu já cheguei a gostar da amizade de (S/N), eu disse que sim, somente uma vez. Ele apenas olhou nos meus olhos e me chamou de fraco, então ele simplesmente foi embora

Myung- Fraco? Minha vontade nesse momento foi de dizer a ele: "Eu sou fraco? Ao contrário de você eu passei meses pensando em várias formas de fazer aquela garota desaparecer, o máximo que você fez foi seguir meus planos!" -Respira fundo- Eu estou ao lado dele desde que éramos crianças, desde que o pai dele foi morto pelo JungKook, desde que ele reativou Red X tomando o lugar do pai dele.

Myung- Ele deveria perceber que eu, somente eu amo-o de verdade, ele é meu, somente meu homem E NÃO VAI SER A (S/N) QUE VAI TIRAR ELE DE MIM! -fecha seus olhos- Por que aquela vadia não morreu ainda?

Myung- Guhak está nessa birra comigo até agora, se vai ser assim eu não vou dizer o que (S/N) está planejando. ELE NÃO PERCEBE QUE A PORRA DO PLANO DELE DEPENDE DE MIM? SOMENTE DE MIM!? -Risada louca- Yoongi é a melhor fonte de informação dele?! Ótimo, mais um corpo para lidar.


Myung- Guhak está me mandando umas mensagens estranhas, ele está pedindo um favores tão...ele quer matar a (S/N) com suas próprias mãos mas dessa vez ele pediu para que eu matasse ela, isso será amanhã. -rir- Droga, eu estou tremendo.

Yoongi- Os vídeos acabaram.

Eu juro que estou tentando entender essa porra toda mas de tudo o que eu vi e ouvi não me sai da cabeça o JungKook ter matado pai do Guhak. Aonde caralhos eu estou me metendo? O que é que está acontecendo em minha volta que eu não estou conseguindo enxergar? 

Poliana- Então o NamJoon namorou o Myung?

SeokJin- É isso que você está focando? JungKook matou o pai do Guhak! Esse cara até pouco tempo estava namorando a (S/N)!

Bambam- Myung conseguiu enganar a gente direitinho! Ele estava namorando o Yugyeom, vocês tem idéia do quanto ele amava esse-...é melhor eu nem dizer o que eu estou pensando.

Yoongi-Ainda não consigo acreditar que alguém como ele estava ao nosso lado o tempo todo.

Bambam- (S/N) aonde você vai?

(S/N)- Para o meu quarto. É melhor vocês irem embora, está ficando tarde.

(S/N)- -Força um sorriso- Temos um funeral para irmos amanhã.

POV YOONGI

"Yoongi é a melhor fonte dele?" Isso não me sai da cabeça, ao mesmo tempo que isso é bom é tão ruim quanto. Eu não quero substituir o lugar de Myung, isso será ainda pior do que já é para mim.

(S/N) não demonstrava nenhuma expressão no seu rosto a não ser a sua preocupante palidez acompanhado pelos seus lábios secos, vídeo após vídeo ao contrário dos outros a sua reação era a mesma. Então entender o que se passava na cabeça da (S/N) naquele momento só ela podia dizer.

SeokJin- Eu não acredito, então foi tudo armado!

Bambam- Não é possível, deveríamos ter suspeitado desde o início!


Poliana- Yoongi, você é do Red X não é?

SeokJin- É, é verdade, ele é do Red X. Não vai me dizer que é um traidor também?

Yoongi- Se eu fosse acha que eu mostraria esse vídeo a (S/N)?!

SeokJin- Para limpar sua barra e aumentar a confiança e ainda por cima trair o próprio Myung? Sim.

Yoongi- Escuta aqui você-...

(S/N)- AAAAAAAHHHHHHHHHHH!!!!!!!!!

Yoongi, SeokJin, Bambam- (S/N)!

Sr. Jihyuk- -Fica em frente a escada- É muita informação para ela em um só dia, é melhor deixarmos em paz.

Poliana- Sr. Jihyuk certo?

Sr. Jihyuk- Sim.

Poliana- Eu posso ficar mais um pouco? Quero analisar os vídeos novamente. Derrepente pode ter algum tipo de informação útil.

Yoongi- Se foi Guhak quem editou o vídeo acho muito difícil ele ter deixado algum tipo de rastro.

Poliana- Bom, difícil mas não impossível. Vamos gente, não custa tentar!

Bambam- Não é melhor vermos isso com ela?

Poliana- Acho que ela não iria querer ver o vídeo duas vezes. Tem coisas bem pesadas aqui...

Yoongi- É você tem razão. Ver com o Sr. Jihyuk aí, eu vou para casa. -Veste sua jaqueta-

Bambam- É, eu também. Yugyeom deve tá precisando de apoio nesse momento.

Bambam- SeokJin?

SeokJin- -Desvia seu olhar da escada- e-eu vou pra casa...temos um velório para ir amanhã, (S/N) precisará da gente lá.

Poliana- -Olha para Jihyuk- Então somos só eu e você?

Sr. Jihyuk- Ainda não confio em você. Ficarei aqui de olho.

Poliana- -Confusa- Mais você não é cego? Digo, tudo bem, pode ficar de olho sim! Espero que eu não vá ao inferno por isso.

Casa do JungKook, 00h56

JungKook- Até que fim você chegou!

Yoongi- ah...oi JungKook.

JungKook- Como ela está?

Yoongi- -Respira fundo- Certo.

POV JUNGKOOK

Já fazia horas que estava esperando por Min Yoongi, estava preocupada com a (S/N), será que isso seria obra do Guhak? O que de tão ruim poderia ter acontecido a ela? E ao Yugyeom?

Assim que Yoongi chega em casa eu percebo que o mesmo estava apreensivo, parecia muito distraído em seus pensamentos, andava cambaleando nos seus próprios passos, só então quando chamo sua atenção que o mesmo nota minha presença.

Yoongi- -Respira fundo- Certo.

Yoongi- Escuta JungKook, eu vou abrir o jogo contigo porque eu sou teu amigo e com tudo que está acontecendo é melhor você ficar de olho aberto.

JungKook- Estou um pouco receoso quanto a isso. Está tudo bem?

Yoongi- Não. Não está nada bem.

Yoongi- A (S/N) está sofrendo muito e eu não estou aguentando ver tudo isso acontecendo.

JungKook- Yoongi o que está acontecendo?

Yoongi- Lembra que dia desses discutimos sobre minhas saídas de noite que eu não contava pra você?

JungKook- Sim.

Yoongi- Você está certo, eu estou mesmo saindo. Todas as noites eu estou indo para casa da (S/N), mas não é nada do que você está pensando.

Yoongi- Eu estou em um negócio com a (S/N), eu gosto muito dela e te contar seria mancada com ela, então antes que você me peça eu não vou contar nada pra você em respeito a minha amizade com ela. Quero manter nossas alianças em equilíbrio.


JungKook- Aliança? Suga eu não estou entendendo nada!

Yoongi- Daqui pra frente temos que pensar bem em quem estamos confiando JungKook.

JungKook- Sim...eu sei disso.

Yoongi- Não, você não sabe. Precisamos mesmo ficar de olho aberto, até mesmo de quem é tão próximo da gente!

JungKook- QUER ME EXPLICAR O QUE ESTÁ ACONTECENDO?! O QUE ISSO TUDO LEVA A (S/N)?!

Yoongi- Sabe o Myung?

JungKook- Sim. O melhor amigo da (S/N) e parceiro de trabalho.

Yoongi- Você vê alguma de suspeito nele?

JungKook- Claro que não! É o Myung! Aquele cara adora a-...-Olha para Yoongi- Por que está me perguntando isso?

Yoongi- Myung não passa de um filho da puta.

Yoongi- A (S/N) CONFIAVA NESSE CARA! JÁ NÃO BASTAVA ELA ESTÁ SOFRENDO PELA MORTE DESSE DESGRAÇADO ELA TAMBÉM DESCOBRE QUE ESSE CRETINO ESTAVA ESSE TEMPO TODO TRABALHANDO PARA O GUHAK!

JungKook- Não, não pode ser. I-Isso é impossível!

Yoongi- ELE ESTAVA ESSE TEMPO TODO FAZENDO FAVORES DO GUHAK DEBAIXO DO NOSSO NARIZ E NUNCA PERCEBEMOS NADA! NADA!

Yoongi- O QUE ELA FEZ PRA MERECER ISSO?!

Yoongi- O QUE ME IRRITA É QUE MESMO TÃO PERTO DO GUHAK EU NÃO SOU CAPAZ DE FAZER NADA PARA IMPEDIR ISSO! NADA!

Hoseok- -Desce as escadas rapidamente- Gente o que está acontecendo aqui?!

Yoongi- Hoseok? Não sabia que você estava aqui.

Hoseok- Estava resolvendo umas coisas pro JungKook...

Yoongi- Entendi. -Suspira- Eu vou para o meu quarto.


POV JUNGKOOK

Assim que Yoongi vai embora para seu quarto podíamos escutar o mesmo bater a porta com tamanha bruta força.

Hoseok- Que bicho mordeu ele?

JungKook- Liga pra Lisa. -Pega sua jaqueta-

Hoseok- Espera aonde você vai?

JungKook- Falar com uma pessoa.

Ainda estava tentando entender essa história do Myung, era muito confuso para mim, ele sempre pareceu uma pessoa inofensiva. Estava a caminho da casa da (S/N), quando o Yoongi me disse sobre o Myung a primeira coisa que me veio na cabeça foi o tal de Jihyuk, ele era tio do Myung e estava morando no mesmo teto que (S/N), a mesma ainda poderia está correndo perigo. Agora estava tudo claro para mim, ele ter mencionado o nome de meu avô não foi em vão e sim uma ameaça, somente sendo do Red X para saber sobre isso. Droga, eu deveria ter percebido isso desde o começo!

JungKook- -Batendo diversas vezes na porta-

Poliana- QUEEBRA! DERRUBA A PORTA LOGO!

Sr. Jihyuk- Quieta e se concentre!


Sr. Jihyuk- -Abre a porta- S-...

JungKook- -Puxa o homem pela gola- O QUE VOCÊ ESTÁ FAZENDO AQUI AINDA?


Jihyuk- Que força...desnecessária.

JungKook- VOCÊ TEM ALGUMA COISA HAVER COM O MYUNG?! ME FA-..

Com um simples golpe o mais velho me derruba no chão como um travesseiro de penas, eu agora estava com a cara virada para o chão resmugando de minhas dores, o tal do Jihyuk se agacha onde segura meu rosto direcionando para ele, apesar dos óculos escuro ele era bastante intimidador e tinha uma feição estranhamente familiar.

Jihyuk- Escuta rapaz, a (S/N) está muito mal agora, então pare de fazer barulho atoa.

JungKook- -Risada nasal- Como se você se preocupasse com ela...você e o Myung são farinha do mesmo saco.

Jihyuk- -Suspira longamente- Está brigando com a pessoa errada.

JungKook- Acha que mesmo que eu vou acreditar nesse papo idiota?

Jihyuk- Acredite no que for mais conveniente pra você. De qualquer forma eu não te devo nenhuma satisfação, então vá embora.

JungKook- Estranho que para um cego você ver muito bem.

Jihyuk- Sim. Eu vejo apenas um garotinho indefeso que ainda vive na sombra do "coelhinho".

JungKook- -Olha assustado para Jihyuk-

Poliana- Sr. Jihyuk você precisa ver iss-...

JungKook- Poliana?

Jihyuk- Entra. -Fecha a porta-

Myung, Jihyuk, Yoongi, Poliana...de alguma forma todos são envolvidos com o Red X, (S/N) aonde é que você está se metendo? Yoongi o que você está me escondendo? Que aliança mais estranha é essa?
Estava tão perdido em meus pensamentos que mal havia me tocado que ainda estava no chão, somente fui perceber quando uma mão apareceu na minha frente, ao olhar para o dono dela me deparei com Kim SeokJin.

JungKook- -Bate em sua mão- Não preciso da sua ajuda. -Se levanta-

SeokJin- Sr. Jihyuk é um cara bem durão.


JungKook- -Ignora o mesmo-

SeokJin- JungKook espera!

JungKook- -Continua ignorando-

SeokJin- Eu preciso te contar uma coisa!

JungKook- Ótimo, não quero ouvir!

SeokJin- -Engole em seco- É sobre seu irmão!

JungKook- O que?

SeokJin- Eu estou recebendo algumas mensagens estranhas, todas elas envolvem nosso passado, a minha e a sua história.

JungKook- -Coração palpitado- Que tipo de mensagens são essas?

SeokJin- Um momento.

SeokJin tira a chave de seu bolso e abre o carro, aparentemente ele havia se mudado para a casa ao lado de (S/N). Então o mesmo com a chave na boca e com uma caixa que parecia pesada faz sinal com a cabeça pedindo para que eu acompanhasse ele.

SeokJin- Desculpa te trazer ao meu quintal mas é que eu estou organizando ainda algumas coisas lá dentro e está uma bagunça.

JungKook- -Mãos no bolso- Se mudou a pouco tempo?

SeokJin- -Abrindo a caixa- Quase isso, os idosos que moravam aqui se mudaram então peguei a casa de volta.


JungKook- Ah...

SeokJin- Essa é a caixa, recebi ela com isso dentro.

JungKook- Um coelho de pelúcia. -Revira os olhos-

SeokJin- Demorou pra eu perceber do que se tratava, seja quem foi o autor quem enviou isso ele é bastante cauteloso. Não consegui achar nenhuma pista de quem tenha enviado.

JungKook- -Se senta ao gramado junto com SeokJin-

SeokJin- -Separando algumas cartas- Aqui, essas são suas partes. Tem algumas que eu ainda não abrir.


JungKook- Você recebe elas diariamente?

SeokJin- Sim.

JungKook- Há um mês?

SeokJin- Sim! Já fazem exatamente um-... espera como você sabe?

De dentro de minha jaqueta retiro o meu celular qual vou na galeria de fotos e mostro a SeokJin fotos de várias cartas do mesmo modelo enviadas a mim. O mesmo parecia bastante supreso mas logo veio as perguntas qual não tinhamos uma resposta para isso.

JungKook- Nas minhas cartas apenas dizem sobre sua adoção e várias fotos nossas recortadas de todas as épocas que estudamos juntos.

SeokJin- Na minha fala sobre sua busca pelo seu susposto irmão, o quanto você sofreu na época do...é...-Limpa sua garganta-

JungKook- Coelhinho.

SeokJin- Desculpa. Eu não sabia que isso tinha um peso muito grande na sua vida.

JungKook- É. Tem.

SeokJin- Não era por mal, eu apenas usava você como-...

JungKook- Uma fuga dos seus problemas e uma forma de lidar com sua raiva por seus pais terem abandonado você.

SeokJin- -Olha para JungKook- Como você-...


JungKook- As cartas.

SeokJin- Claro.

JungKook- -Rir-

SeokJin- O que foi?

JungKook- -Retira uma foto da caixa- Isso é você?

SeokJin- Hahaha engraçadinho! -Retira uma foto da caixa- Você também já foi desprovido de beleza está bem? Olha aqui!

JungKook- -Rir- Wow! Quanto anos tínhamos nessa daqui? -Retira uma outra foto-

SeokJin- JungKook...


JungKook- O que?

SeokJin- -Pressiona seus lábios e mostra uma foto-

JungKook e SeokJin- Cantinho do abraço! -Rir-

POV JIHYUK

Enquanto as luzes de meu quarto estavam apagadas eu observava pela janela o quintal de SeokJin onde o mesmo estava acompanhado de Jeon JungKook, pela caixa eu poderia deduzir que minha teoria estava certa, SeokJin iria chamar JungKook para comentar sobre as cartas que estavam sendo enviadas para os dois.

Observando meus netos de longe eu pude acompanhar um pedaço da vida de cada um, então em tentativa de acabar com o ódio entre eles eu escrevi um pedaço da história de cada um e enviei. Já tinha em mente que a idéia não funcionaria 100%, não tinha nada garantido, mas vê-los rindo com uma coisa tão simples e por alguns minutos esquecendo de quem eles eram me davam um pontada de esperança.

Sr. Jihyuk- Ótimo. Agora usem a cabeça de vocês e descubram que são irmãos e juntos comecem a procurar pelo seu outro irmão...Guhak.

POV (S/N)

Funeral de Myung, 07h00 da manhã

Após algumas horas eu tomei coragem e entrei dentro da enorme igreja onde o falecido estava sendo velado. Ao abrir a porta todos os olhares daquelas pessoas conhecidas em luto vestidos de preto dos pés a cabeça vieram sob mim que andava com a cabeça baixa pelo longo corredor, podia escutar alguns chochichos de pessoas que se lamentavam pela minha perda, aquelas palavras me davam vontade de vomitar.

Então eu chego ao caixão, onde o pálido defunto de Myung estava, seu rosto estava tão sereno e angelical, eu chegava questionava se ele estava mesmo morto.
Sem aguentar segurar minhas emoções eu acabo desabando em lágrimas enquanto eu abraçava o seu gélido corpo, em um tom de voz bem baixo sussurro minhas últimas palavras.

(S/N)- Eu não posso acreditar que você se foi...ontem a noite estive pensando quem vai fazer as piadas com os assasinos do caso? Quem vai levar comida para minha sala? Quem vai está sempre dizendo o quão bonita eu sou? Com quem eu irei fazer fofocas com as piadas internas que só a gente entendia o significados delas?

(S/N)- Você era sempre a primeira pessoa que passava pela minha cabeça quando se tratava de confiar de olhos fechados, você foi mais que um amigo na minha vida...eu sempre do fundo do meu coração amei você a cada batida.

(S/N)- Sabe como meu coração está partido? Você sabe como minha cabeça está confusa?

(S/N)- Eu queria que você ainda estivesse vivo para socar sua cara com toda raiva que está guardada dentro de mim, te dizer as piores palavras que se passam pela minha cabeça nesse momento. Em respeito a sua família eu não vou cuspir na sua cara e dizer o quanto eu te odeio agora.

(S/N)- Se existe mesmo céu ou inferno, eu espero que você sofra eternamente queimado pelas chamas mais ardentes, que seja punido da pior forma possível e pague por tudo que você fez.

(S/N)- -Respira fundo- Adeus... "Meu doce Myung." e que o diabo lhe aguarde.

Antes de ir embora eu dou mais uma última olhada no cadáver, para esconder meus olhos inchados pelas lágrimas eu coloco os óculos escuros. Ao me virar de frente para o corredor de onde eu havia vindo me deparo novamente com aqueles olhares de conhecidos, arrumo as luvas em minhas mãos e sem dizer uma palavra eu vou indo embora do local, o lugar estava me sufocando.

Antes de eu deixar a igreja eu senti um forte calafrio acompanhado de um olhar fixamente sobre mim, ao virar minha cabeça para direção de onde estava vindo os olhares os calafrios sumiram, como o que estivesse me vigiando parasse de olhar.

Ponte

Eu já estava distante da igreja, enquanto as lágrimas escorriam pelo meu rosto eu observava as ondas do mar que se batiam contra as enormes pedras, costumava parar aqui mais o Myung depois do trabalho.

"Myung- Uau!

(S/N)- O que?

Myung- O céu está lindo hoje!

(S/N)- É, você tem razão. Está mesmo!

Myung- (S/N).

(S/N)- O que?

Myung- Eu Myung, prometo ser seu melhor amigo por toda sua vida.

(S/N)- -Rir- Sabia que não deveria ter deixado você beber.

Myung- -Rir- Estou dizendo as palavras que estão aqui dentro. -Aponta para seu coração-

(S/N)- -Rir- Vamos, está ficando tarde!"

(S/N)- Ele apenas me quer morta. É tão simples, por que isso está ficando difícil para todos?

(S/N)- E se eu...simplesmente morresse?

Passo minhas pernas para o outro lado da grade da ponte enquanto segurava minhas mãos firmemente nelas, um salto e eu cairia diretamente no mar onde daquela altura com certeza teria meus ossos quebrados e consequentemente morreria.

POV JUNGKOOK

Yoongi- JungKook você viu a (S/N)?

JungKook- Eu iria te perguntar a mesma coisa!

Yoongi- -Cerra levemente seus olhos- Estranho.

SeokJin- Ei Yoongi você viu a (S/N)?


Yoongi e JungKook- -Olham para SeokJin- Você também?

Bambam- SeokJin você viu a (S/N)?

SeokJin- Eu não e você?

Bambam- Ela sumiu derrepente.

Yoongi- Vocês tentaram ligar para ela?

SeokJin- Ela deixou o celular dela comigo.

Taehyung- -Se aproxima- Desculpa, mas vocês que chegaram com a (S/N), vocês sabem aonde ela está?

JungKook- É isso? Estamos todos procurando pela (S/N)?


Taehyung- Como assim?

Bambam- Qual foi a última vez que vocês viram a (S/N) antes dela sumir?

Todos- Na igreja.

Yoongi- -Olhando em volta-

JungKook- O que foi?

Yoongi- É pior do que eu pensava.

Todos- -Se olham confusos-

Yoongi- A (S/N) sumiu.

Bambam- Eu vou procurar mais uma vez pela igreja.


Yoongi- Certo, eu vou procurar nos bairros próximos.

JungKook- Isso está esquisito.

Taehyung- Ela não está em condições pra ficar andando sozinha assim.

SeokJin- GENTE OLHA ISSO!

SeokJin mostra uma live que estava sendo feita, era uma ponte que muitos motoristas usavam para ir para o outro lado da cidade, na tal live era a (S/N) que estava perigosamente perto de cair daquele lugar, no mesmo instante meu coração acelerou.

SeokJin- Esse lugar não longe daqui, ainda dar tempo de salvar ela! Vamos! -Entra no carro-

Coloco o capacete e subo na moto ligando no mesmo instante, eu saí dali na velocidade mais alta que eu conseguia enquanto isso Taehyung e SeokJin estavam em seus carros vindo logo atrás.

Meu corpo ardia de raiva por aquelas pessoas pararem para gravar invés de impedir-lá, mais que isso estava com medo que o pior acontecesse. Estava pulando todos os sinais vermelhos possíveis, desviando de vários carros e motos em meu caminho, eu faria de tudo para chegar a tempo.

POV (S/N)

- PULA! PULA! PULA LOGO!

A minha ação havia chamado atenção de várias pessoas, a rua estava parada por vários motoristas que saíram de seus carros para assistirem e filmarem minha morte. Após um bom tempo pensando no que tinha para pensar, eu fecho meus olhos e respiro fundo, não era algo que eu queria fazer mas era a melhor saída para acabar com isso tudo.
Eu finalmente havia tomado coragem, solto as mãos das grades e jogo meu corpo para frente.

JungKook, Taehyung, SeokJin- (S/N) NÃO!!!

POV JUNGKOOK

Após me infiltrar no meio daquela multidão finalmente consegui me aproximar da (S/N), junto comigo haviam chegado Taehyung e SeokJin. (S/N) então se soltou das grades.

JungKook, Taehyung, SeokJin- (S/N) NÃO!!!


Antes que seu corpo caísse no mar eu consigo alcançar a mesma e puxar (S/N) de volta, ela me olhou assustada com os olhos marejados, mas estranhamente a mesma soltou um ar de alívio como então estivesse percebendo o que estava fazendo, (S/N) se ajoelhou no chão enquanto tentava recuperar sua respiração novamente.

POV (S/N)

JungKook- NO QUE VOCÊ ESTÁ PENSANDO?!

Taehyung- (S/N) VOCÊ ESTÁ FICANDO DOIDA?!

SeokJin- A GENTE QUASE PERDEU VOCÊ!

(S/N)- -Engole em seco-


JungKook- -Segura rosto da mesma- Me promete que você não vai fazer isso nunca mais!

Taehyung- Vamos embora daqui!

SeokJin- -Segura braço de Taehyung- Ela não vai a lugar nenhum com você!

JungKook- Eu vou levar ela para casa. Vamos!

Taehyung- Não vai não!

Taehyung- Acham mesmo que ela vai com dois babacas como vocês?!

JungKook- O sujo querendo falar do mal lavado?

SeokJin- Parem de brigar, a  (S/N) é quem tem que decidir isso!

SeokJin, JungKook e Taehyung- Com quem você vai-...

(S/N)- AAAAAAAHH ME DEIXEM EM PAZ!!!!

SeokJin, JungKook e Taehyung- ........

Sr. Jihyuk- O que está acontecendo aqui?

Os garotos dão espaço para o Sr. Jihyuk qual eu fiquei aliviada em escutar sua voz, profundamente estava aliviada por JungKook ter me impedido, porém brava com todos os três por discutirem quando o que eu menos queria era dor de cabeça por minha causa.

(S/N)- Sr. Jihyuk!

Sr. Jihyuk- Sim?

(S/N)- Me t-tira daqui...por favor!

Sr. Jihyuk- Traga o carro.

Bambam- Ok. -Sai-

Sr. Jihyuk- Venha (S/N).

(S/N)- -Abraça o mais velho-

Sr. Jihyuk- Vamos ir para casa está bem?
-Limpa as lágrimas da mesma-

(S/N)- Sr. Jihyuk...

Sr. Jihyuk- Sim?

(S/N)- Por que isso está acontecendo comigo?

Sr. Jihyuk- Não é sua culpa. Vamos.

POV JUNGKOOK

Taehyung- Quem é aquele cara?

JungKook- É o tio de Myung.

Taehyung- Parecem bem próximos não?

JungKook- E são.

SeokJin- Está tudo sob controle agora.
-Aliviado-

Taehyung- Do que você está falando?

SeokJin- Ele é o único que consegue melhor que ninguém controlar ela, ainda mais no momento como esse.

Taehyung- Eu nunca vi esse cara antes.

SeokJin- Apesar de morarem juntos ele é um mistério, mas de o que importa é que ela está segura agora. Ela não precisa da gente agora.

JungKook- Você fala isso com tanta convicção. Desde quando confia nele?

SeokJin- Desde que ela ficou fora e ele tr-...

JungKook- Espera ai, eles se conhecem desde que ela ficou fora por um mês?

Taehyung- O que? Há tanto tempo assim?

JungKook- Não, como você sabe disso?

SeokJin- droga falei demais!

SeokJin- Eu tenho que ir.


Taehyung- COMEÇOU AGORA CONTA! O QUE É QUE VOCÊ SABE?

SeokJin- Não tenho que dar satisfações pra gentinha como vocês. -Vai embora-

JungKook- Idiota!

Taehyung- Como ele sabe dessas coisas? Não se odiavam?

JungKook- (S/N) nunca contou as coisas por completo, por que agora ia ser diferente?

Taehyung- O que eu estou fazendo falando com você? Só posso está perdendo meus sentidos.

JungKook- Ei Taehyung escuta!


JungKook- Se em alguma hipótese você machucar a (S/N)... eu não pensarei duas vezes antes de matar você.

Taehyung- -Rir- Fica despreocupado Jeon, eu não sou você.

JungKook- -Puxa o mesmo pela gravata- Eu já quebrei seu nariz uma vez, é melhor tomar cuidado pra próxima não ser sua cara.

Taehyung- -Risada nasal- É o que vamos ver.

POV POLIANA

NamJoon- Park Poliana! Aonde você estava? Você passou a noite toda fora e...-Cheira a mesma- Você estava bebendo?

Poliana- Hum?

NamJoon- Aonde você estava? Eu sei que você vai embora mas isso não quer dizer que pode ficar saindo assim!

Aqueles vídeos de Myung, NamJoon e Park Jimin não saíam de minha cabeça, conseqüentemente acabei lembrando de Chanyeol, e (S/N) também não saia de minha cabeça, estava preocupada com a mesma, minha cabeça se passavam várias coisas ao mesmo tempo.

Quanto ao NamJoon eu estava bem confusa, era tão estranho saber que ele era do Red X com meus próprios olhos, será que eu estava a caminho de quebrar a primeira regra? Não, não posso deixar isso acontecer.

NamJoon- Você está me ignorando? -Trava seu maxilar- Transa comigo e depois me descarta como lixo. O que mais você vai fazer?

Poliana- O que foi? Está tristinho por isso meu amor? Senta e supera.

NamJoon- EU SÓ QUERO UMA EXPLICAÇÃO!

Poliana- Eu apenas fui beber e acabei perdendo as horas está bem?!

NamJoon- -Coloca a mão na sua cintura enquanto fuzilava a mesma- E a gente?

Poliana- A gente?

NamJoon- Aquele beijo, aquela coisa de que desde a primeira vez que me viu-...

Poliana- Espero que não esteja achando que isso é uma declaração de amor.


NamJoon- Não, claro que não!

Poliana- Então?

NamJoon- QUE SACO POLIANA FALA O QUE VOCÊ QUER COMIGO!

NamJoon- -Rir- Ah eu já saquei! Você está começando a gostar de mim e está com medo de levar um fora, por isso está se fazendo de difícil!

NamJoon- É claro! Isso explica tudo!

Poliana- -Segurando risada-

NamJoon- Vai ficar calada?

Poliana- Eu ia falar que você foi apenas uma maneira de alimentar meu ego, mas convenhamos que nem pra isso você serviu.

Poliana- -Risada nasal- Que patético chega dar pena.

NamJoon- GAROTA VOCÊ NÃO TEM CORAÇÃO NÃO?!

Poliana- E POR ACASO VOCÊ TEM?!

NamJoon- O QUE DEU EM VOCÊ HEIN?!

Poliana- -Bufa- Não importa. Cadê minha filha?

NamJoon- Não vou dizer até você me contar.

Poliana- Kim NamJoon... cadê a minha filha?

NamJoon- -Encarando a mesma-


Meu coração começou a palpitar e no mesmo instante me veio àquele pedaço de vídeo onde NamJoon aparece na gravação de Myung, eu rapidamente entrei em alerta. Em cima da mesinha havia uma faca qual NamJoon estava afiando, rapidamente eu pego ela e prenso o mesmo contra a parede apontando a faca em seu pescoço, obviamente deixando o mesmo assustado.

Poliana- EU DISSE PRA VOCÊ ME CONTAR AONDE ESTÁ A MINHA FILHA!

NamJoon- E-Ela está no seu quarto!!

Poliana- -Solta a faca- Idiota. Isso é sério?!

Dei uma olhada na Yuna que permanecia dormindo, provavelmente NamJoon havia acabado de colocar a mesma para dormir. Aliviada por a mesma está bem eu volto para sala e me sento no sofá ao lado de NamJoon, estávamos em um silêncio constrangedor até que o mesmo quebra o gelo.

NamJoon- Eu fiz alguma coisa de errado?

Poliana- ...

NamJoon- Por favor se eu fiz me diga, eu quero de alguma forma consertar isso.

Poliana- Não. Você não fez nada.

NamJoon- Você levantou uma faca para mim, pela primeira vez alguém me deixou indefeso. -Risada nasal- Estou ficando com medo de mim mesmo.

Poliana- Quando você ser pai você entenderá o que é esse sentimento. No meu lugar você teria agido da mesma forma.

NamJoon- Eu achava que tinha uma opinião formada sobre você mas quanto mais eu tento te entender menos eu sei. Você me deixa confuso.

Poliana- Nem eu mesma estou me entendendo.

NamJoon- Tem certeza que você está bem?

Poliana- NamJoon, você não precisa me entender. Você sabe que não vai ser necessário mais.

Poliana- -Risada nasal- Você deveria está fazendo uma festa dizendo "Poliana irá embora daqui alguns dias, preparem o cronômetro galera!"


NamJoon- Daqui alguns dias...

Poliana- Três dias.

NamJoon- T-Três?

Poliana- Quando foi que você começou a gaguejar assim? É sério, isso está me irritando!

Poliana- Eu vou descansar um pouco. Me avisa se a Yuna me acordar!

POV NAMJOON

Poliana havia ido para o quarto dormir, jogo minha cabeça para trás enquanto encara o teto. Eu estava precisando seriamente pensar no que eu estava fazendo, Poliana era pra ser minha refém para acabar com o Jimin, agora eu estou deixando ela simplesmente ir embora e ressentido porque eu não quero que ela vá? Eu estou ficando vulnerável perto dela, quando foi que eu abaixei minha guarda assim? Quando foi que comecei a gostar da companhia de alguém? Quando foi que comecei a ter essas porcarias de sentimentos?!

NamJoon- -Suspira- Você bagunça minha vida mais do que eu bagunço a casa.

Yuna- -Chora-

NamJoon- Mais essa!

Vou até o quarto de Yuna, antes de Poliana chegar eu havia preparado seu leite então pego a criança no colo e amamento a mesma. Desde que Yuna nasceu eu venho cuidando dela como se fosse minha cria, estranhamente eu sinto um afeto por esse pedaço de joelho, será então que essa é a sensação de ser pai? É errado gostar disso?

NamJoon- -Retira a mamadeira- Pronto! Acabou! -Limpa a sujeira no canto de sua boca-

Yuna- -Encarando NamJoon-

NamJoon- Não me olha assim que eu fico sem jeito!

Yuna- -rir-

NamJoon- -Se derrete por dentro- Ai meu deus que risada mais gostosa! Faz de novo faz!

Yuna- -Rir-

NamJoon- -Rir- Linda...-Acaricia sua bochecha-

TRRRRIIIMMM TRRIIIMMM

NamJoon- Alô?

Guhak- Você tem 20 minutos para chegar aqui.

NamJoon- Entendido. -Desliga-

NamJoon- Eu preciso ir. -Coloca a mesma no berço- Fica quietinha para não acordar sua mãe está bem? Sabe como ela fica chata quando acorda.

Poliana- Fico é?

NamJoon- -Susto- Garota?!

Poliana- Eu pedi para que você me acordasse quando Yuna começar a chorar e quando eu chego me deparo com você falando mal de mim?

Yuna- -Rir-

NamJoon- A Yuna concorda comigo.

Poliana- V-Você-...Eu não digo é mais nada!

NamJoon- Ela já está alimentada.

Poliana- Está bem, obrigado.

NamJoon- Eu preciso ir.

Poliana- Hurrum. Deixa que eu abro a porta pra você.

Poliana- -Abre a porta- Tchau.


NamJoon- Tchau...

Eu havia dado alguns passos á frente quando paro para pensar no que a mesma havia me falado, "três dias". Estranhamente uma coragem me invade por dentro me fazendo bater na porta novamente qual Poliana abre com um semblante confusa, antes que ela pudesse dizer qualquer coisa eu roubo um beijo da mesma, um lado meu estava gritando de raiva por eu está me humilhando dessa tal forma pra uma mulher e o outro estava surtando por está sentindo aquele beijo novamente, uma vontade qual estava reprimindo a muito tempo e negando a vontade para mim mesmo.

Poliana- V...Você...tem que ir...não é? -Fala entre o beijo-


NamJoon- Sim, mas não quero. Guhak que se foda.

POV GUHAK

Guhak- Já se passaram uma hora.

Jimin- Pelo jeito ele não vem.

Guhak- O que esse cara está pensando para desobedecer minha ordem assim?

Jimin- Você está perdendo sua moral. É isso.

Guhak- -Olha para Jimin-

Jimin- NamJoon matou aquela gente toda e você prometeu limpar a ficha dele em troca de ele ajudar você com a (S/N), você me prometeu acabar com o Chanyeol em troca de eu te ajudar com a (S/N). Acontece que você cumpriu com o que prometeu, mas de alguma forma você hesita matar a (S/N).

Jimin- E a gente fica preso a você. Você não consegue perceber o quão estamos esgotados com essa sua vingança? Você nem sequer nos contou qual é a razão dessa sua perseguição doente.

Jimin- Ela te fez alguma coisa que você nem mesmo consegue colocar em palavras? Por que ela é namorada do JungKook e você está punindo ela invés de punir diretamente ele? Ou por que simplesmente é só um louco?

Jimin- Você não está vendo que você está acabando com o Red X? Matar o Toy? Ele era seu melhor informante há anos!

Jimin- O próprio conselho está se separando, daqui uns dias vamos está se matando. Acaba com isso de uma vez! você tem a (S/N) em suas mãos! Mata ela de uma vez!

Não pude conter minhas risadas, Jimin parecia tão humano dizendo aquelas palavras, eu perdendo minha moral? Acabando com o Red X? Matar a (S/N) de uma vez? Quem ele pensa que é para me dar ordens assim?!

Jimin- Toy não está mais entre nós, ninguém encontrou Susan até agora, NamJoon não vem e eu vou embora. -Se levanta-

Guhak- Park Jimin.

Jimin- O que?

Guhak- -Atira no mesmo-

POV (S/N)

Casa de (S/N), 19h40 da noite

Sr. Jihyuk- Tem certeza que quer participar dessa reunião?

(S/N)- Hurrum.

Sr. Jihyuk- Está bem.

Sr. Jihyuk- Bom, acho que podemos começar nossa reunião.

SeokJin- Um momento! (S/N) antes de  começarmos eu queria pedir desculpas por meu comportamento hoje, eu não pensei em você antes daquilo tudo.

(S/N)- Está tudo bem. Então, o que vocês descobriram?


Poliana- Então, aquele vídeo em que Guhak chega na sala e manda delsigar a câmera, bom. -Passa imagem para o data show- Aqui atrás há um espelho que aparentemente parece ser do bar, o ângulo não ajuda muito mas bingo! Temos um pouco da aparência do Guhak.

SeokJin- Então esse é o cara.

Yoongi- Alguém é bom de desenho aqui?

Poliana- Eu!

Yoongi- Você consegue reproduzir essa imagem novamente?

Poliana-Eu posso tentar mas...acho que não mudaria muita coisa não, a única informação que temos dele é sua altura e seu corpo.

(S/N)- Eu ainda tenho um retrato do rosto do Guhak! 


Poliana- Ótimo, você está com ele ai?

(S/N)- Um momento! -Começa revirar as gavetas- Aqui!

Estava com o papel em não, pouco a pouco estava desdobrando ele e enquanto isso o pessoal estava formando um círculo atrás de mim ansiosos para ver o rosto no papel, quando a atenção toda é tirada pelo Yoongi.

Yoongi- Poliana vem comigo!

Poliana- Hum?

Yoongi- AGORA!


(S/N)- O que deu neles?

Foi então que ocorreu um apagão dentro de casa pegando a todos de supresa, até que derrepente sinto alguém me empurrar com muita força tomando o papel de minhas mãos após isso um barulho estrondoso de vidro se quebrando é tomado pelo lugar.

Sr. Jihyuk- -sussurra- Fique atrás de mim e mantenha seus olhos bem abertos.

A sala ficou em um silêncio de aproximadamente um minuto, então as luzes voltaram nos deixando bastante confusos, não havia ninguém a não ser pedaços de vidros ensanguentados espalhados pelo chão.

(S/N)- O que aconteceu aqui?


SeokJin- Gente...-engole em seco- Olhem isso.

(S/N)- Ai...meu...deus!


CONTINUA...


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...