1. Spirit Fanfics >
  2. JungKook, you and them 2 >
  3. Um início para o fim

História JungKook, you and them 2 - Capítulo 16


Escrita por:


Capítulo 16 - Um início para o fim


Fanfic / Fanfiction JungKook, you and them 2 - Capítulo 16 - Um início para o fim

POV YOONGI

Poliana- O que estamos fazendo aqui?

Yoongi- shhh!

Poliana- -Sussurra- O que você tanto olha?

Yoongi- -Sussurra de volta- Você está sendo procurada pelo Guhak. Você sabe não é?

Poliana- -Engole em seco- O que você viu?

Yoongi- Eu vi uma sombra na janela, provavelmente é um deles que vigiam a (S/N) e a mim. Eu havia me esquecido totalmente disso, tisc!

Poliana- Você acha que essa coisa viu a gente?

Yoongi- Talvez.


POV (S/N)

SeokJin estava bastante incrédulo com o que via, foi então que olhei para a parede, e assim como os outros tive a mesma reação. Com tinta vermelha na parede estava escrito as seguintes palavras:

ISSO É APENAS O COMEÇO.
- GUHAK.

SeokJin- Isso é sague?

(S/N)- Não. É tinta, eu acho que é a mesma coisa dos vidros.

Sr. Jihyuk- Eles estão sacaneando você.

Sr. Jihyuk- Eles podem entrar e sair a hora que bem entenderem, esse é o recado que eles queriam dar a você.

(S/N)- De novo.

Bambam- De novo o que?

(S/N)- Quando eu estive com o retrato de Guhak pela primeira vez eles invadiram minha casa.

Bambam- Espera, então aquela vez que você passou alguns dias na nossa casa foi por causa disso?! Eram eles?!

(S/N)- -Afirma-

Bambam- (S/N)...eu não acredito que vem aguentado isso por tanto tempo!

(S/N)- -Pressiona seus lábios-

SeokJin- O Yoongi sumiu com a Poliana, será que ele deve ter visto alguma coisa? Ou será que os dois é que apagaram a luz da casa?!

Sr. Jihyuk- Pare de arrumar confusão com Yoongi. Não tem motivos, ele é de confiança.

SeokJin- Quem garante?!

Sr. Jihyuk- Está contradizendo as minhas palavras Kim SeokJin?

SeokJin- N-Não...

Yoongi- (S/N) você está bem?

SeokJin- Falando nele.

(S/N)- Estou bem sim. Pode explicar o que foi aquilo?

Yoongi- -Olha para a janela- O que aconteceu aqui?


Poliana- -Olha para a parede- Esse cara deve ser mesmo assustador.

(S/N)- O capanga de Guhak invadiu o lugar, deixou recadinho e levou o único retrato que eu tinha da cara do Guhak.

Todos- O que?!

Bambam- Você não tem alguma cópia?

(S/N)- Tinha mas...eles estavam com Myung.

Yoongi- Ele só deve ter entregado para o próprio.

(S/N)- Sem dúvida.

Bambam- Por que você saiu correndo daquele jeito?


Yoongi- Como vocês sabem eu faço parte do Red X e diferente de Myung eu sou enviado apenas para dar informações a ele e garantir que ela não desconfie de nada.

SeokJin- Sim sabemos disso.

Yoongi- Acontece que enquanto estávamos conversando eu acabei vendo um vulto na janela, na mesma hora me dei conta do que era e então peguei a Poliana e fugi o mais rápido possível.

Poliana- Há algumas coisas que vocês não sabem.

Yoongi- Ah, sim. Os capangas também me vigiam, assim garanto a Guhak de que eu não irei trair ele.

Yoongi- E sobre o que a Poliana disse, ela está sendo caçada por Guhak no momento.

(S/N)- O que? Por que?

Poliana- Não sei ao certo, mas provavelmente tem haver com o meu irmão.

Yoongi- Se esse for o caso, chegou uma conversa a mim que Guhak e Park Jimin não estão se entendendo muito bem. Talvez Poliana seja uma chantagem.

Bambam- Sim, tem razão. Myung diz a mesma coisa no vídeo.

(S/N)- E tudo isso por minha causa.

Poliana- Não! Está tudo bem. Como eu já disse a você o Park Jimin sempre foi uma pessoa difícil de lidar.

SeokJin- Droga!

SeokJin- Levaram o retrato e o pendrive, não temos mais o rosto de Guhak!

Poliana- -Rir baixo-

SeokJin- Qual é a graça?

Poliana- Notei que Guhak parece ser o tipo de pessoa que entrega e toma de volta. Se ele entregou o vídeo lógicamente ele iria querer de volta.

Poliana- Já estava esperando uma situação como essa, só não esperava que fosse tão cedo. Bom, de qualquer forma não se preocupem, eu fiz uma cópia para cada um.

Bambam- -Sorrir aliviado- Temos que admitir que Park salvou a nossa noite.

Sr. Jihyuk- Interessante.

Yoongi- É, a barra tá livre. Não tem mais ninguém por perto.

(S/N)- Acha que ele viu vocês?

Yoongi- Vou descobrir isso amanhã.

Yoongi- -Esfrega suas mãos- Pela (S/N) que tal dar uma arrumada nessa bagunça que Guhak deixou? Ela não precisa acordar amanhã e dar de cara com isso na parede.

(S/N)- Gente, não! Não precisa! Eu arrumo depois!

Bambam, SeokJin, Poliana, Yoongi- Não!

(S/N)- Acho que estou sem saída pelo visto.

SeokJin- Não se preocupe, vamos arrumar isso rapidinho. Enquanto isso você pode descansar no seu quarto.

(S/N)- -Nega- Eu tenho que ver uma pessoa antes.

POV GUHAK

- S-Senhor! Eu consegui o pendrive! -Cai no chão de cansaço-

Guhak- Hum. -Toma o pendrive-

- E também consegui o último retrato que faltava. -Retira o papel amassado de seu bolso-

Guhak- Não estava esperando por isso entretanto muito bem. Gostei de ver.

Guhak- E a (S/N) como reagiu?

- -Se levanta- Ela estava na companhia de Bambam, seu ex-namorado SeokJin e um senhor de idade desconhecido. Também pensei ter escutado a voz de Min Yoongi e de uma mulher mas não havia mais ninguém.

Guhak- Que encontro interessante. Conte-me mais sobre o velhote.

- Ele é um homem alto, tem um porte físico bastante forte, cabelos brancos, usava preto dos pés a cabeça, uma bengala e óculos escuro.

Guhak- Min yoongi não me disse nada sobre.
-Alisa seu queixo- Interessante.

- -Limpa garganta-

Guhak- -Tira sua máscara e dar um sorriso malicioso-

- V-V-V-V-Você é o-... V-Voc...C-Como?! D-Desde quan-... Você é o ***************!!!

Guhak- Sim. Eu sou ele e ele sou eu.

- -Cai de joelhos após o choque- Não posso acreditar.

Guhak- Não é tão supreendente assim.

- Você nos enganou tão bem, mais alguém sabe d-disso?

Guhak- Depende de quem eu quero que saiba.

- Uau...

Guhak- Você pegou o pendrive de volta, deu recado, trouxe o último retrato de meu rosto e me entregou uma notícia interessante. Sinceramente eu estou muito orgulhoso de você.


- Muito obrigado senhor!

Guhak- Conte-me, qual seu verdadeiro motivo para está metido com Red X?

- Apenas quero a grana.

Guhak- Grana...hum. -Morde seus lábios- Por que precisa delas?

- Sustentar minha filha e também para comprar um presente a ela, o aniversário dela é amanhã e isso é importante para mim.

Guhak- Poxa, que legal! Quantos anos ela vai fazer?

- Dez anos senhor.

Guhak- Dez anos é uma idade importante. As crianças estão quase chegando a pré-adolescência começam a criar sua própria indentidade, começa a conhecer novos hábitos.

- É sim.

Guhak- Não vejo a hora de ver como a Ollanah será aos dez anos, mas também meu coração fica apertado só de saber que ela terá que crescer, pois para mim ela sempre será meu bebê, você é pai, sabe como é a sensação! -rir-

- -Rir- Sim, sei muito bem disso. Filhos são uma benção não?

Guhak- É, são sim. Escuta, qual foi o tempo que eu te dei para fazer tudo que eu mandei?

- 1 hora e 50 minutos.

Guhak- Você chegou em 1 hora e 57 minutos.


- Desculpa senhor.

Guhak- Eu odeio esperar.

- Novamente, mil desculpas!

Guhak- -Se levanta de sua cadeira- Acho que sua filha terá que aprender a se sustentar sozinha.

- P-Por que diz isso?

Guhak- Porque...-Destrava arma- Eu não tolero atrasos, nem que sejam apenas por alguns minutos.

- Por favor não faça isso! Eu imploro!

Guhak- -Atira na cabeça do homem-

- Já vamos limpar isso imediatamente senhor!

Guhak- Não.

- O que?

Guhak- A filha dele faz aniversário amanhã. Como um bom amigo do pai dela eu quero dar um presente a garota.

- Do que o senhor está falando?

Guhak- Entregue o corpo dele para ela na caixa de presente mais bonita que encontrarem.

- Isso é muita crueldade, ela é apenas uma criança!

Guhak- CALEM A BOCA E APENAS ME OBEDEÇAM!

- S-Sim.

POV JUNGKOOK

Lisa- Por que me chamou aqui?

JungKook- Há uma pessoa que eu preciso que você encontre tudo sobre ela o mais rápido possível.

Lisa- Você parece está muito puto com isso. Diga lá, quem é?

JungKook- Ele se chama Jihyuk, isso é apenas tudo que eu sei dele.

Lisa- Jihyuk? Cara sabe quantos Jihyuk existem por aí? Você não tem nenhuma foto ou outra coisa?

JungKook- Ele é tio de Myung, talvez dê para descobrir algo com isso não é?


Lisa- -Cerra seus olhos-

JungKook- Dar ou não dar?

Lisa- Se senta aqui JungKook.

JungKook- -Se senta- Então? Dar ou não dar?

Lisa- -Massageia ombro de JungKook- Você está muito tenso, apenas relaxe.

JungKook- Lisa.

Lisa- Vou fazer tudo que posso ok?

JungKook- Em troca? ...

Lisa- Em troca eu quero que você relaxe.

JungKook- -Risada nasal- Como se você não fosse cortar minha garganta por trás.

Lisa- Poderia, mas não vou.

JungKook- -Suspira e joga sua cabeça para trás- Será mesmo?

Lisa- -Massageia ombros de JungKook- Nossa, você está muito tenso.

JungKook- Trabalho, trabalho e mais trabalho.

Lisa- Como tatuador ou... (S/N)?

JungKook- Já faz um bom tempo que eu não piso no estúdio. 

Lisa- Você deveria voltar, sabe? se distrair um pouco.

JungKook- Eu estaria pensando nela do mesmo jeito. -Fecha seus olhos-

Lisa- Então tente conhecer outras pessoas, nem que seja por uma noite. -engole em seco-

JungKook- -rir- Não.

Lisa- Você é tão dedicado à ela, mesmo quando ela está com outro...

JungKook- No lugar dela eu faria a mesma coisa.

Lisa- E você? -Fica a sua frente-

JungKook- O que tem eu?

Lisa- -Se senta em seu colo- Você não sente falta de beijar outra pessoa também?

JungKook- -Incrédulo- O que você está fazendo?!


Lisa- -Lágrimas escorrem pelo seu rosto- A Jisoo não me ama mais, talvez ela conheça outras pessoas também. O que eu deveria fazer? Conhecer outras para aliviar minha perda antes de tudo?

JungKook- Sai de cima de mim.

Lisa- -Risada nasal- JungKook...por favor...

JungKook- Eu estou falando sério, sai de cima de mim ag-...

Derrepente Lisa corta minha fala roubando um beijo de mim, eu confesso que fiquei bastante assustado com sua reação porque não estava esperando alguma coisa assim.

Eu queria muito encerrar esse beijo mas de alguma forma meu corpo não atendia meus desejos e eu simplesmente apenas retribui, eu sentia meu corpo arder inteiramente por dentro, sentia também alguns calafrios na minha barriga mas quanto ao beijo meu coração não sentia nada, era apenas um...beijo.

Lisa passa sua mão pelo meu peitoral e logo desce onde coloca sua mão por dentro de minha barriga, as coisas estavam começando a esquentar e derrepente me veio a (S/N) na minha cabeça.

JungKook- -Empurra Lisa- CHEGA!

Lisa- -Sai de seu colo-

JungKook- D-Desculpa, você não é ela.
-Desvia seu olhar enquanto mordia fortemente seus lábios-

Lisa- Não...eu que peço desculpas. -Suspira- Eu não sei o que deu em mim, estou me sentindo tão suja agora. O que está acontecendo comigo JungKook?! -Chora-

JungKook- Eu não sei...

Lisa- Por favor...Você pode fingir que isso nunca aconteceu?

JungKook- Estou me perguntando por que isso aconteceu.

Lisa- Acho que estou tentando de alguma forma tirar esse vazio de dentro de mim. Acho que eu usei você.

JungKook- Não podia ter escolhido outra pessoa?

Lisa- Não podia ter escolhido outra amante?

JungKook- -Cerra seus olhos- Sabe que eu não tive escolha!

Lisa- Também não tenho escolha quanto aos sentimentos de Jisoo.

JungKook- NÃO DESVIA DO ASSUNTO! SABE QUE VOCÊ PODERIA MUITO BEM TER ESCOLHIDO NÃO ME BEIJAR!

Lisa- É, EU SEI! E VOCÊ CONTINUOU POR QUÊ ENTÃO?!

JungKook- Ela tem razão. Eu poderia somente não ter beijado ela. AISH! -se vira para o outro lado enquanto respirava fundo diversas vezes-

Lisa- Vem cá, por que estamos só nós dois aqui?

JungKook- O K está cuidando da filha de Guhak, Yoongi está na casa de (S/N) e Hoseok disse que ia está na sua casa consultando Jisoo.

Lisa- Consultando a Jisoo?

JungKook- Sim.

Lisa- Estranho.

JungKook- O que?

Lisa- Geralmente eles tem uma data e hora para se verem e hoje não é dia.

JungKook- Que bizarro.

Lisa- É, bizarro.

POV JISOO

- Senhorita Jisoo?

Jisoo e Hoseok- -Se olham assustados-

Jisoo- Ai meu deus e agora?

Hoseok- -Sai de cima da mesma- Aja naturalmente.

Jisoo- Hein?

Hoseok- -Abotoando sua camisa- Sua boca está borrada e seu cabelo está muito bagunçado, é melhor arrumar isso.

- Senhorita Jisoo?

Jisoo- JÁ ESTOU INDO!

Jisoo- E você?

Hoseok- Eu? Simples, vou fingir que nunca estive aqui.

Jisoo- Hoseok!

Hoseok- -Arrumando seu cabelo no espelho- Não precisa se preocupar comigo.

Hoseok- Nos vemos amanhã está bem?

Jung Hoseok me dar um beijo de alguns segundos e dar uma piscada acompanhado com aquele seu enorme sorriso de orelha a orelha e logo pula a janela como um ninja de filmes, apesar da enorme altura ele simplesmente ignorava isso e quando ele conseguiu chegar no chão ele deu um tchauzinho e seguiu seu caminho.

Jisoo- -Risada nasal-

- Senhorita Jisoo se você não abrir eu terei que-...

Jisoo- -Abre a porta irritada- EU NÃO POSSO MAIS DORMIR EM PAZ?!

- D-Desculpa, eu pensei ter escutado um barulho vindo de seu quarto!

Jisoo- -Dar espaço onde o homem ver que  sua TV estava ligada-

- Desculpe o incômodo.

Jisoo- -Fecha a porta-

Há algum tempo Dr. Hoseok e eu vemos tendo um caso, mesmo que isso seja a coisa errada a se fazer com Lisa eu não posso negar que me sinto bem com Hoseok, talvez por ele saber isar as palavras certas, talvez por ele não me tratar como uma louca, talvez por ele não me tratar com criança e não questionar minhas escolhas e meus pensamentos. Eu ainda estou muito confusa com tudo isso, me sinto dividida, para ser sincera não sei como começamos isso tudo, apenas...rolou.

Estranhamente quando estou com ele e fecho meus olhos me vem a imagem de um homem que eu nunca havia visto em minha vida, imagens essas que são bastante detalhista que me trazem sensações de nostalgia, como se eu já tivesse vivido o mesmo momento com esse tal homem.

POV (S/N)

Yugyeom estava deitado em meus braços, ele estava dormindo profundamente, provavelmente só agora ele havia tirado um tempo para dormir, seus olhos inchados, as enormes olheiras e sua boca pálida e seca entregavam tudo.

Ao receber a mensagem de SeokJin eu bem devagar me solto de Yugyeom para não acordar-lo, cubro o mesmo com o edredom, antes de sair do quarto faço um carinho em seu cabelo e dou um beijo de boa noite em sua testa.


JB- Como ele está?

(S/N)- Felizmente consegui fazer com que ele comesse um pouco.

Jinyoung- Vocês devem está sofrendo bastante com tudo isso não é?

(S/N)- Ele amava o Myung mais que tudo.

Youngjae- Desde que Myung se foi ele não come, não dorme, só fica no quarto. Tenho medo de ele não superar isso.

(S/N)- Não, ele vai superar isso. Eu tenho certeza que vai.

Jackson- Fico me perguntando como deve está a cabeça dele agora, o Mark, o disband, seus acidentes e agora o Myung.

Jinyoung- As coisas aconteceram tudo ao mesmo tempo.

(S/N)- Preciso que vocês façam algo.

JB- Claro, pode dizer.

(S/N)- De alguma forma eu queria poder ajudar ele, mas estou tão mal quanto. Então quero que vocês tentem animar ele o máximo possível, dêem todo apoio, ele precisa muito de vocês agora.

Jackson- -Segura a mão da mesma- Não se preocupe, vamos fazer de tudo para ajudar ele.

JB- (S/N) se você precisar da gente também estamos aqui está bem? Pode contar com a gente para qualquer coisa!

Jinyoung- Exatamente. Você é uma amiga muito importante para a gente também!

Youngjae- Qualquer dia, qualquer hora ok?

(S/N)- -Sorrir de canto- Eu agradeço.

(S/N)- Bom, eu passei para ver como o Yugyeom estava. Está tarde então acho que vou indo, não quero atrapalhar vocês.

Jackson- Não atrapalha não.

Youngjae- A casa está sempre de portas abertas para você.

JB- Até mais (S/N), se cuida também!

Jinyoung- Até!


(S/N)- Tchau!

Casa de (S/N)

(S/N)- Uau! A sala está...impecável!

SeokJin- Que bom que gostou.

(S/N)- Obrigado por limparem.

Poliana- -Dar um tapa na costa de (S/N)- Que isso, não foi nada!

(S/N)- H-Hurrum.

Poliana- Meu deus eu bati muito forte?! Está doendo?!

(S/N)- N-Não! AAAAAAHHHHHHHHH

Yoongi- Antes de vocês irem embora eu queria sugeri uma coisa...

Bambam- Claro, pode falar.

Yoongi- Depois do que aconteceu hoje eu estive pensando... acho que fazer a reunião aqui na casa de (S/N) não é mais seguro.

Yoongi- Acho que o foco em Guhak é tão grande que esquecemos que a casa mais vigiada e de fácil acesso pra ele é a da (S/N).

Bambam- Você tem razão, a qualquer momento o Guhak pode invadir esse lugar e fazer o que bem entender.

Yoongi-Exatamente com (S/N) e Poliana aqui as vantagens são ainda maiores.

Sr. Jihyuk- O que você sugere?

Yoongi- Um lugar adequado para isso, um avanço para todos nós.

Poliana- Eu basicamente convivo em lugares assim, eu posso dar alguns palpites se for ajudar.

Bambam- Digo o mesmo.

Sr. Jihyuk- Isso. Estamos quase lá.

SeokJin- (S/N)? Sr. Jihyuk?

(S/N)- Acho que é a coisa certa a se fazer.

Sr. Jihyuk- Faço as palavras de (S/N) a minha.

Sr. Jihyuk- Para o bem de todos é melhor deixarem essa parte comigo e com Yoongi.

SeokJin- O que? Por que?

Sr. Jihyuk- (S/N) não está com a cabeça para isso agora, Poliana e Bambam ainda não ganharam minha confiança.

SeokJin- E eu?

Sr. Jihyuk- Você não sabe nem o que fala quem dirá de negócios.

SeokJin- Obrigado, ajuda muito minha autoestima.

Yoongi- Sr. Jihyuk, podemos conversar a sós?

Sr. Jihyuk- Certo. Me acompanhe.

Bambam- Então? Como ele está?

(S/N)- Demorou mas conseguiu pegar no sono.

Bambam- Nossa! Sério? Que bom! Na verdade isso me alivia bastante.

SeokJin-(S/N) quando vamos investigar o JungKook?

Poliana- JungKook é o seu namorado não é?

SeokJin- EX. EX-NAMORADO. PASSADO.

Bambam- Ah sim, nunca entendi o término de vocês foi tão...derrepente. O que houve entre vocês dois?

(S/N)- Longa história, prefiro não falar sobre.

SeokJin- Apenas saiba que ele foi um idiota na história.

(S/N)- E SeokJin sobre o JungKook não se preocupe, eu não esqueci está bem?

SeokJin- Ainda não acredito que ele foi quem matou o pai de Guhak. O que esse idiota tinha na cabeça?

Bambam- Não posso acreditar que ele é caoaz de matar alguém, que ele tem um passado assim. Que tipo de pessoa ele é?

Poliana- (S/N) você se lembra como Park Jimin e Jeon JungKook ficaram estranhos no jantar quando eles ficaram um tempo a sós?

(S/N)- Sim.

Poliana- O Jimin é do Red X e JungKook de alguma forma se meteu com esses tipo de gente, acha que eles tem algo juntos?

(S/N)- -Supresa- Eu não sei, espero que não.

(S/N)- De qualquer forma eu queria pedir para que vocês não comentassem nada com o JungKook sobre isso. Eu mesmo pessoalmente quero conversar com ele.

SeokJin- Você já parou pra pensar que o próprio JungKook pode ser o Guhak?

(S/N), Poliana, Bambam- O QUE?!

SeokJin- É gente, pensem! Talvez ele tenha matado o pai de Guhak porquem quem sabe ele queria tomar o lugar dele?

Poliana- Acredito que se esse fosse o caso já teríamos descoberto faz tempo não?

Bambam- É, é verdade. -Dar um tapa na cabeça do mesmo- Pare de colocar minhocas na cabeça de (S/N)!

SeokJin- Ya!

Bambam- Quando (S/N) conversar com ele só então vamos saber a resposta e aí sim vamos poder dar nossas opiniões.

SeokJin- E se ele mentir?

Bamban- E se ele disser a verdade?

SeokJin e Bambam- Park Poliana!

Poliana- Eu... -Olha para (S/N)-

(S/N)- -Nega-

Poliana- Eu acho que vou embora, está ficando tarde e eu tenho filha pra cuidar. Boa noite.

(S/N)- -Risada nasal- Tchau! Vá com cuidado para casa!

Poliana- Obrigado e até amanhã!

Bambam- Sendo assim acho que vou indo também, tchau (S/N)!

(S/N)- Tchau!

SeokJin- Acho que eu tenho que ir também pelo visto.

(S/N)- Espera, a gente pode trocar uma palavra rapidinho?

SeokJin- Claro, aconteceu alguma coisa?

(S/N)- Sinto que desde que você entrou nisso a gente não conversou direito.

(S/N)- Olha, eu sei que aconteceram algumas coisas entre a gente que me fariam nunca mais olhar na sua cara mas... eu agradeço por você está nessa comigo.

(S/N)- Sinceramente, entre todas as pessoas do mundo eu nunca imaginei que teria você aqui. Então novamente muito obrigado.

SeokJin- -Segura suas mãos- Não precisa agradecer está bem?

SeokJin- Eu sei que eu fui um idiota com você então eu vejo isso tudo como uma prova de mostrar que eu mudei e que quero de verdade me desculpar com você.

(S/N)- Pois bem, -...

SeokJin- Eu sei que já se passaram anos mas...eu nunca consegui te esquecer, eu ainda amo muito você e mesmo se eu não amasse eu ainda sim estaria aqui por você.

(S/N)- SeokJin, sobre seus sentimentos eu-...

SeokJin- Está tudo bem, não precisa responder. Sei muito bem qual é sua resposta, mas saiba que mesmo assim eu ainda não vou desistir de ter você de volta.

SeokJin- Bom, eu tenho que ir. -Dar um beijo em sua testa- Até amanhã!

Yoongi- -Se aproxima- Conversa demorada não?

(S/N)- -Sorrir perversa- Por que? Está incomodado?

Yoongi- O que?! Claro que não! Você-...Você-...Aish!

(S/N)- -Rir-

Yoongi- -Cruza seus braços- Eu preciso trocar uma idéia com você.

(S/N)- Pode falar.

Yoongi- Eu vou dormir aqui essa noite, depois do que aconteceu eu não vou conseguir voltar pra casa e fingir que nada aconteceu.

Yoongi- Eu apenas quero vigiar você de perto, pelo menos pra ter certeza de que eles não vão voltar no meio da madrugada.

(S/N)- Eu vou fechar o portão então.

Yoongi- -Toma a chave de suas mãos- Deixa que eu fecho pra você. Eles podem está aí por fora.

(S/N)- Você acha?

Yoongi- Não podemos correr esse risco.

(S/N)- Tudo bem, você que sabe. -Dar de ombros e sobe pro quarto-

POV GUHAK

- Senhor?

Guhak- -Limpa suas lágrimas rapidamente e coloca sua máscara- Qual é o problema de vocês? Por que não batem na porcaria da porta?!

- D-Desculpa.

Guhak- O que vocês querem?

- Senhor K está aqui junto com Ollanah.

Guhak- -Se levanta imediatamente- O que? Aconteceu alguma coisa?

- Vamos mandar eles entrarem.

Ollanah- Papai! -Abraça o mesmo-

Guhak- -Pega a mesma no colo e abraça fortemente- Oi meu amor como você está? hum?

Eu estava tão aliviado e feliz por vê-la novamente, eu estava morrendo de saudades da mesma e desde a nossa última conversa eu estive bastante pensativo sobre isso, apesar dos meus negócios sujo eu queria ser um bom pai a Ollanah.

Guhak- O que faz tão tarde aqui? Deveria está dormindo mocinha!

Ollanah- Culpa do senhor K que demorou muito pra deixar eu vim para cá.

Guhak- -Olha para o K-

K- Ela implorou para vim para cá.

Guhak- Implorou é? -Arqueia sombrancelha-

Ollanah- Implorei é? -Arqueia sombrancelha-


K- É. Implorou.


Ollanah- Senhor K! Senhor K!

K- -Aparece imediatamente- Senhorita Ollanah você não deveria está dormindo?

Ollanah- Deveria, mas não estou.

K- Vamos, você precisa voltar para cama.

Ollanah- -Passa por debaixo de suas pernas- Eu quero ver meu pai!

K- -Se vira- Já são tarde da noite, eu não posso.

Ollanah- Por favor Senhor K! Eu não me despedi direito da última vez!


K- Me desculpe, ordens são ordens.

Ollanah- -Se agarra em suas pernas-

K- O que?

Ollanah- Eu não vou sair daqui até você me levar para lá.

K- Senhorita eu já disse q-...

Ollanah- Por favor, Por favor, Por favor, Por favor!

K- -Tentando se movimentar com Ollanah agarrada em sua perna-

Ollanah- Sabia que você está muito bonito hoje?

K- Eu não vou te levar até lá.

Ollanah- Senhor K!



Guhak- -Rir-

Ollanah- Não foi exatamente assim!

K- Ah não?

Ollanah- -Corada-Foi assim mas não foi bem assim...

K- -Risada nasal- Eu vou aguardar você no carro. -se retira da sala-

Guhak- -Se senta- Então você queria me ver?

Ollanah- -Se abraça ao Guhak- Sim!

Guhak- Está até de pijama? -Rir-

Ollanah- Eu estava com pressa...

Guhak- Então, como você está? -retira a máscara-

Ollanah- Brava! Muito brava! Principalmente com você!

Guhak- Que dragãozinho mais bravo! O que eu fiz?

Ollanah- O que você fez? Me chutou para aquela casa de novo!

Guhak- -Suspira- Querida vai ser melhor que você fique por lá.

Ollanah- Eu não gosto.

Guhak- Por que não? Tem muitos brinquedos para você brincar.

Ollanah- É chato brincar sozinha.

Guhak- Sozinha? E quanto sua vó e o K?

Ollanah- Prefiro está aqui.

Guhak- -Rir- Aqui? Com vários adultos chatos, fazendo coisas de adultos chatos e sem nenhum brinquedo pra você brincar?

Ollanah- Não é verdade!

Guhak- É sim.

Ollanah- Qualquer coisa pode virar brinquedo, então isso não é problema.

Ollanah- Até mesmo esse negócio esquisito aqui! -Coloca a máscara qual ficou absurdamente grande no seu rosto- Estou igual a você?

Guhak- -Rir- Acho que isso não é do seu tamanho. -Retira a máscara- E também você não precisa de uma máscara não é?

Ollanah- Bom...pelo menos eu fico perto de você todos os dias não é?

Guhak- Eu prometo que quando eu acabar com tudo isso o papai vai brincar com você todos os dias está bem?

Ollanah- Acho bom cumpri com sua promessa!

Guhak- Juro juradinho!

Ollanah- Olha! -Mostra uma foto de Jisoo-

Guhak- -Desfaz seu sorriao e toma foto- Aonde você conseguiu isso?!


Ollanah- Chegou em uma daquelas caixa novamente, mas só havia essa foto mandando eu entregar para você. Você conhece ela papai?

Guhak- -Amassa a foto e joga no fogo acesso-Apenas esqueça da existência dessa foto está bem? Vem, vamos dar uma volta.

POV (S/N)

Quarto de (S/N), 00h20

Enrolo meu cabelo na toalha e coloco apenas uma calcinha já que estava escovando os dentes ao mesmo tempo. Quando me lembro que havia deixado meu pijama na cama, após terminar de escovar os dentes saio do banheiro indo em direção a cama quando me deparo de frente com Yoongi do outro lado da cama me olhando completamente assustado, pela vergonha acabo correndo de volta para o banheiro.

(S/N)- YA! O QUE VOCÊ TÁ FAZENDO AQUI?!

Yoongi- EU VOU DORMIR AQUI LEMBRA?!

(S/N)- POR QUE NÃO AVISOU QUE TAVA AQUI?!

Yoongi- EU IA SABER QUE VOCÊ IA SAIR NUA DO NADA?!

(S/N)- AISH!

Yoongi- -Força garganta- Seios bonitos. São naturais?

(S/N)- -Acerta uma escova de cabelo na cabeça do mesmo-

Yoongi- VOCÊ QUER ME MATAR?! -Acerta a escova contra a porta fechada do banheiro-

(S/N)- DAR PRA ESQUECER ISSO?!

Yoongi- EU SÓ ESTAVA TENTANDO MUDAR DE ASSUNTO!

(S/N)- -Abre a porta- FALANDO DOS MEUS SEIOS?!

Yoongi- Ótimo! Você está vestida agora.

(S/N)- -Resmugando baixinho- Por que você é tão idiota?

Yoongi- O QUE VOCÊ DISSE? REPETE! O QUE VOCÊ DISSE?!

(S/N)- EU DISSE QUE VOCÊ É UM IDIOTA! QUER QUE EU REPITA?! I-D-I-O-T-A!

Yoongi- PELO MENOS EU NÃO FICO PERAMBULANDO NÚ POR AI!

(S/N)- JÁ DISSE PRA VOCÊ PARAR DE FALAR SOBRE ISSO!

Então Yoongi e eu começamos a trocar tapas e puxões de cabelo, o quarto havia virado um verdadeiro campo de guerra, xingamentos pra lá, xingamentos para cá, travesseiros e ursos de pelúcias voando, tapas, tapas, e mais tapas.

Sr. Jihyuk- -Grita de seu quarto- SE EU TER QUE IR ATÉ AÍ VOCÊS VÃO VER!

Quando se tratava do Sr. Jihyuk bravo até a própria assombração tinha medo do mesmo, após o aviso do mais velho corremos para debaixo dos lençóis e ficamos bem quietinhos em um silêncio que a única coisa que podia se escutar era os grilos que estavam lá fora.


Yoongi- -Sussurra- Me dar um pouco do lençol, você pegou quase tudo!

(S/N)- -Sussurra- Mais?! Você está quase com a metade dele!

Yoongi- -Puxando o lençol- Dar logo vai!

(S/N)- -Puxando o lençol de volta- Você já está com boa parte!

Yoongi- Dar logo!

(S/N)- Solta!

Estávamos em um cabo de guerra com o lençol e chutando um ao outro, agora estávamos discutindo em forma de sussurro quando derrepente nossa atenção é tomada pelo estalo do cinto do Sr. Jihyuk que estava ao pé da cama, o mesmo estava sem seus óculos e mesmo cego ele olhava diretamente para nossos olhos como se pudesse enxergar até a nossa alma, não era de costume ver o mesmo sem seus óculos escuros então ver aqueles olhos negros enraivados com aquela enorme cicatriz o tornava ainda mais assustador.

Yoongi e (S/N)- -Susto-  AAAAHHH!! -Se abraçam-

Sr. Jihyuk- Vão...Dormir... AGORA!

Sr. Jihyuk- E não me façam voltar aqui! -Fecha a porta-

Yoongi e (S/N)- -Engole em seco-

Yoongi- V-Você viu? -Tremendo-

(S/N)- Se eu vi? Eu devo ter mijado nas calças!


Yoongi- Cacete eu estou todo arrepiado!

(S/N)- A culpa é sua!

Yoongi- Minha? Você que-...

Sr. Jihyuk- -Fecha porta de seu quarto-

Yoongi- É melhor deixarmos essa briga para amanhã.

A luz se apaga e então permaneci deitada no peitoral de Yoongi, enquanto escutando seu coração bater, algumas lembranças passearam pela cabeça de quando dormia com Jeon JungKook, era tão bom escutar sua voz doce cantando para mim até eu pegar no sono enquanto me sentia a pessoa mais protegida do mundo por seus fortes braços. Talvez meu erro foi me acostumar a dormir assim sabendo que agora ele pode está cantando para outra.

(S/N)- -Solta um suspiro entristecido-

Yoongi- O que foi?

(S/N)- Nada, são só alguns pensamentos.

Yoongi- Quer conversar sobre isso?

(S/N)- -Nega- Estou cansada agora.

Yoongi- Tudo bem.

(S/N)- Yoongi?

Yoongi- Sim?

(S/N)- Você pode fazer um cafuné em mim?

Yoongi- Até parece!


(S/N)- Por favor... Somente até eu dormir.

Yoongi- Vá dormir vá!

(S/N)- Chato. -Fecho meus olhos-

Estava tão perto de pegar no sono quando sinto suas mãos acariciarem meu cabelo, seus braços me prendiam ainda mais para si.

Yoongi- -Risada nasal- Já dormiu. Deve está mesmo muito cansada.

Yoongi- -Dar um beijo em sua testa- Boa noite.

Dia seguinte

Yoongi havia ido embora antes do amanhecer mas havia preparado um café da manhã para quando eu acordasse, foi muito gentil da parte do mesmo. Estava cortando a grama que estava ficando bastante alta comparada as outras quando escuto uma buzina atrás de mim, ao me levantar e se virar me deparo com Kim Taehyung dentro de seu carro, o mesmo abaixa o volume alto da música que estava escutando.

Taehyung- Bom dia (S/N)! -Tira seus óculos escuro-

(S/N)- Ah, oi! -Tiro minhas luvas e aproximo do carro-

Taehyung- -Olha para o distintivo de (S/N)- Você está irá trabalhar hoje?

(S/N)- Pão nosso de cada dia, o trabalho não pode parar.

Taehyung- Como você está?


(S/N)- Com muito sono.

Taehyung- -Rir-

(S/N)- E você? Parece muito animado hoje!

Taehyung- -Sorriso de orelha a orelha- Você percebeu?

(S/N)- -Afirma-

Taehyung- É coisa do trabalho.

(S/N)- Então...

Taehyung- Então o que?

(S/N)- Não vai me contar o que é?

Taehyung- Não.


(S/N)- Tchau Taehyung.

Taehyung- Eu tô brincando volta aqui!

(S/N)- Então?!

Taehyung- Eu não posso te contar ainda, mas logo logo você vai saber!

(S/N)- Ah pode sim e vai! Anda!

Taehyung- Nanãninãnão!

(S/N)- Argh! Eu não queria saber mesmo!

Taehyung- -Rir- Então...eu vou poder levar a madame para o trabalho hoje?

(S/N)- Não, não precisa.

Taehyung- Qual é! Vamos, me deixe dar uma carona para você. A gente fazia muito isso lembra?

(S/N)- Eu-...

Taehyung- Você prefere ir sozinha naquele carro deprimente ou ir de carona no carro do bonitão aqui?

(S/N)- Cadê?

Taehyung- Cadê o que?

(S/N)- Não estou vendo nenhum bonitão aqui.

Taehyung- -Apoia sua cabeça no volante- Minha autoestima foi a ladeira abaixo agora.

(S/N)- -Rir- Eu estou zoando besta!

Taehyung- A gente quer ser bom e ainda é pisado, massacrado, humilhado...não, de boa, me acostumei.

(S/N)- Taehyung!

Taehyung- Maldito seja o homem que aceita apanhar de fêmea bonita. Droga, sou eu mesmo!

(S/N)- Aish como você é dramático!

Taehyung- Eu não digo mais nada também!

(S/N)- Você que sabe.

Taehyung- -Sai do carro e abraça (S/N) por trás- Como você tem coragem de dar as costas para mim?

(S/N)- -Se vira para Taehyung e coloca seus braços em volta de seu pescoço- Não disse que ia falar mais nada?


Taehyung- -Revira seus olhos-

(S/N)- -Rir-

Taehyung- Enfim, você vai comigo certo?

(S/N)- Qual é a dessa de que você quer porque quer que eu vá com você?

Taehyung- Eu estou muito feliz hoje e queria ter alguém, você, do meu lado pra eu não ter que aproveitar sozinho.

(S/N)- Hum...

Taehyung- Não seja tão dura, vamos fazer isso pelos velhos tempos hum? -Selinho-

(S/N)- Está bem você me convenceu!

Taehyung- Isso! -Força garganta- Entre por favor! -Abre a porta para a mesma-

(S/N)- -Solta um riso envergonhada e entra-

Taehyung- -Coloca seus óculos escuro e entra no carro-

Trabalho, 07h50

Taehyung- -Tranca o carro-

(S/N)- Tae...

Taehyung- Você não precisa ir agora.

(S/N)- Já são 07h50 e eu não estou com cabeça pra escutar sermão do Park Jimin.

Taehyung- Eu tenho uma reunião com o Park Jimin daqui...-Olha em seu relógio- Alguns minutos.


Taehyung- Você sabe que eu tenho moral nisso tudo, então uns minutos a mais não tem problema pra ele não é?

(S/N)- Você tem reunião com o Park Jimin? Estranho...

Taehyung- Também achei. É raro eu vim para cá e quando eu venho aqui é mais quando ele precisa de algumas melhorias por aqui porque temos patrocinadores nessa área mas....

(S/N)- Mas...

Taehyung- No momento eles estão a viagem de negócios então eles estão indisponível atualmente.

Taehyung- Atualmente estamos fazendo um acordo com a concorrência e a pedido deles eu vim até aqui para falar com ele. O que é estranho porque a concorrência não tem nada haver com isso sabe?

(S/N)- É, é estranho mesmo, é melhor você  tomar cuidado.

Taehyung- E você?

(S/N)- O que?

Taehyung- Tem certeza que quer vim trabalhar hoje é a coisa certa?

(S/N)- Eu não posso ficar parada pensando nele.

Taehyung- Você acha que está preparada pra voltar? Você sabe que ele não vai pisar aqui nunca mais não é?

(S/N)- Não tem para onde correr. Eu só acho que vai ser estranho sabe? Foi aqui nos conhecemos e...-suspira- e saber que ele não vai está lá nunca mais...-Coloca a mão no rosto para esconder as lágrimas-

Taehyung- Me desculpa, eu não queria fazer você chorar.

(S/N)- -Limpa suas lágrimas- Está tudo bem, não é sua culpa.

Taehyung- -Segura a mão da mesma- Você vai superar tudo isso está bem? Eu estou aqui por você para qualquer coisa. Ok? -Dar um beijo na sua mão-

(S/N)- Obrigado, você é um amor.

(S/N)- Agora...-Alcança sua mão até o outro lado e destrava o carro- Eu preciso mesmo ir. Até! -Sai-


TOC TOC

Park Jimin- Entre.

(S/N)- Sr. Park Jimin?

Park Jimin- É você. -Fuzila com o olhar-

Park Jimin estranhamente ao se levantar da cadeira como se viesse me atacar acaba apoiando sua mão na mesa para que não caísse, não sei o que o meso tinha mas estava seriamente machucado, era nítido a sua expressão de dor, fora os hematomas estranhos espalhados por seu corpo.

(S/N)- Está tudo bem?

Park Jimin- Idio-...-Respira fundo para que pudesse completar sua frase- IDIOTA!


Park Jimin- TEMOS HORÁRIOS E HORÁRIOS PRECISAM SER CUMPRIDOS!

Park Jimin- EU ESTOU CANSADO DE TER QUE REPETIR ISSO PARA VOCÊ! O QUE É? VOCÊ É SURDA POR ACASO?!

Park Jimin- SE EU NÃO ESTIVESSE TÃO FERIDO EU-...

Taehyung- -Entra na sala- Você?

Park Jimin- T-T-Taehyung? -Coração palpitado-

Taehyung- Continue. Se você não estivesse machucado você ia fazer o que?!

Park Jimin- -Abaixa sua cabeça- eu não ia fazer nada...


Taehyung- "T-T-Taehyung?", Para você é Kim Taehyung.

Park Jimin- Me desculpe...

Taehyung- Me desculpe o que?

Park Jimin- Me desculpe Senhor Kim Taehyung.

Taehyung- Agora ajoelhe-se e peça desculpas para (S/N).

Park Jimin- -Olha incrédulo para o mesmo-

Taehyung- -Cerra seus olhos-

(S/N)- Não! Não precisa disso! Taehyung!

Taehyung- -Ignora a mesma- Agora.


Park Jimin que mal conseguia se manter em pé com muito esforço e desgosto fica de joelhos na minha frente, seu olhar dizia totalmente o contrário de suas palavras.

Park Jimin- Me desculpe, (S/N).

Taehyung- Pode ir, (S/N).

Sala de (S/N) e NamJoon

Estava passando algumas coisas para o computador quando a porta fica meio aberta onde uma mão balançava um pano branco.

(S/N)- O que?

NamJoon- -Entra e fecha a porta- Bandeira branca, vim em paz. É assim que fazem nos desenhos animados não é?


(S/N)- Ah é você. -Diz com certo nojo e volta sua atenção para o computador-

NamJoon- -Se senta na sua mesa- Preciso conversar com você.

(S/N)- Pode dizer.

NamJoon- Então eu não queria que ficasse esse clima chato entre a gente entende? Tipo, temos os nossos motivos mas ainda trabalhamos juntos e estamos nessa juntos, então não vamos deixar isso atrapalhar nosso trabalho certo?

(S/N)- -Rir- Eles atuam tão bem assim? Se eu não soubesse que tipo de gente ele era eu cairia fácil, fácil nesse papinho.

(S/N)- Que seja.


NamJoon- Agora que eu serei seu parceiro oficial nas investigações o que você manda?

(S/N)- Que você fique bem longe de mim.

NamJoon- -Balança o pano branco novamente- É sério, eu vim em paz!

(S/N)- -Suspira- Está bem. -Deixa o computador de lado e cruza suas pernas- Há um tempo eu estive revendo alguns casos arquivados e um desses me chamou bastante atenção.

NamJoon- Certo...

(S/N)- Comparado aos outros acredito que esse seja o mais recente, então acho que temos uma boa chance de conseguirmos resolver esse.


(S/N)- -Abre sua gaveta- Aqui é a segunda parte do arquivo, a segunda está lá na sala. Quero que você dê uma olhada e ver o que acha.

NamJoon- Vamos ver o que temos aqui... hum, Kim Jisoo?

(S/N)- Ela estava comemorando o aniversário da filha dela e derrepente foi morta, seu corpo roubado do necrotério e tem uma filha desaparecida?

NamJoon- -Arqueia sua sombrancelha- Você tem razão, isso é muito estranho. Você viu os depoimentos das pessoas da festa?

(S/N)- Não, esse caso é dividido em várias pastas, é confuso e bagunçado.

NamJoon- -Semicerra os olhos-

(S/N)- O que foi?

NamJoon- Isso está estranho, um caso arquivado é um caso arquivado não tem porque ter pastas separadas, eu vou verificar direito isso, já volto. -Sai-

Me escoro na cadeira onde por alguns segundos eu fecho meus olhos e quando eu abro me deparo com uma rosa vermelha na minha frente, ótimo, mais uma mão.

(S/N)- -Olha para o dono da mão- Taehyung?

Taehyung- Uma flor para animar seu dia.


(S/N)- -Cheiro- É muito bonita, obrigada.

Taehyung- -Olha em volta- É aqui que você fica aqui sozinha o dia todo?

(S/N)- -Coloca a rosa no vaso de flores- Não. NamJoon fica por aqui também mas quase nunca está ou então só às vezes.

Taehyung- Entendi.

(S/N)- Então, como foi a reunião com Park Jimin?

Taehyung- -Fecha a cara- O clima ficou um pouco tenso mas consegui terminar a reunião sem quebrar a cara daquele cara.

(S/N)- Você não precisava ter feito aquilo.

Taehyung- Acha mesmo que eu ia deixar ele falar com você daquele jeito?

(S/N)- -Suspira-

Taehyung- -Olha em seu relógio- Enfim, está quase na hora de eu ir embora mas acho que ainda dar tempo.

(S/N)- Tempo de que?

Taehyung- De fazer isso.

O mesmo segura minha cintura onde puxa meu corpo contra o seu e me dar um beijo bastante intenso, sua língua explorava cada canto de minha boca, ele ia afundo nisso, eu não sei colocar em palavras o que era o beijo de Taehyung mas somente experimentando para saber qual era a sensação.

(S/N)- -Desfaço o beijo- T-Taehyung...


Taehyung- Sim?

Estávamos alguns centímetros com o rosto perto do outro, nossos narizes se encostavam, eu sentia seu olhar sob mim mas os meus estavam em qualquer lugar, menos nos seus olhos.

(S/N)- Sabe o que é?... Com tudo isso que está acontecendo comigo eu não estou com cabeça no momento para pensar na gente.

Taehyung- -Suspira-

(S/N)- Eu ainda estou tentando engolir essa história do Myung, eu estou confusa e não quero que isso atrapalhe a gente então...- 


Taehyung- Então? -Impaciente- Quer acabar com tudo? É isso?


(S/N)- Não! Eu só quero dar um tempo na gente, pelo menos até as coisas melhorarem.

Taehyung- -Morde seus lábios pensativo-

(S/N)- Eu prometo que assim que eu me resolver internamente eu vou focar mais na gente está bem? No momento eu estou precisando de você somente como um amigo, consegue me entender? -Olha nos seus olhos-

Taehyung- Tudo bem, eu entendo.

(S/N)- Diz a verdade, você está bravo comigo?

Taehyung- Não! Eu não estou.

Taehyung- Se é isso que você quer não há nada que eu possa fazer. Não se preocupe, nada vai mudar entre a gente e eu não estou bravo com você.

Taehyung- Mais antes posso dar mais um beijo em você?

(S/N)- -Rir- Costumam dizer que meu beijo é bom, mas não imaginava que fosse verdade.

Taehyung- Ah é bom sim. -acaricia os lábios da mesma enquanto encaravam eles fixamente- Se dependesse de mim eu beijaria todo dia, toda hora e a cada um segundo.

(S/N)- É?

Taehyung- Hurrum.

Então nos beijamos novamente, o mesmo me carrega durante onde me senta em cima da mesa para que eu pudesse ficar na sua altura, ele destribui alguns beijinhos e mordidas pelo meu pescoço que faziam meu corpo inteiramente se arrepiar mas logo volta sua atenção para minha boca.

Por um instante quase que eu perco a noção das horas e de onde eu estava, tentava desfazer aquele beijo indo para trás mas o mesmo ia para trás também, ele sabia o que eu estava fazendo mas não estava permitindo aquilo, não por agora. Estava começando a sentir o ar faltar em meus pulmões então eu dou uns tapinhas em seu peitoral para que que o beijo enfim parasse.

(S/N)- -Ofegante- Eu ainda estou no trabalho ok?

Taehyung- Hurrum. -Volta a beijar a mesma-

(S/N)- O Nam..Joon...pode...pode...cheg-...ar...
-Tentando falar durante o beijo-

Taehyung- -Morde os lábios da mesma e dar vários selinhos seguidos-

(S/N)- -Ofegante- Não imaginava que seus beijos fosse tão intensos.

Taehyung- Eu também não. Posso dar outro pra ter certeza?

(S/N)- Vai embora logo!

Taehyung- -Rir- Ok! Eu estou indo então.

(S/N)- -Sai de cima da mesa- Eu vou abrir a porta para você.

Taehyung- -Acompanha a mesma enquanto arruma sua gravata- Sim senhora.

(S/N)- -Abre- Tchau e obrigado pela carona.

Taehyung- -Rouba um selinho- Tchau!

Dei uma sorriso bobo pela timidez então o mesmo rir da minha cara vermelha que queimavam pela vergonha, logo em seguida ele vai embora e eu acompanhava-o com os olhos até ele sumir do meu campo de visão.


NamJoon- -Força garganta-

(S/N)- A-Ah...oi?

NamJoon- Oi.

(S/N)- oi...

NamJoon- Então?

(S/N)- Então?

NamJoon- É...a sala, posso entrar na minha própria sala também?

(S/N)- A-Ah! -Dar espaço- Desculpa.

NamJoon- -Semicerra seus olhos e entra na sala- Você está bem?

(S/N)- Então? Como foi lá na sala?

NamJoon- Consegui pegar todos os arquivos mas tem algo muito estranho...

(S/N)- O que?

NamJoon- Ver com seus próprios olhos e me diga o que acha.

NamJoon espalhou as pastas na mesa como se fossem baralhos prestes a ser usada em truques de mágica, ele me olha com um olhar de "veja" e volta a olhar para as pastas novamente, faço o que o mesmo pediu e observo atentamente as pastas, aparentemente não havia nada de errado mas ao dar uma rápida passada de olho em cada uma foi que eu pude me tocar.

(S/N)- Estranho.

NamJoon- Percebeu?

(S/N)- Não tem fotos de nada, nem do corpo, nem dela, nada.

NamJoon- Aqui. -Empurra uma pasta à frente-

NamJoon- Os convidados da festas deram todos os mesmo depoimento, as luzes apagaram e quando voltou a mulher estava caída no chão e a criança sumiu.

(S/N)- "Paranormal".

NamJoon- Todos deram o mesmo depoimento menos esse, esse garotinho disse que tem certeza que viu um fantasma andando pelo telhado vizinho. Enfim, criança.

(S/N)- NAMJOON!

NamJoon- O que?


(S/N)- Essa criança pode ter visto o assasino! O fantasma não era necessariamente um, então é isso, ele fugiu pelo telhado!

NamJoon- Você tem certeza? As crianças podem ver coisas e-...

(S/N)- Temos que mandar essa pasta para o Myung buscar por esse garoto e conversarmos com ele para saber exatamente o que ele viu!

NamJoon- (S/N).

(S/N)- Atualmente ele já deve ter crescido o suficiente para dar um depoimento e-...

NamJoon- -Segura seus ombros- (S/N)!

(S/N)- O que?


NamJoon- O Myung. Ele não trabalha mais aqui...lembra?

(S/N)- -Incrédula-

NamJoon- -Solta a mesma- Vou enviar o caso para antiga delegacia.

(S/N)- -Se senta- Está bem...

POV NAMJOON

Toc Toc

Park Jimin- Entra.

NamJoon- Eu esqueci meu celular aqui.

Park Jimin- Está comigo.

NamJoon- Ah obrigado.

Eu estava indo pegar o celular que estava na sua mão, mas o mesmo recuou sua mão para trás qual me fez estranhar sua atitude. Seus olhos estavam arregalados olhando para o nada como quem estivesse acabado de ver um fantasma, suas mãos tremiam loucamente, sua voz mal conseguia sair.

Park Jimin- Eu tive que me ajoelhar e pedir desculpas a (S/N).

NamJoon- O que? Por que você fez isso?

Park Jimin- Acha mesmo que eu tenho cara de quem faria isso por vontade própria?!

NamJoon- Guhak...

Park Jimin- -Risada nasal- Quem me dera que fosse ordem desse filho da puta.


NamJoon- -Confuso-

Park Jimin- A humilhação foi feita a pedido pessoalmente do Kim Taehyung. Irônico não é?

NamJoon- K-Kim Taehyung? Tipo, o Kim Taehyung mesmo? Em pessoa?!

Park Jimin- Guhak pode tirar minha irmã e Kim Taehyung pode tirar tudo de mim. Em PJ ou Park Jimin eu estou ligada a esses dois de qualquer forma não é?

NamJoon- Cacete hein cara...

NamJoon- Bom, eu preciso ir, por isso vim aqui pegar meu celular.

Park Jimin- -Rir- Desgraçado cínico!


NamJoon- -Ainda mais confuso-

Park Jimin- Quando ia me contar que está escondendo minha irmã? -Joga o celular sobre a mesa onde estava aberta nas mensagens de Poliana-

NamJoon- -Trava seu maxilar-

Park Jimin- -Com muita esforço se mantém de pé enquanto olhava nos olhos de NamJoon-

NamJoon- Oh...-Sorriso malicioso- Você descobriu.

- AAAAAAHHHHHHHH

NamJoon- -Se vira na direção do grito- Caos...
-Olha para Park Jimin- Caos.


POV (S/N)

- AAAAAAHHHHH

(S/N)- -Abre a porta- O que está acontecendo?!

- SENHORITA (S/N) AINDA BEM QUE TE ENCONTREI, VOCÊ PRECISA VER ISSO! VEM COMIGO!

A secretária parecia bastante assustada, a mulher me puxa pelo braço onde me leva para fora do prédio, ao olhar em volta havia vários carros de policiais que tinham por perto e uma multidão de pessoas em volta de um enorme telão de um prédio em frente a empresa. Derrepente vejo meu rosto no telão, eu estava sendo gravada por alguma câmera que eu não conseguia ver, aquilo me assustou bastante, o que estava acontecendo?!

VOCÊS ESTÃO PRONTO PARA SABEREM A VERDADE?

ESTÃO PRONTOS PARA DESCOBRIR A FACE CORRUPTA?

VOCÊ ESTÁ PRONTA MINHA DOCE (S/N)?


(S/N)- Mais o que é isso?


CONTINUA...


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...