1. Spirit Fanfics >
  2. Juntas pra sempre(Continuação de "Destinos Iguais?") >
  3. EP.10- Vingança

História Juntas pra sempre(Continuação de "Destinos Iguais?") - Capítulo 11


Escrita por:


Notas do Autor


Olá!!!!!!!!!!!! Mais um capítulo ebaaaaaa
Esse vai ser "muito" legal, espero que gostem
Boa leitura cerejinhas ❤️🍒🔥🐰

Capítulo 11 - EP.10- Vingança


Fanfic / Fanfiction Juntas pra sempre(Continuação de "Destinos Iguais?") - Capítulo 11 - EP.10- Vingança

Cheryl Morningstar Blossom On- 20:00

Depois de ter saído do hospital e ter avistado a minha irmã,resolvi comprar uma casa,foi rápido e fácil, "Dinheiro Compra Tudo!" minha frase.

Acatei por pegar um atalho para ir a minha casa,que passa na frente do cemitério. Fui dentro do cemitério no maior silêncio,peguei o balde de sangue de meu irmão (detalhe,eles guardam o sangue pra fazer alguma coisa,ok?) e sai correndo de dentro da pequena casa que tem os baldes de sangue.

Andei mais um pouco e troquei de roupa no caminho(vestido da cena do teatro Carrie White) e botei um vestidinho rosinha....

Cheguei na frente da minha casa e derramei TODO o sangue em mim,adorei está sensação!

- Me espere mamãe-sussurrei pra mim mesma e peguei meu candelabro acendi e entrei,sem fazer barulho-

- Quem é?..... Oh,aí meu deus filha,oque é isto?-ela fala fingindo demência-

- Isto, é o sangue de Jason,você o matou, mamãe?

- Não,porque faria isto?-ela pergunta fingindo inocência-

- Porque ele descobriu seus negócios de drogas, né? Nem o papai faz idéia disto mamãe-falo debochada e dou um sorriso macabro e maligno-

- Você não sabe com quem está se metendo menina insolente!-ela fala olhando pra minha cara,ela estava com cara de idiota,quero dizer,de pessoa que está convencida que está certa- Não pode me queimar,eu sou um Demônio e Beta Lôpus!-ela fala me olhando ainda e eu vou chegando mais perto dela-

- Ah mamãe,posso sim, você não é um Demônio, é um Pandemônio, esqueceu-se?-pergunto com uma voz macabra- Aliás,não iria queimar você,e sim essa casa,quero dizer,este inferno,quase um lar pra você né?

- Cale a sua boca,não sabe oque está falando! Sua DEPREVADA, TRANSVIADA,NEM É MINHA FILHA ESTA MERDA AQUI!-ela fala e eu largo o candelabro,pegando fogo no seu tapete que estava ao seu lado,pegando nas cortinas- Aí meu Deus sua idiota-ela fala e eu apenas faço uma coisa....-

- Você é idiota né? Achou eu iria confiar em você de uma hora pra outro? Idiota e burra né?-pergunto ainda com o sorriso macabro- Quais a suas palavras?-a essa hora a casa já estava em chamas,muitas chamas se espalharam!-

- Eu nunca te amei mesmo sua...-eu a interrompi ela,a empurrando no fogo- AHHHHHHH-ela grita e vejo ela começar a se queimar,e derreter de um modo tão bom-

Por sorte eu já tinha tirado todas as minhas coisas,as de Toni,do meu pai,das minhas filhas e algumas coisas,sabe?

- Vai para o inferno que lá o papai vai te dar oque merece Mocreia,eu sempre te odiei e continuarei odiando você Penélope Blossom!-falo e saio da casa e passo pela sala,e encontro a...- NANA ROSE!-gritei e vi que ela estava com um tiro no meio da cabeça- Não!

Sai da casa ainda em chamas e fico parada em frente a casa vendo as chamas se espalharem até o teto,e ouço sirenes do caminhão de bombeiros e as sirenes dos policiais.

- Cheryl,porque você fez isto?-ouço Medaleine perguntar,e eu a olho ainda com os olhos vermelhos e meu chifres a mostra,e meu Híbrido de Lobo Negro-

- Ela merecia,a gente nasceu dela e eu tenho nojo disso,ela matou o Jason,isso é horrível. E eu não deixei barato,e aliás...-falo e uma lágrima desceu e eu seco rápido- Ela matou Nana Rose,com um tiro no meio da cabeça,NO MEIO DA CABEÇA!-falo e lembro de umas lembranças HORRÍVEIS e PÉSSIMAS- Eu odiava quando ela me batia e a Nana estava saindo na outra casa,ela gritava comigo e me batia, Jason saia e eu ficava,ela gritava e batia mais,doía e eu sempre chorava,um dia,ela tentou me esfaquear e eu peguei a fala e dei em sua barriga!-falo rindo e chorando igual uma louca,isso é bom pra mim,uma sensação de alívio tomou conta de mim- Eu a odiava com todas as forças Mads,e você? Ela te mandou para os tios né?

- Sim,porque tá rindo e chorando?-ela pergunta meio assustada-

- Porque eu estou aliviada horas!-eu falo e ouço alguém me chamar-

- Mamãe Cerejinha!-era a Aprill e a Lindsay falando juntas?- Porque você está assim?-perguntou a Aprill-

- O-Oi meu amores,estou bem sim-falo e vejo a Aprill dar dois passos para trás,acho que está assustada-

- Nossa mamãe,cadê a vovó Penélope?-perguntou a Lindsay,me abraçando e pouco se importando com o sangue-

- Ela tá no chão,abaixo de nós amor-falo e vejo ela me olhar sorrindo,e a pego no colo-

- A Tia Betty disse que embaixo de nós tem o Inferno, é verdade? E em cima tem o Céu-fala a Aprill e eu dou um beijo em sua testa-

- O meu preferido é o Inferno,ela disse que lá é bem lindo! E que um dia eu vou dominar tudo aquilo!-Lindsay falou e me olhou curiosa-

- Bom Aprill, é verdade,lá em cima é o Céu e em baixo é o Inferno-falo e ela me olha sorrindo satisfeita com a resposta- E Lindsay, é verdade,um dia você vai! E lá é bem lindo mesmo-falo e dou um beijo nas duas e vejo uma Toni eufórica aparecer,e eu passei as meninas para a Medaleine-

- CHERYL! MEU DEUS VOCÊ TA TODA CHEIA DE SANGUE! QUE FOGO É AQUELE?-ela começa a perguntar igual uma estranha-

- Eu estou mesmo suja de sangue e o fogo,foi eu-falei sorrindo pra ela,que me olhou estranho- Oque?

- É que.... Foi você mesmo? Você matou Nana Rose?

- NÃO! Nunca faria isto,quando passei pela sala ela estava morta com um tiro bem no meio da testa!-falei e vou indo em direção a casa,que nem conseguiram baixar o fogo ainda- SAIAM ABUTRES!-falei e todos saíram da minha frente-

Entro na casa e ante disso ouvi gritos que pediram pra eu não ir,e eu fui. Olhei pra sala e Nana ainda estava ali,peguei ela nos meus braços e levei ela pra lá,eu estava cheia de chamas em volta de mim,mas não doeu! A Nana já estava sem vida... Mas eu queria mostrar eu não fui eu! Ninguém acredita em mim,então vai ter que confiar e me aguentar!

- Oque você pensou que tava fazendo em Bombshell?-perguntou Verônica me olhando assustada enquanto eu seguia reto até o carro,ligando o mesmo e vendo que as menina já estavam dormindo em suas cadeirinhas atrás de mim- CHERYL  MORNINGSTAR MARJORIE BLOSSOM NÃO SAIA DESTE ESTACIONAMENTO ENTENDEU?-ela fala e eu ando até a saída da casa queimada- MAS QUE MERDA BLOSSOM!-ela fala e eu vou em alta velocidade até a casa nova-

- Aí amores-falo acordando as duas pequenas Híbridas que estavam dormindo- Chegamos na nova casa-falo e pego as duas pequenas no colo e levo elas até o quarto delas,todo revitalizado em vermelho e branco,lindo!- Vou botar vocês pra dormir ok?

- Tá bom-falaram juntas ainda com os bicos em suas boquinhas- Bonoti...

- Boa noite amores da minha vida-falo botando elas em suas camas,mas a Aprill levantou e foi até a cama da Lindsay,e abraçou sua irmã por trás- Tá bom né-eu falo e vou dar um beijinho em suas bochechas e apago luz e acendo a luz do abajur- Amo vocês-sussurro e saio do quarto entrando no meu/junto de Toni- Nova casa,novos ares não é mesmo?-pergunto pra mim mesma-

Pra quem não sabe,eu comprei um apartamento pro meu pai,pra podermos ter nosso cantinho assim como ele. Eu que planejei tudo...

- Que coisa,sangue é bom demais-falo e passo um dedo na minha bochechas e lambi o sangue que escorria de meu dedo- Delícia!

Termino de falar vou tomar banho,pra tirar este sangue um pouco.

Entrei na banheira e relaxei um pouco,mas uma sensação estranha parecia invadir meu corpo,deve ser tristeza,por perder a minha vó e saber que minha mãe nunca me amou. Nunca me amou até o ponto onde eu joguei ela no fogo!

Depois de tirar um pouco de sangue eu boto uma moletom preto e um conjunto de Langerie Vermelha pra dormir,o moletom de Toni fica grande em mim,adoro. Depois de um tempo vendo as marcas ainda visíveis no meu corpo,resolvo deitar na cama,logo depois ouvindo alguém abrir a porta e ouvir passos apressados vindo em direção ao quarto,e eu me encolhi no grande coberto preto e vermelho da cama.

Sinto duas mão rodearem minha cintura.

- Cherry,eu sei que tá acordada-ouvi Toni falar e ela solta uma risadinha- Quer que eu durma aqui?-ela perguntou e eu sinto seu cheiro mais forte-

- Quelo-falei manhosa e ela deitou ao lado tirando seus tênis preto- Bigada-falo e ela da um selinho na minha nuca,e eu fechei os olhos-

- Boa noite Cherry,te amo-ela fala e sinto que amanhã vamos ter muitas conversas-

- Também te amo Tee,boa noite-falei e adormeci rápido,já que Toni fazia cafuné em meus cabelos-

~ Continua ~


Notas Finais


Foi inspirado um pouco da música Fire Drill da Melanie Martinez! Amoooooo🍒❤️🐰🔥


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...