História Juntos até depois da morte? - Capítulo 29


Escrita por: ~

Postado
Categorias Fairy Tail
Personagens Anna Heartfilia, Aquarius, Aries, Brandish μ, Câncer, Capricórnio, Erza Scarlet, Flare Corona, Grandine, Gray Fullbuster, Happy, Igneel, Jellal Fernandes, Juvia Lockser, Levy McGarden, Lisanna Strauss, Loki, Lucy Heartfilia, Mavis Vermilion, Mirajane Strauss, Natsu Dragneel, Pisces, Scorpio, Taurus, Virgo, Wendy Marvell
Tags Gale, Gruvia, Jerza, Nalu
Visualizações 336
Palavras 1.364
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ecchi, Ficção Adolescente, Hentai, Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Shoujo-Ai
Avisos: Álcool, Heterossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo, Violência
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas do Autor


I need a hug....Please...

Good Reading pra vocês. ♡

Capítulo 29 - Capítulo 29- Eu me importo...


Fanfic / Fanfiction Juntos até depois da morte? - Capítulo 29 - Capítulo 29- Eu me importo...

Lucy ON

No meio da noite eu acordo com alguém batendo com tudo na porta.

Lucy- Natsu!- O chacoalhei, mas sem respostas.- Já sei!- Sentei em cima do mesmo e comecei  a beijar seu pescoço, logo o mesmo acordou.

Natsu- Para de me provocar, assim vou acabar não resistindo.- Ele sorriu e escutamos um murro na porta.- Que que tá acontecendo?!

Lucy- Foi por isso que te acordei!- Nós descemos as escadas e fomos ver o que era, quando abrimos para nossa surpresa era Lisanna que estava completamente em choque e  chorando.- O que aconteceu?! Senta aqui.- A albina se sentou.

Lisanna- Um cara tentou me agarrar e eu sai correndo e ele me perseguiu..- Ela contou com lágrimas escorrendo seu rosto.

Natsu- Lisanna....- Ele se sentou e a albina o abraçou, o que me fez sentir um aperto no peito que não sentia a muito tempo.

Lucy- Eu vou pegar um copo d'água...- Eu sai.- O que é Lucy? Qual seu problema?- Coloquei a mão no peito e ainda sentia aquele aperto.- Não seja idiota...- Peguei um copo d'água e levei pra ela.

Lisanna- Obrigada...- Ela bebeu e depois voltou a abraçar o rosado.

Natsu- Luce, eu vou levar a Lisanna pra ir dormir.- Ele se levantou e subiu com a albina até meu antigo quarto.

Lucy- Também vou deitar...- Deixei o copo em cima da mesa e fui pro quarto, fiquei esperando o rosado, mas o mesmo não veio e acabei pegando no sono, pela manhã fui ver a Lisanna e vi que o rosado havia dormido com ela, e meu coração apertou novamente, eu sai do quarto, entrei no banheiro, tirei a roupa, liguei o chuveiro na água gelada e fiquei lá por uns 20 minutos e depois sai, me vesti e desci até a sala onde o rosado estava assistindo TV.

Lucy- Oi...- Disse me sentando no sofá.

Natsu- Oi.- Disse o mesmo não dando a mínima para minha presença.

Lucy- Por que você não dormiu comigo?

Natsu- A Lisanna pediu pra mim ficar com ela e eu fiquei.

Eu me levantei cabisbaixa e fui para a cozinha, logo Lisanna desceu as escadas e se sentou ao lado do rosado, que à abraçou, por um momento eu não prestei atenção no que estava fazendo e cortei minha mão.

Lucy- KRL!- Gritei de dor.- Porra....Porra...Porra...-Disse tentado estancar o sangue.

Lisanna- Lu-Chan, o que houve?- Gritou da sala.

Lucy- Eu cortei minha mão...- Disse saindo da cozinha.

Lisanna- Deixe eu ver.- Disse ela se aproximando, mas acabou batendo a perna na mesinha.

Natsu- Tome mais cuidado.- Disse o mesmo trazendo a albina para perto de si.

Lisanna- Mas a Lu-Chan se cortou...

Natsu- Não é a primeira vez que ela faz isso.

Lucy- Foda-se...- Disse indo até o quarto que dormia com o rosado.

~~~~~5 dias depois~~~~~

Já tinham se passado 5 dias, e a albina se recusava a voltar para casa da Mira, hoje era dia 30 de dezembro e o rosado mal falava comigo, e quando falava era com uma certa frieza ou ignorância.

Era umas 16:00 (quatro horas) da tarde  e o rosado disse que ia sair com a albina.

Lucy- Onde vocês vão?- Perguntei indo a porta.

Natsu- Sair.- Respondeu com uma certa frieza. Tchau.- Ele fechou a porta.

Lucy- Natsu...Você me odeia?- Sussurrei para mim mesma e senti lágrimas escorrerem meu rosto, tentei enxuga-las, mas não paravam de cair. Eu me ajoelhei no chão da sala com meus braços e minha cabeça no sofá e acabei pegando no sono, quando acordei, já eram 7:30 da noite, subi tomei um banho gelado, e sai de casa.- Foda-se...E daí se ele não gostar mais de mim? Quem se importa?- Parei de andar.- Eu me importo....- Eu disse sentindo lágrimas escorrerem meu rosto e comecei a correr. Fui até a praia que havia perto e me sentei embaixo de uma rocha, abracei meus joelhos e coloquei para fora cada lágrima, cada soluço e cada mágoa para fora.

???- Por que chora?- Um homem se aproximou, me assustando e me fazendo levantar rapidamente.

Lucy- Co-conlicença!- Disse me levantando rapidamente e saindo.

???- Eu posso te levar para um lugar que nunca terá de chorar.- Sorriu com uma certa malícia e me segurou.

Lucy- Não, obrigada!- Disse tentado me afastar do sujeito, mas o mesmo me agarrou por trás.- Me solta!- Dei um chute para trás, acertando só Deus sabe onde, me dando tempo para correr, mas logo o mesmo se recuperou do chute e correu atrás de mim, eu acabei torcendo meu tornozelo no meio do caminho.

???- Como vai correr agora, princesa?- Ele sorriu orgulhoso.

Lucy- Eu....- Vi todos momentos que passei ao lado do Natsu passarem diante de meus olhos.- Pelo Natsu...Tenho que me esforçar e ser forte...- Sussurrei para mim mesma.- Nunca subestime uma Heartfilia!- Eu dei um jeito e sai correndo, com certa dificuldade cheguei em casa e comecei a socar a porta que agora estava trancada.

Natsu- Já vai.

Lucy- Abre essa porra, krl!- Dei um soco na porta.

???- Agora você não escapa loira.- Disse ele correndo.

Lucy- NATSU ABRE A PORRA DA PORTA CARALHO!- Gritei dando socos na porta que se abriu e eu entrei e me sentei no sofá, dava para ver em meus olhos que estava em choque, e no do rosado a preocupação estava estampada, mas o mesmo disfarçava.

Lisanna- O que houve?!- Disse a albina se aproximando.

Lucy- Nada...- Eu me levantei com certa dificuldade.- Só torci o tornozelo fugindo de um cara.- Tentei subir a escada, mas não consigui.

Natsu- Eu te levo...- Ele me pegou no colo e me levou até meu quarto.

Lucy- Obrigada...- Eu disse me deitando.

Natsu- Você não devia ter saído.- Reclamou.

Lucy- Eu deveria ficar trancada dentro de casa enquanto você saía com a minha melhor amiga? Sem chances!

Natsu- Eu fui avisar a Mira que ela voltava pra casa amanhã!- Falou alto me fazendo estremecer.

Lucy- Desculpe...- Disse cabisbaixa.

Natsu- Olha Lucy, eu sei que eu não tenho me importado tanto com você, mas eu me preocupo com você...

Lucy- Sabe Natsu...Tem hora que eu te odeio...- Dei um sorriso fraco.

Natsu-  Ahm?- Não entendeu.

Lucy- Mas ao mesmo tempo te amo...Eu sou tão inútil que não consigo entender meus próprios sentimentos....- Disse com uma certa melancolia nos olhos.

Natsu- Você estar confusa não te faz inútil...- Ele sentou ao meu lado.- E é uma das partes que mais gosto em você.- Ele sorriu e aproximou seu rosto do meu, nossas bocas estavam à centímetros uma da outra, íamos nos beijar se a albina não entrasse no mesmo instante.

Lisanna- Ah...Desculpe, escutei gritos e depois vim ver o que tinha acontecido....- Sorriu falsamente.

Natsu- Lisanna, amanhã você vai embora, certo?

Lisanna- Sim...

Natsu- Boa noite Lucy.- Ele falou meu nome certo o que me fez estranhar.

Lisanna- Lu-Chan, boa noite.- Ela sorriu e ambos se retiraram.

Eu deitei e peguei no sono, quando acordei eram 9:00h da manhã, desci as escadas com uma certa dor e dificuldade, mas consegui descer, lá estavam o rosado e a albina.

Lucy- Bom dia.- Sorri.

Lisanna- Lu-Chan, quer ajuda para se sentar?- Eu balancei a cabeça afirmando e a mesma me ajudou.

Natsu- A Mira disse que chega aqui em menos de 15 minutos.- Disse se sentando ao lado da albina.

Logo a Mira chegou e levou a albina, Natsu se despediu e entrou com um certo alívio.

Natsu- Finalmente!- Ele disse se sentando ao meu lado.

Lucy- O que foi?

Natsu- Enfim posso voltar a dormir com você!- Ele sorriu.

Lucy- Você podia antes também....

Natsu- Mas a Lisanna queria que dormisse com ela...

Lucy- Tudo foi tão rápido que hoje é ano novo e nem percebemos.- Eu ri.

Natsu- Eu quero ficar em casa.- Ele sorriu.

Lucy- Eu não tenho escolha.- Dei um sorriso fraco.

Natsu- Luce, desculpe por ter te feito chorar...

Lucy- Eu chorar? Quando?- Menti.

Natsu- Eu escutava  você chorar sempre que passava em frente a porta...- Disse cabisbaixo.- Sou um babaca...

Lucy- Você me ama?

Natsu- Mais do que minha vida...

Lucy- Então esqueça isso.- O abracei.- Por mim...- O mesmo me beijou, e ali mesmo dormimos a tarde toda.


Notas Finais


Foi isso e me desculpem a demora!


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...