1. Spirit Fanfics >
  2. Juntos Até o Fim. >
  3. Prólogo.

História Juntos Até o Fim. - Capítulo 1


Escrita por:


Notas do Autor


Espero que gostem, favoritem e comentem pois será um grande incentivo para mim❤

Capítulo 1 - Prólogo.


  Ela estava linda, como sempre. Esbanjava pureza e alegria, a bondade do seu coração era tão grande, ela era uma garota que inspirava qualquer um. 

Eu tinha uma vida perfeita, prestes a me formar na faculdade que sempre quis e viver com a mulher do meu sonho. E eu tinha que selar isso oficialmente, se eu amo ela eu tenho que colocar uma aliança no dedo dela.

-Aurora, quer se casar comigo? -Pedi ajoelhado para ela, com meus olhos marejados.

  Minha família que se encontrava perto de nós expressavam felicidade em suas faces, todos ansiosos pela resposta. E eu que nunca fui um homem de chorar por alguém estava totalmente derretido, com ela era tudo diferente, ela sempre esteve comigo em todos os momentos, ela sempre me provou que me amava, e que não se importava com todos os meus bens materiais, ela sempre despertou o melhor que há dentro de mim. E eu quero viver o resto da minha vida com ela, quero acordar do lado dela daqui quarenta anos quando estivermos velhinhos e ainda sim a amar eternamente como ele merece.

-É claro que eu aceito! -Exclamou, se rendendo ao meus braços. Eu te amo tanto, Aurora.

Eu estava vibrando por dentro e por fora, esse era o melhor dia da minha vida, e agora ela seria completamente minha, e eu dela. Agora seria eu, Aurora, nossa futura casa, nossa futura carreira profissional e nossas vários filhos. 

-Parabéns meus amores! Estou tão orgulhosa! - Minha mãe venho até nós depositando um beijo em nossas testas. -Cuida bem dela, meu amor.

- Eu sempre vou cuidar, mãe. -Afirmei, indo abraçar minha irmã que se aproximava de nós eufórica.

-Olha que linda! -Aurora esticou a mão em direção a minha irmã mostrando a nossa aliança.

-É tão maravilhosa! - Ela pulou sobre minha noiva num abraço apertado, sorri com o ato. -E agora oficialmente me declaro a solteirona da família. -Fez uma careta.

- Para de ser boba, Jhulia. - Ela a repreendeu.

-Não seja por isso filha, o Jimin está louco para entrar na nossa família. -Ouvi a doce voz da minha mãe, e os braços dela se apoiaram sobre os ombros da minha irmã. 

-Nada disso! -Interferi imediatamente como um irmão protetor. -Estou muito feliz que você está solteira, continue assim para a alegria do seu irmãozinho aqui! 

-Ciumento! - Ela riu.

Eu estava apenas brincando, Jimin era o melhor amigo meu e de Aurora, eu a conheci graças a ele, e é claro que por saber que ele é um bom garoto eu o apoiaria com minha irmã.

Aproveitei o momento de distração eu não perdi a oportunidade de puxar minha noiva para um canto mais reservado.

-Vocês são tão incríveis. -Ela me abraçou de lado olhando diretamente para mim. - Como eu queria que meus pais estivessem comigo nesse momento.

Desfiz meu sorriso logo, aquilo era um assunto delicado para ela, que brigou com toda sua família para ficar comigo. 

Num momento em que nem eu e nem ninguém acreditava na minha melhoria ela foi a única que depositou toda sua confiança em mim.  E me ajudou a largar as farras, bebidas e drogas! Eu era um mimado, tinha tudo, menos um cérebro bom para perceber que eu estava entristecendo minha família com a vida que eu levava, e a melhor coisa que podê nos acontecer nessa época foi ela ter aceito meu pedido de namoro, mesmo os pais dela alegando que se ela ficasse com um sem "futuro" como eu ela poderia levar suas malas juntos pois não aceitariam mais ela. E a atitude mais corajosa que ela teve foi largar tudo e morar comigo, e me ajudar a mudar. Hoje não só eu mas como todos que conviveram com o Jeon Jungkook antigo, agradecem a ela por ter me destruído e me reconstruido como um novo garoto bom e que agora consegue conquistar todas as suas coisas dignamente.

-Amor. -Alisei os cabelos dela e limpei uma lágrima solitária que escorria em seu rosto. - Eu mudei, não sou o mesmo de quatro anos atrás. Nós podemos tentar acerta tudo com sua família.

-Eles foram tão injustos. -Sua voz vacila, e me sentindo mal por isso eu a puxo para um abraço forte.

-Amor, o perdão resolve tudo! Esquece o passado, olha só onde nós chegamos! -Falo animadamente. -Nós ultrapassamos barreiras, nós fomos mais fortes juntos!

- Eu te amo tanto. - Ela sorri, seus olhos brilhantes conseguiam derreter todo meu coração.

- Eu te amo para sempre, minha Aurora. -Selamos nossos lábios, aquilo me completava.

Continuamos conversando entre família, recebendo os parabéns dos meus pais, amigos, primos, tias e tios. O jantar entre nós foi incrível como sempre e teve vários assuntos, mas o principal era que daqui alguns meses eu e Aurora seríamos oficialmente os novos casados da família e isso era realmente um motivo e tanto para comemorar.


Notas Finais


Obrigada por lerem até aqui!!!


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...