1. Spirit Fanfics >
  2. Juntos pelo Acaso - Kim Taehyung, V >
  3. Capítulo 1

História Juntos pelo Acaso - Kim Taehyung, V - Capítulo 1


Escrita por:


Capítulo 1 - Capítulo 1


Ressaca.

Única parte ruim de se embebedar.

Mas eu continuo bebendo mesmo assim, porque tem mais pró do que contra em tal ato. Por exemplo: quando eu bebo, fico mais leve e relaxada, e para melhorar, esqueço todos os meus malditos problemas, viu como é ótimo?

Mas minha cabeça dói, tipo muito mesmo. E por favor, não me chame de fresca porque além de beber pra cacete ontem, eu tomei uns remedinhos que um cara arrumou para mim.

É.

É isso mesmo que você tá pensando.

Eu sou uma vadia drogada.

Mas tudo bem, eu não me sinto mal por ser uma vadia bêbada e drogada.

Porque só de imaginar a cara que meus pais e minha tia estariam fazendo ao me ver assim, faz com que toda essa dor de cabeça valha a pena. Claro, não que eu me importe com o que eles pensam, eles que se fodam.

Mas se a treinadora me visse agora... ela me enforcaria. Tipo, literalmente! A Sra. Baker não é o tipo de mulher que tolera erros, e ela faz com que eu pague por cada um que eu cometo. Mas eu ainda vou me vingar, é só questão de tempo.

Você deve estar se perguntando " Se ela é tão ruim quanto parece, porque não muda de treinadora? ", não é tão simples, Sra. Baker é a única treinadora na minha área aqui em Briee - a faculdade em que eu estudo -, afinal, não tem muitas pessoas interessadas em patinação artística hoje em dia, só alguns patétas ainda se lembram disso.

E eu sou uma deles.

Mas o que eu posso fazer? Eu simplesmente amo patinar! É a minha vida! Adoro a sensação de paz e tranquilidade quando deslizo pelo gelo, é como se eu pudesse voar! Claro, tirando os berros da Sra. Baker quando eu erro algum passo. Mas eu a compreendo, a competição contra os Woodfour está chegando, e se eu quiser ter uma carreira como patinadora profissional - que é o que eu quero -, terei que ganhar deles, o que não vai ser muito difícil.

Então vocês me fazem outra pergunta: " Porque você não foi para Woodfour em vez da Briee? ", por coincidência ou não, eu moro a três quarteirões da Briee o que torna tudo mais fácil para mim. E a Woodfour fica do outro lado da cidade, nem fodendo que eu vou morar em um dormitório ou em uma fraternidade, eu gosto da minha privacidade, do meu quarto, da minha cama...

Minha cama!

Meu Deus!

Que dia é hoje? Se ontem foi domingo hoje é sexta?

Abro os olhos vagarosamente por conta da luz que entra pelas janelas, olho em volta e não vejo nada familiar.

Porra, aonde eu tô?

Sento na cama com o corpo dolorido, olho em volta e vejo minhas roupas e de outra pessoa jogadas no chão.

Me viro e vejo o cara da vez, Logan Scott, capitão do time de futebol, e um puta de um gostoso.

Solto um suspiro quando ele, ainda dormindo, passa a mão por sua barriga sarada.

Que pecado Senhor!

Tento me levantar sem fazer nenhum ruído, mas meus planos vão por água abaixo quando a cama range, fazendo o deus grego, vulgo Logan, acordar.

Olhos azuis claros me encaram.

- Bom dia! - Ele diz com a voz rouca, e com um sorriso que...

Deus! Que tesão.

- Se você continuar sorrindo assim pra mim, vou ser obrigada a voltar pra cama. 

Inclino-me sobre ele e dou um beijo em seus lábios, e como não sou idiota, aproveito para apalpar o seu pau, que fica mais duro do que estava.

Ele intensifica o beijo porém eu interrompo o momento e me levanto, caminho até minhas roupas e começo a vesti-las.

- Não vai embora.

Ele pede, com o olhar suplicante, e eu quase digo sim, mas eu não posso, estou mais do que atrasada.

- Ao contrário de você bonitão, eu tenho que estudar! - Digo pondo a calcinha e logo em seguida o sutiã.

- Qual é Beth! Depois você vai, vamo fica aqui mais um pouquinho e aproveitar. - Ele da uma piscadela.

Gostoso... mais insistente, não é não caralho.

- Tchau Logan.

Digo pegando meus sapatos e minha bolsa.

- Aff! - Ele resmunga. - Pelo menos veste isso, tá frio lá fora. - Ele diz jogando para mim sua jaqueta do time.

Ela é azul, e tinha o nome dele escrito atrás, ótimo! Agora todo mundo vai saber que eu transei com Logan, o capitão do time de futebol.

Ponho a blusa - que mais parece um vestido para mim. - e agradeço, prometo que assim que encontrar com ele no campus devolvo para ele.

Mas vamos ser sinceras, é zero chances disso acontecer, o pior erro do homem é esse, e para colaborar, o cheiro dele é ótimo, então provavelmente ele nunca mais vai ver essa blusa.

Assim que piso na calçada - descalça porque eu não estou sóbria o bastante para andar de salto. - aperto a blusa contra mim e sigo o meu caminho, para a minha sorte a fraternidade fica perto do campus, e consequentemente perto da minha casa, então da para mim ir a pé.

Quando me aproximo da esquina começo a rezar baixinho para que ele não esteja lá, quem?... vocês vão saber.

Mas assim que dobro a mesma percebo que minhas preces não foram atendidas pois o time inteiro de basquete está lá.

Vamos dizer que eu e o time de basquete não temos um bom histórico de convivência, para ser mais específica, eu e o capitão deles, Kim Escroto Taehyung.

Mas... se eu passar rápido, talvez, só talvez, eles não me vejam.

Aperto o passo e começo a caminhar mais rápido, me encolho dentro da blusa o máximo que posso tentando me esconder, mas não adianta, pois assim que eu me aproximo um par de olhos castanhos-escuros cravam em mim, e assim que os vejo já sei de quem se tratam.

Kim. Idiota. Taehyung.

Reviro os olhos, já sabendo que não sairei daqui sem xingar ele.

- Olho só quem tá aqui! - Ele fala alto chamando a atenção do resto do time para mim. - Porque não estou surpreso? Quem foi dessa vez Elizabeth Bennett?

Faço um gesto vulgar em sua direção.

- Vai se Foder Kim.

Seus companheiros - nada companheiros - caem na gargalhada enquanto Kim parece estar quase explodindo de raiva.

Não sei exatamente quando começamos a nos odiar, mas sei que nenhum de nós suporta o outro.

Nunca passamos um pelo outro sem trocar farpas, e todos do campus adora quando isso acontece.

Todo mundo da cidade sabe disso, Kim Taehyung e Elizabeth Bennett não se dão bem. Isso é fato.

- Se não me engano essa blusa que você tá usando é de um dos jogadores do time de futebol... qual é Bennett, diz logo quem foi a vítima da vez! - Ele exclama, tirando outra gargalhada dos amigos.

Esses caras só sabem rir?

Antes que eles vejam o nome na blusa decido responder.

- Logan Scott seu babaca, o capitão do time. - Ele fecha a cara, Logan e Taehyung não se dão bem, não sei o motivo e nem quero saber, mas sabia que isso ia deixar ele irritado, por isso fiz. Mas, ao ve-lo contorcendo de raiva uma ideia vem à cabeça, e além de tudo, porque não por mais um pouco de lenha na fogueira? - Sabe Kim, se a gente não discultisse toda hora podíamos até se pega... - faço uma pausa como se estivesse pensando. - Mas acho que você não chegaria aos pés do Logan, ele faz uma coisa com a língua que você não tem ideia.

Mentira! Eu nem lembro se a gente transou.

Mas adorei a cara que ele fez, e os amigos, que não são nem um pouco santos, começaram a tirar sarro dele, o que só estimulou sua raiva.

- Primeiro, eu nunca, NUNCA, transaria com você Bennett! Você não faz o meu tipo. E segundo, você não faz ideia do que eu posso fazer com a língua. Te fazeria gozar só com ela! - Ele completa, cerrando os pulsos.

- Que bom que eu nunca vou descobrir.

Digo sarcástica, dou uma piscadela e saio andando.

- Sua...

Antes que ele possa terminar o interrompo.

- Tchau Kim!

Aceno sem olhar para trás.

Parece que hoje o dia está só começando.



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...