História Juntos pelo acaso - Capítulo 1


Escrita por:

Postado
Categorias EXO, Huang Zitao "Z.Tao", Kris Wu, Lu Han
Personagens Baekhyun, Chanyeol, Chen, D.O, Huang Zitao "Z.Tao", Kai, Kris Wu, Lay, Lu Han, Personagens Originais, Sehun, Suho, Tao, Xiumin
Tags Abo, Alfa, Beta, Chanbaek, Exo, Gravidezinesperada, Hunhan, Hunhan!pais, Kaisoo, Krisho, Luhan, Luhan!omega, Ômega, Ot12, Romance, Sehun, Sehun!alfa, Yaoi
Visualizações 72
Palavras 1.639
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Comédia, Crossover, Famí­lia, Fantasia, Festa, Ficção, Ficção Adolescente, Ficção Científica, Fluffy, Lemon, LGBT, Mistério, Misticismo, Romance e Novela, Sci-Fi, Shoujo (Romântico), Sobrenatural, Universo Alternativo, Yaoi (Gay)
Avisos: Álcool, Gravidez Masculina (MPreg), Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Oi gente, faz tempo que eu não escrevo, é a minha primeira vez escrevendo ABO espero que gostem, essa fanfic também foi postada no meu perfil no wattpad vou deixar o link nas notas finais, não vou mais enrolar aqui, boa leitura e até as notas finais!! :33

Capítulo 1 - A festa


Fanfic / Fanfiction Juntos pelo acaso - Capítulo 1 - A festa

Sehun estava destruído, havia acabado de presenciar uma cena que gostaria de nunca ter visto, queria acreditar que era mentira, que era apenas um sonho e que não havia visto aquilo.

O alfa tinha a vida que todos gostariam ter, tinha amigos maravilhosos, uma família que o apoiava em tudo e um ômega que ele julgava ser perfeito. Já era tarde quando Sehun rumava para a casa de seu ômega, Choi Jaehee era do tipo de ômega que Sehun sempre sonhou em ter, o mesmo era alguns centímetros mais baixo que si, era manhoso na medida certa para Sehun, era meses mais novo e tinha uma personalidade forte, o alfa realmente o amava.

Ao chegar à porta da casa de seu ômega pegou a chave que sabia ficar em um vaso ao lado da entrada, não havia avisado ao ômega que iria, porém no dia seguinte seria o aniversário de três anos deles juntos, Sehun nunca foi muito romântico, porém pretendia passar desde o acordar de manhã até à noite com o namorado, ele até poderia ter o avisado que viria, porém quis fazer surpresa ao chegar em casa e ver o menor sentado assistindo série como sempre fazia quando estava sozinho.

Porém, diferente do que Sehun pensava quando entrou na casa, Jaehee não estava na sala, o alfa ouviu uns barulhos vindos do andar superior e sentiu um cheiro de alfa na casa e aquele cheiro não era o seu. Seu lobo interior estava um tanto desconfiado do que ocorria no segundo andar, mais especificamente no quarto de seu ômega, porém Sehun não queria acreditar que isso estava realmente acontecendo com ele.

Subiu as escadas lentamente, com medo que os protagonistas da sacanagem que acontecia a poucos passos de si percebessem a presença de outra pessoa na casa, não demorou muito para que Sehun estivesse em frente à porta que conhecia bem, respirou fundo duas vezes para que seu lobo se acalmasse e então abriu a porta com certa agressividade assustando o alfa e o ômega em sua frente. Estavam tão distraídos protagonizando tal cena que Sehun havia visto que não sentiram seu cheiro ou sequer ouviram quando ele entrou na casa, Jaehee assim que viu o atual ex-namorado na porta de seu quarto os olhando com cara de poucos amigos rapidamente tratou de tirar o alfa de cima de si e se enrolou no lençol da cama.

- Sehun! Não é nada disso que você está pensando meu amor. - ele disse um tanto desesperado com medo que acontecesse algo.

- Ah não é? Então o que é Jaehee?! Hein? Me fala! Porque o que eu bem vi e estou pensando nesse exato momento é que você não passa de uma puta barata, e de mau gosto ainda por cima. - Sehun olhou para os dois com cara de nojo, não estava crente de que seu namorado -agora ex- Havia o traído. – E não me chame de amor, você perdeu esse direito quando resolveu me trair.

- Por favor, Sehun, não fale assim, você sabe que eu te amo me perdoe só dessa vez. - O ômega já estava aos prantos sentado no meio da cama enrolado em um lençol, o alfa que estava com ele havia ido para o banheiro e ainda não havia saído “covarde” pensou Sehun.

- O que você fez não tem perdão Choi Jaehee, acabou tudo entre nós, não me procure mais, a partir de hoje você morreu para mim. - Dito isso, o alfa traído saiu daquela casa que antes tinha boas memórias e que agora todas elas viraram pó ao ter visto o que viu.

Já havia se passado uma semana desde o ocorrido e Sehun só saia do quarto quando era obrigado pelo seu omma para ir à escola, o garoto mal comia, realmente amava Jaehee e a traição o deixou sem chão.

Kai já estava ficando preocupado com o estado do amigo, Kris, Chanyeol e Suho também estavam preocupados, eles tentavam a todo custo tirar o mais novo de casa, porém Sehun sempre arrumava uma desculpa fajuta para não ir. Kris, que já estava farto de ver o amigo na pior, teve a brilhante ideia de dar uma festa em sua casa, o local era grande e ele morava sozinho já que seus pais moravam no exterior por conta do trabalho, então daria para convidar muitas pessoas, com certeza o amigo se distrairia com algum ou alguma ômega.

Depois de muita insistência -E ameaça por parte de Yifan- Sehun finalmente se convenceu que ficar se remoendo por um relacionamento que terminou de forma trágica, ao ver do alfa mais novo, não o levaria a lugar algum, portanto se levantou da cama, tomou um banho demorado, se vestiu relativamente bem e saiu de casa, em direção à casa do mais velho de seu grupo.

Quando seu omma o viu descer as escadas se surpreendeu com o que os amigos dele haviam feito e se lembraria de agradecê-los depois por terem conseguido tirar seu Sehunnie do quarto depois de uma semana avassaladora.

 A mansão de Yifan não ficava muito longe da casa do Maknae, apenas algumas quadras de distância, o que o fez ir a pé até lá, não demorou muito para que escutasse o som alto e barulho de pessoas conversando e logo avistou a casa do “Appa”, era dessa forma que o alfa mais velho havia sido apelidado pelos mais novos devido suas atitudes que semelhavam a de um pai. A casa estava cheia, Sehun se questionava se não havia mais pessoas do que realmente cabiam na casa, porém não se importou, estava ali apenas para beber e se distrair um pouco, ele adentrou o local notando a quantidade de pessoas desconhecidas por si e alguns rostos conhecidos que provavelmente já havia esbarrado no colégio, andou mais um pouco e viu seus amigos jogados em um dos sofás que havia ali, se aproximou dos mesmos se sentando ao lado de Jongin que parecia feliz pelo amigo ter vindo.

- Pensei que você estivesse enrolando a gente Sehun, que iria arrumar mais uma desculpa para não vir! - Ouviu Chanyeol dizer um pouco alto por conta da música que tocava ao fundo.

- Se ele cogitasse essa ideia eu o arrastaria até aqui de pijama parecendo um mendigo mesmo - Yifan não era a pessoa mais delicada do mundo, porém era visível que ele estava preocupado com Sehun e que só queria o bem do mais novo.

- Vocês tinham razão, não iria valer a pena eu ficar me remoendo pelo término com Jaehee, a vida é repleta de decepções, não posso desistir por causa de uma. - Os amigos assentiram concordando com a fala de Sehun e logo mudaram de assunto, afinal, estavam ali para fazê-lo esquecer do ocorrido na casa do ex e não para fazê-lo lembrar.

- Vamos Sehunnie, vamos lá pegar uma bebida pra você. - Kris disse puxando o menor entre os dois em direção ao pequeno bar que tinha em sua sala, enquanto Yifan pegava as bebidas para eles Sehun passou os olhos pela festa até parar em um pequeno ser que estava em um canto conversando com mais duas pessoas que ele não soube identificar.

- Por que você o convidou? - O garoto perguntou e Yifan olhou para ele um tanto confuso, porém logo entendeu o motivo da pergunta quando seguiu o olhar do alfa mais novo.

- Ah, você sabe, ele é amigo do Suho e ele, Baek e Kyungsoo estavam preocupados, pois faz dois anos que o Luhan não dá uma pausa, então Junmy pediu permissão para convida-lo e eu aceitei, afinal, não sei dizer não para aquela coisinha. - Apesar de Sehun não gostar muito da ideia de Luhan estar ali apenas deu de ombros e pegou a bebida que o mais velho estava o oferecendo. - Sehun, se divirta, eu sei que você e ele não tem um bom relacionamento, nunca entendi o porquê, porém isso não é da minha conta, mas faz um esforço, é só não falar com ele okay?

O mais novo assentiu positivamente, não deixaria que a presença de Luhan afetasse sua noite, apenas iria ignora-lo como se não estivesse ali.

Já havia perdido a conta de quantos shots de bebida havia tomado, porém sabia que não era o suficiente para que o deixasse bêbado, porém era o suficiente para que sua bexiga clamasse por alívio. Sehun sabia que se tentasse os banheiros da parte de baixo da casa não teria sucesso, como estava muito apertado subiu as escadas rapidamente utilizando um dos banheiros de cima, sabia que Kris não se importaria.

No momento que estava se aliviando sentiu um cheiro diferente no ar, um cheiro adocicado seguido de um gemido sôfrego vindo de algum lugar da casa. “Ômega no cio”. Seu lobo interior se agitou ao sentir o cheiro atrativo e por instinto Sehun o seguiu, cada vez que eu chegava mais perto o cheiro ficava mais forte e os barulhos e gemidos mais altos, não sentia cheiro de outro alfa no local, o que indicava que o ômega estava sozinho. Ao chegar em frente à porta de onde vinha aquele odor maravilhoso abriu com cuidado para não assustar o ser que estava lá dentro, assim que adentrou o quarto e ligou à luz, o garoto que estava ali, quase semi nu, virou o rosto fazendo com que Sehun tivesse plena visão dos olhos lacrimejando e do rosto corado.

- S-Sehun..  Dói... - O ômega o chamou quase gemendo seu nome, Sehun estava estático, ele já deveria ter reconhecido o cheiro para saber que era ele, seu lobo estava agitado, aquela cena só havia o atiçado mais, Sehun precisava tomá-lo para si, e sabia que o baixinho ali na cama queria o mesmo.

- Não se preocupe, eu vou fazer passar... Luhannie.


Notas Finais


Oi de novo kk.
Espero que tenham gostado do primeiro capitulo, se gostaram comentem e favoritem para que eu saiba, não vou estipular dias de postagem porque minha criatividade é meio bugada e aparece quando quer então pode demorar um pouquinho, o próximo capitulo já esta pronto então vou posta-lo semana que vem ou no sábado se eu tiver tempo.
Bjinhos e até a próxima atualização!


Link da historia no wattpad: https://www.wattpad.com/story/103942897-juntos-pelo-acaso-%E2%99%A5%EF%B8%8Ehunhan-%E2%99%A5%EF%B8%8E


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...