História Juntos pelo acaso - Capítulo 3


Escrita por:

Postado
Categorias EXO, Huang Zitao "Z.Tao", Kris Wu, Lu Han
Personagens Baekhyun, Chanyeol, Chen, D.O, Huang Zitao "Z.Tao", Kai, Kris Wu, Lay, Lu Han, Personagens Originais, Sehun, Suho, Tao, Xiumin
Tags Abo, Alfa, Beta, Chanbaek, Exo, Gravidezinesperada, Hunhan, Hunhan!pais, Kaisoo, Krisho, Luhan, Luhan!omega, Ômega, Ot12, Romance, Sehun, Sehun!alfa, Yaoi
Visualizações 181
Palavras 1.021
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Comédia, Crossover, Famí­lia, Fantasia, Festa, Ficção, Ficção Adolescente, Ficção Científica, Fluffy, Lemon, LGBT, Mistério, Misticismo, Romance e Novela, Sci-Fi, Shoujo (Romântico), Sobrenatural, Universo Alternativo, Yaoi (Gay)
Avisos: Álcool, Gravidez Masculina (MPreg), Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Oi bebês, eu sei que demorei, mas tenho bons motivos, mas não vou prender vocês muito aqui, nos vemos nas notas finais. Boa leitura:33

Capítulo 3 - Nunca mais


Sete dias depois...

 

Passado os sete dias de cio, Luhan acorda sentindo uma dor de cabeça dos infernos sem contar na dor que estava sentindo na sua região traseira, o que preocupava o menor. O ômega não sabia o que havia feito durante esses dias em que ficou fora de si, sua última lembrança foi da festa de Kris e de um quarto que poderia ser aquele em que se encontrava agora, já o principal, o que havia acontecido naquele quarto, ele não se lembrava.

Sentiu algo de mexer na cama, prendendo sua atenção rapidamente, havia um homem deitado ao seu lado, aparentemente ainda dormindo, não sabia quem era pois a pessoa estava deitada de costas pra si mas ele tinha certeza que era alfa apenas pelo cheiro forte que exalava do maior, um cheiro até que comum pra si, mas sua dor de cabeça o impedia de recordar qualquer que fosse o dono daquele cheiro tão bom. O que mais preocupava o pequeno era as marcas de unha que estavam estampadas nas costas do alfa em sua frente, puxou o lençol que o cobria notando seu corpo nu com algumas marcas roxas em suas coxas e abdômen. “Que merda eu fiz..” Pensou ele, aparentemente havia transado por sete dias com um desconhecido e nem sabia se havia se protegido ou não, levou a mão até seu pescoço suspirando aliviado por não ter marca, não saberia o que fazer se fosse marcado por alguém que passou o cio e nem sabia o nome. 

Depois de um tempo fitando o teto sem saber o que fazer naquela situação, Luhan escutou o alfa ao seu lado suspirar, ele olhou para o maior notando o mesmo se virar de frente para si, o fazendo tomar um susto ao ver com quem havia passado as noites. 

Sehun havia acordado com o sol batendo em sua cara, as cortinas estavam abertas, não se dera o trabalho de fechar nas noites passadas, até porque mal tinha tempo de sair da cama, sentia suas costas arderem pelos arranhões proporcionados pelo menor ao seu lado e por falar nele, o mesmo estava o olhando naquele exato momento com cara de espanto, parece que o cio já havia passado por completo.

– Bom dia.. - O alfa diz tentando amenizar a situação para que o menor não surtasse naquele momento.

– Você só pode estar brincando com a minha cara não é? - Luhan estava obviamente ao ponto de ter um pequeno surto, coisa que o maior não queria que ele tivesse. – Eu não acredito que eu passei meu cio com você! Me diz que a gente usou camisinha... Não não não, não fala nada, não quero ouvir sua voz, não quero olhar pra você, só vou me vestir e sair daqui enquanto ainda tenho um pouco de dignidade.- O ômega diz afobado enquanto tentava pegar suas roupas ficando enrolado no lençol. 

– Não exagere Lu Han, nem foi tão ruim assim..

– Qual a parte do não falar você não entendeu? – O menor pergunta já terminando de vestir sua calça e seus tênis. 

– Me desculpe, mas se servir de consolo, ninguém além de Kris, Suho, Chanyeol, Baekhyun, Kyungsoo e Kai sabem disso.- O alfa diz enquanto se levantava com um travesseiro cobrindo sua intimidade e começava a catar suas roupas espalhadas pelo quarto.

– Ah que ótimo! Ninguém além dos meus melhores amigos e meu irmão sabem que eu passei meu cio com você! Estou ferrado quando chegar em casa.

– Lu, queria conversar com você antes que vá embora e eu nunca mais tenha essa oportunidade..

– Não temos nada pra conversar Oh Sehun, foi apenas dessa vez, isso não irá se repetir.- O chinês diz decidido e em seguida sai do quarto às pressas, descendo as escadas da mansão de Kris e passando reto pela sala onde ouviu seu nome ser chamado diversas vezes pelo amigo porém ignorou. Assim que se viu fora da casa caminhou até o ponto de ônibus mais próximo e pediu um táxi, não queria demorar demais para ir pra casa, não queria ter o desprazer de ter que enfrentar Oh Sehun e ter a tal “conversa” que ele tanto queria. Não tinha noção do que o maior queria falar, só tinha a certeza de que não queria ouvir, ele não queria nada vindo daquele ser. Logi o táxi chegou e o pequeno entrou, indicando para o motorista o destino que ele iria, o caminho da casa de Kris até sua casa não era muito longo, por isso não demorou muito para chegar, pagou o taxista e saiu do carro caminhando até a porta da frente de sua casa, adentrou a mesma em silêncio, não sabia que horas eram então não tinha certeza de que Chanyeol ainda dormia. 

– Finalmente veio pra casa LuHan? Só espero que Sehun não tenha te marcado.-  Disse Chanyeol, a última pessoa que Luhan queria ver naquele momento, o maior estava sentado no sofá assistindo tv, provavelmente Baekhyun estava por vir.

– Não me enche Park, só quero tomar um banho e dormir em paz.- O ômega diz e em seguida suspira.

– Precisa de um banho mesmo, o cheiro dele e de sexo está impregnado em você.- Ele diz com uma cara de nojo, o menor sabia que mesmo que Sehun fosse amigo de Chanyeol, seu instinto de irmão falava mais alto que qualquer amizade e obviamente aquilo era uma pequena ceninha de ciúmes. 

O ômega ignora os comentários do Park e sobe as escadas seguindo diretamente para seu quarto e em seguida seu banheiro, se despindo pelo caminho para então adentrar o box completamente nu e ligar o chuveiro sentindo a água morna tocar em sua pele, relaxando seus músculos. O baixinho não demorou muito no banho, só o suficiente para que sentisse totalmente limpo, saiu do banheiro enrolado em uma toalha e em seguida foi até seu armário vestindo um pijama leve, caminhou até sua cama, se deitando na mesma respirando fundo enquanto se enrolava nos edredons e abraçava o travesseiro fofinho, deitado naquela cama prometeu a si mesmo que aquilo que havia acontecido nunca mais iria se deitar com Oh Sehun, consciente ou não.


Notas Finais


Depois de 449 anos.. EU VOLTEI BEBÊ
Sim, demorei, mas foi por conta da falta de criatividade mesmo e também por causa da escola, nao sei quando vai ser a próxima att até porque estou no último ano do ensino médio e já está na reta final, estou estudando pro vestibular e me especializando em fotografia, meu tempo está limitado então nem sempre tenho tempo para sentar ou me deitar na cama para pensar e escrever algo que preste, espero que tenham gostado do cap e espero que já tenham suas especulações pra o que vai acontecer :33
Bjinhos e até a próxima -3-


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...