História Jurassic Park - BTS - Capítulo 2


Escrita por:

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS), Jurassic Park
Personagens Jeon Jungkook (Jungkook), Jung Hoseok (J-Hope), Kim Namjoon (RM), Kim Seokjin (Jin), Kim Taehyung (V), Min Yoongi (Suga), Park Jimin (Jimin)
Tags Dinossauros, Jurassic Park, Mensão Namjin, Mensão Taekookseok, Mensão Yoonmin, Sobrevivencia
Visualizações 59
Palavras 2.796
Terminada Sim
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Aventura, Bishounen, Crossover, Ecchi, Famí­lia, Fantasia, Festa, Ficção, LGBT, Romance e Novela, Sci-Fi, Slash, Survival, Universo Alternativo, Yaoi (Gay)
Avisos: Homossexualidade, Incesto, Linguagem Imprópria
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Era pra mim ja ter postado, mas a net ta uma merda ent, eh triste
Sem mt oq falar, n foi lá um bom dia pra mim hj, bora pro capitulo

Capítulo 2 - Festa


Fanfic / Fanfiction Jurassic Park - BTS - Capítulo 2 - Festa

- Uma festa, Taehyung? No último sábado antes da gente fazer uma viajem super cansativa você quer fazer uma festa? Pirou de vez?

Eu estava discutindo com o meu irmão novamente. O menino está tão paranoico achando que vamos morrer na viajem, que disse que quer fazer uma festa antes de morrer.

- Qual é Nam? Não vai ser uma festa arromba! Vai ser só uma festinha para mim, para você e para os meninos. Não tem nada de mais nisso.

- Kim Taehyung, meu querido irmão, Kim Taehyung. O problema não está na parte se vai ser uma festa de arromba ou não o problema está na parte de que é o nosso último final de semana antes da viajem. Esse final de semana é para gente descansar poxa! Não para festar.

- Nam, para de ser careta! Até a mamãe e o papai deixou, por favor! – Ele diz e eu reviro os olhos. Como a mãe e o pai podem ter deixado isso? Pelo amor! Eu sinto que isso não vai acabar bem.

- Ok, Tae. Pode fazer. Mas já vou avisando. Sem brincadeiras de mau gosto, e são só os meninos, ninguém além deles. – Digo e vejo Taehyung sorrir com seu típico sorriso retangular.

- Yes! Passa a grana! Vou comprar salgados e bebidas para gente. – Com certa relutância, pego minha carteira e tiro dinheiros que para mim é mais que o suficiente para comprar salgados e bebidas, e entrego para Taehyung o dinheiro.

- Aqui, mas oh! Sem bebidas alcoólicas! Ainda somos menores de idade.

- Ok, Nam. Sem bebidas alcoólicas. Agora eu vou para o mercado, comprar comidas e bebidas sem álcool para nossa pequena festinha. – Taehyung diz animado

Reviro os olhos e vou para o meu quarto dormir um pouco. Bem, era o que eu pretendia, mas meu celular começou a vibrar e eu odeio isso. Então, eu fui ver o que era que ele tanto vibrava, e vi que era o grupo meu e dos meninos.

Talvez Meu Crush: Ñ se preocupa Tae

Talvez Meu Crush: Eu vou levar ele nem q foi batendo a frigideira na bunda branca dele

Hoseokão: Oloko Jin

Hoseokão: Medo ;u;

Rei Do Swagger Trevoso: Nss Jin, eu n tenho a bunda de Park Jimin para amortecer a dor naum

Chim Bundão: Vc poderia n falar da minha bunda?

Rei Do Swagger Trevoso: N da, ela eh tão grande

Rei Do Swagger Trevoso: Q toma espaço de toda conversa

Rei Do Swagger Trevoso: Se me entende neh Jiminnie  (  ͡° ͜ʖ  ͡°)

Chim Bundão: Minha mãe n paga internet pra isso

Você: Yoongi ta muito ligado na bunda do ChimChim

Você:  (  ͡° ͜ʖ  ͡°)

Rei Do Swagger Trevoso: N acredito q meu pai paga a internet pra isso

Chim Bundão: Vcs são tão pervertidos, credo :p

Rei Do Swagger Trevoso: Eu vou eh dormi, tchau pro seis 7

Hoseokão: 7?

Hoseokão: Eu sei q somos em 7, mas

Hoseokão: Isso eh soh se for contando com vc, então...

Hoseokão: Tu ta dando tchau pra vc mesmo tbm?

Rei Do Swagger Trevoso: N anta acéfala

Rei Do Swagger Trevoso: Eh que a bunda do Jimin eh tão grande q já to considerando como pessoa KSKSKSKSKSKS

TaÉChato: OH DEUS KKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKK

Hoseokão: PO! N DEIXAVA RSRSRSRSRSRSRSRS

Você: To falando KKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKK

Um Biscoito Emo: Soh passei pra rir da cara do Jimin

Um Biscoito Emo: HUAHEUAHEUEHUAHEUAHEU

Um Biscoito Emo: Agr fuy

Você: esse mlk eh estranho

Talvez Meu Crush: Pior ;-;-;

Talvez Meu Crush: KAKAKAKAKAKA num deixava Jimin, falou da sua bunda

Chim Bundão: Soh quero avisar q

Chim Bundão: Eu vou te matar Min Morto Yoongi

Rei Do Swagger Trevoso: Como? Vai me dar uma bundada?

Você: KKKKKKKKKKKKKKKKKKKK SCRR KKKKKKKKKKKKKKKK

Você: MORRI KKKKKKKKKKKKKKK

TaÉChato: CHOREI AGR KKKKKKKKKKKKKKKKKKK

Talvez Meu Crush: JESUS KAKAKAKAKAKAKAKAKAKAKAKAKAKA

Hoseokão: Depois dessa Jimin, eu me jogava da ponte RSRSRSRSRSRSRSRSRSRS

Chim Bundão: Se morre Yoongi

Você: N da ideia n Jimin

Chim Bundão: Pq ñ?

Você: Soh n da ideia

Talvez Meu Crush: Vdds Jiminnie

Talvez Meu Crush: N da ideia pro Yoongi pq ele eh meio loko

Rei Do Swagger Trevoso: Ofendido estou eu

Chim Bundão: Ok neam

Depois dessa troca de mensagens super normal, eu desliguei meu celular para não ter meu precioso sono atrapalhado. Deitei minha cabeça no meu travesseiro macio, mas com uma fronha do Kakão Ryan. Sim, ele mesmo. Sou apaixonado nesse personagem, meu quarto para falar a verdade é inteiro dele, cheio de ursinhos e fotos dele, minhas capas de celular também. Praticamente tudo, e todos sabem disso, assim como todos sabem da tara do Yoongi pelo Jimin – por mais que o Yoongi negue – mas ninguém comenta nada, nem crítica, só deixamos quieto. Fechei os olhos e esperei o sono chegar, que não tardou em aparecer.

Acordei sentindo algo molhado na cara, mas não demorou para eu começar a me afogar sozinho, meu Deus, o que está acontecendo. Coloco a mão na frente do rosto sentindo a água cair nela e respingar na minha cara.

- Meu Deus! Estou me afogando! MÃE! ME AJUDA EU VOU MORRER! – Gritei.

- Seu mongol! Você não vai morrer seu estranho. E a mamãe saiu com o papai. – Taehyung parou de jogar água na minha cara, me dando oportunidade de passar a mão no rosto e tirar a pequena porcentagem de água acumulada no meu rosto. – Tsc! Fala que não tem medo de nada, mas é só jogar água na tua cara que você já chama a mamãe. Medroso.

- O que? Que? O que você está fazendo no meu quarto, Taehyung? E por que está jogando água na minha cara?

- Bem, eu vim te acordar, mas pelo visto você está dormindo que nem o Yoongi-hyung. Pode colocar uma britadeira do lado que não acorda.

- Taehyung, eu te amo irmão, e sinto como se tivéssemos uma ligação de gêmeos. – Pego o copo da sua que ainda tinha um pouco d'água, e jogo na sua cara. – Viu, ligação de gêmeos. Se eu me molho, tu se molhou também.

- FILHO DA MINHA MÃE, NAMJOON! EU JÁ TINHA ME ARRUMADO, SEU DESGRAÇADO! – Tae diz passando a mão no rosto e depois na roupa molhada. – PORRA!

- Não devia ter me molhado, seu imbecil. – Digo e Taehyung serra os olhos.

- Eu vou me arrumar, de novo, e quando eu voltar, eu juro que te mato.

- Não vai dar, temos uma festa para dar. – Me levanto da cama e pego minha toalha e vou até o closet pegar minhas roupas que vou usar na festa. – Agora, sai do meu quarto, tenho que me arrumar para a festa. – Digo expulsando Tae do meu quarto.

...

Estava no meu quarto, mexendo no meu computador e ouvindo música com os fones quase no máximo com uma festa rolando na minha sala. Não que eu tenha algo contra os meninos, nada disso, eles são meus melhores amigos, mas eu não gosto muito de festa, por mais que sejam só os meninos, eu prefiro ficar sozinho

- Eae, Namjoon. – Yoongi diz entrando no meu quarto sem bater na porta me fazendo abaixar o volume do fone para escuta-lo melhor.

- Eae, Yoongi. Como está a festa? Se divertindo muito? – Digo rindo debochado.

- Você mais que ninguém sabe que odeio festa, então, pode estar divertido para os meninos, mas para mim está uma bosta. – Ele diz se jogando na minha cama. – E você na sua isolação? Como está?

- Melhor de como eu estaria se tivesse na festa.

- Você é muito isolado mano. Credo. Devia levantar a bunda daí e ir lá na festar fazer algo de útil. – Yoongi diz me fazendo rir soprado. Ele está me dizendo isso, sendo que ele também está aqui isolado.

- Oh Deus. O sujo falando do mal lavado. – Digo negando com a cabeça. – Você também é isolado, parça. Você está aqui, enquanto está rolando uma festa lá na sala. Ou seja, somos dois isolados.

- Não sou isolado, só não quis ficar na lá com eles.

- Por que? Jimin não está te dando atenção devida? Já sei. Você apertou a bunda dele e ele te deu um tapa. – Digo o provocando. – É tenso sofrer pelo crush né?

- Cala boca, Namjoon! Eu não tenho crush no Jimin, sou imbecil. Eu só gosto de provocar ele. Não quer dizer nada. – Ele diz e eu me levanto da cadeira e tiro os fones e os desconecto do computador e deixo a música tocar num volume considerável. – Hoobastank, gosto.

- Também gosto. Na realidade eu amo. Mas sabe o que eu amaria mais? – Digo me jogando do seu lado na cama, e vejo Yoongi negando com os olhos fechados curtindo a música. – Que você se deixasse ser feliz e se declarasse para o Jimin.

- Qual é Namjoon? Eu já disse que não gosto do Jimin assim! Que saco! – Ele diz se sentando rápido na cama. – E você em? É apaixonado pelo Jin, mas não admite, não se declara para ele. Eu pelo menos não gosto do Jimin assim, então não tenho nada para declarar ou admitir para ninguém, mas você tem! Que tal se declarar para o Jin e se deixar ser feliz?

- Espera. Como você sabe que eu gosto do Jin? Eu nunca te falei nada sobre isso!

- Ah Namjoon, eu sou seu melhor amigo. – Ele diz voltando a deitar na cama. – Você não precisa me falar nada, eu consigo perceber. E não se preocupe. Eu não vou falar nada para ele.

- Going in the same direction. – Começo a cantar o final da música que estava tocando no quarto. – Going in the same direction.

- Same direction. – Yoongi canta comigo a última parte.

Ficamos ali ouvindo o fim da música e as outras que estavam indo até que Taehyung vem nos arrastar até a sala para jogar um jogo, mais especificamente, jogar um joga que estraga ou melhora nossa vida, verdade ou consequência.

A garrafa girava e caia em alguém e sempre dava em alguém pagando um mico, ou falando algo constrangedor sobre si. Já descobrimos que Taehyung gosta de ficar cantando Twice pelado quando está sozinho, coisa que nem eu sabia, que Hoseok tem um crush secreto por alguém do grupo, que eu desconfio muito que seja o Tae – coisa que eu já sabia –, e quando eu digo que desconfio, quero dizer que tenho certeza, e que Hoseok já dançou Macarena pelado num bar quando fuçou bêbado pela primeira vez. E sem contar os desafios. Como descobrimos sobre Hoseok ter dançado Macarena pelado num bar, fizemos ele dançar Macarena só que com a roupa porque ninguém ia querer ver um Hoseok pelado dançando Macarena, fizemos o Jin rebolar na boquinha da garrafa de refrigerante, além de termos trancado o Jungkook junto com o Jin no armário. Agora imagina. Alguém alegre, cheio de luz e felicidade como o Jin, trancado no armário com o Jungkook que é tão depressivo e cheio de bad. Acabou que o Jungkook tava vermelho de nervoso e o Jin assustado. Combinamos de não perguntar o que aconteceu no armário a nenhum dos dois. Ah, e fizemos o Jimin e o Taehyung fazer show de Streep e sensualizar com uma banana. Foi tudo de estranho que pode imaginar.

Mais uma vez a garrafa girou e agora caiu em mim, e eu só sei que ia dar bosta, porque é o Taehyung que vai perguntar.

- Verdade ou consequência, Nam? – Taehyung pergunta com um sorriso diabólico na cara.

- Consequência. – Falei, mas já me arrependi só pela cara que o Taehyung fez.

- Beije o Yoongi-hyung, de língua. – Ele disse me fazendo arregalar os olhos. Yoongi que até agora estava brisando, se assustou e jogou um olhar de assassino no Taehyung.

- Taehyung. Vem comigo, vamos conversar. – Digo me levantando e indo para longe o suficiente dos meninos. – Se está louco? Pirou? Eu beijar o Yoongi? O que deu na sua cabeça?

- Ah Nam. Qual é? Beija ele vai. Vocês dois formariam um belo casal até. – Taehyung diz sorrindo.

- Kim Taehyung! Você, eu, e todos sabemos que o Yoongi gosta do Jimin. Você devia fazer o Jimin beijar o Yoongi. Não eu! Seu otário! – Diga dando um peteleco em sua testa.

- Ai, cassete! – Taehyung diz passando a mão na testa. – Ele pode gostar, mas sabemos que o Jimin não dá bola para ele. O Jimin não gosta dele assim, os sentimentos dele não são correspondidos e você sabe! Qual é? Você também não tem ninguém, junta vocês dois e pronto! Seriam um casal bem e feliz. Vocês dois se dão tão bem. Estão sempre juntos.

- É Taehyung. Porque ele é meu melhor amigo. Ele é como o irmão que eu não tive. – Digo e percebo que não devia ter falado isso. A alegria de Taehyung desaparece e vejo seu rosto se transformar em uma expressão triste. – Tae, não foi isso que eu quis dizer...

- Não, Namjoon, eu entendi muito bem o que você quis dizer. Eu nunca fui o tipo de irmão que você quis ter. Eu nunca fui o suficiente para você. Sempre fui um irmão irresponsável, burro e que nunca sabe levar nada a serio. Por isso você nunca me conta os seus segredos. – Taehyung diz limpando uma lagrima que escorreu dos seus olhos. – Por isso que você nunca me convida para sentar do seu lado no ônibus em dia de passeio, que nunca me chama para escutar música no seu quarto. Eu nunca fui um irmão de verdade para você, não é?

- Tae, por favor, não fala isso. Você sabe que eu te amo, você é meu irmão, não fala isso.

- É, no sangue eu posso ser seu irmão. Aqui dentro. – Ele diz apontando a mão para o peito dele. – No meu coração, eu posso ser seu irmão. Mas aí para você, aí dentro. – Agora ele apontou para o meu peito. – Eu nunca vou ser considerado como seu irmão de verdade.

Tae sai correndo para o seu quarto chorando, e eu vou atrás dele gritando para ele me escutar, mas não adiantou. Ele entrou no quarto e trancou a porta. Acabei de desistir de falar com ele hoje, pois, eu realmente dei mancada falando aquilo, e se ele tivesse falado aquilo para mim, eu também não ia falar com ele. É melhor dar espaço para ele se acalmar.

Fui até a sala onde os meninos arrumavam a bagunça em silencio. Eu ia dizer algo, mas Jin apareceu do meu lado e passou o braço em volta do meu pescoço.

- Não precisa se explicar nem nada. Não ouvimos a conversa, mas pelo visto é coisa seria entre você e o Tae. Nós arrumamos tudo e vamos embora. Para deixar vocês se resolverem. Amanhã nos encontramos no aeroporto, ok?

- Ok. Obrigado, Jin. Vocês são demais. – Digo sorrindo fraco. – Obrigado, primo.

- Não há de que, primo. – Ele diz voltando a ajudar os meninos a terminar de arrumar.

 

Depois de tudo arrumado, tomei um banho e fui para meu quarto. Passei pelo quarto do Tae e pensei em entrar, mas achei melhor não. Me joguei na minha cama e fiquei olhando para o teto. Eu sou um monstro! Como eu posso falar aquilo para o meu irmão. Meu único irmão cara. Que tipo de irmão sou eu? Quem fala esses tipos de coisas para o irmão? Eu que sempre ignorei tudo que ele falava, nunca parei para escutar uma frese se quer dele. Eu me sinto o pior irmão de todos, eu sou o pior irmão de todos.


Notas Finais


Esperam que tenham gostado, o shipp n eh o principal aki, e sim a amizade e a sobrevivência e a amizade do Yoongi e do Namjoon será muito importante, assim como a relação de irmãos do Tae com o Namjoon
É apenas um começo tudo isso, ent, se acalmem

Bom Dia Pra Quem É Dia! Boa Tarde Pra Quem É Tarde! Boa Noite Pra Quem É Noite!
Que A Força Esteja Com Vocês!


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...