História Jurassic World 2 - Capítulo 1


Escrita por: ~

Postado
Categorias Jurassic Park
Personagens Claire Dearing, Owen Grady, Personagens Originais, Simon Masrani
Visualizações 40
Palavras 582
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 16 ANOS
Gêneros: Ação, Aventura, Fantasia, Ficção, Ficção Científica, Mistério, Romance e Novela
Avisos: Linguagem Imprópria, Spoilers, Violência
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas do Autor


Oi, gente, então, essa deve ser a quinta fanfic que eu posto no site (eu exclui as outras duas). Enfim, eu gosto muito de Jurassic Park, desde quando eu era pequenininha. Bommmm, eu pedi pra vocês lerem isso pois essa foto que eu botei para representar a a Marrie não está completamente de acordo com o que ela é. Eu escolhi essa foto pois essa foi a mais parecida com o que eu imaginei que eu achei, mas a Marrie tem a pele bem mais escura do que a menina da foto (ela é descendente de indiano, não esqueçam) e os cabelos dela são curtos. Tipo, no ombro. Então, é isso. Espero que gostem, comentem para me ajudar se puderem.

Capítulo 1 - Prefácio- "A Dama e o T-Rex"


Fanfic / Fanfiction Jurassic World 2 - Capítulo 1 - Prefácio- "A Dama e o T-Rex"

LEIAM AS NOTAS DO AUTOR, GENTE. É IMPORTANTE!!

Foi quase inacreditável quando terminou, minhas mãos ainda estavam suadas e pisquei com força para ter certeza de que tudo aquilo não era um sonho. Barry me acordou do transe, me parabenizando. Ainda estava um pouco tonto, mas acima de tudo feliz. Bom, em algum momento minha equipe teria que seguir meus comandos, afinal de contas, eu sou o Alfa e treinamos muito até a chegada desse dia.
Assim que Hoskins apareceu soube que não poderia estar em nenhum lugar além do mundo real. Uma expressão severa se instalou no meu rosto, dessa vez eu faria de tudo para vencer seus argumentos sobre: "Precisamos desses animais em uma guerra, eles podem salvar vidas, Owen, pelo amor de Deus...". Fiquei enjoado só de me lembrar de todas as discussões que já tivemos sobre isso, ele definitivamente era a pessoa mais persistente que eu já havia conhecido.
Após ter que suportar seus argumentos de sempre, Hoskins tocou em um assunto que me atingiu como um míssil, meus punhos se fecharam ao lado do meu corpo e minha irritação era mais do que notável.
- Oewn, você e a Dama podem fazer isso! - ele gritou empolgado. A palavra "Dama" não fez muito efeito quando a escutei, não esperava que Hoskins fosse tocar nesse assunto - Esses animais são incríveis e recebem ordens! Nossos homens não precisariam mais morrer em batalha! Quatro velociraptors e um T-rex, o bstante para.... - assim que escutei a palavra "T-rex" soube de quem ele falava, a raiva consumiu meu corpo e resisti ao impulso de enforcá-lo.
- O QUE?! - as palavras saíram mais altas do que eu pensava, machucaram minha garganta - Não se atreva a falar de Marrie novamente, seu... - engoli as palavras, controlando essa ira terrível.
- Calma, Owen. Você sabe o que eu quis dizer. Eu vi funcionar com a sua pequena Marrie, e agora estou observando que o mesmo acontece com você e seus Raptores.
- A relação de Marrie com o T-rex é diferente!! Eles dois são como irmãos, você sabe que se dissesse algo assim perto dela não estaria mais vivo.
- Conheço sua personalidade. - ele engoliu em seco.
- Não é a personalidade da Marrie! Ela não machucaria nem mesmo uma mosca, mas se você botar os olhos no T-rex dela, eu te garanto não Verá a luz  no dia seguinte. - declarei finalizada aquela conversa ao dizer essas palavras.
Me lembrei de quando era pequeno e presenciei o nascimento de Marrie, quando ela começou a crescer viramos amigos inseparáveis. Me lembro como se tivesse sido ontem do dia em que seu pai comprou a ilha Nublar e restaurou o antigo Jurassic Park. "Papai eu quero um T-rex", foram necessárias apenas essas palavras daquela criança de quatro anos para que Simon colocasse um embrião de tiranossauro em uma das incubadoras. Assim que o filhote nasceu Marrie se apaixonou. Ela estava sempre com ele, viraram parte um do outro, e essa é uma das relações que eu mais respeito e admiro. 
Mas então algo passou pela minha cabeça. Hoje é um dia importante, e mesmo que não fosse, Marrie estaria aqui, cuidando do seu animal, ela sempre está. Mas por que não veio? Tem algo muito errado. Porém decidi ignorar o assunto, talvez ela esteja muito atarefada com os estudos. Mas ela sempre está aqui, ela mora aqui, é como se sua verdadeira casa fosse apenas para passar um mês  no ano.
 


Notas Finais


Então, é isso. Eu espero mesmo que vocês tenham gostado.


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...