1. Spirit Fanfics >
  2. Just a bet - (imagine Hwang Hyunjin) - STZ >
  3. Uma festa, um show e uma aposta

História Just a bet - (imagine Hwang Hyunjin) - STZ - Capítulo 3


Escrita por:


Notas do Autor


Demorei mais postei kkk
Eu tô amando a forma que eu tô escrevendo essa fic, sei lá tô achando tão bonitinho e sinto que minha escrita está melhorando kkk
Enfim

Boa leitura
Desculpa por qualquer erro ortográfico
E fiquem cm o capítulo 💜

Capítulo 3 - Uma festa, um show e uma aposta


Fanfic / Fanfiction Just a bet - (imagine Hwang Hyunjin) - STZ - Capítulo 3 - Uma festa, um show e uma aposta


-- DaeHee. - sorriu ao vê lá na minha frente


-- Eeer..eu te conheço? - ela pergunta fazendo o sorriso de meu rosto sumir e me deixando sem graça


"Agente estuda na mesma sala e você não sabe quem eu sou?!!!"


-- Ah..-- sorriu e e coço minha cabeça -- Agente estuda na mesma escola...e sala. -- falo e a mesma ainda parece não ter me reconhecido -- Hyunjin.. Hwang Hyunjin.


-- Atá. -- ela dá uma leve risada e concorda com a cabeça


"Por que parece que ela ainda não me reconheceu?"


-- É, o pedido? -- a garota que estava acompanhada com a Dae Hee diz impaciente


-- Ah sim, Desculpa. -- falo me virando pra máquina e fazer os pedidos delas


Depois de fazer os dois e entrego seus pedidos a ela e vou até o caixa onde elas pagam:


-- Obrigada, e voltem sempre. -- falo e as duas ignoram minha existência e vão embora -- Eu sou um idiota mesmo. -- falo apoiando meus braços no galpão e me inclino colocando minha cabeça em cima dos meus braços


{...}


Mensagem On

_Hyunjin já pediu pra sua mãe pra vim aqui?? XxChangbin

_Não. E não sei se ela vai deixar não. XxHyunjin

_Você não fez nada de errado! Pode pedir pra ela. Eu e o Chan já estamos te esperando:) XxChangbin


Changbin consegue ser tão chato as vezes.

Respiro fundo e vou até a sala onde minha mãe estava:


-- Maeee! -- falo a chamando e me jogando no sofá

-- Fala. -- ela diz concentrando no drama que passava na tv


-- Posso ir pra casa do Changbin hoje?


-- Não tá de castigo. -- ela diz simples e sem tirar os olhos da tv


-- Ah mãe! -- resmungo -- Eu não fiz nada de errado! -- me sento e a encaro -- Por que estou de castigo!?


Minha mãe bufa e me encara:


-- Primeiramente: Não fala comigo assim. -- ela diz dando um tapa na minha cabeça


-- Aiii.. desculpa..-- falo fazendo bico


-- Segundo: Você não fez nada de errado. Por isso está de castigo.


-- Que? -- aquela frase não fazia sentido -- Mãe, isso não faz sentido.


-- Faz na minha mente! -- ela diz exaltada e começa a dizer coisas enquanto fazia movimentos com a mão -- Quando era sua irmã no ensino médio, eu era chamada quase toda semana na escola por ela aprontar, e dava castigos com gosto pra dela. -- ela me encara -- Você não me dá trabalho!


-- E isso não seria bom? -- dou um sorriso torto


-- Não. Eu sinto falta de dá um castigo pro meu filho, Yeji está do outro lado do mundo então não posso fazer isso. E você? Eu nunca te dei um castigo. Isso é frustante para uma mãe.


-- Mãe?..


-- Meu lado mãe cruel sente falta de dar um castigo. -- ela se vira pra tv e se acomoda no sofá -- Por isso Hwang Hyunjin, você está de castigo por não me dá trabalho.


Solto um risada com aquilo e ela me encara:


-- Tudo bem mãe -- sorriu -- Você pode me deixar de castigo, mais pode ser outro dia? É que hoje é dia de eu ir pra casa do Changbin e isso está marcado a um tempão. Quando eu volta você pode me dá o castigo que quiser.


-- Até mesmo os de um mês!? -- ela pergunta e seus olhos chegavam a brilhar


-- Sim mãe. -- falo sorrindo


-- Perfeito. Pode ir pra casa do Changbin, mais volte antes das 22:00pm, senão ganhará um castigo severo!


-- Sim senhora mãe.-- falo me levantando e indo até minha mãe e deixando um beijo em sua testa -- Vou indo. 


-- Juízo. -- ela diz voltando sua atenção pra tv


Aí ai, só minha mãe mesmo.


{...}


Depois de assistir alguns filmes, eu e os meninos saiamos pra andar um pouco por sugestão de Changbin. Isso foi estranho, já que agente não costuma sair e sim ficar dentro de casa. Mais Changbin sugeriu de nós irmos pro fliperama que abriu recentemente aqui.


Enquanto andávamos conversando sobre coisas aleatórias, agente ver uma casa do outro lado da rua, em uma casa lotada de rostos muitos familiares da escola e outras desconhecidos, tanto fora e dentro da casa pareciam está bem cheias de gente:


-- Aqui é a casa do Jinyoung certo? -- pergunto e o Changbin confirma


-- Changbin, por que você nos trouxe aqui!? -- Chan questiona encarando Changbin assim como eu


-- É. Isso não parece nem um pouco com um fliperama. -- cruzo os braços olhando Changbin


-- Mais agente ia...-- ele diz rindo de nervoso -- Mais aí vi uma foto no Instagram do Mark com a heastag festa na casa do Jinyoung.


-- E dai? -- Chan diz estressado -- O que isso tem a ver com nós?


-- É a nossa chance de desencalhar! -- Changbin diz firme com suas palavras enquanto Chan e eu olhavamos pra ele sem expressão sem acreditar no que Changbin avia colocado na cabeça -- Que foi? -- ele nos olha -- Por que tão me olhando assim?


-- Paciência..-- Chan diz fechando os olhos e respirando fundo -- Vontade de te esganar! Primeiro, agente nem foi convidado e segundo que esse não é nosso núcleo e que nenhum deles ali dentro querem a nossa presença na festa.


-- Primeiramente; -- Changbin se pronuncia -- Os perdedores aqui são vocês. -- ele rir -- E segundamente, pode vim pra cima -- ele bate no braço -- Você não é páreo para Seo Changbin.


-- E se for dois contra um? -- sugero encarando Changbin


-- Até você Hyunjin!? Injustiça! -- Changbin diz exaltado


-- Vamos embora. -- Chan diz começando a andar mais Changbin se põe na frente dele


-- Não! Qual foi? -- ele diz encarando eu e Chan -- Já estamos aqui na frente, não custa entrar e se divertir.


-- Changbin, sejamos lógicos. -- digo -- Se o Mark postou essa foto na casa do Jinyoung, significa que o Jay B também está aí, do jeito que sou azarado, as chances de mim esbarra com o Jay B nessa festa são grandes, e a de eu apanhar mais ainda. Não vou correr esse risco.


-- Ah pelo amor, essa casa tá lotada! -- Changbin diz revoltado apontando pra casa


-- Bem..ir e ficar um pouco não séria má ideia. -- Chan diz


-- Até você Chan? -- o encaro


-- Isso! -- Changbin diz animado -- É assim que se fala, vamos logo! -- Changbin diz correndo até a casa igual uma criança


-- Chan, não sei não...-- falo com um pé atrás


-- Changbin tá certo, você pode não se encontrar com o Jay B, essa casa tá lotada.


E tava mesmo


-- Além do que -- Chan rir -- Vamos ajudar o Changbin e realizar seu sonho de se sentir popular ou de dar seu primeiro beijo.


-- Fala sério..-- riu -- Tudo bem -- suspiro -- Vamos lá.


Autora On

Enquanto isso na casa que estava lotada por adolescentes da escola de Hyunjin e maiores de idade. Aquilo era bem comum para Jinyoung, com os pais liberais que ele possuía e que quase não ficavam em casa, era uma oportunidade para ele fazer festas todo final de semana que pudesse.


Na sala em uma roda de amigos, com DaeHee, Jisoo, Jinyoung, Jay B e mark e outros, eles estavam brincando de verdade ou desafio. DaeHee estava completamente entediada, pra ela aquela brincadeira era de 5° série, desafio: Beije Fulano e  Verdade: É verdade que você já beijou alguém. Era sempre a mesma coisa e ela não gostava:


-- DaeHee, verdade ou desafio? -- Jisoo pergunta

-- Verdade...-- ela responde entediada


-- Hm..-- Jisoo fica pensativa em sua pergunta -- É verdade que você já perdeu a virgindade, e com o Jaebeom.


Aquela pergunta faz vários olhares irem para DaeHee e Jaebeom. Jaebeom não se importa mais DaeHee fica incomodada com a pergunta:


-- Passa. -- DaeHee diz simples não querendo responder


-- Iih se não respondeu é por que é verdade. -- Jinyoung diz a provocando


-- Não enche Jinyoung..-- DaeHee diz irritada e se levantando -- Continuem aí com essa brincadeira de quinta série. -- ela diz se retirando do local


Mark olha para Jaebeom sugestivo, Mark se levanta e pede pro amigo ir junto ambos vão até DaeHee:


-- Ficou incomodada? -- Jay B diz se aproximando de sua ficante


-- Não. -- ela diz simples -- O que querem? -- ela pergunta prós dois e Mark rir


-- Temos uma proposta tentadora pra você querida DaeHee. -- Mark diz e tira de seu bolso dois papéis -- Sabe o que são isso? -- ele pergunta pra Daehee


-- Ahn não.  -- ela diz simples


-- São ingressos pra um show, do Super Junior. -- ele olha pros dois ingressos -- Eu ganhei num sorteio idiota -- ele encara Daehee -- Você é fã deles não é mesmo?


-- Sim! -- Daehee diz com certa animação mais tentando esconde-la, a mesma que fazia parte do Fandom há um bom tempo e era super fã deles e seu sonho era um dia ir a um show deles


-- Tava pensando em te dar eles, não faz meu estilo músical então por que não te dar.


-- Eu aceito sem problemas. -- DaeHee diz e tenta pegar os ingressos mais Mark não deixa


-- Eii calma aí. -- ele diz com um sorriso de canto -- Tudo tem seu preço.


-- Quantos você quer? -- ela pergunta entediada


-- Não é isso que Jaebeom e eu queremos.


-- Então o que vocês querem? -- ela pergunta confusa


-- O que acha de fazemos uma aposta? -- Mark sugere -- Sei que ama uma.


DaeHee rir daquilo, era uma troca besta ao seus olhos, mais estava disposta a aceitar só para ir no show de seu grupo favorito:


-- Só isso? E qual seria a aposta? -- ela pergunta com um sorriso de lado no rosto


-- Bem, o que acha de seduzir nosso amigo Hyunjin? -- Mark diz


-- O Hyunjin? -- ela rir -- Quer que eu fique com aquele esquisito?


-- Não fala assim dele.tambem. -- Mark diz sorrindo -- Ele não é tão esquisito assim.


-- Sai fora. -- DaeHee diz soltando uma risada -- Não vou seduzir aquele nerd.


-- Eu agente acha outra que queira não é Jaebeom? -- ele olha pro amigo que permanecia calado até o momento, pois mesmo gostando da idéia, de zuar com a cara do Hyunjin, no fundo ele gostava da DaeHee e não queria vê-la com outro, mesmo sendo uma aposta -- Uma pena, é primeira fila, sabia? -- Mark diz olhando DaeHee na intenção de faze-la mudar de idéia


-- Espera..-- a mesma volta atrás -- É só seduzir ele?


-- Uhrum, eu já percebi como ele te olha, ele gosta de você então será fácil. O show é daqui um mês, então esse será o seu prazo. 1 mês junto com Hyunjin e seus amigos estranhos. Eai, vai aceitar?


DaeHee fica pensativa, na época, com sua mentalidade diferente e com apenas 16 anos, uma fã disposta a fazer qualquer coisa para conhecer seus idolos.


-- Eu aceito. -- ela diz

{...}


Enquanto isso Hyunjin, Chan e Changbin tentavam se inturma naquele local, Changbin estava encantado, e Chan e Hyunjin incomodados com os olhares estranhos direcionandos a eles:


-- Hyunjin! -- Chan diz se aproximando de Hyunjin com um copo na mão -- Isso aqui é álcool!


Ele diz mostrando a bebida álcoolica que avia numa festa com menores de idade


-- Os pais do Jinyoung não sabem disso não? -- Chan pergunta


-- Sinceramente.. não. Você já bebeu isso? -- Hyunjin pergunta e Chan nega, ambos se olham sugestivos, beber aquilo poderia tirar os olhares estranhos vindo até eles e fazer eles parecerem "descolados"


-- Você bebe primeiro! -- Chan diz dando o copo para Hyunjin


Hyunjin olha aquele copo com certo medo, era a primeira vez que ia beber alguma bebida álcoolica, mais sua motivação foi ver os outros jovens da sua Idade bebendo aquilo feito água.


Ele deu apenas um gole e já sentiu aquela bebida descer rasgando em sua garganta, ele não resistiu em não fazer careta com aquilo, o gosto e a sensação não avia o agradado:


-- Eai, é bom? -- Chan pergunta curioso

-- Tô com vontade de vomitar. -- ele diz fazendo ânsia de vomito


*Resumindo, Hyunjin e DaeHee vivem "realidades" bem diferentes uma das outras em relação a escola, são dois jovens com pensamentos diferentes, naquela época, eles tinham pensamentos e a mentalidade diferente*


Hyunjin On


Final de semana acabou e semana começou, as provas também estão chegando, e eu já estou estudando. Sobre aquela festa, decidi não contar pra minha mãe, e prefiro esquecer minha primeira vez bebendo bebida álcoolica, eu vomitei e depois fiquei sendo zuado. Nunca mais.

As três aulas passam e finalmente o intervalo vem. Chan Changbin e eu estávamos no refeitório comendo quando vejo DaeHee entrar, meus olhos automáticamente batem nela e na sua beleza, mais estranho foi parecia que ela estava vindo em minha direção, e meu coração estava acelerando. E realmente. Do nada ela vem até a mesa onde estavamos e se senta do meu lado me olhando, ela solta um olhar para mim que a olhava imóvel não acreditando que aquilo estava acontecendo.

Chan e Changbin também nos encavam imóveis incrédulos pois Kwon DaeHee estava sentanda na mesma mesa que agente, além dos outros olhares curiosos vendo DaeHee sentada com agente:


-- Oi..-- ela diz com um meigo sorriso -- Hyunjin né? Eu posso me sentar aqui?

-- A-ah.. cla-claro...que pode. -- falo nervoso que eu chegava a suar, não acreditava naquilo

Ela lembra meu nome, ela sabe que sou..


"""Naquele momento eu não sabia como me sentia, era uma mistura de sentimentos bons que estavam explodindo dentro de mim. Era Kwon DaeHee ali sentada na mesma mesa comigo, só a garota mais linda da escola, e a garota que eu sempre amei. Como que um tolo garoto de 16 anos ingênuo como eu era reagiria? Bem, na minha cabeça aquilo era a melhor coisa que poderia acontecer comigo, se eu soubesse o que acontecer isso depois que ela se sentou do meu lado, se eu soubesse que iria me ferir tanto. Eu nunca teria deixado Kwon DaeHee se sentar do meu lado"""


Continua...


Notas Finais


Fazendo jus ao nome da fic a aposta começou kkk
Lembrando que esse final aí foi o Hyunjin narrando, tipo, ele do futuro kkkk pq esses acontecimentos estão sendo memórias do Hyunjin do passado, depois vai mostrar como tá no futuro, enfim, eu tô ansiosa cm essa fic.

Até o próximo capítulo 💜


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...