História Just a Dream (FanFic JungKook) - Capítulo 4


Escrita por: ~

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS)
Personagens J-hope, Jimin, Jin, Jungkook, Personagens Originais, Rap Monster, Suga, V
Visualizações 27
Palavras 711
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Comédia, Drama (Tragédia), Harem, Lírica, Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Violência
Avisos: Linguagem Imprópria
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Oiiin, meu ser voltouuu
Sentiram minha falta?
.....Não?
Ah Ok.....(´°̥̥̥̥̥̥̥̥ω°̥̥̥̥̥̥̥̥`)

Tendeu


Beeeem, demoro um séculozinho e eu escrevi correndo esse cap, mas cá estou eu.
No próximo Cap, vou falar os dias que eu irei postar.

Me dêem muito amor e aproveitem o capítulo!

B
O
A

L
E
I
T
U
R
A
!!

Bjs meus PuJinzíneos

Capítulo 4 - Quatro- Não foi um sonho?


Ok, eu tive um sonho estranho. Sonhei que eu passei no teste da BigHit e que o BTS estava na minha frente... Isso só pode ter sido um sonho....né?!

Começo a brir meus olhos lentamente e quando recupero totalmente a visão, dou de cara com o Jungkook com o rosto.... Perto até demais do meu, me encarando


Mas peraí,não foi tudo um sonho? Será que...


- Eu ainda to sonhando? - ponho a mão no rosto à minha frente - Será?... Mas parece.. Tão real. Não é possível. -  Ele ri. 

- Não é um sonho - Ele diz sorrindo... Nhiiiim que sorriso lindo Jesus, morri, to no chão, socorro.... Ma peraí... Não é um sonho? Então quer dizer que Jeon Jungkook, minha fusão de um coelho com um biscoito preferida está aqui.. Na minha frente, olhando para mim e eu estou to-tocando o rosto dele.....

- Ah... Je-Je-Jeon Jungkook? - ele assente assim que eu tiro a mão de seu rosto e sento no Sofá. - O resto do Bangtan..... Ok... Isso não pode ser real.

- Eu sei que é difícil acreditar que essa divindade está na sua frente, mas sim, isso é real - Suga diz e eu rio, por causa da piada e de nervoso.. Ok, eu definitivamente não to bem.

- Bom, agora que todos nos apresentamos e as meninas acordaram, temos que ir. - O homem que eu ainda não sei o nome diz - Os meninos precisam se preparar para o show de amanhã. Obrigado por nos deixar entrar Dona Lurdes e desculpe todo o incômodo.

- Sem problemas, eu me resolvo com os Capetinhas mais tarde - Dona Lurdes diz sorrindo, um sorriso bem falso por sinal, e assustador também.

- Tchau meninas, amanhã voltarei com o Manager e resolveremos tudo. - de novo o homem. 

- Tchau - Sarah se despede

- Falou - Digo também

- Byee - Noah logo após eu e por ultimo

- Sayonara mano - Pedro, Ok né.


Os meninos se despedem e todos saem da casa indo direto para a Vã, que eu acho que amassou por causa da bola. Agora é só esperar o lindo sermão da Dona Lurdes que provavelmente vai durar até dia 31 de fevereiro.


• No Outro Dia •


Acordei com o tapa dos raios de sol na minha cara me forçando a acordar, obrigada sol. Olho do relógio, que ótimo, acordei às 6:15 da manhã num sábado, NUM SÁBADO.  Nada contra quem acorda a essa hora, mas eu realmente não vejo necessidade em acordar tão cedo em um dos dois únicos dias em que você pode dormir até mais tarde. Além do mais, o que raios eu vou fazer até dar a hora em que os outros vão acordar, porque já que é sábado aquele bando de bicho preguiça vai acordar no minimo às 13:00 ou seja, uma da tarde. O pior de tudo é que minha cabeça esta me matando, por causa dos gritos da Dona Lurdes e da Minha mãe.

Bom, vou escovar os dentes, pegar os restos mortais da minha geladeira e quem sabe assistir algum anime, tipo Assassination Classroom ( A: assistam esse anime, sério é muito bom) ou algum Dorama qualquer.

Saio do meu quarto indo em direção ao banheiro que fica entre o meu quarto e o da minha mãe, que por sinal numa hora dessas deve estar roncando mais que um porco no décimo quinto sono.

Faço minhas higienes e vou em direção à escada, mas graças à essa divindade que é o universo, eu arranjo um jeito de tropeçar e rolar escada à baixo. Obrigada universo, também te amo.

Depois de 15 minutos deitada no pé da escada, eu me levanto e vou para a cozinha. Eu vejo sempre em fanfics as meninas pegando uma maçã de manhã e me pergunto, "Por acaso só uma maçã sustenta?", porque se sustenta quero a receita, já que quando bate meio - dia parece que tem um porco morrendo dentro do meu estômago. Nojento, sim, mas é a verdade.

Pego um pão, passo manteiga e depois coloco leite no copo e ponho no micro ondas para esquentar. Depois apenas coloco o chocolate em pó mais conhecido como Nescau Radical , mexo e vou para a sala sentar no sofá e assistir qualquer coisa na TV ou no celular.


Agora é só esperar o tempo passar...





Notas Finais


Obrigada pra que leu até aqui.

Espero de kokoro que tenham gostado.
Comentem se gostaram, isso ajuda bastante, vocês não faz ideia ( a não ser que algum de vocês sejam um(a)escritor(a) com muitos seguidores e favoritos. Aí tu sabe como é e me deixa no chinelo)

Bjs PuJinzíneos


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...