1. Spirit Fanfics >
  2. Just a Dream- Yoonkook >
  3. Aniversário do Jungkook.

História Just a Dream- Yoonkook - Capítulo 9


Escrita por:


Notas do Autor


Me perdoem a demora novamente, muito obrigada por lerem e desculpa a baixa qualidade desse capítulo.
Críticas construtivas são aceitas com carinho :).

Capítulo 9 - Aniversário do Jungkook.


Fanfic / Fanfiction Just a Dream- Yoonkook - Capítulo 9 - Aniversário do Jungkook.

-Então quando ele brincar, chamem a atenção dele com a voz alta, durante a coreografia vamos dizer que ele está fazendo errado, e todos vocês devem ficar questionando  e ignorar o aniversário do jungkook, depois Suga aparece com o bolo!-Jynio falava animadamente para todos.

Estávamos em uma pequena sala que tinha maquiagem, secadores, alguns sofás e figurinos para as gravações de "No", faltavam poucas horas para o aniversário de 16 anos do jungkook, enquanto o mesmo estava fazendo sua parte individual, a ideia era ótima, apesar de sentir um pouco de receio de participar disso.

Todos começaram a rir e mencionar falas que usariam na conclusão dessa ideia.

-vocês tem que filmar isso muito bem-pedia Namjoon em meio a gargalhada.

-Isso vai ser divertido-Hoseok exclamou rindo.


-O Nosso jungkook vai Amar-Jin afirmava feliz.

-O me...Nosso! Jungkook vai ficar muito surpreso-Jynio dizia rapidamente, enquanto mesmo sentado batia seus pés no chão.

Após pouco mais de 10 minutos, Jungkook chegou, cumprimentou todos e já estávamos indo rumo ao próximo cenário que iríamos finalizar a cena final da coreografia.

-Jungkook, você tem que ficar mais para a direita-o produtor do mv advertia.
E ele ficou com uma expressão surpreendida, pediu desculpas e voltamos a repetir a cena com mais seriedade e foco. Novamente ele foi advertido de forma ríspida.
Ganhamos uma pausa e nos reunimos na mesma sala de antes.

-Eu estava no lugar marcado-Jungkook dizia com o semblante confuso.

-Por que você está assim? Só porque é seu aniversário acha que pode errar?-Rap monster questionou com a voz alta.

Na hora jungkook abaixou a cabeça, esse simples ato foi capaz de me fazer querer desistir dessa brincadeira no mesmo momento.
Os funcionários saíram e ficou apenas nós e Jynio.

-O que foi?-O Manager perguntava chateado.

Jungkook ficou tentando se explicar de todas as formas possíveis, tentando entender o que fez de errado, todas as perguntas eram feitas com um certo medo e insegurança, e ele recebia respostas agressivas.

-Você acha que é bom e todos os outros estão errados?-questionou.

-Não...-respondeu de cabeça baixa.

-Por que você está fazendo isso comigo?,  eu só quero o seu bem-de alguma forma isso não parecia estar mais no nosso contexto.

-Desculpa, senhor-o Maknae respondeu e se sentou de cabeça baixa.

O manager saiu e todos os outros membros ficavam o questionando, xingando e mandando ele parar, incluindo eu.

-Você está errado, não para de brincar, alguma hora tem que parar-falei o olhando.
E o olhar de tristeza que recebi foi o suficiente para que eu não conseguisse mais prosseguir.

Ficamos nisso por um tempo, depois o coreógrafo e os staffs voltaram para á sala.
Eu sabia que deveria ir até a sala ao lado e fiz isso, liguei as velas e segurando cuidadosamente fui em direção aonde eles estavam, ao chegar, todos ali presentes começaram a cantar "parabéns para você", e nisso o jungkook se curvou com a mão nos olhos, os meninos davam tapas em suas costas, deve doer.

-Me desculpa Biscoitinho-gritou Jynio com a voz suave, muito diferente de minutos atrás 

Ele se levantou e pudemos ver seus olhos marejados, enquanto o mesmo limpava as lágrimas com as costas de sua mão.
Jungkook finalmente olhou para nós e deu um imenso e sincero sorriso, olhou para frente e assoprou as velas do bolo que eu ainda permanecia segurando.
O aniversariante ganhou muitos abraços, V e Jimin não soltavam ele, quando pensei que poderia o abraçar, Jynio vai a frente e abraça jungkook, ele parecia desconfortável com o tempo que aquilo estava durando, Jynio aproximou a boca do ouvido de Jungkook e ele se separou do abraço, indo em minha direção.

Aquele gesto me encheu de dúvidas e preocupações.
Comemos o bolo e como já estava tarde, voltamos para nossa "casa" e todos foram correndo para o banho.
Já devia ser umas 3 horas da manhã quando jungkook voltou do banho junto de um copo d'água enquanto ele tirava uma das pílulas da cartela e me alcançava, como ele fazia em todas as noites desde que tive aquela crise, assim como foi dito, Ele nunca esqueceu.

-Obrigado, Jungkookie-agradeci depois de tomar o remédio.

-É bom mesmo, depois de como falou comigo você não merecia-respondeu fingindo raiva.

-Me desculpa, Kookie, não queria ter falado daquela forma.-pedi juntando as mãos para implorar.

-Está tudo bem,...Esse foi o meu aniversário mais feliz-afirmou sorrindo.
Aquele sorriso aquecia tanto o meu coração, parece que sempre durmo pensando em algo completamente adorável que ele fazia, essa noite não foi diferente.



...


O som do despertador está chato o suficiente para eu ter que desliga-lo, queria tanto acordar um dia e me sentir disposto e não como se não tivesse dormido nada, Só queria parar de me sentir tão cansado.

Olho Para a cama do Jungkook e ele não está lá, fazia bastante tempo que ele não sumia  antes de mim, depois de me arrumar, vou até a sala e só tinha o jungkook sentado em um dos sofás de cabeça baixa, assim que me sentei ao lado dele, o mesmo se virou bruscamente e me olhou, parecia assustado mas deu um suspiro e relaxou os ombros.


-Ei, está tudo bem?-perguntei o olhando preocupado.

-Estou bem, Hyung-ele não disse isso sorrindo como em todas as outras vezes que ele foi perguntando.

-Por que está aqui tão cedo, Suga Hyung? Estamos de folga essa manhã.

-Eu esqueci, Mas então por que você está aqui?

-...Jynio, queria falar comigo

-O que ele tanto fala com você Jungkook?-não aguentava mais essa dúvida.

Ele me olhou e logo desviou o olhar.

-Jynio é um amigo próximo da minha família desde antes de eu nascer, então...ele...cuida de mim e me da notícias sobre meus pais-

-cuida de você? As vezes não parece que é isso que você pensa-


Jungkook ficou pensativo mas logo quebrou o silêncio.

-Sim, ele cuida, devo muito a Jynio Hyung-

-Deve o que?- Não consigo explicar o quanto isso estava me deixando frustrado.

-Ele que me ajudou a me apresentar pras empresas e ajudou muito a minha família com alguns problemas-explicou.

-As vezes você parece ter medo dele, Jungkook-Perguntei o olhando profundamente.

-Impressão sua, Hyung, Ele é...ótimo pra mim-Jungkook olhou para a porta e voltou a abaixar a cabeça.

Coloquei a minha atenção para onde ele olhou, Jynio estava lá.

-Ei, vão descansar meninos-Jynio falou ao adentrar o ambiente.

-Bom, eu irei voltar a dormir-respondi saindo da sala e sendo seguido por Jungkook.

Devo estar pensando demais, no fim ele é só um amigo de família, estranho, mas deve ser apenas só isso. Só não queria sentir essa sensação de que Jungkook está me escondendo algo outra vez.






Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...