História Just a heart - Capítulo 10


Escrita por:

Postado
Categorias Magcon
Personagens Cameron Dallas
Tags Drama (tragédia), Ficção, Novela, Romance, Violencia
Visualizações 73
Palavras 1.948
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Comédia, Drama (Tragédia), Ficção, Ficção Adolescente, Romance e Novela
Avisos: Álcool, Heterossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Oiieee! Espero que gostem desse capítulo.

Boa leitura!❤

Capítulo 10 - Mendes or Dallas? - Ten


Fanfic / Fanfiction Just a heart - Capítulo 10 - Mendes or Dallas? - Ten

Mas como aqui eu não tenho pais... Acabei ficando com muito sono e dormi.

2 semanas depois...

P.O.V Isabella

Algumas coisas mudaram desde a festa do Nash. A Julie não fica tão próxima da gente por que agora ela e o Jack estão namorando. Eu e a Camily estamos muito próximas, depois que o irmão dela veio aqui em casa e ela também a gente não se desgruda mais.

Flashback on:

P.O.V Camily

- Sério Sammy, EU NÃO QUERO IR! - disse irritada com o meu irmão.

- Filha, para de gritar com seu irmão! - minha mãe disse brava.

- Eu não quero que ela vá mãe, tenho certeza que meu amigo não vai querer uma menina dessas na casa dele, e outra eu tenho 20 anos. - Sammy indignado. Olhei com cara de nojo pra ele.

- Viu mãe, ele também mudou de ideia e não quer que eu vá. Deixa eu ficar aqui por favor? - ajoelhei na frente dela e fiz biquinho. Ela apenas me ignorou e olhou pro Sammy.

- Se sua irmã não for você também não vai! - minha mãe disse firme pra ele e saiu da cozinha.

- Se arruma Camily. - Sammy disse saindo da cozinha e eu fiquei com cara de tacho. Subi pro meu quarto e coloquei uma roupa. O Sammy me paga.

P.O.V Isabella

- Que? como assim você vai chamar uns amigos? - perguntei indignada.

- Vou, e só pra você saber, eles já estão chagando, então vai lá trocar de roupa. - ele disse e continuou arrumando a sala.

- Nate! - disse brava.

- Isabella! - me imitou.

- Você vai limpar tudo, e não adianta me pedir ajuda. - disse saindo dali e indo pro meu quarto.

- EXISTE EMPREGADA! - ele gritou para que eu ouvisse. Babaca!

A campainha tocou e como sempre eu tive que atender. Nossa, mas quem que tá apertando essa merda? A pessoa não para de apertar.

P.O.V Camily

Meu irmão já tava irritado comigo só por que eu fui de pijama, da pra acreditar? Ficamos esperando um tempinho na porta, até que eu não aguentei mais e comecei a apertar a campainha sem parar. Alguém abriu a porta muito rápido. Olhei pra pessoa e não acreditei em quem eu tava vendo. E olha, ela também tava de pijama. Ela ainda não tinha olhado pra minha cara, apenas abriu e deu espaço para a gente passar. No caso era eu e mais quatro meninos que eu não conheço. Entramos e ela fechou a porta, na hora que ela olhou pra mim.

- Camily? - ela perguntou com uma interrogação na testa.

- Isabella? - fingi que também não tinha reconhecido ela. Fomos em direção uma a outra e demos um abraço bem apertado.

- Nate? - Sammy disse com uma voz afeminada.

- Sammy? - Nate disse abrindo os braços. Eles foram em direção um ao outro te deram um abraço. Os meninos começaram a rir.

- Meu irmão é um idiota! - Isabella disse se separando do abraço.

- E o meu também. - disse parando de rir.

Flashback off:

Então... Os meninos continuam os mesmos, as mesmas piadas e palhaçadas de sempre.O Nash tá bem melhor e eu também, quando eu saí do hospital eles me ligaram avisando que eu passei muito mal porque tinha alguma coisa na minha bebida que não me fez bem, e como eu só fiquei bebendo, a bebida só piorou. Eu fiquei dois dias sem ir na aula por que ainda tava meio tonta e enjoada.

Eu e o Shawn estamos muito próximos, ele tá sendo muito atencioso comigo. Eu e o Cam nos afastamos, na verdade ele que se afastou do nada sem me dar nenhuma explicação. desde o dia da festa ele não fala comigo e fica me ignorando. Eu até tentei falar com ele mais ele não quis me ouvir. Ele nem olhou na minha cara, só me ignorou.

Já tava na hora do intervalo e eu estava com as meninas conversando no banco do jardim da escola. Vi os meninos vindo na nossa direção e então dei um sorriso quando vi o Shawn. Ele apenas retribuiu com um mais perfeito. Mas meu sorriso se desfez quando vi Cameron. Em plena segunda feira esse menino vem estragar o meu dia. Tava tão bom sem ver ele hoje.

- Tudo bem? - Shawn disse no meu ouvido me dando um abraço por trás. Eu e a Camily estamos sentadas na parte que encosta do banco, as meninas estão sentadas do jeito certo no banco, e os meninos em pé.

- Sim. - disse baixinho em seu ouvido. Todos começamos a conversar e ficamos falando por um tempão. De vez em quando eu e Cameron trocavamos olhares sem querer. Mas não durava mais de 2 segundos. Sempre que eu tentava encarar ele, ele abaixava a cabeça muito rápido. Que ódio! Apenas ignorei.

- Isabella. - Cameron disse firme e eu congelei. Percebi que todo mundo parou de falar e olharam pra gente. - Eu... posso falar... com você? - ele gagueijou um pouquinho. Me virei para ele e agora sim, depois de duas semanas ele ficou com o olhar fixo no meu.

- Eu... - Não consegui falar. Olhei pra Camily e ela fez um sinal para que eu falasse qualquer coisa. Voltei meu olhar pro Cameron e levantei mais o rosto. - Eu não tenho nada para falar com você. - disse firme e os meninos fizeram uhhh... Apenas ignorei.

- Mas eu tenho e é muito importante. - ele disse cruzando os braços. E os meninos fizeram novamente uhhh... Que idiotas!

- Cameron... eu não quero ouvir o que você tem pra falar! - disse grossa.

- Eu preciso que você me escute! - ele disse se aproximando e ficando bem perto do meu rosto. - Por favor. - ele disse e eu assenti. Olhei pro Shawn e ele não tava com uma cara boa. Cameron segurou minha mão mas eu soltei e cruzei os braços. Seguimos até uma parte do jardim que não tinha ninguém.

P.O.V Cameron

A Isabella tava na minha frente e eu tava prestes a contar uma coisa pra ela e eu tenho certeza que ela nunca mais vai falar comigo. Mas é melhor ela saber.

- O que eu tenho pra falar é... eu... - Não consegui falar nada, só me enrolei mais. Olhei pra ela e ela tava com os braços cruzados e uma sobrancelha arqueada.

- Cameron eu não tenho tempo! vou te dar cinco minutos. - ela disse e ficou mais séria. Pelo visto vai ser difícil.

- Olha eu... não sei como falar isso. - Abaixei a cabeça.

- Sério? Então pra que me chamou? - Perguntou brava. - Cameron você acha que eu tenho cara de trouxa? por que você me deixou chateada e o pior, você parou de falar comigo e se afastou do nada. - ela disse e agora ela parecia triste.

- Eu coloquei uma droga na sua bebida.  - falei rápido. - Eu sinto muito mas... Não era pra você beber! Eu tava com o barman conversando e então eu peguei uma garrafa de vodka e coloquei a droga lá dentro. Alguma pessoa da festa ia beber e ia passar mal para aquela droga de festa acabar logo... Mas aí você que bebeu a garrafa errada. Não era pra você e por isso eu me afastei, eu não sabia como eu ia te falar isso... eu sinto muito! - disse tudo de uma vez, abaixei a cabeça e fechei os olhos com força. Não queria ver a cara dela. Já tava esperando um tapa na cara, mas ela não me deu.

P.O.V Isabella

Eu não tava acreditando no que eu tava escutando, eu fiquei paralisada. O Cameron podia ter me matado, prendido o Nash e se eu não tivesse tomado? outra pessoa podia tomar e passar muito mal.

- Eu fiz isso por que o Nash mandou e eu tava devendo um favor pra ele. Ele fez aquela festa só pra ele ficar bêbado. Os pais dele não deixam ele beber a não ser em festa. - ele disse ainda de cabeça baixa. Então foi o desgraçado do Grier. Ele ficou bêbado de propósito e aquela festa foi só uma desculpa pra ele ficar bêbado? Eu... Não tô acreditando.

- Obrigada por me avisar... - disse meio desanimada e então ele levantou a cabeça e olhou pra mim.

- Você não tá brava? - ele perguntou.

- Vai adiantar o que eu ficar brigada com você? - perguntei e ele sorriu. - Eu tô é bem puta com o Grier, e Cam... fique sabendo que a culpa não é só dele. - disse e ele parou de sorrir. Sai de lá correndo e bati em alguém.

- Desculpa Mendes... - disse olhando pra cima, ou seja, pra ele.

- Tá tudo bem? - ele perguntou.

- Tá eu só... tava discutindo uns assuntos com o Cameron mas já tá tudo resolvido. - disse e dei um sorrisinho. Ficamos conversando por um tempo e ele tava segurando duas garrafas de água, eu tava com sede e fiquei encarando aquelas garrafas por um tempão.

- Quer água? - ele perguntou me entregando uma garrafa.

- Sim. - disse pegando a garrafa da mão dele. abri pra dar um gole e ele apenas riu da minha cara.

- Posso te fazer uma pergunta? - ele perguntou. Apenas assenti. - Você gosta do Cam? - perguntou direto. COMO É QUE É??

- Que? - engasguei com a água e comecei a tossir.

- Desculpa... Então, você gosta do Cameron? - perguntou novamente.

- Do Dallas? - perguntei com um pouco de vergonha.

- É o único que eu conheço. - ele disse e deu um sorrisinho.

- Não... - disse com um pouco de dificuldade.

- Não?! - perguntou surpreso.

- Não? Quer dizer... Não! - me enrolei um pouquinho mas consegui afirmar. Eu acho que gosto um pouco do Dallas, mas é meio difícil de falar isso pro Shawn. Até por que eu acho que também gosto dele... Eu não sei.

P.O.V Cameron

Comecei a andar pelo jardim e vi o Shawn e a Isabella conversando bem próximos um do outro. Me escondi atrás da árvore e fiquei observando os dois. O Shawn se aproximou dela devagar, colocou as mãos no rosto dela e ele... ele beijou ela? Vai tomar no cu! Pera... por que eu to bravo? Eu nem gosto dela e não tem problema ela querer ficar com o Mendes. Só acho meio babaca por que ela me beijou e quase transou comigo e agora beija ele. Se bem que ela tava bêbada e não sabia o que tava fazendo.

Sai dali o mais rápido possível e fui falar com a Camily. Eu preciso da ajuda dela, não quero começar a gostar da Isabella. Não com o Shawn no caminho.

P.O.V Isabella

Tava conversando com o Shawn, até que ele começa a se aproximar mais. Ele colocou as mãos no meu rosto e se aproximou bem devagar. E então ele me beijou. Foi um beijo maravilhoso. Foi calmo, com intensidade e quente ao mesmo tempo. Não sei explicar mais eu senti muitas sensações ao mesmo tempo. Me senti mais leve, pra mim eu tava voando. Como eu me sinto assim? Não sei explicar. Nos separamos pela falta de ar e ficamos nos olhando. Ficamos rindo e olhando fixamente um pro outro. Mas apesar disso eu espero que ninguém tenha visto, por que se o Cameron souber, vai ficar meio tenso por que eu e ele quase transamos e ele foi o primeiro a me beijar. Será que eu tô gostando do Shawn? ou do Cameron? Por que eles? Não dá pra gostar dos dois... Eu tenho que sair daqui. Sai correndo dali e fui procurar a Camily. Vi ela conversando com Matthew e então corri mais rápido.

P.O.V Cameron

Vi Camily conversando com Matthew e então corri mais rápido, quando eu tava do lado dela fui arremessado pro chão.



CONTINUA...


Notas Finais


Bom, foi esse o capítulo. Espero que vocês tenham gostado!

Bjoo😘 Até o próximo!


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...