História Just a kiss - Capítulo 4


Escrita por: ~

Postado
Categorias Originais
Personagens Personagens Originais
Visualizações 5
Palavras 1.245
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Drama (Tragédia), Famí­lia, Ficção Adolescente, Romance e Novela
Avisos: Álcool, Heterossexualidade, Incesto, Insinuação de sexo, Sexo
Aviso legal
Todos os personagens desta história são de minha propriedade intelectual.

Notas do Autor


Olá gente! ↖(^▽^)↗
Mas um cap.
Bom eu estou escrevendo pelo celular, então me perdoem qualquer erro, ou a montagem do texto.
Bom só isso 😃
Boa Leitura ❤😘

Capítulo 4 - Mixed feelings


Fanfic / Fanfiction Just a kiss - Capítulo 4 - Mixed feelings

 

Quando os meus dedos já estavam enrugados o suficiente, resolvi sair do banheiro. Coloquei um shortinho leve e uma regata velhinha e me joguei na cama.

A principio não dormi, pos minha mente ainda estava rodeada de pensamentos. Talvez... se eu não o tivesse expulsado daquele jeito, talvez hoje tudo seria diferente.

Lágrimas novamente tomaram meu rosto, mas só assim eu peguei no sono.

☆☆


Sabe quando você está tendo sonho bom, e ouve uma voz que não faz parte do cenário? Tipo eu no Havaí com um gato surfista e derrepente ouço uma voz vinda do céu. Que concerteza não é Deus...

Começo a despertar lentamente, e ainda ouço a voz e sinto meu corpo sendo chaqualhado. E eu já sabia quem era... Me espreguiçei algumas vezes e fui abrindo os olhos lentamente vendo a forma de uma loira aparecer na beira da minha cama.

- Eu vou proibir você judicialmente de estar perto de mim enquanto eu durmo. - Falei fazendo careta e ela riu.

- O que eu posso fazer? - Ela se levantou e foi até o espelho mexer no cabelo. - Eu acordo cedo... e eu tentei te ligar. - Contestou.

- E eu desliguei o celular exatamente por isso. - Ela fez uma cara feia na minha direção mas eu ignorei. Olhei para o relógio no criado mudo e eram 10hs da manhã, eu ainda tinha uma hora. - Vem cá como você entrou?

Ela saiu do espelho e voltou a sentar na cama, agora ela parecia mais séria. Eu me ajeitei e me sentei encostando na cabeceira.

- Foi o Matthew... - Seus olhos verdes estavam extremamente claros hoje. - E ele pediu para avisar que ele saiu e que não vai voltar para almoçar.

- Tudo bem... - Tento não ficar nervosa quando o assunto e o Matt, não sei se funciona, mas eu tento. - E o que te trás aqui a essa hora?

- Como foi ontem? - Ela ignorou totalmente a minha pergunta, e entrou em um assunto que eu queria evitar. Mas eu sei que era preocupação mas do que fofoca.

- Bom com o James estava tudo indo as mil maravilhas... - Suspirei ao lembrar. - Mas ai o Matthew chegou e nos pegou quase transando no sofá.

- MEU DEUS! - Ela gritou esterica que só. Sabia que seria assim. - E o que houve depois?

Respirei fundo.

- Matt praticamente expulsou o James... então eu me meti, mas James quis ir assim mesmo, e depois eu disse ao Matt que ele não tinha que ter agido dessa forma, ai ele disse que eu tinha que colocar uma roupa.- Disse rápido tentando resumir o máximo possível. 

- Você ficou pelada na frente dele? - Ela perguntou boquiaberta.

- Quase...

- E depois?

- Eu sabia que falar do James ia dar briga, mas eu também não sabia o que dizer... - Me lembrei de seu olhar sobre mim e senti meu corpo ficar tenso. - Ai ele pediu desculpas pelo modo como agiu, e disse que estava cansado. E eu decidi que tentaria mudar as coisas... então disse que era bom tê-lo de volta.

- Nossa... - Ela se endireitou na cama. - E como está se sentindo?

- Bem... bom nós ainda não nos vimos depois disso... mas acho que vamos conseguir passar por cima de tudo. - Disse mas para me convencer.

- E como esta se sentindo? - Ela perguntou novamente.

- Não entendi. - Ela arquiou uma sobrancelha me olhando daquele jeito que ela sempre fazia " Você sabe o que estou falando".

E eu sabia. Só não sabia responder...

Depois que o Matt me beijou e foi embora, ele tentou várias vezes me ligar, mensagens, e-mails, mas eu simplesmente ignorava. Não podia aceitar ele fazer aquilo comigo, ele me beijou para depois ir embora, sabendo que eu não queria que ele fosse, e ainda havia sido meu primeiro beijo.

Aquele foi meu primeiro beijo, com quem eu estava apaixonada e não devia, e com quem estava prestes a me deixar. Eu não soube de que forma agir, então simplesmente o mandei ir embora. Mas o beijo só fez a paixão aumentar, e eu não podia me sentir assim com relação a ele, era errado, era sujo... ele era meu irmão.

Então decidi que não responderia as suas mensagens, nem atenderia suas ligações. Eu sabia o que ele falaria se eu atendesse, e só pioraria tudo. Se eu me afastasse, eu esqueceria essa paixão e ele voltaria a ser só meu irmão, nossa união não seria a mesma mas era o melhor a se fazer. Eu não podia amá-lo não desse jeito.

Mas não deu certo, e eu piorei com tudo.

- Eu não sei Hanna... A dois anos atrás, quando o Matt estava vindo passar as férias aqui eu decidi conversar com ele. Dois anos afastados me fez pensar muito. - Meus olhos já ardiam com a vontade de chorar novamente. - Eu já não sentia mais o que não devia, só senti saudades dele, de como as coisas eram... Mas ai você se lembra como ele voltou...

- Eu me lembro... Ele te ignorava e te tratava mal. - Ela disse meia triste.

- E nós brigávamos o tempo todo... - Uma lágrima escorreu pelo meu rosto. - Mas ai eu o beijei...

Flashback on

- Matthew precisamos conversar por favor! - Eu o segui enquanto implorava até o seu quarto.

- Conversar o que Kate? - Ele se virou para mim, e eu podia ver raiva em seus olhos. - Não temos nada para conversar, ver se me erra...

- Matt! Por que está fazendo isso? - Algumas lágrimas caiam mas eu ignorava, e continuava mantendo o tom de voz. - Me desculpa...

- Eu estou indo embora, de novo... - Ele foi se aproximando lentamente de mim, mas eu me afastava pois ele ainda estava com raiva. - E não preciso das suas desculpas.

Minhas costas bateram na parede, não tinha mais para onde ir. E eu não queria mais brigar...

- Vai embora. - Ele disse perto de mim o suficiente para sentir sua respiração.

E em um impulso eu juntei nossos lábios, ele se assustou mais não afastou. Eu não aprofundei o beijo, deixei apenas nossos lábios se tocarem, e ele também não fez nada. Ficamos alguns segundos assim, e quando separei o beijo ele estava de olhos fechados e sua respiração estava descontrolada. Ele abriu os olhos lentamente e seus olhos azuis estavam inundados.

Ele se afastou e ficamos nos olhando um tempo sem dizer nada. Meu coração parecia que ia sair pela boca a cada segundo que passava. 

Até que ele falou, em um tom baixo e calmo.

- Você ainda não entendeu né... - Ele respirou fundo, olhou em volta do quarto, passou a mão no cabelo e saiu.

Saiu sem dizer mais nada, saiu sem nem me olhar. E eu percebi que havia feito besteira... e eu ainda não o havia esquecido...

Esse foi a última vez que o vi, pos ele fez questão de me evitar, e de viajar sem se despedir...

Flashback off

- Hanna eu sempre estraguei tudo, a quatro anos atrás, a dois anos... - Eu fui até ela e ela me abraçou, as lágrimas já desciam sem parar. - Não sei o que fazer agora que ele está de volta, não quero estragar tudo de novo.

Eu o amo, e não o quero longe de mim. 


Notas Finais


Por enquanto é isso...
。^‿^。
Até o próximo.


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...