1. Spirit Fanfics >
  2. Just a number. >
  3. 16.

História Just a number. - Capítulo 16


Escrita por:


Notas do Autor


acharam que eu estava derrotada? eu voltei

Capítulo 16 - 16.


Na manhã seguinte, Doyoung pensava seriamente se levantar era uma boa opção, tendo em mente que não permaneceu ali, abraçando o corpo grande de John que já estava acordado, acordou cedo para olhar Mark e dar o remédio deste, acabou não voltando a dormir. 

O americano olhou para o Kim, percebeu que este já tinha acordado pela força que ele aplicava ao abraçar a si. 

— São onze da manhã, sabia? — Johnny riu. 

Doyoung continuou de olhos fechados, se agarrou mais ao corpo do mais velho e resmungou com mais manha que o normal. 

— Temos que levantar. — A voz de Johnny estava rouca pelo pouco uso. 

— Não. — Respondeu o Kim. 

— Sim, belezura. — Johnny sorriu. 

Doyoung finalmente abriu os olhos, apenas para olhar Johnny e revirar suas orbes. 

— Não quero levantar. 

— Eu também não, mas — Johnny puxou Doyoung para cima de si e levantou da cama com ele no colo, apoiando-se na cômoda para enfim poder andar. — a vida não é fácil. 

— Banheiro? — O Kim perguntou, afundando seu rosto na curvatura do pescoço do Suh. 

— Banheiro. — Johnny riu, indo para o banheiro do quarto. 

[…]

Já tomado banho e com apenas uma cueca box preta no corpo, Doyoung terminava de escovar seus dentes enquanto isso, no chuveiro Johnny terminava seu banho. 

— Vou preparar o almoço. — Doyoung avisou, após cuspir a água que estava em sua boca e guarda sua escova de dentes. 

— Pede alguma coisa, vai ser mais rápido. — Respondeu o Suh. 

— Peço o que? — Se aproximou, tomando uma distância pouco para não se molhar com água. 

— A última vez que a gente comeu comida japonesa foi no começo das férias, já estamos no final. — Desligou o chuveiro e se virou para o coreano. 

— Então, eu peço comida japonesa. — Saiu como una afirmação, mesmo sendo uma pergunta. 

— É. 

Doyoung assentiu, antes de sair dali, foi para a cama e pegou sua blusa e um short, vestindo-se e saindo do quarto. Desceu as escadas normalmente, caminhando até o painel da tevê e pegando seu celular que carregava, o tirou da tomada e foi para o sofá, se sentando ali. 

[…]

Completamente arrumado, Johnny pegou seu celular, saiu do quarto. Desceu as escadas e no último desgrau, viu Doyoung pagando a comida e conversando um pouco com o entregador, acabou indo lá para ver. 

Ajudou Doyoung a pegar os pedidos e logo os dois entraram em casa. 

Do lado de fora o entregador olhava a casa, aquilo não podia ter sido mais estranho. O que seu professor fazia na casa do nerd do terceiro? 


Notas Finais


kk


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...