1. Spirit Fanfics >
  2. Just Another Common Boy (Nosh) >
  3. Demônios Internos

História Just Another Common Boy (Nosh) - Capítulo 8


Escrita por:


Notas do Autor


Mais um cap meio curto pra vcs, espero que gostem.

Capítulo 8 - Demônios Internos


Fanfic / Fanfiction Just Another Common Boy (Nosh) - Capítulo 8 - Demônios Internos

SINA POV

Faz 15 minutos que a aula acabou, eu as meninas e o Noah tínhamos marcado de nos encontrar na saída pra irmos no bk mas ele ainda não chegou, começo a me preocupar, ele sempre é tão pontual, será que ele se perdeu?

Sina: Ok gente, to preocupada, já fazem 15 minutos que estamos esperando, onde será que ele tá?

Sofya: Eu também, vai que ele se perdeu na escola?

Savannah: Vamos procurar ele, Joalin e Shiv fiquem aqui caso ele apareça. -Sav fala e nos dividimos voltando para a escola.

 Estava passando pelo corredores perto do ginásio, quase ninguém passa por alí só os atletas, quando o vi no chão, encolhido como uma criança com medo, sento um frio na barriga, será que ele está machucado? Corro até ele e o abraço, ele parece nem ligar, está tremendo.

Sina: Noah, oque está acontecendo, você tá bem?

Noah: S-Sina? Me ajuda, por favor, não me-me deixa sozinho.

Sina: Calma Nonô, não vou te deixar, mas preciso que me fale oque está acontecendo.

Noah: Por favor não me deixa sozinho.

Sina: Calma. -Percebo que ele não está em condições de responder, então só abraço ele e dou um beijo em sua cabeça. Ficamos abraçados por uns 10 minutos até que vejo que as meninas estão mandando várias mensagens.

Sina: Noah, já está melhor?

Noah: Sim, desculpa por isso, desculpa por te mostrar minha pior versão, por eu ser esse fardo,  por você ter que me atu... -Esse moleque só fala merda, dou um tapa de leve no rosto dele e ele me olha assustado.

Sina: Noah cala a boca, você não é a merda de um fardo, você é um garoto incrível, todos nós temos nossos demônios internos, muitos tentam esconder, mas as vezes é melhor deixar sair, mas agora chega de filosofia e vamos para o Burguer King que as meninas já estão lá e eu estou morta de fome. -Ela da um riso de canto, não gostei de vê-lo naquele estado, me deixou mal.

Chegamos no BK em 10 minutos, são só 4 quadras da escola, vimos as meninas e sentamos com elas.

Shivani: Oque vocês estavam fazendo que demoraram tanto. -Shiv falou com um olhar malicioso, mas logo percebeu que Noah não estava bem e não tocou mais no assunto. 

 Ficamos conversando de boa, Noah até parecia melhor, até que ouvimos a porta abrir e dela aparece o inferno em forma de pessoas, eram Josh, Bailey, Any, Bryan, Dytto e Krystian, os piores daquela turminha, eles veem em nossa direção e percebo que Noah começou a tremer e olhar para baixo.

Krystian: Olá gentinha e olá Noah. -Noah não responde e continua olhando pra baixo.

Bailey: Oi Shiv, por que não respondeu minhas mensagens?

Shivani: Por que não quis, me deixa em paz May. -Ela fala estressada, desde o ano passado onde Shiv deu um fora em Bailey ele não o aceita e tenta ficar com ela a todo custo.

Bailey: Calma Shiv, não precisa se fazer de difícil, eu sei que me quer. -Ele fala colocando a mão na coxa dela.

Joalin: TIRA A MÃO DELA SEU DESGRAÇADO, SE NÃO TE FURO MAIS QUE UMA PENEIRA. -Ela simplesmente tira um fucking canivete do bolso e ameaça May, tenho que começar a rever minhas amizades.

Any: Calma ai pinguça, ele já tirou. -Any fala tentando acalma-la.

Any: Ué Noahzinho, por que tá tão tristinho? -Que ranço dessa garota.

Bryan: Ele deve tá magoadinho com a nossa brincadeira. -Ele fala debochando.

Any/Sina: Que brincadeira? -Não gosto dessa preocupação toda da Any pelo Noah.

Josh: A gente só deu uns conselhos para ele, né princesinha. -Percebo que Noah está prestes a ter outra crise, chegou a minha hora de me exaltar.

Sina: OLHA AQUI SEU MERDINHA, PROJETO DE RON, SE VOCÊ OU QUALQUER OUTRO AMIGUINHO TOCAR NO NOAH, VOCÊS VÃO ESTAR MUITO FUDIDOS. -Falo pulando em direção ao meu primo.

Dytto: Olha o jeito que fala do meu namorado sua vadiazinha. -Vejo Joalin irritada.

Joalin: Olha o jeito que VOCÊ fala com minha amiga, sua puta barata. -O clima começou a ficar turbulento.

Uma briga estava prestes a surgir até uma mulher que parecia trabalhar aqui aparecer.

Mulher BK: Olha aqui seus patricinhos, eu adoro ver rico tretando, mas não no meu lugar de trabalho, se quiserem brigar, vazem pra fora.

Krystian: Vamos galera, deixa essas gentalhas pra lá nesse lugar mediocresinho. -Ele fala se virando e saindo, os outros vão atrás dele.

Mulher BK: Ei garota, gostei do canivete, mas da próxima vez finca ele na mão desses filhos da puta. -Ela fala pra Joalin e rimos, menos Noah que não está bem.

Sina: Noah, se acalma, eles já foram embora.

Noah: Eu só causo discórdia, foi só eu chegar aqui que meto vocês em confusão. -Ele fala e uma lágrima escorre de seu olho.

Savannah: Noah, aqueles babacas merecem um socão na boca, e não se preocupe, já tinha confusão antes de você, e bem pior, se lembra da festa de natal de 2015 Hina?

Hina: Como iria esquecer, a Joalin deitou o Bailey na porrada depois dele passar a mão na coxa da Sofya por querer, foi tão prazeroso. -Finalmente Noah da um sorriso, estou confusa sobre meus sentimentos sobre ele, no passado gostava dele, mas agora não sei se é paixão ou um amor de irmãos, e ele nem parece estar interessado em mim.

 

NOAH POV

 

 Depois da confusão, ficamos conversando e rindo, minha quase crise simplesmente desapareceu, essas garotas elevam tanto meu astral. Ainda estou com certos pensamentos graças as palavras de Bryan e Beauchamp, na verdade, graças ao efeito que essas palavras tiveram sobre mim, me fazendo me sentir impotente, na hora da confusão, quando Josh me chamou de princesinha, tive vontade de dar um soco na cara dele, mas não conseguia me mexer, sorte que minhas amigas estavam por perto, agora vi que elas estavam certas sobre a turminha do Josh.

Já eram 15:00 quando saímos do BK, cada uma foi para casa e eu pedi um uber para ir para a minha também, chegando lá, Linsey ainda não tinha chegado, ela estuda até as 17:00, então tenho o resto da tarde para mim, entro no banheiro e tiro todas as minhas roupas, vou para o chuveiro e tomo um banho longo e quente, passo uma mascara de argila no rosto para tirar essa sensação de lágrimas secas e ficar com a pele maravilhosa, tomo meus antidepressivos e vou assistir alguma coisa, mas não consigo prestar atenção na tv, meus pensamentos ficam gritando, por que sou fraco? Por que não me defendo? Estou em uma nova cidade, então por que não ser um novo Noah? Um Noah que não leva desaforo pra casa, que defende a si e aos seus amigos, está decidido, a partir de amanhã, ninguém mais tira vantagem de mim, pelo menos é isso que espero.


Notas Finais


Só eu que quero dar uma surra no Bryan, no Josh e na Dytto?
Me surpreendi como minha esposa/Joalin é preparada pra tudo, carrega até um canivete no bolso, mas tenho uma leve impressão que na maioria das vezes ela usa pra abrir garrafas de bebida.


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...