História Just Be Friends - Capítulo 1


Escrita por:

Postado
Categorias Naruto
Personagens Sakura Haruno, Sasuke Uchiha
Tags Sasusaku
Visualizações 298
Palavras 599
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Comédia, Drama (Tragédia), Ecchi, Famí­lia, Ficção Adolescente, Hentai, Literatura Feminina, Romance e Novela
Avisos: Álcool, Drogas, Heterossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas do Autor


*Todos os personagens dessa história não me pertencem, mas sim são de autoria de Masashi Kishimoto
*Diga NÃO ao plágio

Capítulo 1 - Prólogo


 

"O mundo inteiro é um saco de merdas se rasgando. Não posso salvá-lo. Sei que nos movemos em direção à miragem, nossas vidas são desperdiçadas, como as de todo mundo. Eu sei que nove décimos de mim já morreram, mas eu guardo o décimo restante como uma arma."

- Charles Bukowski

**

Sasuke era tudo que eu jamais conseguiria ter: bonito, inteligente, rico e, principalmente, meu melhor amigo. Eu o conheci na infância, mamãe e papai conseguiram um emprego bom demais para ser verdade, casa, comida, um excelente salário e ate mesmo um carro popular, tudo isso para trabalhar para a família mais rica do Japão, os rigorosos Uchihas.

Então, quando eu tinha sete anos eu o conheci, o garotinho pálido e magricela que se agarrava a roupa do irmão mais velho e me olhava com desconfiança e curiosidade.

Eu me apaixonei no mesmo instante.

Desde então são dez anos de convivência, dez anos de amor platônico pelo garoto que estava sempre do meu lado, mas era intocável para mim. Eu vi Sasuke passar por todas as fases, eu o vi se transformar do garotinho tímido para o playboy marrento, eu o vi chorar pela morte da mãe e pela partida do irmão mais velho para o exterior, eu o acobertei depois do seu primeiro porre e muitos porres depois desse, eu o ouvi contar como perdeu a virgindade com a garota mais bonita do colégio e três anos mais velha que ele, eu conheci sua primeira namorada, a segunda e a terceira, eu escolhi a cor da sua primeira moto e andei com ele no carro roubado do pai e o acobertei nisso também. Foram dez anos sendo o braço direito de Sasuke, sendo a amiga que ele precisava, cumprindo meu papel na dinâmica da residência dos Uchihas, eu era uma distração, uma companhia para o filho caçula de pessoas ricas e ocupadas demais.

Parece idiota me apaixonar por alguém que eu sei estar em um nível muito acima do meu, mas não controlamos nossos sentimentos, ele ganhou meu coração desde o primeiro dia.

 Eu nem mesmo pude escolher que colégio frequentar, Sasuke iria precisar de um amigo nas aulas também, alguém para o ajudar nas provas, pegar seu almoço ou apenas o distrair.

Eu ouvia o que falavam de mim pelos corredores, eu era a "Puta do Uchiha", "Bichinho de estimação" e coisas do gênero. Perdi as contas de quantas garotas já tentaram me intimidar ou serem gentis comigo para se aproximar dele, mas Sasuke só namorava garotas mais velhas, de preferência as que já estivessem na faculdade e fossem de famílias prestigiadas. Não que qualquer garota naquele colégio não fosse alguma das maiores herdeiras do Japão, exceto eu, claramente.

Eu me sentia presa a isso tudo, sufocada, mesmo que parecesse o paraíso estudar em boas escolas, ter uma casa boa, comida e um melhor amigo como Sasuke Uchiha, ainda assim era meu inferno pessoal. Eu era obrigada a sorrir ouvindo o cara que eu gostava me pedindo conselhos sobre seus namoros e sem poder conhecer outros caras que pudessem me ajudar a esquecer estes sentimentos, eu era completamente isolada naquele colégio.

Tudo isso era opressor, mas eu pretendia mudar a situação em breve, com dezoito anos eu iria comprar minha alforria. Era o meu último ano no Ensino Médio, depois disso eu teria minha liberdade indo para uma universidade do outro lado do Japão se fosse preciso onde as garras da família Uchiha não se fechassem a minha volta como tinha acontecido com meus pais.

Eu só precisava aguentar mais um ano, só mais um ano...



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...