História Just Breathe - camren - Capítulo 9


Escrita por:

Postado
Categorias Fifth Harmony
Personagens Camila Cabello, Lauren Jauregui
Tags Camren
Visualizações 33
Palavras 733
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Drama (Tragédia), Poesias, Romance e Novela, Sobrenatural, Yuri (Lésbica)
Avisos: Homossexualidade, Sexo
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Minha gente me desculpem pela demora.. ( como já disse nas notas da outra fic kk) eu estava doente e ainda estou kk por isso demorei tanto pra voltar, não estava conseguindo raciocinar, e estava sem idéia para escrever.. Ainda estou um pouco bloqueada ( criativamente falando kk ) por isso desde já digo que o capítulo está pequeno.. Mas logo que eu ficar 100%, voltarei com tudo kk então é isso... desculpem a demora e aproveitem o capítulo.. :*

Capítulo 9 - Capítulo 9


         POV Camila

Tentei abri meus olhos e uma claridade absurda me forçou a permanecer com eles fechados.. Mas que droga! Deixei a janela aberta de novo.. Com um pouco mais de esforço eu conseguir abri - los, ainda estou com a cabeça um pouco zonza, devido ao estranho sonho que tive noite passada.. Dessa vez passou de todos os limites, primeiro sonhei que estava presa no meu próprio quarto, e depois, sonhei que lauren estava me carregando pelos ares.. E ela tinha.. asas, isso, ela tinha asas, brancas como as de um anjo. Naquele momento eu podia jurar que ela realmente era um anjo. Mas o que estou pensando ? Anjos não existem, pelo menos não no meu ponto de vista..

Eu precisava conversar com alguém, procurei meu celular e liguei para dinah..

- dih? Você pode vim aqui em casa agora ? Preciso conversar..

- claro mila, já chego aí.

Desliguei a ligação e me levantei da cama, ainda não conseguia me livrar daqueles pensamentos. Estava parada em frente ao espelho do banheiro, me senti estranha por alguns segundos, talvez perdida, quando ouvi algo no meu subconsciente sussurrar " você está pronta ".. confesso que me assustei como aquilo, como se não bastasse sonhar com coisas estranhas, agora estou ouvindo vozes, talvez mamãe tenha razão em querer chamar o doutor. Joguei água em meu rosto para me despertar de todo aquela loucura, talvez seja só estresse, ou algo do tipo..

Algum tempo se passou e eu ouvi batidas na porta do meu quarto anunciando que dinah havia chegado.

- pode entrar - Eu disse, e logo a vi adentrar aquele ambiente.

- Está tudo bem com você chan ? Você disse que queria conversar - dinah demonstrava preocupação no seu tom de voz.

- Está tudo bem.. Eu só queria conversar mesmo - Eu disso sorrindo, a fim de descontrair um pouco.

Algum tempo de conversa e eu já havia contado todo o meu sonho pra ela, algumas partes ela ficou preocupada, já em outras...

- Você está me dizendo que sonhou com a branquela da escola ? E que ela estáva voando com você? - agora dinah sorria sem parar daquela situação - definitivamente esse foi o sonho mais maluco que você já teve mila.

- não tem graça tá legal ? Eu só... sla porque fico tendo esses sonhos esquisitos.

- talvez você esteja apaixonadínha por ela - dinah sabia bem como tirar a minha paciência. Mas por um lado talvez ela tenha razão, talvez eu seja apaixonada por essa figura misteriosa que criei sobre a lauren - cuidado para a tia sinu não te mandar de volta para o sanatório, e dessa vez por justa causa - ela continuava gargalhando da minha cara, até que eu pego um travesseiro e jogo em cima dela.

- idiota, nao sei como a mani aguenta você, na verdade eu não sei como eu aguento você.

- Vocês me amam. Ah eu quase ia esquecendo, eu e a mani decidimos fazer uma social hoje a noite na casa dela, convidamos umas pessoas, e adivina que vai estar lá?

- quem ? - Eu realmente não faço idéia. .

- aquela amiga estranha da da sua " anjinha" .. A mani convidou ela e provavelmente ela irá levar a branquela - disse dinah sorrindo - é sua chance.

- minha chance ?.. E quem disse que eu vou ?

- não se faça de sonsa agora.. E você vai sim, você é minha amiga, não vou deixar você ficar em casa enquanto estou dando uma festa.

- e como você tem certeza de que a amiga dela vai ?

- Eu estava quando a mani convidou ela, e ela pareceu bem empolgada com o convite.. Então é óbvio que ela vai.

- Eu não sei.. Vou pensar

- nada disso.. Você vai, já está decidido, mais tarde eu passo aqui e esteja pronta - dinah disse se dirigindo para a porta do meu quarto.

- Onde vai ? - Eu perguntei curiosa.

- vou comprar umas coisas para hoje a noite, a mani já está esperando.

- ah sei..

        - Beijos mila.. Até mais tarde - sorri para a minha amiga que saia fechando a porta. Talvez não seja tão má idéia assim ir nessa social, afinal, o que pode dar errado ?. Mas que pergunta, se tratando de mim, tudo pode dar errado...



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...