História Just For Fun - 18 Pecados - Capítulo 1


Escrita por:

Postado
Categorias Neo Culture Technology (NCT)
Personagens Chenle, Doyoung, Haechan, Jaehyun, Jaemin, Jeno, Jisung, Johnny, Jungwoo, Kun, Lucas, Mark, RenJun, Taeil, Taeyong, Ten, Winwin, Yuta
Tags 18 Garotos, Chenle, Chensung, Doyong, Haechan, Jaehyun, Jaemin, Jaeyong, Jisung, Johnny, Jonhten, Jungwoo, K-idols, -k-pop, Kun, Lucas, Luwoo, Mark, Markhyuck, Nct, Nomin, Renjun, Romance, Taeil, Taeyong, Ten, Winwin, Yaoi, Yuta, Yuwin
Visualizações 61
Palavras 1.469
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Bishounen, Comédia, Drabble, Droubble, Famí­lia, Ficção Adolescente, LGBT, Romance e Novela, Yaoi (Gay)
Avisos: Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sadomasoquismo, Sexo
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Olá amores,aqui é a Thaís!
Aqui está versão PILOTO desta Fic,os próximos capítulos que eu me comprometer a escrever serão parecidos com isso,claro que alguns picantes e outros mais amorosos.Não se comprometam tanto com essa fic,eu tentarei colocar coisas interessantes para você a cada capítulo!
Neste aqui será tratado sobre YuWin (Yuta+WinWin),que eu aproveitei para zoar com o nome do ship no próprio título do cap kkkk.

Todas as imagens de capas são de minhas propriedade. ;-)

Capítulo 1 - You Win!


Fanfic / Fanfiction Just For Fun - 18 Pecados - Capítulo 1 - You Win!

 

- Hey Yuta! Por que você não converso comigo na van enquanto a gente ia para o treino? Você fico entretido nesse caderninho aí. - Fiquei com uma cara emburrada.

- Bom,eu estava tentando me controla... - ele disse com a cabeça se abaixando pro caderno.

- Como assim? Se controlar pra que? - fiquei curioso - Estranho,você geralmente não se controla para alguma coisa. - cruzei os braços.

- Na verdade meu docinho, - ele começou a chegar mais perto,e faz uma cara meio maliciosa - eu estava te testando.

- Como é que é? - Franzi as sobrancelhas e a boca num bico.

- Geralmente sou eu que sempre fica se jogando pra cima de você,e fico irritadinho quando não retribui meu carinho,mas você se mostrou um verdadeiro cu doce agora,se percebeu? - ele levantou uma das sobrancelhas e sorriu.

- Vai se lascar seu japonês de merda! - olhei para ele com uma raiva no olhar - Hmpf, - bufei com um ar meio debochado - era só essa brincadeira idiota mesmo? Não parecia que você estava todo quietinho por causa disso. - aparentei preocupado,mas apenas para saber a real causa e zoar com ele por isso.

- Então... - percebi ele revirando os olhos para o chão - tá,vou tentar dizer sem vergonha! - diz lago viado - Eu percebi que recentemente comecei a fica mais exitado quando falava com você, - ele fez uma cara pervertida,e eu de nojo... - e como tinha muitas pessoas dentro da van,não quis transparecer isso.

Dei de ombros e sai andando pelo corredor sem olhar para a cara dele. - Ei! WINWIN! - tentou me chamar.

- Cala a boca seu pervertido! - Ele deu uma corridinha até chegar em mim.

- Não posso conter meu próprio corpo, - Olhou para mim de lado e sorriu,ah,aquele sorriso,me perco nele as vezes - principalmente quando ele está louco por você.

- Olha aqui seu safadinho,só pra você fica sabendo - lambi os lábios antes de voltar a falar,e olhei pra ele com uma expressão zangada - agradeço por fica me ignorando na van,se não você iria ficar se mostrando para todos os meninos suas pervertidades. Ele riu.

- Tá bom gostosinho,parece que você ainda está bravo com o que aconteceu, - não sabia se ficava com raiva ou vergonha das merdas que eu falei - você não quer ir a algum lugar pra gente se entender melhor,só nós dois? - não percebi apenas agora,mas todos os sorrisos de Yuta parecem pervertidos.Que raiva! E...vergonha...

- Você está ficando corado? - ele lambeu os lábios e se inclinou para conseguir ver melhor meu rosto.E desviei o olhar. - Ei Win,vamos para um lugar ficar sozinhos juntos? - continuou com a mesma pose.

 

- Ei,não comece a me beijar na escada seu idiota!

- Foi mal bebê,to começando a me empolgar. - deixou sua língua amostra,como se estivesse sedento por aquele beijo.

- Na onde vamos? - disse ao chegarmos num corredor com várias portas.

- Hm...ah eu sei uma sala que ninguém vai atrapalha a gente. - de novo me olhando com esse cara de pervertido.

- Não pense que vamos fazer sexo. - entramos na salinha pequena,que tinha apenas algumas janelinhas na parte de cima da parede.Ele fico intrigado com a minhas frase,mas logo mudou para uma feliz.

- Claro que não Win - estranhei - nós vamos fazer amor. - ele logo fechou a porta trancando-a,não tive tempo de reação,e me empurrou gentilmente na parede,e me puxando para um beijo quente e rápido.

- Calma menino! - Eu disse tentando afasta-lo um pouco - Assim não consigo respirar direito. - sempre mantive a cara fechada,mesmo que fingisse que não gostava desses momentos,ele me deixava louco.

- Desculpa amor - disse abrindo a boca e mostrando um pouco a língua,e respirando meio afobado.Ah esse japonês...
 Nos aproximamos mais e fechamos os olhos,começamos com um beijos leves e apaixonados.Arrisquei a dar uma olhada para ele numa pausa,nossos olhares se encontraram,ele sorriu,não resistir ao brilho dos olhos dele e nem a sua boca feliz,dei um sorriso leve de volta antes de voltar a beijá-lo.Tinha certeza que o garoto ficou louco com minha retribuição.
 

Nossos beijos ficavam mais quentes,agarrávamos a cintura e a nuca um do outro,alternando o toque leve para um mais pesado.Ele tirou meu boné e eu a touca dele,depois nossas blusas,estava frio,porém conforme íamos se esfregando mais e mais,fazia parecer que lá fora a neve não caía. Entre nossos abraços,Yu começou a descer meu jeans e o tirou,fazendo o mesmo com o seu.Ele me colocou de barriga na parede e beijava intensamente minha costas e descia devagar minha cueca,levou sua mão em minha boca,eu a lambia entre gemidos pois estava muito excitado. Essa não era nossa primeira vez,mas quando seu dedos começaram a pedir entrada,eu sentia uma dor estranho e pedia para que parasse logo.

- Está doendo muito amor? - ele suspirou em meu ouvido.

- Só..um pouco.. - disse entre gemidos e sopros. - Faça rápido,alguns devem estar procurando a gente para o treino.

- Okay.

Ele massageava minha entrada com dois dedos,mas logo colocou o terceiro,eu estava muito quente e não conseguia parar de gemer. - Acho que já esta bom - disse.

Yuta tirou os dedos,olhei para ele enquanto o via se despindo sua cueca e começando a roçar em mim.Como sempre estava com aquele maldito sorriso que era pervertido por si só.Então,começou a entrar em mim,eu gemia euforicamente,ele se colocou bem próximo de mim,me abraçando forte pelas costas,e percebi que se acomodará.

- Ah..Yuta..- disse entre gemidos e suspiros pesados.

- Tão gostoso,estou ficando com muito calor. - não era apenas eu que gemia.De repente ouvimos barulhos da escada que era um pouco longe dali - Amor,me desculpe,mas acho que terei que fazer bem rápido,se você fica dolorido,eu faço muitas massagens você. - sorriu um pouco perverso.

- Idiota - disse corando - acho bom mesmo que dê um jeito nisso,agora,se apresse... - tentei desviar um pouco o olhar dele,porém ele me puxou com força em uma investida e com um beijo forte de língua na minha boca.

Gemi alto,mas a boca de Yuta abafou um pouco, - Você é delicioso Win - ele puxou minha perna direita um pouco pra cima prendendo-a com seu braço direito,e sua mão esquerda acariciava meu abdômen e começou o movimento de frente pra trás.Não queria admitir,doía um pouco,mas revirava os olhos de prazer.

O movimento se pôs a ser mais rápido,ele gemia e fungava perto de meu rosto,e deixava sua língua vazar em meu ombro e minha bochecha e a mordiscando.Estava começando a perder o juízo,nunca tivemos uma vez tão excitante quanto essa.

Conforme seus movimentos aumentavam,nossas respirações ficavam mais fortes e sincronizadas com gemidos excitantes.

- Isso..bem aí,Yu,mais. - eu gemi.

Nossas línguas se entrelaçavam fortemente,estávamos vermelhos de corados e de calor.

- Win..A-amor,acho que eu vo...g-gozar.

- E-eu também Yu.

Enquanto aquela sensação incrível se aproximava,segurava o pescoço de Yuta com a mão direita o puxando pra mais perto,e com a esquerda eu ajudava-o a me masturbar.

Entre nossos orgasmos,gemiamos muito,eu me estremecia,acabei sujando um pouco a parede.Nos últimos suspiros,Yuta tirou seu pênis levemente de dentro de mim,e me segurou me deitando no chão e começando a me limpar com lenços que tinha em sua mochila.

- Wow foi incrível. - Disse ele,dando mais um de seus sorrisos irresistíveis.

- Foi. - Dei uma risadinha cansada,e com um leve sorriso no rosto,ele pareceu mais feliz por me ver assim.

Toc toc! Nós levamos um susto enquanto colocávamos a roupa,alguém bateu na porta. Paralisamos.

- Yuta,WinWin?! - A voz de Taeyong soou um pouco acanhada.

- Sim..., - Yuta respondeu. - Como sabe que somo nós?

- Eu estava procurando vocês,quando eu comecei a chegar perto dessa porta,eu pude ouvir um pouco do que vocês faziam. - Nós terminamos de nos trocar e fui direto abrir a porta.

- Você não vai conta pra ninguém,né? - disse com um tom de ameaça.

- N-não,eu não irei conta,isso é da privacidade de você,sorte de vocês que foi eu que estava aqui,imagine se tivesse sido o Haechan ou um pervertido dos meninos,ou ainda pior,alguém da Staff? Tenho certeza que teriam cochichado ou exposto vocês.

- Você tem razão - Yuta se colou a minha frente para poder sair. - Valeu líder.

- Tudo bem. - Ele sorriu fofamente fazendo um sinal de paz e amor perto do olho. - Pronto crianças,vamos lá pro treinamento.

Então logo fomos á caminho da sala de treino,disse de canto e andando um pouco de vagar ficando perto da orelha de Yuta.

- Você disse que a gente não transaria né? É tenho que admitir,sua "opinião" venceu.Seu idiota!

Olhamos com cara de pervertido um pro outro,e logo rimos e nos abraçamos de lado.

 

FIM!


Notas Finais


Fiquei até com calor aqui! (mentira,fiquei com dor nas costas pq eu fiquei escrevendo de um jeito não confortável) kkkkk
Me digam o que acharam,sério! Qualquer coisinha que você escrever vai ser incrível pra mim.Obrigado por lerem meus amores! <3

Quais Boys do NCT se shippa?


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...