História Just Love Me - Markson - Capítulo 10


Escrita por:

Postado
Categorias Got7, Neo Culture Technology (NCT)
Personagens BamBam, Jackson, JB, Jinyoung, Jisung, Mark, Youngjae, Yugyeom
Tags 2jae, Markson, Yubam
Visualizações 59
Palavras 4.130
Terminada Sim
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Comédia, Crossover, Drama (Tragédia), LGBT, Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Suspense, Violência, Yaoi (Gay)
Avisos: Homossexualidade, Linguagem Imprópria, Tortura, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Opa galera
Eae?
Como estão???


Finalmente voltei com o ÚLTIMO capítulo dessa Fanfic MARAVILHOSA
Eu realmente estou muito triste por isso, porém, é a vida né? Kkkkk


Espero que aproveitem o último capítulo
Beijos

Capítulo 10 - Ten


Fanfic / Fanfiction Just Love Me - Markson - Capítulo 10 - Ten

29.08.2019

[>Mark Tuan<]

Assim que o garoto e a Sori foram presos, Jackson saiu correndo atrás de Jisung e não voltou mais, óbvio que eu segui ele após isso, nem louco que eu chamo ele para conversar e explicar a situação... Tá, eu vou explicar, mas a minha vergonha não deixa eu chamar ele... E se Jackson me tratar com grosseria? Nem vem que não tem

Jinyoung foi atrás de Jisung, que estava escondido atrás da escola e eu fui atrás de Jackson, que tinha sumido após aquilo... Óbvio que eu sabia aonde ele estava e óbvio que eu não ia para aquele lugar assombrado, nem ferrando

Assim que eu cheguei perto de casa, vi Jackson olhando para os lados e atravessando a rua correndo, indo em direção ao parque.... Eu disse que não iria para aquele parque, mas quem liga para o que eu disse? Não importa, eu vou assim mesmo e tô nem aí

_Ei Jackson - o chamei

Jack:O que faz aqui? Por que me seguiu?

_Precisava falar com você

Jack:Já falou, agora me deixa - ele voltou a andar

_Espera - segurei sua mão - Me escuta, por favor

Jack:O que quer falar?

_Nao vou falar aqui

Jack:Então vem comigo

_Tambem não vou falar lá não

Jack:Então fica sem falar

_Nao... Tá tá

Ele voltou a me puxar e foi assim até chegarmos no parque, entramos no mesmo e ele voltou a me puxar até o meio do parque... Olha, tô falando sério agora, se um espírito quiser levar mais alma, Jackson está facilitando tudo, não vamos poder correr e fugir, tá muito longe a saída

Jack:O que tem para falar?

_Eu queria dizer a verdade...

Jack:Dizer o que? Que você gostava da minha irmã esse tempo todo e quer ajuda para tirar ela da...

_Nao, não é isso... Eu não gosto da sua irmã

Jack:Então por que aceitou o pedido de namoro dela, Mark? Por que?

_Desde quando você se importa com isso? Desde quando você se importa com o que eu faço?

Jack:Desde quando nos conhecemos, desde quando você se tornou meu melhor amigo, desde quando nos aproximamos, desde quando eu... Aceitei meus sentimentos por você - ele se virou para mim

_Desde quando o que?

Jack:É... Eu gosto de você, Tuan, feliz agora? Pode me destruir se quiser

_E por que não me contou isso antes?

Jack:Pra que? Para ser humilhado? Chamado de lixo humano? De inútil? Olha, se você veio falar isso, me xingar de todos as palavras possíveis, pode ir embora, eu não tô afim de...

_Voce nem deixou eu falar - o interrompi 

Jack:Por que eu não quero ficar mais triste do que eu já estou, Mark - ele olhou para o chão

_Por que triste?

Jack:Você sabe como eu reagi quando minha irmã disse isso? Exatamente, nem eu sei... Foi tão estranho, eu nunca tinha sentido aquele sentimento antes... Foi uma mistura de tudo, amor, tristeza, raiva... Eu não conseguia identificar nada

_E por que não deixou eu falar aquele dia? Eu poderia te explicar tudo

Jack:Eu não sabia como reagir, eu estava em choque... Mark, eu não queria ouvir nada, nem uma mentira aquele dia

_E para onde você foi? O que você falou para ela?

Jack:Eu só falei "parabéns pelo namoro, espero que sejam felizes", depois disso eu fui para o quarto e sai de casa

_Para onde você foi?

Jack:Eu fui ver o Jisung, eu falei com ele, ele me aconselhou, foi ele quem me ajudou e eu... Chorei, pela primeira vez na minha vida, eu chorei por amar alguém

_Jackson...

Jack:Antes disso tudo acontecer, eu falei com o Jisung e ele me aconselhou a seguir meu coração, ele me aconselhou a falar tudo o que eu sinto para você... Aí o Jaebum me perguntou o que eu sentia por você e eu... Neguei, eu neguei tudo, eu não disse a verdade...

_E depois de tudo...

Jack:E depois de tudo, eu planejei o que falar para você e ela me aparece falando que estão namorando... Meu mundo caiu naquele instante, foi um choque tão grande e eu me senti... Horrível

_Desculpa...

Jack:O que adianta pedir desculpa agora? Vai mudar alguma coisa?

_Voce por acaso sabe meus sentimentos por você? Eu neguei isso quase a minha vida inteira, eu não queria aceitar meus sentimentos por você, eu não queria, eu não aceitava nada

Jack:Por que mentiu? Por que disse que me odiava?

_Eu nunca disse que te... Odiava

Jack:Não? Nunca

_Talvez só uma vez...

Jack:Uma vez?

_Duas vezes... - ele riu soprado - você era chato

Jack:Sabe por que eu fazia tudo aquilo? Eu fazia para ter a sua atenção, eu queria fazer você rir ou sei lá o que eu queria... Mas eu fazia de tudo por você e eu nunca soube disso até... Esses dias atrás

_E por que não me falou isso antes?

Jack:Por que eu tinha... Medo

_Eu não vou te morder

Jack:Não, Mark... Eu tinha medo de você começar a me desprezar depois disso, eu tinha medo de você não querer mais ser meu amigo... Eu tinha medo de tudo - ele suspirou - Mas o que adianta eu falar isso agora? Já é tarde de mais - ele se virou

_Por que acha que é tarde?

Jack:Você e minha irmã estão juntos, não posso interferir... - eu segurei em sua mão e o virei para mim

_Eu não tô junto com ela, não estamos juntos porque ela me obrigou a fazer tudo isso, se não ela te mataria, eu fiz tudo isso para te proteger, para proteger quem eu amo de verdade - ele ficou quieto - Jackson, eu sempre gostei de você, mesmo escondendo esses sentimentos, eles sempre estiveram presentes, até agora...

Jack:A-Ah... E-Eu....

_Jackson, eu te amo, eu sempre te amei, agora para com isso se não eu te deixo aqui para os espíritos levarem a sua alma embora

Jack:Credo, Mark... Eu que vou te deixar aqui... Deveria ter dito tudo isso antes

_Nao tava afim

Jack:Para de ser cabeça dura, idiota - deu um tapa em minha testa

_Aaaahhh, vou te deixar aqui - sai correndo

Jack:YA VOLTA AQUI - ele veio atrás de mim e segurou minha mão - Você não vai sair daqui até eu terminar de falar

_Vamos embora... Podemos falar em casa

Jack:Ah não... Nos resolvemos aqui da última vez, acho que... Vai funcionar de novo - ele sorriu

_Tudo bem

Jack:Sabe Mark... Eu deveria te jogar em frente de um carro por ter feito eu sofrer

_Quanto amor, Jackson - sorri falso, fazendo ele rir

Jack:Mas, considerando tudo o que eu fiz você passar durante todos esses anos, eu... Não sofri nadinha

_Quem não sofreu sou eu... Eu quem deveria estar falando essa frase, Wang

Jack:Sabe Mark... Eu sempre achei você incrível, um ótimo amigo, uma pessoa que você pode contar para tudo, companheiro e sempre vai estar ao seu lado... Eu ainda não entendo muito o que eu estou sentindo, eu nunca... Senti isso antes sabe? É muito novo e eu não sei como agir, o que devo falar... Eu não sei nada, eu sou um garoto inexperiente com um coração partido pela primeira vez

_Nunca se apaixonou antes?

Jack:Não... Eu nunca achei a pessoa ideal para mim, eu nunca pensei que... Eu me apaixonaria, sabe? Eu achei que meu destino fosse igual ao do meu pai, mas assim que você apareceu, mudou o meu pensamento, mesmo sem eu saber - ele sorriu - Eu nunca amei alguém antes, Mark... Me perdoe por tudo o que eu disse, pela forma que eu agi... Eu não deveria...

_Esta tudo bem, Jackson... Isso é passado - ele me abraçou

Jack:Foi a pessoa que você mais odeia no mundo que me fez perceber meus sentimentos por você, ele quem me aconselhou a vir te falar tudo o que eu sentia, mas... Eu não sabia como dizer e não sei como demonstrar...

_Tudo o que você disse foi perfeito, Jackson... E eu não odeio o Jisung

Jack:Só falta arrancar a cabeça dele

_Eu gosto dele... Um pouco - ele riu e se afastou do abraço

Jack:Eu amo... Você, Tuan - sorri

_Eu também amo você... Mas poderíamos ir embora agora? - ele riu

Jack:Claro, como quiser

No caminho para casa, Jackson não parava de sorrir um segundo, ele sempre andava olhando para a rua ou olhava para o chão, por onde passava. Eu, como uma ótima pessoa, venci a minha vergonha, ou só fiz ela crescer mesmo, e segurei a mão de Jackson, estrelaçando nossos dedos, ele deu um leve pulinho e olhou para nossas mãos juntas, logo sorrindo em seguida

_Quem é...?

Assim que nós aproximamos de casa, avistei uma mulher parada em frente a porta, parecendo esperando alguém ou apenas... Criando coragem para bater?

Jack:M-Mae? - ele sussurrou

_É... Ela quem me ligou?

Jack:Ela te ligou? Por que não me disse nada?

_Eu... Não sei - ele suspirou e se aproximou, me puxando junto de si

Jack:O que faz aqui, mãe?

Eun:Filho... Que saudades de vocês - ela o abraçou

Eu até tentei me afastar por estar sendo intrometido no reencontro deles, porém Jackson segurou minha mão mais forte, impedindo que eu me afastasse, então, não tive escolha

Eun:Eu... Vim te visitar... Soube que Sori estava presa e que tudo tinha acabado, então liguei para Mark e vim aqui

Jack:Por que não me ligou?

Eun:Não sabia se eu poderia te ligar, Mark me explicou tudo o que aconteceu

Jack:Traidores - sorri

_Vamos entrar, está frio aqui fora

Eun:Eu... Preciso ir embora, volto aqui outra hora

Jack:Vai... Aonde?

Eun:Para minha casa - ela sorriu - Prometo voltar depois

Jack:Mas mãe... - ele me olhou e voltou a encara-la - Mãe, como pede alguém em namoro?

Eun:Ah meu deus, querido - ela riu - Não pergunte isso na frente de quem vai pedir

Jack:Não? Mark, entra - dei risada

Eun:Não fale assim também

Jack:Mark, tá frio aqui, vai para dentro de casa... Preciso falar com a mamãe, uma conversar particular - ri ainda mais

Eun:Meu deus do céu... Mas respondendo, peça do jeito que você achar melhor

Jack:E se eu não tiver esse jeito melhor?

Eun:Você vai encontrar e saber no momento certo

Jack:Sério? - ele arqueou uma sobrancelha - Tudo bem, até amanhã

Eun:Tchau querido... - ela me olhou - Tchau Mark e obrigada

_Disponha, senhora Zhou - sorri

Eun:Ate mais - ela acenou e saiu

Jack:Esquece o que eu falei para ela, vamos entrar - ri

_Voce é bem aleatório

Assim que entramos, fechei a porta atrás de mim e me sentei no sofá, enquanto Jackson estava parado em minha frente, olhando para o chão

_Vai ficar aí?

Jack:Mark... Namora comigo?

_An?

Jack:É isso aí... Namorar comigo sabe? E futuramente se casar comigo e aí ter filhinhos e... Talvez um cachorro - sorri

_Esse era o momento certo?

Jack:E tem outro melhor? Estamos sozinhos

_Hm... Não estamos não - apontei para a cozinha

Jack:O que fazem aqui? Vão embora, vão

Jb:Por isso que nunca namorou antes

Jae:Meu senhor amado

BB:Que fofo

Yg:Concordo

Jin:Faça melhor Jackson

Jack:Não se entrometam, vocês foram um bando de traíras e não me contavam o que estava acontecendo

Jin:Jaebum, a culpa é toda dele

Jb:Minha culpa nada, para tudo aí

Jack:Aish... Enfim Mark, você aceita?

Jae:Para, não é assim não - ele se levantou e veio até nós - Você tem que se declarar para ele

Jack:Eu gosto de você, aceita namorar comigo?

Jae:Não é assim... Pelo amor de Deus - dei risada

Jb:Melhor deixar eles sozinhos - ele foi para o quarto, acompanhado de YoungJae

BB:Eu quero ver

Yg:Eu também

Jin:Deixa eles sozinhos, animais - puxou os dois para cima

_Sim

Jack:Sim o que? - dei risada

_Eu aceito namorar com você

Jack:Oh... Sério? - ele sorriu - Tá e agora? - me levantei

_Deixa que eu comando daqui para frente - o puxei para um beijo

Jae:Esse Mark comanda

Jb:YoungJae, fica quieto

BB:Aí, tão lindos

Yg:Shippo

Jin:Sabia que iam ficar juntos

Jb:Todo mundo sabia

_Voces são curiosos sabia? - comentei após me separar de Jackson

Jb:Quem? Não tem ninguém aqui - eles subiram

Jack:Estraga prazeres - dei risada

_Eu tô cansado

Eu me sentei no sofá e Jackson se sentou ao meu lado, me puxando para seu colo

Jack:Pode dormir, vou ficar aqui - ele sorriu e começou a acariciar meu cabelo

_Obrigado...

Jack:Eu sempre vou estar aqui, Mark... De agora em diante, vai ser eu e você... E futuramente nossos pestinhas - sorri

>15 anos depois<

Myung:Papai, papai... Olha o que eu fiz - me entregou um desenho

_Que lindo, filha

Myung:Olha olha... É você, o papai Jack, eu e o bobão do meu irmão

Yong:Não sou bobão, fica quieta

Myung:É sim

Yong:Se eu sou bobão, você também é

Myung:Não sou não

Yong:É sim, você é minha irmã gêmea

Myung:Mas não sou parecida com você

Yong:É sim - Ele mostrou a língua

Jack:Vocês não conseguem ficar 1 dia sem brigar?

Myung:Ele é chato, papai

Yong:Eu sou top

_Voce se parece tanto com o Jackson, YongSun

Yong:Eu sou de mais

Myung:Aí, como você é chato - dei risada

Yong:Myung, aquele ali não é seu crush?

Jack:Oi?

Myung:Yong!

Yong:Não é ele não?

Myung:Eu não tenho crush

Yong:Mas você falou na sala...

Myung:Eu não falei nada na sala

_Voce não é muito nova para ter um crush não? - me abaixei para ficar da sua altura

Myung:Não... Quer dizer, sim, eu nem tenho crush - dei risada

Jack:Tô de olho em você, menina

Myung:Sim, capitão

Yong:Quem comanda é o papai Mark

Myung:Sem dúvida

Jack:Eu também mando tá?

Myung:Você também tem medo dele

Jack:Mas é claro, ele é capaz de me matar... Ele disse que ia me atropelar - ele riu soprado - E não é a primeira vez que ele diz isso

_Ninguem mandou tu ser chato

Jack:Eu sou incrível

Yong:Aha... Convencido

Jack:Você também fala isso

Yong:Eu posso, porque eu realmente sou

Jack:Ah pronto, era só oque me faltava... Vou te deixar aqui na escola

Yong:Ah não, papai... Isso é tortura

Jack:Bem feito

Yong:Ooohh Papai Mark, sabia que....

Jack:Vamos embora, crianças... Vamos vamos - ele sorriu e pegou Yong no colo

Yong:Espera, eu tenho que...

Jack:Tem nada não, vamos

_O que esse peste tá escondendo?

Myung:Não sei de nada, papai - ela saiu correndo

_Cuidado para não cair

Myung:Sim, senhor - ela segurou minha mão - Vamos, papai, vamos

Yong:Aonde você vai papai?

Jack:Preciso resolver uma coisa na empresa, pequeno

Yong:O que?

Jack:É rapidinho... Eu juro

_Aonde vai?

Jack:Na empresa, preciso organizar os papéis... Do seguro da nova construção

_Ah sim....

Myung:Não demora, papai

Jack:Prometo que vai ser rapidinho, você nem vai sentir minha falta, princesa

Yong:Vai voltar antes da vovó chegar?

Jack:Hmm... Provavelmente sim

Myung:Aí, eu tô lokinha para assistir o filme com a vovó

Yong:Eu quero ver aquela colher falante

Jack:Olha os filmes que a minha mãe deixa eles assistirem

_Vai me dizer que nunca assistiu Toy Story? Jackson, por causa desse filme, eu achei que meu ursinho falava quando eu saia do quarto - ele riu

Jack:Meu deus... Crianças, não seguem o exemplo do seu pai tudo bem?

Myung:Tá

_É o que Wang?

Jack:Seu pai é inteligente, crianças, sigam o exemplo dele

Yong:É incrível como todo mundo tem medo do papai Mark... É incrível isso

Myung:Papai Mark da medo até na vizinha

Yong:Não gosto dela nem da filha dela

Myung:Nem eu... Aquela garota é um saco, parece até aquele garoto da nossa escola

Yong:Que garoto?

Myung:Você

Yong:Mas... Aish

_Voces só pensam em brigar?

Myung:Penso em comida também e em dormir

Yong:E no seu crush

Myung:Não penso nele

Jack:Então admite que tem?

Myung:Tenho o que?

Jack:Mark... Acho que ela é uma miniatura sua, não é possível - dei risada

Myung:Segui os bons exemplos do papai - ela sorriu

_Essa é minha garota

Yong:Papai Jackson... Acho que a gente vai sofrer no futuro

Jack:Você quem vai sofrer no futuro... Eu já sofro agora

_Olha aqui, Wang

Jack:Não não, não me chama de Wang não, Tuan

_E você não me chama de Tuan

Myung:E lá vamos nós de novo

Yong:Ao infinito e além

Vocês devem estar confusos, ou não, porque são realmente muito espertos, mas para quem está confuso, vou explicar basicamente o que aconteceu conosco nesses últimos 15 anos

Depois daquele dia, se passou uma semana e foi nessa semana que tudo aconteceu, Jackson havia me pedido em namoro oficialmente e até tinha comprado uma aliança, foi a cena mais linda possível. Depois de alguns dias ou semanas, Jaebum pediu YoungJae em namoro e depois, foi a vez do Bambam e seu amado Yugyeom. Esses dias foram, sem dúvidas, os mais incríveis para mim

Depois de terminarmos a escola, todos já sabiam qual faculdade fazer e então, cada um foi para seu canto, sem quebrar o contato, claro. Jaebum se tornou um ótimo detetive, YoungJae se tornou um pediatra profissional, inclusive meus filhos tiveram a honra de ser os primeiros pacientes do mesmo, Yugyeom e Bambam são donos de uma academia de dança super famosa em Seoul, ja Jinyoung se tornou um cirurgião plástico e faz muito sucesso, é considerado o cirurgião mais bonito daquele hospital, bando de puxa saco viu... Já euzinho, me tornei um advogado super hiper mega MARAVILHOSO e meu querido marido, se tornou um engenheiro civil e nesse momento, está comando a obra de um novo parque aqui... Massa galera, massa

Ha 7 anos atrás, nós nos casamos... Sim, é isso mesmo, fazem 7 anos que estamos casados, YoungJae e Jaebum tem 5 anos de casados, Bambam e Yugyeom não se casaram ainda, mas espero ansioso para isso acontecer. Há 5 anos atrás, eu e Jackson conversamos e decidimos que seria a hora perfeita para aumentarmos nossa família, fomos até um orfanato e adotamos dois pestinhas, que hoje em dia tem 6 anos

Assim que chegamos no orfanato, fomos para as crianças mais novas e assim que entramos naquele cômodo, meus olhos foram diretamente para uma garotinha no canto da sala e os olhos de Jackson, foram em direção ao outro canto da sala, aonde tinha um garotinho brincando. Eu me aproximei dela e Jackson se aproximou dele, começamos a brincar e nos apegamos ainda mais, foi assim que descobrimos que eles eram gêmeos e como eu tenho um coração ótimo, não poderia separa-los, então, decidimos adotar os dois. Depois de mais um tempinho, adotamos uma linda cachorrinha que está conosco até hoje, ela é toda branquinha e por isso, colocamos o nome dela de coco... Coisa maravilhosa, minha outra bebê

Se vocês querem saber do senhor Wang e da Sori, vou contar hehe. Bom, Sori, por ser menor de idade, foi para outro lugar e não para a cadeia, eu não sei ao certo para onde ela foi, mas uns 2 anos atrás ela foi solta e se mudou, ela foi para bem longe do país, já o Senhor Wang, bom, ele foi solto ano passado e se mudou para China também

A senhora Jung ainda está aqui na Coreia, ela é dona de um restaurante ótimo aqui de Seoul, a Senhora Zhou, minha querida e bela sogra, também está aqui na Coreia e daqui a pouco vai estar em nossa casa, para levar meus bebês para sair

Jack:Eu já volto, tudo bem? Juro que vai ser rápido

Myung:Antes da vovó chegar

Jack:Antes da vovó chegar - afirmou

Yong:Nos vemos então

Myung:Quero coomeeerr - eles saíram do carro e entraram em casa

Jack:Eu já volto

_Se cuida e toma cuidado na estrada

Jack:Aqui é 'profissa - lhe dei um selinho - Até mais

_Tchau, amor

Myung:Comida comida

_Calma, crianças

Yong:Sou adulto

_Entao o senhor pode fazer sua própria comida

Yong:Ah não, tenho só 6 anos, sou uma criança - dei risada

//

Myung:Vovó, vovó

Eun:Ola, crianças

Yong:Hmm... Vovó, quer? Tá muito bom

Eun:Não quero não, Yong

Yong:A gente vai sair para ver o filme?

Eun:Huhum, daqui a pouco

Yong:O filme demora?

Eun:Umas 2 horas? Acho que é

Yong:Precisamos comprar um presente para os papais

Myung:Eu também quero escolher

Eun:Mark? - eu a olhei

_Sim?

Eun:Aonde está Jackson?

_Ele teve que resolver um negócio

Eun:Ele realmente usou essa desculpa? Meu deus, que péssimo

_Como assim?

Jack:Cheguei galera

Eun:Falando no senhor desculpa esfarrapada

Jack:É o que?

Eun:Crianças, podemos ir?

Myung:Podemos... Tchau, coco - fez carinho na cachorrinha e veio até mim, me abraçando - Tchau papai

_Tchau, minha princesa

Yong:Tchau, papai... Nos vemos daqui a pouquinho

_Tomem cuidado ok? - beijei o topo da cabeça de cada um

Yong:É mais fácil para isso para a vovó

Myung:Ela só faz a gente passar vergonha

Yong:Vou ficar de olho ela - ele piscou

Eun:Yyaa, vou levar a coco para assistir filme

Yong:Mas não pode entrar animal no cinema

Eun:Pode sim... Eu sempre levei o Jackson para lá

Jack:Mamãe... Não ensina essas coisas para eles

Eun:O que? Ah, foi mal... Vamos, crianças - ela sorriu e saiu, acompanhada dos dois pestinhas

_Desculpa esfarrapada?

Jack:Eu posso explicar - ele sorriu

_Hm, explica então

Jack:Fui buscar um negócio para nós

_Que negócio?

Jack:Um negócio

_Que negócio?

Jack:Um negócio muito legal

_Que coisa é essa na sua mão?

Jack:Meus dedos

_Wang, eu vou...

Jack:Aiai, parei parei... Pode ver - me entregou o envelope

_O que é... Meu deus, amor - sorri

Dentro do envelope, tinha 4 passagens de avião destinados aos Estados Unidos. Já faz um tempo que eu falei para Jackson que queria ir visitar meus pais e levar as crianças para passar um tempo com os avós

_Meu amor, meu deus, isso é maravilhoso

Jack:Era para ser uma ótima surpresa, mas não deu muito certo... Mas tá legal, você gostou, é isso que importa - abracei seu pescoço

_Obrigado, meu amor

Jack:É o mínimo que eu poderia fazer para recompensar tudo o que eu fiz para você

_Voce sempre recompensa tudo isso, vida... Você sabe disso... Mas você continua chato

Jack:Ninguém mandou você dizer sim ao meu pedido de casamento

_Ninguem mandou meu coração escolher você

Jack:Ele tem um ótimo gosto - dei risada

_Voce é muito convencido, puta que pariu

Jack:Coco, fala para o papai que ele é chato... Isso, fala para ele - fez carinho em sua cabeça

_Voce é muito bobo

Jack:O bobo que você ama - sorriu

_Com certeza... E eu não me arrependo de me casar com você, nunca vou me arrepender

Jack:Eu te amo muito

_Eu também te amo - eu selei nossos lábios, iniciando um beijo calmo e apaixonado

Jack:Aish, quem é? - reclamou após a campainha tocar - Ah, são vocês

Jb:Também te amo

Jae:Amamos você, Jackson

Jack:Entrem

Jb:Cadê as crianças?

_Sairam com a minha sogra

Jb:Ah, então eu volto depois

Jae:Mas precisamos contar um negócio para eles

Jb:Contamos depois

_Nao não, nem ferrando, vem vem - eles riram

Jae:É um negócio muito muito legal - ele se sentou ao meu lado

_O que é?

Jb:Massa de mais

Jack:É bolo?

Jb:Não nada a ve

Jae:Depois de muito conversar

_Voces vão abrir uma padaria?

Jae:Não... Pelo amor de Deus, deixa eu falar

_Diga

Jae:Eu e Jaebum decidimos

Jack:Se não é padaria... É bolaria?

_Isso existe?

Jb:Isso é impossível

Jae:Vamos adotar um bebê para nós

_Entao se não é pad... É o que? Um bebê?

Jack:Queridos... Olha, vocês vão sofrer

_Nao vão não

Jack:Nao vão não

Jb:Já sofro mesmo

Jae:É o que?

Jb:Nada não

Jae:Mas que abusado

_Jackson não é diferente

Jack:Nunca fiz nadinha pra tu

Jae:Huhum - ele riu

Jb:Não vou falar nada... Tô quieto aqui na minha, melhor não me envolver

Jack:Esses dois bravos, são pior...

_Pior que o que?

Jack:O que? Nada não, meu amor

_Abusado - Ele sorriu

Jack:Também te amo - mostrei a língua pra ele - Eu corto fora

_Vem então

Jack:Jaebum, olha ele me desafiando

Jb:Até agora vocês estão com isso? Eu tô com trauma de ter morado com vocês dois - dei risada

_Era engraçado

Jack:Sim sim... Nem tanto - sorri

Passamos a tarde inteira juntos, mas infelizmente eles tiveram que ir embora e logo depois as crianças chegaram, então, estava na hora de dormir e descansar... Mas claro, antes de dormir sempre vem aqueles flashbacks de tudo que aconteceu na sua vida, como um filme em sua cabeça

A partir do dia que tudo aquilo acabou, nossas vidas começaram a melhorar, tudo começou a sair do jeito que queríamos e muitas surpresas chegaram. Então, acho que se eu tivesse desistido daquele sentimento, eu não seria feliz o bastante, como sou agora...

Então, um conselho, não desista do que te faça feliz por causa de outras pessoas, corra atrás, foca no que te faz feliz... Mas, também não se diminua por causa dela, você merece ser feliz, você merece ser respeitado, não importa a sua cor, religião, de quem você gosta, o que importa é o caráter e nada mais

Nada na vida vem de mão beijada, cada caminho há uma dificuldade, cada caminho há uma nova batalha e se você não se esforçar, se você não batalhar, cairá e não irá conseguir se levantar.... Não seja assim, batalhe até o último, garanto que você terá uma surpresa ao chegar no final

O seu tchan vai acontecer, você vai achar a pessoa que te faça feliz e quando isso acontecer, saiba que terá o meu total apoio em suas decisões, estamos juntos nessa

Com muito amor e carinho, eu me despeço.... Até a próxima, tchauzinho!

(×××)


Notas Finais


Iti Malia

O capítulo mais soft de todos os tempos
Eu tô apaixonada
Simplesmente é o melhor capítulo dessa Fanfic e é isso


Obrigada a todos que acompanharam a Fanfic até aqui, favoritaram, compartilharam e comentaram em todos os capítulos, sério, eu sou muito grata a todos vocês
Obrigada por estarem comigo sempre e nunca se esqueça, estaremos sempre juntos em tudo

(Não se esqueçam de compartilhar e comentar sua opinião sobre a Fanfic, Beijos)


Beijinhos e até qualquer outra Fanfic
Eu amo vocês de mais ❤️


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...