História Just once - Capítulo 1


Escrita por:

Postado
Categorias Lionel Messi
Personagens Lionel Messi
Tags Lionel Messi, Ronaldinho Gaúcho
Visualizações 36
Palavras 2.367
Terminada Sim
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Hentai, Lemon, LGBT, Romance e Novela, Shonen-Ai, Yaoi (Gay)
Avisos: Bissexualidade, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Sexo
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Oiii meus amores! Bom me desculpem quem acompanhou a minha outra história do Sérgio Ramos e do Leo Messi ( eu vou continuar mas eu estou reescrevendo!)

Olha eu nn sei a onde eu tirei essa ideia! Mas até que eles podem formar um casal?

Falam a sua opinião!

Capítulo 1 - Uma só noite


- que droga! - solto um resmungo baixo , abaixando o meu corpo encostando a minha testa nas pontas dos meus joelhos , coloco os meus dedos em meus cabelos fazendo uma massagem relaxante

os meus pensamentos e o meu coração está trabalhando juntos, e isso que eu odeio! Desde que o Ronaldinho entrou para o Barcelona eu estou me vendo confuso, não tão confuso ... Eu achei ótimo dele está jogando aqui no Barcelona! Realmente o meu ídolo do meu lado! Eu sendo o seu aluno , estou sendo muito sortudo! Por que tudo na minha vida o que eu pensei ( ou o que eu nunca pensei) está se realizando , pouco a pouco

mas eu não entendo uma coisa... Por que esse sentimento? Por que essa sensação de borboletas no estômago sempre acontece quando o vejo? Ou um friu na barriga e uma colocação diferente na minha bochecha?

eu não sei... E também tenho medo se vou fazer alguma coisa ridícula... Mas a curiosidade de beijar aquela boca carnuda está me matando... Ele é um brasileiro extraordinário! ( não só pelo futebol) e sim pela aquela pele negra , aquele cabelo afro , o sorriso brilhante , o jeito animado de um brasileiro , o brilho nos seus olhos que nunca acabam! Isso que eu estou me apaixonando  por nele... Nunca imaginei  ele tão perto trazia essa atração

como eu disse... Pode ser curiosidade , tenho 19 anos e sou um garoto ( mesmo tendo problemas) , tenho hormônios e estão a flor da pele e eu não quero descobrir e ir mais a além e acabar me arrependendo

- talvez ele não goste... Estou sendo egoísta só vendo o meu lado... Ele é homem e eu também! - falo isso e solto um suspiro triste apertando os fios dos meus cabelos em meus dedos

- Leo... - aquela voz , meu coração quando escuta a voz dele rouca e calma tem uns batimento cardíaco fora do normal

levanto o meu corpo e logo os nosso olhares se encontraram: um sorriso divertido formado em seus lábios e os olhos negros com brilho

não consigo resistir e dou um sorriso bobo apaixonado , levanto do banco do vestiário

- Oi... Desculpa não comemorar com vocês, não estou muito bom para isso ... É você sabe como eu sou

- que isso Leozinho! Eu até recusei quando disseram que não vai comemorar a vitória do el clássico com eles , então eu vim atrás de você! Vamos comemorar juntos! Só nós dois... Sem festas , de preferência - dou mais um sorriso sentindo o meu coração acelerar e ficar levemente quente , "ficar sozinho com ele? Por que não?"

{...}


- o carnaval é uma puta de uma festa! Tão animada! Sério um dia vamos para o Brasil juntos! Eu sei que você não gosta de festas! Mas não tem como não beber e dançar no carnaval - observo o tagalerar do Ronaldinho, ele contando sobre o Brasil é tão bonito de ver, ele ama mesmo o seu país como eu amo o meu ... Mas eu não falo muito, por que eu amo ouvir ele falar e esse sorriso...


- por que sempre quando eu falo você fica me olhando de um jeito , diferente...? - sinto a mãos deles em meus ombros e dou um leve pulo negando com a cabeça e dando um riso nervoso "merda!"


- é... Não... Eu gosto de ouvir as suas histórias... Hum... - não sabia como responder esses tipos de perguntas... Gosto muito de observar as pessoas...


- fala o que está acontecendo... - a mão grossas dele aperta mais o meu ombro e solto novamente um riso de nervoso, levanto o meu olhar que a poucos de segundos estavam mais interessados na cor da mesa de madeira do que o meu brasileiro


ele está sério o olhar querendo penetrar na minha alma , me sentir um pouco ameaçado mas se ele queria uma resposta eu vou da! ( talvez poderia ser a oportunidade perfeita)


dou um longo suspiro e fecho os meus olhos me aproximando dele , já com o coração na garganta e o suor descendo pelas as palmas da minha mão, mas logo paro de pensar quando sinto a presença dele e os lábios que tanto queria encostar com os meus e um coque envolve esse conectar de lábios




as mãos grossas do brasileiro foi de encontro com a cintura do argentino puxando mais os seus corpos os colando e tendo um choque interno entre os dois


o argentino ficava parado parecia apreciar o momento que ele tanto queria , mas o brasileiro queria mais e mexeu os lábios abrindo a sua boca e passando a língua na boca fina do camisa 10 que não tardou de abrir a sua boca e colocando a sua língua dentro da boca do brasileiro e levantando a sua mão e repousando no peito do outro e movimentando a sua língua lentamente sentindo o gosto do seu brasileiro


Ronaldinho apertou mais as mãos na cintura do mais novo e começou a mover a sua língua intensificando e querendo espaço e dominância , começando a usar os dentes e morder os lábios finos do mais novo que soltava suspiros baixos e apertando cada vez mais a camisa azul que o maior usava e levantando o seu corpo ficando em pé juntos com as suas duas mãos e colocando em cada lado do rosto do Ronaldinho e puxando para si , chupando os lábios do maior para dentro de sua boca e mordendo levemente


- Leo... Não me provoca...- o brasileiro fala com a boca colada a do argentino respiração ofegante tentando recuperar o ar que faltou no beijo em seus pulmões, e desce as suas mãos que antes estava na cintura de Lionel agora está nas duas nádegas e apertando fortemente fazendo o argentino aproximar mais de si e sentindo a leve ereção na sua barriga


- Ronaldo... - a voz do argentino saiu arrastada e logo senta no colo do brasileiro colocando as suas pernas em cada lado da cintura do maior e da um leve pulo ao sentir o membro ereto "isso é o pênis dele?"


- você tá bem safado - o Brasileiro diz em um tom de brincadeira dando um tapa forte na bunda de Lionel que solta um gemido baixo de prazer - gosto assim... Por que não abre os olhos? - Lionel ficou com os olhos fechados... Ele ainda estava pensando que está sonhando ou acordado... Sentado no colo do Ronaldinho gaúcho o seu ídolo e ter o beijado... Não era uma coisa que tinha coragem de ver, mas lutou e as suas pálpebras abriram levemente e os olhares são encontrados


as pupilas negras do brasileiro estão dilatadas por pura luxúria que fez o argentino sentir afrente de um predador, e fez as mãos que estavam no rosto moreno, descer até o ombro largo do maior e da um sorriso tímido e a sensação de borboletas em seu estômago


- você não está bravo...? Ou algum assim?


- por que eu estaria? - questiona o brasileiro erguendo a sua sombrancelha confuso - se ficasse bravo , logo que você veio se aproximando eu o empurrava... E também , por que não? Quero muito fuder a sua bunda - confessa o brasileiro levantando o seu quadril para cima encostando o seu membro rígido na bunda do argentino


Lionel tinha uma expressão confusa no começo mas logo morde os lábios e da um sorriso malicioso ao sentir o falo encostado na sua bunda "bem que ele disse "por que não?" , talvez para ele seja só uma transa... Mas eu não ligo" pensa o argentino e logo ataca os lábios carnudos esquecendo de tudo ao redor e só se concentrando no beijo selvagem que está trocando com o Ronaldinho


as roupas dos dois estavam jogadas no piso da cozinha , só a cueca não foi descartadas dos dois corpos, Lionel apoiava os joelhos na cadeira e movimentava a sua bunda , rebolando levemente no membro do brasileiro que soltava suspiros de prazer e agarrada as nádegas e deixava os seus dedos marcados pela pele branca


o beijo ainda continuava : feroz e selvagem , as língua lutava por espaço dentro da boca de ambos , e as ereções dos dois doia no tecido fino que usavam


- eu quero... Aaah... Você - gemi o argentino ao sentir o dedo do outro entrando na sua cueca procurando a sua entrada


o brasileiro não respondi , apenas pega a cintura do argentino em uma rapidez que o cérebro cheio de prazer do menor não consegui acompanhar , o corpo do mesmo estava na mesa de madeira


- vai ser meu... Mas só essa noite... - fala o brasileiro encostando a sua testa na do argentino que o menor sentir o seu coração doer, mas não queria perguntar já sabia muito bem a resposta "ele tem uma família"


- então me faça seu essa noite... E me mostra se a virilidade brasileira é boa mesmo - respondo Lionel e envolve os seus braços envolta do pescoço do brasileiro que em resposta da um sorriso provocante tomando os lábios do baixinho e trocando outro beijo selvagem e cheio de paixão


as mãos morenas descia o tecido fino da cueca do argentino e faz o membro com o pré gozo na ponta saltar , e logo o olhar vai para o local e a língua é passada pelos lábios carnudos colocando a mão grossa no membro do argentino e começando uma masturbação lenta


- que lindo... - sussurra o brasileiro


Lionel sentia no paraíso , com a mão grande envolvendo o seu membro e o masturbando, ele se contorcia em prazer e mordia os lábios para conter os seus gemidos que mesmo assim saiam baixos e o nome do Ronaldo era pronunciado


- va-vai lo-logo! - fala o mais novo ofegante quando sentir a mão do brasileiro aumentar a velocidade da masturbação o fazendo delirar


- vou te preparar... Também quero te chupar - o argentino abre os olhos supreso e olha para direção  e vê o brasileiro colocando o seu membro na boca quente e macia lentamente , passando a língua por toda aquela extensão


- Ronaldo! - fala o argentino dando um gemido alto e colocando os seus dedos nos cabelos do brasileiro empurrando para perto do seu sexo sentindo a sensação gostosa da boca quente no seu membro e a cabeça do outro se mexendo em um vai e vem rápido "que cena!"


por sua vez o brasileiro está muito dedicado na sua tarefa e chupava rápido e com rapidez o falo do mais novo, e sentia as unhas do outro em sua nuca o arranhando e ouvindo os gemidos altos e o nome dele sendo pronunciado, tudo isso dava mais prazer e inventivo de chupar mais


- drogaaaa! - grita Lionel abrindo mais as suas pernas e puxando mais Ronaldo contra o seu sexo e ejaculando na garganta do moreno e sentindo a sua visão ficar turva e o suor descer pelo o seu corpo


- gosto maravilhoso! - fala baixo o brasileiro mamando e tomando o esperma do outro , se levantando e abaixando a sua cueca branca e chutando para qualquer lugar do chão


lá está o sonho de consumo de Lionel, o argentino admirava o corpo do brasileiro ( mesmo ainda se recuperando) , definido e a pele morena  chocolate , que logo seus olhos vão para o membro grosso e grande , a cabecinha  avermelhada e o pré gozo descia


o argentino da uma mordida no canto de seus lábios sentindo a sua boca salivar vendo o membro do outro


- é muito grande - fala Lionel mas logo se vira e colocando as suas mãos na beira da mesa e empina a sua bunda


- tá doidinho para comer você , né safado? - o brasileiro não achou estranho atitude do argentino, ele simplesmente adorou!


as mãos foram de encontro na duas nádegas afastando a vendo o ofício do mais novo virgem , e logo subindo as mãos e colocando na cintura e posicionando a cabecinha no ofício do argentino que o seu corpo ao sentir o grande mastro se arrepio e tremeu mordendo os lábios nervoso e fechando os olhos sentindo a dor vim


- eu não vou conseguir esperar mais... - diz o brasileiro se referindo lubrificar o mais novo


- tudo- solta um grito e aperta as suas mãos na beira da mesa ao sentir o membro grosso entrando no seu ofício virgem e logo a dor vem junto com as lágrimas


- quero te comer - termina de falar a frase de antes o brasileiro com uma voz ofegante e deitando o seu corpo ao do argentino , começando a se movimentar lentamente sentindo o seu falo se apertar a cada vez mais na entrada pequena


o argentino soltava gritos baixos de dor e as lágrimas desciam do seu rosto corado se suado e apertando as suas mãos


Ronaldo começo o masturbar rápido aumentando junto com a penetração no ofício do mais novo colocando a sua boca no ombro do argentino e soltando gemidos baixos de prazer com a pressão do ofício apertando e quente


o mais novo soltava depois de um tempo gemidos baixos de prazer rebolando a sua bunda no membro do outro que em resposta do brasileiro levantou o seu corpo segurando a cintura de Lionel e estocando fundo e rápido, ouvindo os gemidos  do mais novo  e soltar alguns  palavrões


ficaram assim por um tempo, entre gemidos altos e som das peles batendo , até que o argentino goza pela segunda vez se sujando e logo atrás o brasileiro ejacula dentro da entrada ( não muito apertada , agora) aceitando o ponto que fazia o argentino ver estrela que dá um gemido manhoso em resposta e logo sentir o peso do corpo suado e ofegante do brasileiro deitado no seu


- meu Deus... Eu amei - 40 segundos de silêncio , contato mentalmente pelo Lionel o brasileiro diz colocando
os dedos nos cabelos úmidos de suor do mais novo e fazendo um carinho


- eu também... Eu também...



Notas Finais


Desculpem qualquer erro! E eu espero que gostaram!


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...