História Just One Night - Capítulo 3


Escrita por:

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS)
Tags Imagine Jungkook
Visualizações 102
Palavras 2.943
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 16 ANOS
Gêneros: Comédia, Romance e Novela, Shoujo (Romântico)
Avisos: Adultério, Álcool, Heterossexualidade, Insinuação de sexo
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Olááááááá !
Consegui trazer mais um capítulo hoje, espero que gostem !!!!

Capítulo 3 - Doubt


Fanfic / Fanfiction Just One Night - Capítulo 3 - Doubt


Jungkook pov’s 
           Meu telefone não para de tocar, Lucy estava me importunando, ligava e mandava mensagens a todo instante, já estava de saco cheio. Será que ela não entendeu que acabou ?! Não á quero mais. Resolvo então bloquear suas  mensagens e ligações. 
        Hoje vou estar de plantão no hospital, mesmo que não viaje mais para Busan no final do mês, vou aproveitar os dias de folga que consegui para pensar, me distrair, é disso que estou precisando. Também preciso cuidar da minha pequena, ela é tão doce e gentil que não consigo acreditar que fizeram isso com ela. Comigo eu “aceito” até porque nunca fui muito certinho, na época da faculdade, onde eu me soltei, sempre tinha umas “namoradinhas”, e digamos que eu não era fiel a nenhuma. Não me orgulho dessa fase da minha vida, era um tremendo babaca, mas mesmo sendo todo errado a S/A estava lá comigo, me ajudando a enxergar os erros que cometia, tentando me transformar em alguém melhor. Ela é minha família, e tudo que eu mais quero é protegê-la. 
        Quando apresentei S/A ao Lee, não esperava que os dois fossem namorar, ainda mais morar juntos, mas aconteceu, e eu estava feliz. Realmente achei que Lee fosse o cara certo pra minha baixinha. Sempre fui muito protetor quando o assunto é a S/A, então quando ela arrumava um candidato a ser seu namorado, eu já estava no pé do sujeito, pra saber se ele era qualificado para namorá-la. Digamos que o único namorado que eu não assustei foi o Lee, e esse foi um grande erro. Eu confiei nele por ser um grande amigo, mas eu estava errado, tanto em confiar a ele minha baixinha quanto chamá-lo de amigo. Mas agora que ele mostrou as garras, juro que se ele tentar se aproximar da S/N novamente, eu não respondo por mim. 
     Esse meu “grande amigo” me apunhalou pelas costas, estava transando com a minha namorada. Lucy foi uma decepção, quando a conheci, ela foi tão simpática e encantadora, sem contar na sua beleza, me encantei de primeira. Eu a conheci através de uma consulta, ela trouxe seu gato para uma pequena cirurgia, e eu fui o cirurgião responsável. Quando o seu gato estava fora de perigo, ela me agradeceu e meio sem graça pediu meu número, não demorei em dá-lo. E assim as coisas foram se desenrolando, fui me encantando a cada dia mais, apesar de Lucy ter inúmeros defeitos.Acho melhor esquecer isso.

 Depois que saí da casa da S/A, passei em meu apartamento para tomar um banho, pegar meu jaleco e estetoscópio. Em seguida fui para o hospital dar início ao meu trabalho. 
        Senti-me estranho, lembranças da noite passada ficavam voltando á minha mente, ir pra cama com S/N foi indescritível. Mas agora é passado, nos já resolvemos esse problema.

Horas Depois 

 Eram quase 21 horas da noite, o hospital se encontrava quieto, só existiam algum pacientes internados e que teria que averiguar a cada hora se estava tudo nos conformes e tomar providências caso necessário.
          Durante o período da noite o hospital possui uma pequena recepção para receber casos de urgência, por noite é corriqueiro que ao menos um caso de cachorro ou gato atropelado apareça, mas existem casos mais simples que surgem durante o plantão. 
           Estou em meu consultório estudando alguns portuários quando me ligam da recepção, avisando que tem um paciente, foi adiantado que o animal estava estável, aviso a recepcionista que pode mandar o tutor e o animal entrarem em minha sala. Quando a porta é aberta me deparo com Lucy e seu gato Toby.  


Lucy- Você não respondeu às minhas mensagens, não atendeu às minhas ligações, então esse foi o único jeito que encontrei para conversar com você - Falava com firmeza 
JK- Eu não quero falar com você, então se o seu gato não estiver doente, vá embora - me levantei e apontei para a porta 
Lucy- Me deixe falar, por favor 
JK- Eu não quero escutar, então só saía daqui... 
Lucy- Não saio até você me escutar e se não quiser me escutar, faço um escândalo aqui, você me entendeu ?! - Seu tom de voz  era firme 
JK- Você tem exatamente 5 minutos, depois disso quero que pare de me importunar, okay ? - Ditei sério 
Lucy- Okay .....
JK- Comece, seu tempo já está passando - Falo olhando o relógio em meu pulso 
Lucy- Bom.... eu não vou negar, você e a S/N viram o que aconteceu ontem á noite... nós já tínhamos transamos algumas vezes, nada sério, eu não queria terminar com você e ele queria continuar brincando de casinha com a S/A.... 
JK- “Nada sério” - Gargalhei - A quanto tempo vocês nos enganam ? - Era notável que estava enojado com sua presença e suas palavras 
Lucy- Quando você nos apresentaram naquele encontro de casais há 2 meses...
JK- Vocês estavam transando esse tempo todo ??????! 
Lucy- Não, não, não .... mas começamos a conversar por mensagens, trocar insinuações e nós só começamos a transar quando a S/N teve que viajar para os EUA e você tava ocupado demais fazendo plantão... então acabamos ficando.... 
JK- Eu trabalhando feito um condenado para poder te levar para conhecer minha família e você me traindo ????! Eu sou um completo idiota em achar que você era “A garota” - A decepção estava escancarada em meu rosto 
Lucy- Jungkook eu não espero que me perdoe, o que eu fiz foi errado, estraguei tudo .... Magoei você e a S/N.... Vocês não mereciam isso ... 
JK- Era isso que tinha pra falar ?! Se já acabou, pode ir embora - Apontei novamente para a porta 
Lucy- Antes de ir, gostaria de perguntar uma coisa - Parou em minha frente e me encarou 
JK- Seja rápida ! 
Lucy- Você algum dia gostou de mim de verdade ? Gostou de alguém que não fosse a S/N ???? 
JK- O que você está falando ???! Lógico que gostei de você, estava apaixonado, mas o encanto se quebrou ao te ver seminua agarrada ao meu “amigo” ! E sobre a S/N, ela é minha amiga, minha melhor amiga - Lucy ainda me encarava com firmeza e eu fazia o mesmo. 
Lucy- Você nunca gostou de mim, você pode até realmente achar que era apaixonado por mim, mas você nunca foi.... Sabe porque nenhum dos seus relacionamentos dá certo ???! Porque você sempre escolhe a S/N, pra tudo, ela é sempre a sua prioridade.... Eu era sua namorada e mesmo assim você priorizava ela, podia estar comigo, mas bastava ela ligar que você saia correndo - Sua voz era firme 
JK- Pelo menos eu não errei em colocá-la em prioridade.... Ela nunca me decepcionou e sempre esteve comigo, ela é uma parte de mim. 
Lucy- Esse é o problema Jungkook, você dois estão imersos nesse relacionamento que você chamam de “amizade”, mas isso nem de longe é uma simples amizade. Eu vou embora... Mas antes quero lhe desejar tudo de melhor e dizer que eu sinto muito.... - Lucy já estava saindo do consultório com toby em seus braços, mas parou e virou-se em minha direção mais uma vez. 
Lucy- Nao seja tão cego, o que você tanto quer está bem na sua frente - Ela esboçou um sorriso mínimo e saiu do consultório. 


         O resto do plantão seguiu como de costume, visitei pacientes que estavam internados, atendi um caso de atropelamento, alguns outros casos mais simples, pode-se dizer que a noite foi tranquila. Durante a madrugada não consegui tirar as palavras de Lucy da minha cabeça, não entendi aonde ela queria chegar ao falar “Não seja tão cego”.


Pensamento on 


        Realmente eu fui muito cego em não reparar na traição do meu “amigo” e da minha namorada. Mas há males que vêm para o bem. O bom da história é S/A e eu não viveremos um relacionamento falso. 


Pensamento off


S/N Pov’s 


        Hoje o dia foi tranquilo, desfiz minhas malas, dei uma geral no apartamento, já que as garrafas de soju e latinhas de cerveja ainda estavam espalhadas no chão da sala, tomei banho e passei á tarde arrumando as coisas de Lee. Estava colocando tudo o que pertencia á ele em uma caixa e mandaria entregar em sua casa, não quero nada dele aqui, quero esquecer que perdi dois anos da minha vida com um traidor. Depois que arrumei tudo, voltei para sala, peguei o notebook e comecei a arrumar meus horários de trabalho. De manhã irei para a empresa e de tarde irei para o Hospital. 


     Lee apareceu no apartamento, mas foi impedido de subir, alertei ao porteiro do prédio que ele não tinha mais permissão. Aproveitei que ele tinha vindo e desci para entregar suas coisas. 


Lee- Que bom que resolveu vir falar comigo meu amor, juro que posso explicar - Seu semblante era esperançoso.
S/N- Não vim falar com você, apenas entregar suas coisas, não quero que venha mais em minha casa ou me ligue, certo ???! Apenas vá embora !- Coloquei a caixa com seus pertences em suas mãos e me virei para ir embora, mas Lee segurou meu pulso.
Lee- S/A por favor, não faz assim .... Não jogue fora o nosso futuro, nossos planos .... 
S/N- Eu não joguei nada fora, você fez isso sozinho, agora me solta ! - Falei encarando sua mão em meu pulso.
Lee- Eu amo você ..... Me liga quando estiver disposta a conversar, vou esperar o tempo que for ! - Soltou o meu pulso e esboçou um pequeno sorriso.
S/A- Não perca seu tempo esperando algo que nunca vai acontecer - Me virei e entrei no elevador. 


            Ele foi meu primeiro namorado, lógico que tive alguns casinhos com garotos da escola e da faculdade, mas nada sério, eles sempre se afastavam, acho que nunca fui boa nessa história de relacionamento.


      Eu não vou perder mais tempo com Lee, eu amava ? Acho que sim, mas ele me traiu e isso não tem perdão, não vale nem as minhas lágrimas, então só vou seguir em frente, quem sabe algum dia eu encontre a pessoa certa. 


Um Mês Depois  


           Hoje irei encontrar a Sr. Jeon, mãe de Jungkook. Ela resolveu vir para Seul já que Jungkook desistiu de viajar para Busan. É sábado, ou seja, estou de folga, então vamos sair para fazer um programa de mulheres. Vamos almoçar juntas e fazer compras, Kook não vai, ele não gosta de ficar esperando enquanto compramos. 


        Está quase na hora de me encontrar com a Sr. Jeon, então resolvo logo pedir um táxi e seguir caminho para o shopping, já que vamos aproveitar e almoçar lá. 


    Ao chegar no shopping sigo para o restaurante onde marcamos de nos encontrar. Me sento á mesa que estava reservada em meu nome e espero minha companhia chegar. Alguns minutos se passaram, até que por fim Sr. Jeon chega. 


S/N- Olá Sr. Jeon, á quanto tempo - Digo animada e lhe dou um abraço apertado. 
Sr. Jeon - Já disse para parar de me chamar de “Sr. Jeon”, você é da família, praticamente a filha que eu não tive, então pode ir parando com essa formalidade toda - Mostrava um grande sorriso e se sentou a mesa junto á mim. 
S/N- Tudo bem Hee, está melhor ? - Sorri 
Hee- Muito melhor - retribuiu meu ato - Mas então, como você tá ? Sei que não é fácil romper um relacionamento longo .... 
S/N- Não se preocupe, eu estou bem ! Foi melhor assim ... Me sinto mais leve, estou mais focada no trabalho agora e isso tem ajudado - Disse enquanto folheava o cardápio. 
Hee- Fico feliz em saber disso. Torço muito pela sua felicidade S/A, você é uma menina de ouro. 
S/N- Obrigada Hee - esbocei um sorriso.


        Escolhemos nossos pratos e confesso que pedi muita comida. Adorava aquele restaurante. Meia hora depois nossos pedidos chegaram e os pratos estavam excelentes, como de costume. Em seguida fomos andar pelo shopping e acabamos parando em diversas  lojas. 


Hee- Vamos nessa loja S/A, estou precisando comprar sapatos novos - Disse empolgada.
S/N- Essa loja tem sapatos lindos, acho que são do seu gosto.

 
    Ao entrarmos na loja, nos deparamos com lindos saltos, botas, sandálias, tudo estava ótimo, até que uma vendedora se aproxima.

 
Vendedora- Olá, posso ajudá-las?! - Falou sorridente 
S/N- Olá .... Sabe me dizer que cheiro é esse ?! - O cheiro era tão doce que meu estômago começou a embrulhar 
Vendedora - Acho que é o meu perfume, algum problema ? 
Hee- S/N você está pálida, está passando mal ? - Seu tom era de preocupação. 
S/N- Preciso ir ao banheiro..... - Saí às pressas da loja e corri para o banheiro mais próximo, Hee vinha atrás me seguindo. 


       Quando cheguei ao banheiro corri até a privada mais próxima e vomitei, vomitei tudo o que tinha comido no almoço. Sabia que não deveria ter exagerado, meu estômago anda muito mal esses dias, minha gastrite resolveu atacar novamente. Quando acabei, me levantei e fui até a pia do banheiro, lavei meu rosto e respirei fundo. 


Hee- S/N venha, vamos nos sentar, você está fraca - Me puxou para fora do banheiro e me direcionou para um banco que tinha ali perto.
S/N- Está tudo bem, passou, foi só um enjoo - Ditei calma.
Hee- O que você tem menina ? Saiu correndo feito um louca e vomitou tudo o que tinha comido. 
S/N- Foi só minha gastrite atacando mais uma vez, não se preocupe. 
Hee- Acho melhor irmos embora... Vou ligar para Jungkook vir nos buscar ! 
S/N - Nao precisa, eu me sinto b... - Parei de falar quando percebi que Hee me ignorava e já falava com Jungkook no celular.
Hee- Pronto, ele tá vindo nos buscar. 


   Cerca de 15 minutos depois Jungkook chegou. E perguntou o motivo de voltarmos tão cedo. 


Hee- S/N passou mal, vomitou tudo o que nós comemos - Ditou simplista 
JK- Isso é verdade dona S/N ???? - Me olhou pelo retrovisor 
S/N- Não é nada demais, minha gastrite tem atacado esses dias e hoje eu exagerei na comida ... Não se preocupem, eu tô bem ! - Sorri tentando passar confiança. 
JK- Então essa não foi a primeira vez que você passou mal ! Porque não me disse nada ???
S/N- Não queria te preocupar, é só minha gastrite. Daqui a pouco estou 100% novamente.


    Fomos para minha casa, Sr. Jeon e Jungkook ficaram para “cuidar” de mim, mas eu não preciso de cuidados. Me sinto bem melhor, não tem a necessidade deles ficarem. Hee resolveu ir preparar uma sopa para que eu me alimente bem e fez prometer que iria marcar um Gastro para averiguar esse meu problema de estômago. Eu e Jungkook ficamos jogando vídeo game enquanto a sopa não ficava pronta. Alguns minutos depois Hee me chamou para comer. Quando cheguei a cozinha e olhei para a sopa, aquele embrulho no estômago voltou e tive que correr para o banheiro novamente. Eu vomitei tudo o que tinha comido no café da manhã, já que o almoço já tinha ido embora. Antes de sair do banheiro, lavei o rosto e escovei os dentes. 


  Jungkook e Hee me olhavam preocupados quando finalmente voltei á sala.


S/N- Nao me olhem assim, eu vou ficar bem ! - Forcei um mínimo sorriso.
Hee- S/A...... você tem certeza que isso é sua gastrite ?
S/N- Lógico que eu tenho, o que mais poderia ser ??! 
Hee- Você não acha que pode tá grávida de Lee ? - Disse me olhando fixamente. 
JK- Eles terminaram faz quase um mês e sem contar que antes do término passaram outro mês sem se verem... Acho improvável, o que eu realmente acredito é que deveríamos ir ao hospital, sua gastrite atacou com muita força, se continuar assim, você irá se desidratar - Disse fazendo carinho em meu cabelos. 
S/N- Hee não existe a possibilidade de estar grávida de Lee e caso estivesse, já deveria estar com uma barriguinha. Nós já não transávamos muito antes da minha viajem para os EUA.... - Estava envergonha em falar sobre esse assunto. 
Hee- Bom, se é assim.... Me prometa que irá um gastro o mais rápido possível ??! 
S/N- Prometo - Sorri 
JK- E eu vou junto, você não toma jeito, sempre comendo porcaria e passando mal. Agora vou me certificar que você vai fazer tudo o que o médico mandar ! - Continuou a acariciar meus cabelos.
S/N- Me desculpe pela sopa, a senhora foi tão gentil em fazê-la para mim. Juro que quando me sentir melhor irei tomá-la. 
Hee- Nao se preocupe com isso... Você precisa descansar, acho melhor você dormir um pouco. 
S/N- Concordo com a senhora 
JK- Eu vou ficar aqui cuidando de você ! - Me olhou e deu um sorrisinho. 
S/N- Nao vai não, você vai fazer companhia á sua mãe, eu vou ficar bem ! - Sorri tentando passar confiança. 


         Jungkook insistiu de todas as formas ficar para cuidar de mim, mas finalmente se deu por vencido e foi para casa junto á Sr. Jeon. 
Confesso que queria que os dois fossem embora o mais rápido possível, Hee instalou uma dúvida em minha cabeça, mas não pode ser.


Pensamento on 


Grávida de Lee eu tenho certeza que não estou, mas quanto a minha noite com Kookie... Não lembro se usamos proteção. 


Pensamento off 


         Eu me cuido, tomo anticoncepcional, porém eu tenho fortes crises de enxaqueca e a medicação é muito forte e ela acaba cortando o efeito do anticoncepcional. E tive uma crise mês passado. Espero que seja só paranoia da minha cabeça, mas por via das dúvidas, vou ligar para farmácia e pedir um desses testes de gravidez.
 


Notas Finais


Bom, eu realmente não sei se tão gostando da minha história.... Ninguém se manifestou quanto á isso e tô ficando um tanto quanto desanimada de continuar....
Mas enfim, tentarei postar postar na sexta ou no sábado.


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...