História Just One Night - Capítulo 4


Escrita por:

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS)
Tags Imagine Jungkook
Visualizações 85
Palavras 1.894
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 16 ANOS
Gêneros: Comédia, Romance e Novela, Shoujo (Romântico)
Avisos: Adultério, Álcool, Heterossexualidade, Insinuação de sexo
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Olááááááááááááááá !
Capítulo novo, espero que gostem <3<3

Capítulo 4 - Result


Fanfic / Fanfiction Just One Night - Capítulo 4 - Result


       Sabe aqueles breves momentos que a coragem bate e você toma as atitudes que gostaria de ter sempre, mas não faz por justamente não a ter ?! Então, é exatamente assim que eu estou, liguei para a farmácia, pedi o bendito teste de gravidez, ele está aqui na minha frente. A minha onda coragem foi embora assim que o entregador chegou e entregou minha compra. 
     Estou nervosa, ansiosa, assustada. Isso não pode acontecer, não assim. Eu sempre idealizei o momento em que teria uma filho, deveria estar casada, em uma casa maior, mas não é nada disso que está acontecendo. Estou aqui prestes a fazer um exame de gravidez, que der positivo não saberei o que fazer. Kookie nunca quis ser pai, desde que o conheço ele tem esse pensamento, sempre brinquei falando que “A garota” mudaria seus pensamentos, mas era só uma brincadeira. 


Pensamento on


     A Sr. Jeon criou Jungkook sozinha, o pai de Kookie sumiu assim que descobriu que Hee estava grávida. Ela trabalhou arduamente para conseguir dar uma vida melhor para seu filho. Quando ela engravidou, estava morando aqui em Seul, conseguiu uma bolsa de estudos e com isso um dormitório na faculdade. Trabalhava meio expediente como garçonete em uma lanchonete para conseguir se manter aqui, já que seus pais não poderiam ajudá-la. Quando conheceu o pai de Jungkook, ele foi encantador, mas assim que conseguiu o queria começou a desprezar Hee e quando soube que a mesma estava esperando um filho seu, tratou logo de sumir. 
       Sr. Jeon fazia faculdade de gastronomia, mas teve abandonar, precisava trabalhar e ganhar dinheiro para sustentar seu filho. Ela teve que voltar para Busan, seus pais ajudaram em tudo que podiam, mas a condição financeira deles era  complicada. 
     A mãe de Jungkook começou então a fazer doces e sair vendendo nas ruas de Busan, ainda grávida. Com o tempo seus doces foram ficando conhecidos e requisitados por todos, hoje ela possui uma das maiores confeitarias da Coréia, altamente renomada. 
    Jungkook nunca soube o que era ter um pai, o máximo de figura paterna que ele teve foi seu avô, mas o mesmo faleceu quando Kookie ainda tinha 5 anos, então não tem tantas memórias. Ele vive falando que não se importa com isso, que nunca precisou de pai para nada, mas sei que ele se sente mal por isso. Acredito ser o motivo de não querer ter filhos.


Pensamento off


      Vamos lá S/N, é só fazer xixi no palitinho e ver o resultado. Não vai dar positivo, deve ser só um atraso na menstruação, daqui a pouco ela desce e você vai rir desse momento depois. É isso, vou esperar mais alguns dias, é normal a menstruação atrasar, não tenho pressa. Resolvo então guardar o teste de gravidez no armário do banheiro e esperar mais alguns dias. 
Horas Depois 
    Já eram quase dez da noite e eu estava largada no sofá olhando a programação dos canais, mas tá uma droga, tudo está relacionado á gravidez e bebês. Então resolvo ir ao banheiro e pegar o teste. Mais uma vez estou o encarando, isso não deveria ser assim, era pra estar feliz ! Um bebê melhora tudo, mas estou com tanto medo de toda a situação que irá se formar, caso eu esteja realmente grávida. Não consigo nem imaginar o quão desastrosa será a reação de Kookie. 
Pensamento on
    Então resolvo fazer o maldito teste, quem eu estava querendo enganar ???? Minha menstruação estava atrasada faz quase um mês. Se estiver grávida não sei como contar ao Kookie... 


Pensamento off


    Abro a caixa, faço xixi no palitinho e espero. Nas instruções da caixa diz que um pauzinho é negativo, 2 pauzinhos é positivo, fala também que demora de 3 a 5 minutos para o resultado. 
    Ainda estou aqui imóvel olhando para o teste feito e esperando o resultado, até que escuto batidas na porta, então guardei o teste novamente no armário do banheiro e não olhei o resultado, queria adiar ao máximo esse momento. 
   As batidas na porta não estavam mais sozinhas, uma voz chamando o meu nome às acompanhavam. Conheço muito bem aquela voz, era aquele idiota. 
S/N- Será que dá pra você para de fazer tanta zoada ? - Abri a porta e o encarei. 
JK- Nao faria barulho algum se alguém tivesse atendido às minhas ligações e ter deixado a porta aberta - Disse entrando em minha casa
S/N - O que você pensa que está fazendo ??? 
JK- Como assim ?
S/N- Odeio quando você se faz de sonso ! Você sabe muito bem do que eu estou me referindo. 
JK- É assim que você me trata ?? Eu vim aqui pra te fazer companhia, saber como você estava - Falou manhoso. 
S/N- Sua mãe está na cidade, ela veio ver você, não perca o tempo que pode ficar com ela ! 
JK- Eu sei, mas ela mesmo me pediu pra vir ficar aqui com você, ela também está preocupada.
S/N- Eu tô bem, agora você já pode ir - Empurrei Kookie até a porta.
JK- Olha, você para de ser chata, eu não vou embora - Kookie me pegou no colo e me levou até o sofá, começou a fazer cosquinhas. Ele conhecia todos os meus pontos fracos - Eu só paro de fazer quando você me deixar ficar !
S/N- Vo...cê vai em..bo..ra - Tentei falar enquanto gargalhava.
JK- É assim que vai agir ? Então ótimo, aguente as consequências- Me encarou e começou a fazer cosquinhas nos meus pés, ali era minha aérea mais sensível. 
S/N- Tá.... b....om, você pode fi... car - Disse ainda gargalhando 
JK- Ótimo ! Esse truque nunca falha ... - Disse risonho -Então vamos assistir um filme ?! 
S/N- Você ainda me paga ! - Ainda estava tentando recuperar o fôlego, Kookie apenas deu seu lindo sorriso em resposta - O que você quer ver ? 
JK- Um filme de comédia talvez ? - Pegou o controle da televisão e começou a olhar a programação. 
S/N- Não tem nada passando ! - Respirei fundo e cruzei os braços.
JK- Realmente .... Só tem coisas sobre gravidez, pais desesperados e bebês que só fazem chorar. Não sei como alguém aguenta isso ! 
S/N- Kookie não fala assim .... um bebê sempre é algo bom, um presente - O encarei esperando uma reação.
JK- Eu não acho isso... Eu não fui um presente ! - Colocou em algum canal aleatório e abaixou sua cabeça.
S/N- Não fala isso, você foi um presente pra sua mãe, pra mim ! Minha vida seria uma droga se não tivesse o meu Kookie, meu idiota particular ! - O abracei de lado e depositei um beijo em sua bochecha.
JK- Você não existe .... - Esboçou um pequeno sorriso - Mas então ... como você está se sentindo ? Vomitou mais depois que fui embora ? - 
S/N- Me sinto bem e eu não vomitei mais ! - Falei tentando passar confiança, mas a minha cabeça estava á mil, apenas lembrando do teste de gravidez e  qual seria o resultado. 
JK- Você tá escondendo alguma coisa ! Pode ir falando - Continuou a me encarar. 
S/N- Não estou escondendo nada, eu estou bem, os enjoos passaram.... Mas eu ainda não consegui comer, a sopa que sua mãe fez e parece ser tão gostosa, mas só de olhá-la meu estômago embrulha. 
JK- Você precisa comer ! Precisa se cuidar ! - Parecia estar irritado - S/A você tem que tomar jeito, vive adoecendo- Voltou ao seu tom habitual de preocupação.
S/N- Prometo tentar melhorar, vou me alimentar melhor e quem sabe ate começo a me exercitar ?/! Tá bom assim Senhor Jeon Jungkook ? - Falei em tom de deboche.
JK- Está ótimo assim ! Agora você precisa comer, vou preparar alguma coisa saudável ! - Se levantou do sofá e já estava seguindo para cozinha quando o interrompi. 
S/N- Você não vai cozinhar, vou pedir uma pizza - Disse risonha.
JK- S/N você acabou de me falar que iria se cuidar e já quer pedir besteira, enquanto passou o dia todo vomitando ?????? - Falava indignado. 
S/N- Por favor Oppa ...- Jungkook nunca resistia quando o chamava de Oppa.
JK- Odeio quando faz isso ....... Mas tá bom, você venceu... Pode pedir pizza, mas se vomitar depois terá que ir comigo ao hospital, certo ???
S/N- Você é o melhor ! - pulei em sua direção e lhe dei um abraço.
JK- Você é muito espertinha, sabe como eu fico quando me chama de “Oppa” - Bagunçou meus cabelos e sorriu. 
S/N- Chega de enrolação, vou pedir a  pizza - Me desvencilhei dos braços de meu amigo e corri para o telefone e fiz o pedido. 
     Enquanto a pizza não chegava, ficamos falando das nossas aventuras quando éramos adolescentes, da minha chegada na Coréia e como nos conhecemos. 


Pensamento on 


     Quando cheguei a Coréia, mais precisamente em Busan, tinha apenas 16 anos, iria começar o segundo ano do ensino médio. Me mudei por conta do trabalho dos meus pais. Meu pai ganharia uma promoção, mas para isso precisaria assumir um cargo importante na empresa em que trabalhava e teria que passar 2 anos na Coréia. Ele aceitou de prontidão, então eu, papai, mamãe e meus dois irmãos nos mudamos para Coréia. 
    Quando os dois anos se passaram, nós teríamos que voltar para o Brasil, mas eu não queria voltar. Tinha construído uma vida, além de ter passado na faculdade que queria e ainda mais, Kookie tinha passado junto á mim. Conversei bastante com a minha família, até que por fim eles me deixaram ficar e pediram pra Kookie cuidar de mim, acho que por isso ele é tão protetor. 


Pensamentos off 


   Finalmente a pizza chegou, estava tão cheirosa e bonita que quando dei por mim já estava comendo desesperada, sim, estava morrendo de fome. 
JK- Você tá me assustando - Me olhava incrédulo. 
S/N- Para com isso, eu passei o dia vomitando tudo o que comia ....  Estou morta de fome - Falei com a boca cheia. 
JK- Só espero que não passe mal durante á noite.... Já vou logo avisando que não vou segurar seu cabelo enquanto vomita. 
S/N- Achei que você tinha vindo para cuidar de mim, mas só sabe me criticar ! - Disse manhosa. 
JK- E vim com esse intuito, mas você está assustadora... Será que eu posso pegar um pedaço ou você me mata se eu fizer isso ?! - Tinha um pequeno sorriso em seu rosto. 
S/N- Você não tá merecendo, mas como eu sou uma excelente amiga, vou deixar você pegar - Disse sorridente. 


Conversamos até as duas da madrugada, até que por fim acabamos dormindo. 


   Acordei eram quase cinco horas da manhã, meu estômago estava revirando, já sabia o que iria acontecer, então me levantei com cuidado para não acordar Kookie e assim que conseguir sair da cama, corri até o banheiro e tranquei a porta. Me agachei até a privada, ficando frente a frente com a mesma e comecei a colocar tudo para fora, quando finalmente terminei, me levantei, escovei os dentes e quando estava prestes a sair do banheiro, me lembrei do teste. Abri o armário com cuidado e peguei o teste. 
    Aquela falta de coragem voltou a me dominar, não queria ver o resultado, mas não adiantaria nada adiar mais aquele momento, então olhei o resultado. 
Dois pauzinhos.
 


Notas Finais


Genteeeeee que Intro foi essa, tudo perfeito.
Melodia, voz, MV, Jin ( neném lindo), não tenho palavras para definir meu amor por Epiphany <3 <3<3
Espero que curtam o episódio e deixem sugestões para os próximos capítulos !
Como será que o Kookie irá reagir ??????????
bjs :)


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...