História Just One Night - Capítulo 2


Escrita por:

Postado
Categorias Barbara Palvin, Justin Bieber, Kylie Jenner, Zayn Malik
Personagens Kylie Jenner, Zayn Malik
Visualizações 24
Palavras 2.143
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Crossover, Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Suspense
Avisos: Insinuação de sexo, Sexo
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Demorei mais que o esperado, me perdoem, estava se ideias para esse primeiro capítulo.


Esse capítulo acabou de ser escrito, então ignorem os erros!!!!!!

Capítulo 2 - Capítulo 2


Fanfic / Fanfiction Just One Night - Capítulo 2 - Capítulo 2


Point of View Kylie Jenner 


Estava ensaiando para mais um dia de trabalho, confesso que é cansativo passar a madrugada inteira em cima de um palco com vários homens nojentos te comendo com os olhos. Mas eu preciso disso para sobreviver, minha vida nunca foi fácil. Mas tento ao máximo não deixar que nada me abale. 



Eu amo o que eu faço, mas se eu pudesse faria tudo diferente, mas o que esperar de uma menina que foi criada sem os pais? Fui criada pela minha Tia Morgana, uma mulher viciada em álcool. Gastava todo nosso dinheiro em bebidas. Me sentia na necessidade de trabalhar. Foi até então que eu conheci a Susan, dona da maior boate de Nova Iorque. 



No início eu não aceitei, porque eles sempre acabam mentindo para você, mas na realidade te colocam para se prostituir, mas comigo não foi assim, desde que cheguei fui apenas dançarina. Às vezes eu fazia stripper por ganhar melhor ainda.



Susan é como uma mãe pra mim aqui dentro, me acolheu da melhor forma possível. Me deu onde morar, me deu comida, roupas e nunca me deixou se prostituir. ela dizia que eu não estava ali para isso, meu sonho era dançar e não vender meu corpo a troco de dinheiro. Isso foi a coisa que mais me fez se apegar nela. Sempre que preciso de alguma coisa é ela quem está comigo. Eu amo essa mulher. 



- Kylie, preciso que você faça sua melhor apresentação hoje. Teremos duas pessoas muito importantes aqui, essa noite nosso dinheiro irá render mais ainda - Disse a Susan. 



- Tudo bem, mas posso saber quem é os importantes? - perguntei curiosa.



- Justin Bieber e Zayn Malik. Reservaram as melhores bebidas. E uma mesa de frente para o palco, hoje você e a Barbara são atração da noite. Vão se arrumar porque a noite vai ser longa - saiu do meu quarto batendo a porta. 



[....] 



Já tínhamos escolhido performance da noite, seria Dance for you. Passamos mais de um mês ensaiando essa música, para tudo sair perfeito. Até porque é muito difícil conseguir chegar no nível da Beyoncé, mas vamos dar o nosso máximo para sair da melhor forma possível. 



Já estava na hora de entrar no palco, comigo iria a Bárbara e a Sara. Minhas melhores amigas desde que entrei aqui. 



Entramos no palco sentando de costas para o público porque o começo da dançar era em uma cadeira. Movemos o nosso corpo de acordo com cada batida. Em certa parte da música saímos do fundo e fomos até a frente do palco. Onde descemos aqui o chão, e subimos rebolando. 


Era tudo na mais perfeita sincronia, os homens jogava dinheiro no palco. Teve uma hora que a Bárbara se abaixou e colocaram uma nota de cem dólares no seu peito. Finalizamos nossa dança com vários aplausos e várias notas de dinheiro no palco. Logo alguém viria recolher para fazer a divisão de cada uma. 


Depois trocamos de roupas e fomos curtir à noite da melhor forma possível.



Point of View Zayn  Malik 


Tinha acabado de chegar na boate mais famosa de Nova Iorque junto com o Justin. Ele me disse que aqui tem as melhores mulheres da cidade.


- Vamos sentar ali na frente. Hoje a Kylie vai dançar. Ai papai, essa mulher é tudo de bom - Disse esfregando a mão.


Sentamos nas primeiras mesas que tinha bem de frente para o palco. 


Começou a tocar dance for you, e do nada apagou as luzes, deixando apenas em cima do palco. Na onde tinha três mulheres de costas para nós sentadas em uma cadeira. Elas dançavam passando a mãos pelo corpo, se movendo de um lado para o outro. Elas levantaram de cadeira e vieram para o meio do palco ainda dançando. A do cabelo preto estava com um vestido brilhante e saltos altos enormes. 



Elas dançavam passando a mão por todo corpo, rebolava conforme a batida da música. Teve uma hora que elas desceram até o chão e subiram rebolando. 



Eu estava hipnotizado pela forma que a morena de cabelos longos dançava, ela fazia tudo sem medo de errar. As caras que ela fazia deixava todos os homens loucos. Tinha dinheiro para todos os lados. Teve uma hora que a loira dos olhos azuis abaixou e colocaram uma nota de cem dólares no seu seio. 



- Muito bem meninas, essa foi a coreografia principal da noite. Algumas das nossas meninas estará disponível essa noite - diz à mulher em cima do palco com um microfone na mão. 



- Eu vou na de olhos azuis, falou irmão. - Justin bateu na na minha mão e foi atrás das meninas. 



Como eu não sabia o que fazer, fui até o bar, e lá estava a morena que mais me chamou atenção naquela dança. A forma que ela dançava me fez ter pensamentos impróprios. 



- Posso me sentar aqui? 



- Senta. O que vai querer beber? 



- Whisky com Coco. - respondi sentando ao seu lado. Como é o nome dessa bela moça. 



- Kylie Jenner. Mas aqui sou conhecida como Kristen. Zayn Malik, o que devo a honra de sua visita em uma boate como essa? - perguntou colocando o copo na minha frente. 



- Meu amigo disse que aqui tinha as melhores mulher. E não mentiu, estou de frente para a mais bela dama - encarei todo seu corpo e passei a língua nos lábios. 



- Justin Bieber já foi atrás da minha amiga - soltou uma risada - ele é rápido. 



- Posso ser rápido como ele, só você aceitar dançar comigo - me levantei e estendi minha mão para ela.



Point of View Kylie Jenner 




Zayn estava me chamando para dançar e eu não podia perder essa oportunidade, ele é um homem gostoso. 



Fomos até o centro da boate enquanto tocava work da Rihanna. Virei de costas para ele rebolando minha bunda, enquanto ele agarrou na minha cintura me ajudando com meus movimentos. Eu dançava no ritmo da música sentindo ele me apertar cada vez mais. Ele me virou para ele e atacou minha boca, coloquei minhas mãos no seu pescoço o puxando mais para mim. Ele desceu sua mão por todo o meu corpo parando na minha bunda. 



- Vamos para minha casa - sussurrou entre nosso beijo. 



- Pra quê? Aqui tem quartos - respondi com a boca colada na sua. 



- Porquê na minha casa e mais confortável e melhor. 



Apenas assenti com a cabeça, e saímos da boate de mãos dadas. Tinha alguns fotógrafos e acabei abaixando minha cabeça e tampando os meus olhos. No momento eu nem me preocupei com isso, queria apenas curtir à noite ao lado do moreno. 


Fomos o caminho todo em silêncio. Não era tão longe a sua casa, em menos de quinze minutos estávamos de frente para uma enorme mansão. Uau, confesso que fiquei surpresa pela estrutura da casa. 



Ele desceu o carro e deu a mão para mim, na porta da casa ele já veio me agarrando e me pegando no colo. Subimos as escadas ainda nos beijando, enquanto eu puxava seus cabelos. Ele abriu a porta do quarto e me jogou em cima daquela cama enorme. 



Fiquei meio sem saber o que fazer, pela primeira vez estava com vergonha de estar com um homem.



- Não se controle, Kylie, se quiser me beijar, me beije, se quiser transar comigo, transe. Se quiser dormir, iremos dormir. Irei fazer apenas aquilo que me permitir. Eu sei respeitar o limite de um mulher. Por isso que vamos fazer apenas o que você quiser.



-Então, eu quero que você me beije, até sentirmos vontade de tirar a roupa.


Quando menos esperei Zayn atacou meu pescoço, ele subiu o beijo até meu rosto, e ficou apenas roçando nossos lábios.


-Me beija logo porra.



isso foi o ápice para ele atacar meu lábio de forma rápida, nosso beijo era rápido, e nossas línguas brigavam por espaço, ele chupou minha língua me fazendo gemer entre o beijo, dei uma mordida no seu lábio inferior e voltei a beijá-lo de forma lenta, apenas apreciando o gosto do seus lábios. O ar resolveu faltar e tivemos que nos separar.



-Até que você não beija mal, senhor Malik. – fiz uma pequena piadinha.



-Essa sua boca é incrível, já a imagino em outros lugares. – disse beijando meu pescoço.


-Ai seu safado. – dei um tapa no seu braço. – sua boca fazeria um bom trabalho em outro lugar também.  



- Eu estou morrendo de vontade de te beijar, te tocar, estar dentro de você - falou mordendo minha orelha. 



- mostre-me que és tudo isso, senhor Malik. 




Isso foi minha deixa, para que ele atacasse minha boca, de forma rápida, nosso beijo era cheio de desejo. Ele desceu os beijos para o meu pescoço, e revezava entre mordidas, beijos e chupadas. Zayn estava tão apressado, que já estava se livrando da minhas roupas, me deixando apenas lingerie. Ele livrou-se do meu sutiã, e começou a chupar meu seio e o outro apertava com sua mão. Ele deu uma chupada tão forte que me deu mais prazer ainda. 



- Acho isso injusto. Estamos em desvantagem, você está completamente vestido - falei tirando sua blusa, e ele se livrou da sua calça, ficando apenas de cueca box branca que marcava seu pau, grande e duro. 



- Acho eu vou te levar ao céu, baby - fez uma trilha de beijos até a barra da minha calcinha, quando percebi ele tinha a rasgado. 




- Anda logo com isso - digo apressada. 




Ele começou a movimentar seus dedos na minha boceta de forma lenta, que estava me torturando. Ele abriu meus lábios maiores e Chupou várias vezes. 




- Você está tão molhada - falou introduzindo dois dedos dentro de mim. 



Até que ele os tirou de dentro de mim, e penetrou-me com sua língua, fazendo movimentos de cima para baixo. Eu não tinha controle dos meus gemidos, pois ele sabia como trabalhar com sua língua. 




Zay..nnn, eu vou gozar, por favor não pare - falei entre os gemidos. 



Isso foi o ápice para ele acelerar os movimentos do meu dedo dentro de mim, ele os movimentava de forma rápida, já sentia um arrepio pelo meu corpo. Foi quando não aguentei e gozei na sua boca, onde ele fez questão de engolir tudo. 




- Você foi muito bom, agora é minha vez de te deixar louco - falei subindo em cima do seu corpo e tirando sua cueca, seu membro era grande e grosso,  perfeitos para mim. 




Ele ficou de pé, enquanto eu ajoelhei na sua frente. Peguei seu pênis em minhas mãos e comecei a fazer movimentos de cima para baixo, meus movimentos eram rápidos e Zayn soltava uns suspiros. 




Coloquei  seu pênis na minha boca e o que não coube masturbei com minha mão, segurei em seu pênis e passei a língua em volta da sua cabecinha, ele gemeu de forma alta. 



Chupei suas bolas olhando nos seus olhos, vendo o prazer estampado no seu rosto, senti as veias do seu pau se engrossarem e aumentei a velocidade do meus movimentos e ele gozou na minha boca, engoli todo o seu líquido, e passando a mão em volta da minha boca. 




Ele puxou-me para cima, e jogou-me na cama e me beijou, fazendo nossos gostos se misturarem. 



- Você é tão gostosa, mas agora eu vou te foder da melhor forma possível. 



- Só estamos esquecendo de uma coisa, a camisinha - falei entrei o beijo. 



Ele abriu a gaveta do meu lado e tirou de lá o pacote, o rasgou com os dentes e colocou no seu pau. 




Sem nem me avisar, ele me penetrou de forma lenta, depois de mais algumas estocadas ele aumentou seus movimentos. Fazendo-me gemer descontroladamente. 



- Mais rápido - praticamente implorei e ele com certeza atendeu o meu pedido. 



O puxei para mim e beijei o seus lábios, fazendo com que nossos gemidos sejam abafados. 




O Empurrei de cima de mim, fazendo com que ele caísse em cima da cama. E sentei lentamente no seu pau. Ele segurou na minha cintura, ajudando-me com meus movimentos. 




Eu rebolava de forma lenta no seu pau, fazendo com que ele gemesse em meu ouvido, me incentivando a continuar. Senti minhas pernas estremecerem e gozei no seu pau. 



Ele jogou-me na cama, e não parou de me penetrar até que ele gozou gemendo o meu nome. Seu corpo caiu por cima do meu, estávamos suados e cansados. Ele acabou comigo literalmente. 




- Uau - foi tudo o que conseguir falar. 




- Você foi maravilhosa - falou me dando um selinho - vamos tomar banho? 



- Vamos, mas só banho, ok? - ele concordou com a cabeça e levantamos da cama, e fomos para o banheiro. 



Tomamos um banho sem malícia, rolou alguns beijos e mãos bobas, mas não passou disso. 






Notas Finais


Eu só queria deixar claro que a fanfic está sendo rápida assim por causa do tema dela, nesse capítulo tivemos a primeira vez deles, mas terá muito mais até acontecer o previsto.


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...