História Just One Yesterday - Capítulo 11


Escrita por:

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS)
Personagens Park Jimin (Jimin)
Visualizações 111
Palavras 1.518
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Romance e Novela, Shoujo (Romântico)
Avisos: Álcool, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


SURPRISE!!!!

Aproveitando o clima de comeback trouxe mais um capítulo para vocês.

Espero que gostem.
Boa leitura

Capítulo 11 - Confissão - parte II


Fanfic / Fanfiction Just One Yesterday - Capítulo 11 - Confissão - parte II

É minha vez de acordar a Hannah.

Sento-me apoiada sobre os pés dela e observo a boca entreaberta de Hanna que apresentava uma fina linha de saliva escorrendo por seus lábios. Rio de sua cara amassada e do emaranhado cacheado ruivo que seu cabelo se tornou. Cutuco seu ombro pela vigésima quinta vez enquanto ela resmunga algo indecifrável.

-Hannah, acorde. – digo quase que num sussurro.

-Não... –  ela murmura.

-Hannah, acorde logo senão tiro uma foto dessa sua cara de fuinha e envio no grupo -  ameaço e em segundos ela se levanta me fitando com uma das sobrancelhas erguidas.

- Você não teria coragem... – me desafia e eu rio.

- Não teria mesmo! - confesso e ela me dá um tapa nos ombros – Aí!!

- Sua cretina... O que aconteceu para me acordar tão cedo assim? – ela pega o celular embaixo do travesseiro e olha as horas – Não são nem 7 da manhã.

-Preciso te contar algo – começo – Jimin se declarou para mim...

- Se declarou? – minha amiga arregala seus grandes olhos cor de mel - como assim?

Então lhe conto todos os detalhes da nossa conversa na noite anterior que resultou em sua confissão. Só não contaria que tal fato me fez passar a noite toda acordada suspirando que nem uma idiota apaixonada. Mas espera, eu era uma idiota apaixonada!

- E agora, o que você pretende fazer?- me questiona – eu não quero te ver machucada nessa história Bea...

- Eu sei Hannah... E eu  também tenho medo disso acontecer! Por isso mesmo não irei me precipitar, vou deixar as coisas rolarem e se tiver que acontecer que aconteça!

- Essa é a minha garota e já vou avisando que se Jimin partir seu coração eu chuto as bolas dele! – Hannah diz me abraçando e eu solto uma gargalhada.

- Tenho certeza que sim – respondo – agora se arruma e vamos descer para tomar café. Vamos ter um dia cheio hoje!

E assim Hannah segue para o banheiro enquanto eu desço e preparo o café da manhã. Minutos depois estou no fogão fazendo panquecas e inesperadamente sinto uma presença, decido olhar para ver quem é, e para a minha surpresa ou não dou de cara com Jimin me observando, me fazendo corar imediatamente.

- Há quanto tempo você está me observando senhor stalker? - pergunto-lhe estreitando os olhos o fazendo sorrir.

- O bastante para te ouvir cantar duas músicas inteiras Bea, acho que fiquei surdo – ele diz levando as mãos ao ouvido.

- Babaca! -  reviro os olhos e Jimin ri da minha reação.

- Precisa de ajuda? – questiona se aproximando de mim.

-Não mesmo - lhe respondo e ele se aproxima passando os dedos por minhas bochechas antes de depositar um selar em meus lábios.

- ‘Tava’ sujo de farinha. – ele diz.

Eu acho que vou morrer meu Deus! Ter Jimin assim tão perto e me tratando dessa forma é mais do que eu sonhei um dia. Aproximo-me mais uma vez na intenção de lhe roubar um beijo quando alguém pigarreia e eu agradeço mentalmente por ter sido Hannah.

Jimin então se afasta e senta-se à mesa ao lado de Hannah. Não demora e papai se junta á nós sendo seguido por Adam que parece ter sido atropelado por um trator.... Coitado!

- Você está horrível Adam - Hannah se adianta.

- Passei a noite acordado jogando Freefire – ele admite suspirando pesado.

- E como você conseguiu dormir assim Jimin?- ela se vira para ele que brinca com a panqueca em seu prato igual uma criança.

Ele parece estar em outro mundo.

-Jimin? – Hannah o chama mais uma vez.

- Hum?! – ele responde e todos caímos na gargalhada.

- Perguntei como conseguiu dormir com o Adam jogando a noite toda – esclarece.

-Eu estava bem cansado – confessa

- ‘Tava’ tão cansado que nem o barulho atrapalhou seu sonho- Adam diz- esse cara sorriu a noite inteira.

-Tive meus motivos- Jimin diz piscando para mim me fazendo corar.

Malditas borboletas!

Terminamos então o café em silêncio e seguimos para o quintal. Jogamos cartas com papai até quase o Pôr Do sol e depois de juntar nossas coisas pegamos nosso caminho de volta para nossas casas.

 Dessa vez Adam se ofereceu para ir sentado na frente juntamente com meu pai e eu acabo me sentando no meio de Jimin e Hannah. Adam agora toma conta da playlist, Hannah dorme com a cabeça encostada em meu ombro e Jimin agora segura minha mão entrelaçando nossos dedos. O toque de Jimin agora possuía um efeito diferente sobre mim, me sentia inebriada, extasiada, apenas com o contato de nossas mãos.

Passamos a viagem toda assim de mãos dadas. Confesso que nem vi a hora passar e quando me assustei já havíamos chegado. Despedi-me dos meus amigos e segui para o meu quarto. Eu estava exausta!

Separei então um par de roupas e me enfiei o mais rápido que pude no banheiro. Enquanto sentia a água quente cair sobre toda a extensão do meu corpo me lembrei dos ocorridos no dia anterior e não pude deixar de sorrir. Troquei-me e antes que eu pudesse descer para procurar algo para comer meu celular vibrou, me avisando que eu havia acabado de receber uma mensagem.

“ O que está fazendo?”

Era Jimin.

“ Tô’ indo procurar algo para comer, estou faminta (*^_^*) “

“LOL

Que tal pedirmos pizza?”

“Hum?!”

“Chego em 10 minutos ٩(♡ε♡ )۶”

 

Dou um pulo da cama.

Jimin estava vindo? Corro para o banheiro, escovo meus dentes em velocidade luz e em menos de dez minutos ouço batidas na porta e sua cabeleira castanha surge entre a porta.

10 minutos? Mentiroso...

- Você disse que chegaria em dez minutos... – murmuro.

- Se eu tivesse me atrasado você estaria brigando comigo – ele responde sorrindo – além do mais eu estava com saudades...

- Que mentira – estreito os olhos em sua direção e Jimin sorri se aproximando de mim, me envolvendo em seus braços.

- Já pedi sua pizza favorita, podemos ver um filme também? – ele sugere

- Com certeza – o empurro em direção à cama e logo Jimin já está acomodado.

- Eu escolho ou você escolhe?- ele questiona

- Dessa vez eu escolho, vamos maratonar Senhor dos Anéis – digo e Jimin faz um biquinho

- De novo? Já vimos esse filme mais de vinte vezes Bea...

- Se reclamar vamos ver mais de cem – me acomodo do seu lado ligando a tv e selecionando o filme.

Minutos depois papai avisa que a pizza chegou e Jimin vai busca-la, retornando com duas caixas de pizza e um refrigerante.

- Duas pizzas? – arregalo os olhos–  você ficou maluco?

- Você come por um batalhão Bea esqueceu que eu te conheço a vida toda?  – Jimin diz rindo e eu jogo o travesseiro em sua cara.

-Tem razão – concordo

- Eu sempre tenho razão - ele diz depositando um beijo em minha testa se ajeitando ao meu lado.

Comemos num silencio confortável e depois deitamos aconchegados um ao outro, nossas pernas entrelaçadas e minha cabeça apoiada em seu peito. Vez ou outra Jimin me rouba um beijo e assim permanecemos até que ambos pegamos no sono.

[...]

O despertador anuncia que é hora de levantar.

Acordo com um peso sobre minha cintura e tento me mover mas minhas pernas estão presas. Lembro então que Jimin acabou dormindo em minha cama. Faziam mais de dois anos que isso não acontecia e me pego rindo com sua presença. Tento me virar então para observar seu rosto e permaneço assim por alguns minutos. Seus olhinhos fechados formam duas linhas perfeitas, seus cabelos castanhos que agora estão bagunçados caem por sua testa e por sobre os olhos.

- Se continuar me olhando assim vai acabar nos atrasando – ele sussurra me pegando de surpresa.

- Pensei que ainda estivesse dormindo – digo acariciando seu rosto.

- Acordei assim que você se mexeu – confessa.

-E porque não me disse? – questiono

-Gosto quando você me olha – ele sorri ao se espreguiçar –preciso ir antes que a gente se atrase mais...

- Tudo bem então –concordo – passo na sua casa para irmos juntos depois que eu me arrumar, pode ser?

-Pode sim – ele se levanta e deposita um leve beijo em meus lábios – vou te esperar

Aceno com a cabeça e corro para tomar um banho rápido a fim de recuperar os minutos que acabei perdendo. Depois de devidamente vestida desço e tomo um café rápido comendo até pelo nariz e então saio saltitando em direção á casa de Jimin.

Assim que abro a porta meu sorriso se desfaz por completo quando vejo Jimin e Avalon conversando na porta de sua casa. Meu peito dói e eu aperto as alças da mochila com força.

‘Tava’ tudo bom demais para ser verdade.

Jimin então olha em minha direção e depois olha novamente para Avalon levando a mão ao bolso do jeans que usava. Pega o celular em seu bolso e digita alguma coisa. Segundos depois meu celular vibra e eu abro o aplicativo de mensagens.

@jiminion enviou uma mensagem

“ Não se preocupe, eu resolvo isso aqui.

Nos vemos na escola.

Xoxo”

 

Ótimo! Era só que faltava.

 

 

 


Notas Finais


Vejo vocês daqui a duas semanas
Kissus no coração <3


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...