História Just smile - imagine Jungkook - Capítulo 8


Escrita por: e kookie_23

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS)
Personagens Jungkook
Tags Blackpink, Bts, Drama, Jungkook, Romance
Visualizações 62
Palavras 2.592
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Aventura, Bishoujo, Comédia, Drama (Tragédia), Famí­lia, Ficção, Ficção Adolescente, Mistério, Romance e Novela, Saga, Shoujo (Romântico), Suspense, Terror e Horror, Violência, Yaoi (Gay), Yuri (Lésbica)
Avisos: Heterossexualidade, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


vai ter muitas referências de healer ksksks recomendo muito

Capítulo 8 - Missão kamikaze


Fanfic / Fanfiction Just smile - imagine Jungkook - Capítulo 8 - Missão kamikaze

~Jungkook P.v/ON~

S/n: "Grr, aquele cara vai ver..." 

Jk: "S/n, você não tem como fazer nada" 

S/n: "Tenho, eu tenho" 

Jk: "o que?" 

S/n: "Você vai saber" ela sorri sem boas intenções...

Jk: "Ele não está blefando S/n, e se ele te fizer algo?" Eu ia tentando me levantar quando ela veio e me impediu

S/n: "deita e descansa, eu não vou fazer nada que possa nos deixar em perigo, ok?"

Jk: "S/n..."

S/n: "Fim de assunto" Ela passa o olhar pela sala inteira como se estivesse procurando algo "Aonde você deixa a caixa de priumeiros socorros?" 

Jk: "lá encima no banheiro do meu quarto dentro do armário" Ela sai e logo depois volta com a caixa, eu estava sentado então ela se ajoelhou na minha frente e ficou na altura do meu rosto, depois começou a pegar as coisas da caixa e tirou um curativo, uma pomada e um algodão e deixou separado...

S/n: "Esqueci a água" ela saiu novamente e depois voltou com um copo com pouca água, ela levou sua mão até minha boca e ficou encarando por alguns segundos e depois suspira ainda com a mão em meu rosto...

Jk: "Q- Que foi?"

S/n: "Ele cortou sua boca..." ela baixou o olhar para a o algodão e umedeceu um pouco na água passou sobre a minha boca, resmunguei um pouco pela dor "Eu vou chutar a cara desse Sehun" 

Jk: "Eu não sabia que você era violenta" 

S/n: "Eu tenho que cuidar das pessoas com quem eu me importo" ela continua e passar a pomada 

Jk: "ao ponto de chutar a cara de alguém?"

S/n: "Ao ponto de tirar carteira de motorista só pra atropelar a pessoa" Ela colocou o curativo

Jk: "E você se importa comigo?"

S/n: "Eu não estaria aqui se não me importasse Jungkook" ri involuntariamente com sua resposta, ela guarda a pomada na caixinha e arruma tudo e levanta, antes dela ir embora eu levanto e seguro o seu pulso e ela direciona seu olhar a mim...

Jk: "Eu também me importo com você, e é por isso que eu não quero que você se coloque em perigo"

S/n: "Se senta e descansa" ela sorri 

Jk: "Mas..." ela semicerra os olhos "Aish tá bom, mas eu não vou ficar aqui no sofá, eu vou dormir"

~Jungkook P.v/OFF~

~S/n P.v/ON~

S/n: "Não vai mesmo, vai tomar banho agora, já consegue se manter em pé?" 

Jk: "consigo"

S/n: "Ainda bem, mas você ainda vai ter que tomar o remédio" ele faz bico 

Jk: "Aigo" vou até a cozinha pego um copo com água e o remédio e levo até ele "Toma Jungkook" ele bebe depois sobe...

mando mensagem para Sook e a aviso, ela responde com "ok" e eu apenas visualizo, decido pedir pizza, Jungkook demorou no banho, tempo o suficiente para que a pizza chegasse, paguei o entregador, peguei a pizza e levei tudo pra sala,  tinha refrigerante na geladeira. Pouco tempo depois ouvi um barulho de porta se abrindo e de passos na escada e já imaginando quem fosse, falei alto para que ele pudesse escutar...

S/n: "JUNGKOOK EU PEDI PIZZA" 

Jungkook passa na minha frente e se senta do meu lado, ele estava com uma camisa preta folgada, uma calça moletom cinza e com os cabelos ainda úmidos... 

Jk: "Pizza!! Nem me esperou" ele pega o controle e liga a televisão "Quer assistir um filme?" 

S/n: "Quero, mas antes eu posso tomar um banho aqui?" 

Jk: "Pode, tem toalha no banheiro e se você quiser pode pegar uma camisa minha" 

S/n: "obrigada, não acaba a pizza" 

Jk: "Não prometo nada" ele sorri sapeca, tô vendo que não vai ter pizza quando eu voltar...

Pego a minha mochila e subo as escadas e vou até o quarto do Jungkook e vou para o banheiro, tomo banho e saio enrolada na toalha e vou até o guarda-roupa e pego uma camisa, ficou grande o bastante para que eu me sentisse a vontade, não vou usar só a camisa, tem um short dentro da minha mochila, eu me lembro que deixei lá escondido por que a Sook queria jogar fora as minhas "Roupas de mendiga", vou até a mochila pego o short e visto, a camisa ia até metade da minha coxa e cobria o short, mesmo não mudando nada, eu me sentia mais confortável assim...

Desço as escadas e me sento no sofá onde Jungkook estava... 

Jk: "S/n, quer assistir que tipo de filme?" Ele olha pra mim 

S/n: "Hmm, tem de terror?" 

Jk: "Tem" Jungkook se levanta para colocar o filme e depois volta para o sofá "você vai aguentar ficar acordada?" 

S/n: "Claro, tá achando o que?" Ele ri 

~S/n P.v/OFF~

~Quebra de tempo~ 

~Jungkook P.v/ON~

Já tínhamos acabado toda a Pizza e a S/n estava morrendo de sono, mas estava resistindo só pra não admitir... 

Jk: "S/n? Quer ir dormir?" 

S/n: "Não, ainda tá passando o filme né" disse lentamente por causa do sono... 

Jk: "Certeza?"

S/n: "S- sim" boceja 

Minutos depois o sono falou mais alto que o orgulho e ela fechou os olhos e dormiu encolhida no sofá, desliguei a Tv e depois peguei ela no colo, a levei para o quarto e a deitei na cama

S/n: "Jungkook, você não pode forçar sua costa..." ela abriu os olhos sonolenta e segurou meu braço enquanto dizia...

Jk: "Eu tô bem, dorme aí eu vou pro sofá" 

S/n: "Não..." ela me puxa e eu me deito "Não tem problema, pode deitar aqui eu não ligo, a cama é sua..."

Jk: "Boa noite"

S/n: "Boa noite" ela se deita e eu a puxo para os meus braços... 

~Quebra de tempo 3hrs da manhã~

O alarme do celular da S/n estava tocando...

Jk: "Aish S/n, desliga isso" digo tapando os ouvidos com o travesseiro, ela se senta na cama e pega o celular que estava no criado mudo e desliga, então viro para o lado e volto a dormir... 

~Jungkook P.v/OFF~

~S/n P.v/ON~

Desligo o celular e vejo Jungkook voltar a dormir, saio do quarto e vou até a cozinha pegar um copo de água, já tinha se passado 8 horas desde que Jungkook tinha tomado o remédio

Subo as escadas e levando o remédio para Jungkook, me aproximo dele e me sento ao seu lado na cama, deixo a água e o remédio no criado mudo para poder chamá-lo, ele estava de frente pra mim com o travesseiro no rosto...

S/n: "Jungkook" tiro o travesseiro do rosto dele "Jungkook, acorda você tem que tomar o remédio" ele se senta na cama e coça os olhos bocejando....

Jk: "Aigo S/n, eu já estou bem" 

S/n: "Você tem que tomar" Pego o copo com o remédio e entrego pra ele que depois de muito insistir ele bebeu, ele estava todo desarrumado com o cabelo que costumava ser penteado pra frente e que agora estava partido no meio e com uma carinha de sono e de aborrecimento que acabo rindo da situação do garoto... 

Jk: "Do que você está rindo?" 

S/n: "Você está muito engraçado com essa cara de aborrecido, tão fofo" digo apertando suas bochechas "Por que você é tão fofo?" ele me olha com a sobrancelha arqueada 

Jk: "Fofo?"

S/n: "Sim, muito fofo"

Jk: "Sou fofo por que você só conhece esse lado" ele ri e se deita puxando o lençol pra si voltando a dormir... 

"Por que você só conhece esse lado", tô pagando pra ver, me deito tento voltar a dormir também...

 

De manhã... 

acordamos mais cedo para que pudéssemos passar na minha casa, enquanto eu me arrumava Jungkook tomava café com Sook, ele já estava pronto, depois que eu me arrumei fui tomar café para irmos e tive que aturar os olhares maliciosos que a Sook dava, só Deus na causa, assim que acabamos fomos embora para escola, no caminho ficamos calados e eu tive tempo pra pensar sobre o meu plano, só não sei se Jungkook vai aceitar bem... 

S/n: “Jungkook, posso te perguntar uma coisa?” 

Jk: “O que?” 

S/n: “Se por acaso...” 

Jk “S/n...”

S/n: “Eu disse por acaso... então, SE POR ACASO” disse dando ênfase na frase “...eu aceitasse a proposta da diretora... você ficaria bravo comigo?” Jungkook para de caminhar...

Jk: ele suspira “Faz o que você quiser” ele sai andando na minha frente...

S/n: “Droga” cheguei na escola sem a presença do Jungkook, ele se adiantou muito quando foi embora, mas assim que entro na sala eu o vejo, ele me olha de relance e logo volta a sua atenção para as mãos enquanto mantinha a cabeça baixa, vou para o meu lugar ao lado de Jimin e o chamo 

S/n: “Jimin, depois precisamos conversar” ele assente e logo o professor chega e da sua aula...

 

Na hora do intervalo eu não quis chamar Jungkook, não por estar com raiva, eu tinha que falar com Jimin sobre o meu plano... 

 

Não consegui falar direito com Jimin no intervalo, eu teria que encontrá-lo na saída para explicar melhor, e assim fiz, na saída nos encontramos e fomos para um lugar mais reservado, na cafeteria ia muita gente da escola, então fomos a uma biblioteca distante de lá, “ah então há mais alunos na cafeteria do que na biblioteca?” Apenas... 

 

Jm: “O que você queria me dizer?” Ele diz puxando uma cadeira pra perto da mesa, e eu o conto toda história sobre Jungkook e Sehun... “wow, que história ein... mas o que você está prendendo fazer S/n?” 

S/n: “Simples meu amiguinho ChimChim, temos que atacar antes que nos ataquem” sorrio 

Jm: “QUE??” uma senhorinha que estava em outra mesa se pronuncia mandando Jimin calar a boca... “Desculpa” “S/n, você é doida ou sua mãe te deixou cair de cabeça do berço quando você nasceu? Pelo o que você me disse esse Sehun é perigoso, não devíamos ficar longe dele? Ou chamar a polícia?” 

S/n: “Jimin, a polícia não vai atrás de um caso de um ano atrás sem sequer uma evidência, se o deixamos longe, ele vai ter tempo para planejar algo, sabe aquela frase ‘mantenha seus amigos perto, e seu inimigos ainda mais’, é por isso, você vai me ajudar ou não?” 

Jm: “Se eu morrer, eu vou puxar seu pé toda noite”

S/n: “Se for caso de morte, nós dois vamos morrer” falo rindo 

Jm: ele arregala os olhos “Delinquente, eu já to me arrependo” ele bufa “Qual é o plano?” 

S/n: “Temos que reunir provas contra ele, achar alguma filmagem do dia em que eles fizeram isso com Jungkook” 

Jm: “E se não tiver câmeras de segurança lá? E se eles tiverem, você disse que é um caso de anos, acha que eles ainda vão ter as filmagens?”

S/n: “por isso temos o plano B” 

Jm: “que é...?”

S/n: “Ele costuma se livrar de ameaças... tais como adversários que podem ganhar o prêmio, e eu seria a isca perfeita se aceitar a proposta da diretora” 

Jm: “Vai se colocar em perigo? Sério S/n?” 

S/n: “Nada melhor do que isso, eu não terei que botar vocês em risco, a melhor isca somos nós mesmos“ (Referências healer ksksks) 

Jm: “você é insana” 

S/n: “Vai me ajudar?” 

Jm: “Só... tenta não morrer” suspira “O plano A primeiro, vamos ligar pra saber onde Jungkook treinava”

S/n: “Valeu Jimin!!”

Jm: “Por nada, você tem o número do Jungkook?” 

S/n: “tenho sim, peguei enquanto mexia no celular dele...” intrometida? Não, apenas já havia pensado no plano ontem, então me adiantei...

.... 

.... 

.... 

Jk: “Alô?”

S/n: “Oi Kookie” - Kookiezinho seu gostos...-Jimin sussurrava debochado “cala a boca Jimin” cortei ele antes que pudesse terminar...

Jk: “Jimin? S/n? quem te deu meu número?”

S/n: “Pedi pra Deus o número de um anjo e ele me passou esse” escuto um risinho abafado do outro lado, e do meu lado Jimin começa a rir...

Jk: “O Jimin tá aí? diz logo o que você quer” 

S/n: “Grosso, não fala nunca mais comigo hoje” - Só hoje né S/n, Me dá essa caralha, deixa de enrolação - Jimin puxou o celular da minha mão e começou a falar com Jungkook... 

Jm: “Jungkook, eu vou ter que treinar pros Jogos e a S/n me disse que você sabe um lugar...” 

Jk: “Um lugar?... ah sei sim”  

Jm: “Onde?” 

Jk: “Rua ***-***, número ****”

Jm: “Ah tá, valeu, tchau” e desliga na cara dele... 

Jm: “Aí o número de um anjo e nhem nhem nhem” diz rindo “Se fosse por você essa conversa não terminaria hoje, vamos logo pra esse lugar, não é longe, dá pra ir andando” 

S/n: “Jimin, não podemos ir andando, lá é perigoso, temos que ir em algum veículo” 

Jm: “Vamos passar na casa de um amigo meu, aí a gente pega a moto dele”

S/n: “Amém, espera, Desde quando você sabe dirigir?

Jm: “Para de questionar tudo ou não sairemos daqui, anda que daqui a pouco fica tarde e mais perigoso” Aish, ele estava certo...

Fomos andando até a casa desse amigo dele... 

Jm: “SUGA ABRE A PORTAAA” Jimin dizia enquanto batia freneticamente, até que ele para por que um surgiu um grito do além dizendo ‘já vai caralho’ e depois um garoto muito branco com cara de quem tinha acabado de acordar e não estava com um pingo de vontade atender à porta...

Sg: “Porra Jimin você não viu que tem uma campainha?, quem é ela e o que vocês vieram fazer aqui de tão importante pra interromper o meu sono?” 

Jm: “Eu vi que tinha uma campainha só não quis tocar, ela é a S/n e nós viemos emprestar sua moto.” Disse respondendo tudo... 

Sg: “Por que eu te emprestaria a minha moto? Da última vez que eu te emprestei, você voltou só com o pneu” 

Jm: “é sério yoongi” 

Sg: “Aish, tá bom... S/n? Seu nome é S/n né?” Disse se referindo a mim que apenas assentiu “Você parece menos demente que o pigmeu aí...” apontou pra Jimin “...Cuida da minha moto pra que ela volte inteira” ele tira a chave do bolso e joga pra mim

S/n: “O- obrigada, eu acho...” ele fecha a porta... “Suga?” Olhei para Jimin

Jm: “Apelido só por causa da palidez dessa criatura... por que de doce ele não tem nada, vamos antes que ele mude de ideia”

S/n: “Mas onde tá a moto pigmeu?” 

Jm: “Do outro lado da rua... e você nem vem me chamar disso, até por que eu sou mais alto que você” 

S/n: “Joga na cara mesmo” 

Paramos de conversar fomos pro endereço... e quando chegamos na rua identificamos onde era o local, e a ÚNICA câmera que havia por lá era a de um estacionamento de uma casa que ficava bem na frente desse lugar 

Jm: “Cara, como é que uma rua que tem casas de pessoas que tem uma ótima condição financeira só tem uma câmera? Em uma só casa?” 

S/n: “também achei estranho, quer tentar falar com o dono da casa?” 

Jm: “Espera...” Jimin apontou para a casa 

Um carro havia acabado de estacionar na frente, e quando a porta foi aberta...

S/n: “JIMIN ACELERA ESSA MOTO” 

Jm: “Mas...”

S/n: “CALA A BOCA E VAI” 

Eu e Jimin logo saímos de lá e estacionamos a moto numa praça 

Jm: “Me explica”

S/n: “O cara que saiu do carro era Sehun” 

Jm: “Puta que pariu, então o plano A foi descartado de primeira?” 

S/n: “Talvez, mas creio que a casa dele não seja lá, ele não entrou na garagem, pode ser apenas uma visita, Ainda temos uma chance com esse plano...” suspiro

Jm: “E qual seria?” 

 

 

 

 

S/n: “Você ainda tem aquele seu amigo hacker?” 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 


Notas Finais


Desculpem qualquer erro e também demorar tanto pra fazer apenas isso, eu estou na semana de provas e acabou acontecendo muitos imprevistos...


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...