História Just The Way You Are - Capítulo 28


Escrita por:

Postado
Categorias Supergirl
Personagens Alex Danvers, Cat Grant, Eliza Danvers, James "Jimmy" Olsen, J'onn J'onzz "John Jones" (Caçador de Marte), Kara Zor-El (Supergirl), Lena Luthor, Maggie Sawyer, Personagens Originais, Winslow "Winn" Schott Jr.
Tags Karadanvers, Lenaluthor, Supercorp
Visualizações 269
Palavras 2.153
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Aventura, Comédia, Drama (Tragédia), Famí­lia, Ficção, LGBT, Luta, Policial, Romance e Novela, Suspense, Yuri (Lésbica)
Avisos: Álcool, Bissexualidade, Heterossexualidade, Homossexualidade, Mutilação, Nudez, Sexo, Tortura, Violência
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Capítulo 28 - Capitulo 28- Você naufraga sem emitir som


Mon-el depois da saída de Kara saiu pisando duro e bufando de ódio! Como kara podia tratar aquela mulher daquela forma tão carinhosa sendo que a culpa deles estarem longe um do outro é dela! Fora a forma tão distante e até fria que o tratou. Era como se a história deles não tivesse importância. Ao invés de ir dormir na nave preferiu dormir nos alojamentos do DEO. Quem saber assim teria uma chance maior de encontrar Kara e pôde conversar sem ninguém por perto para atrapalhar.

Irma procura o marido e não o encontrar então voltar para nave sozinha. Ela torcia para que ele não fizesse nenhuma besteira quando soubesse da nova relação entre Lena e Kara. Quando eles se conheceram o moreno bebia praticamente todos os dias, foi com muito esforço que ele parou e entrou para equipe! Quando ele soube que Legião fora criada inspirada em Kara ficou feliz, no entanto quando nome de Lena foi mencionado sua expressão se fechado e dizendo coisas ruins a respeito de Lena o que não sutil efeito em nenhum do demais membro da legião. Já que todos conheciam Lena Luthor pelo menos dos poucos registros que sobreviveram ao tempo e a destruição dos países que as destruidoras causaram. Lena e Kara criam um legado que atravessou até mesmo a devastação da humanidade. Tamanho foi a influência de sua jornada tanto individualmente como casal. Sua descendência continuou a manter esse legado vivo. Até os dias de legião. Porém ele foi categórico que não queria ouvir esse nome nunca mais! Por tanto ninguém nunca mencionou perto dele que Kara e Lena formaram um casal.

Laboratório L-Corp

A morena acordou primeiro que Kara, encarou a loira dormindo tranquilamente ao seu lado da cama. Tirou algumas mechas que caiam sobre o rosto da namorada. Na noite anterior ela ficou com medo do retorno de Mon-el! Isso ela não poderia nega, pois devido ao pouco tempo digamos assim de sua partida Kara começou uma nova relação amorosa. Então ela tinha todo o direito de temer sua reação ao rever o moreno. No entanto mais uma vez sua kara a surpreendeu! Mostrando que só tinha um carinho de amiga pelo ex e ficou feliz em saber que havia salvado o mesmo. A morena não sabia o que tinha feito para merecer alguém tão especial como a loira ao seu lado. Depois de se amarem por algumas horas Kara a levou até a cobertura e jantaram com Damon que desafiou a super em partida de basquete no game. Algumas horas depois todos já dormiam. Toma banho e vai até a cozinha deixo o café da manhã pronto para seus dois amores e vai para empresa para ler os resultados dos testes. Luthor ler e reler tudo e ainda não acreditar no descobriu sobre a mutação que encontrou no DNA de Sam. Agora ela se encontrar em um dilema que não faz a menor ideia de como solucionar.

Cobertura Luthor

 

Espreguiça-se e abraçar a namorada, pelo menos essa era a intenção, porém encontrar o lado da morena vazio procura o som das batidas do coração da Luthor e não ouvir. – Ela deve ter saído cedo algo de importância na L-Corp. Tomar banho rápido e desce para tentar encontrar alguma coisa para comer. Lembrando-se do olhar temeroso de Lena ao olhar para ela depois de ver Mon-El! Hoje ela conseguir entender o que viveu com Mon-El nem de longe passar perto do amor que seu coração nutrir pela morena de olhos verdes!  O fato de eles terem tanto em comum fez com que ela confundisse as coisas e a forma que ele partiu fez com que visse a situação de uma forma destorcida da verdade! A relação deles nunca daria certo por muito tempo. por fim conseguiu compreender o que tinha de errado naquele namoro! Não era amor que existia ali pelo não do tipo que duraria pelo resto dos seus dias. Esse é o que sentir por Lena e deseja passar o resto deles com a morena em seus braços. Chegando na cozinha ver o café pronto é um bilhete na geladeira escrito com a letra perfeita de Lena.

Bom dia meu sol da manhã! Deixe o café pronto para você e o Damon. Queria muito está junto, todavia precisei sai cedo. Com amor Lena. Ops. Já disse o quando acho fofo o jeito que você dormir? Bjs meu amores.

 

Kara reler o bilhete e faz aquela carinha fofa e corada. Sempre que Lena fazia esses pequenos gestos de carinho por menor que fosse. – D café da manhã em meia hora você tem aula de biologia. Rapidamente o jovem fazia companhia a Kara na mesa e a loira só foi para revista quando o professor chegou. – Qualquer coisa me ligar. Beijar a testa do moreno e sair.

D.E.O

Mon-el esperou a manhã toda que Kara desse as caras no agencia e nem sinal da loira. Foi até seu apartamento e não tinha ninguém, frustrado resolveu caminhar pela cidade para rever o lugar que aprendeu a chamar de lar. Então caminhou pelos lugares que passou momentos felizes com Kara. Acabou parando perto parque que Kara costumava fica quando queria ler ao ar livre. Quando avista a loira parada perto de fonte e um cara se aproximando por trás de kara com intuito de acatá-la então acertar o cara jogando longe. Esta bem?

Kara tinha recebido a mensagem de Lena avisando que aconteceu um imprevisto nos laboratórios e não poderia almoça com ela. Acabou pedindo que a loira levasse o filho com ela, já que ele tem passado tanto tempo dentro do apartamento. Então loira o levar para almoça depois para dar uma voltar no parque e tomar soverte. O rapaz foi limpar a manga da camisa que sujou de cobertura. Estava pesando o que faria para o próximo encontro com Lena quando sentiu um vento forte passar por ela e assim que olhar para o lado ver Damon sendo jogado para longe. Correr em supervelocidade sem se importar que não estivesse de uniforme. Parada ao lado do garoto que tinha um corte feio na cabeça. Encarar o responsável sem acreditar no que via. - FICOU LOUCO! Correr para ajudar Damon que tinha uma ferida na cabeça onde bateu na pedra. - Ficar longe.

Mon-el. - Ele iria te machucar! O Daxamita não compreendia o que acontecia na ali. – Eu te salvo e é assim que agradecer? Reclamar. 

Kara ficar de pé ajudando o rapaz a fica de pé.- Me salva? De quê? Se ligar Daximita não preciso ser salva muito menos por você. Fique longe. Pegar D no colo e sair voando direto para seu apartamento que era mais perto. Depois de limpar o corte notou que não era tão profundo. – Pronto! Não vai precisar de ponto menos mal. 

Damon.- Quem era ele. Brincava com o cubo magico. 

Kara. – Aquele era o Mon-el. Ele voltar ainda não estou por dentro de muita coisa. Por que não falei com ele direito. Estava com saudade da minha morena! Então não dei muita atenção as coisas ontem. Diz sem jeito. 

Damon. - Serio? Mais ele ficou aliviado quando viu que a volta do Daximita não afeitou a loira e que ela não parecia em duvida com quem quer ficar. – Ele parecer um idiota. 

Kara gargalha. - Infelizmente é comum agir assim muitas vezes. Mais sem dúvida a Lee vai ficar furiosa com isso. Apontar a cabeça do garoto. A Super ficou com Damon até perto do crepúsculo quando seu chefe mandou uma mensagem nada feliz com seu artigo. - Te vejo no jantar! Irei passar naquele chinês que a Lena adora. 

L-Corp

Lena tentou, porém não conseguiu trabalhar direito devido à descoberta que fez. Passou a tarde toda andando de canto a canto do escritório pensando como iria procede com relação a tudo. Por fim notou que ficar ali não conseguiria nada. Se despedir de Jess e vai para cada. Chegando à cobertura vai direto para o quarto do filho encontrando o mesmo lendo o que a assustou foi o machucado na cabeça depois de ouvir o relato do garoto. – Vou ligar para kara e dizer que prefiro italiano hoje. Ela beijar a testa do filho e sair indo para seu quarto e abrindo o cofre onde pegar uma invenção sua que já tinha até esquecido. Pegar as chaves do carro. Ela tinha um objetivo e ninguém iria pará-la. 

Mon-el. - Winn posso fazer uma perguntar? Aproxima-se do amigo que olhava o monitor. 

Winn. - Faça? Vira e nota a aproximação furiosa de Lena e ficar de pé chamando a atenção de Mon-el. – O que você fez? Dar alguns passos incertos e acaba caindo de bunda no chão no exato momento que Lena acerta um soco em Mon-el. 
 

Já à noite no DEO uma Lena furiosa chegar acertando um soco em Mon-el fazendo o mesmo voar longe. - Nunca mais cheque perto do meu filho de novo. Ela usava uma invenção que tinha criado! Uma luva que lhe proporcionava força para acerta alguém com super força, usou a mesmo esquema das células de Kara usava energia sola para obter a força através do acumulo de energia. Já que muitas das tentativas de morte que sofreu foram causadas por alguém que não era totalmente humano e como Kara nem sempre poderia está por perto ela resolve usá-la. 

Alex morria de rir da situação até a hora J’onn para ao seu lado com a expressão seria. Ela então tenta segurar o riso só que não deu. A ruiva começar a gargalhada de forma descontrolada. 

Alguns segundos antes 

 

Kara entrar no apartamento de Lena e não ver ninguém na parte de baixo deixa o jantar na mesa da cozinha e sobe para o quarto da morena e não a encontrar! Seguir para o quarto de Damon que lia um livro. - D cadê a Lena? Está melhor? Tocar de leve o corte na cabeça no jovem. 

Damon. – como assim ela desceu para te ligar. 

Kara. – não recebe ligação dela e nem a vi no apartamento. A loira se concentrada na batida do coração da namorada e abrir os olhos do tamanho de pires. –Ficar aqui. Some pela janela. 

Damon. – Ok.. O rapaz encarar a janela. 

D.E.O

Kara surgir ao lado de Lena! No momento que Mon-el avança para cima da morena com punhos cerrados. 

Kara.- Fica ai! Se tocar em fio de cabelo da minha mulher considere um homem morto. Seus olhos ficam vermelhos prontos para lança sua visão de calor. 

O moreno paralisar no lugar quando entende a frase da loira. Que estava em posição de ataque em frente à morena que o olhava com olhos raivosos. - QUE PORRA É ESSA KARA? PERDEU O JUÍZO! QUE BRINCADEIRA IDIOTA É ESSA? A veia do seu pescoço estava para estourar. 

Alex deu alguns passos só que J’onn a impediu. - Isso tem que ser resolvido entre eles. Mais ficaremos atentos para não acontecer nenhuma tragédia. A ruiva assente mais não tira a mão da arma. 

Mon-el. – Eu fiz uma pergunta! 

Irma surgir ao lado Brainiac-5 que param a porta vendo a cena ridícula que Mon-el estava fazendo. Brainiac-5 olhar para Lena e ver que ela estava furiosa com o colega de equipe. – Boa noite. Tentou quebrar o clima. 

Mon-el fez menção de aproximar das duas quando uma barreira o impedir de contínua até que reconhecer o poder. – Irma o que pensar que estava fazendo? Diz entredentes. 

Irma.- Parando você antes que faça alguma coisa estupida até mesmo para seus padrões. Fala irritada. 

Kara.- Não lhe devo satisfações da minha vida particular Daxamita! Mais vou deixar bem claro aqui. A Lena é minha namorada e o Damon é filho dela! Portanto ele também é da minha família mesmo que ele não tenha sangue da casa El! Ele vai leva meu legado quando chegar a hora. Por que eu já o amor como se fosse meu também. Se tocar nele de novo esquecerei que um dia considerei você meu amigo. Não pensei que nossa história iria continua de onde parou a dois anos atrás. Meu coração é e sempre foi da Lena! Só demorei a enxergar verdade! Não permitirei que ninguém fique no meu caminho e da minha família. Fique longe deles. 

O clima do lugar estava tão tenso que daria para corta com uma faca. Kara e Mon-el ficaram nessa de se encarar até que o moreno alça voo desaparecendo do DEO. 

Sede de Cadmus

 

Lillian ficar furiosa ao saber que Lena esta namorando super. Acabar quebrando metade do escritório para dissipar um pouco da raiva e pensar em uma forma que falar com a morena sem acabar presa. Mais intrigada com presença do rapaz em sua casa. Ela pega as fotos caídas no chão não eram boas mais o garoto não parecia ter mais que 15 ou 16 anos. – Quem será você? A foto em sua mão era uma que Lena era abraçada pelo jovem em sua sacada.



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...