1. Spirit Fanfics >
  2. Just you and me now - (Jotaro Kujo x Leitora) >
  3. Cortinas do inferno.

História Just you and me now - (Jotaro Kujo x Leitora) - Capítulo 4


Escrita por:


Notas do Autor


➣ Eu tive que pesquisar para fazer esse capítulo porque sou horrível em hot e eu acho que só de você ler vai saber o quanto sou horrível!

❁Boa leitura❁

Capítulo 4 - Cortinas do inferno.


Fanfic / Fanfiction Just you and me now - (Jotaro Kujo x Leitora) - Capítulo 4 - Cortinas do inferno.

Ainda naquela noite, você não conseguia dormir mesmo que tenta-se os trovões te davam gatilhos para pesadelos, mas enquanto você lutava com seu próprio medo conseguia sentir algo apalpar seus seios, apartando eles de uma forma bruta com mãos ásperas a tocando, alisando seu corpo e suas coxas, quando abriu os olhos você não consegui mecher suas seus braços e suas pernas ainda doiam muito para fazer alguma coisa por você, sua visão imbasada te limitava mais ainda a única coisa que você conseguia ver era os trovões é a chuva caindo sobre a grande janela de vidro mas quando você voltou a si, pode olhar nos olhos daquele malicioso homem que te tocava e aproveitava de seu corpo.Você imaginava que aquilo iria acontecer alguma hora, mas nunca imaginou que seria em uma hora tão desprotegida, você estava nua e podia sentir o ar frio tocar sobre seu corpo enquanto aquele homem te esmagava com aqueles olhos assustadores, s/n tentou gritar para ele parar mas só alimentou ainda mas o ego de Jotaro fazendo um sorriso maldoso ir canto a canto de seu rosto, você tentou gritar e pedir por ajuda mas nem sabia aonde estava ou se tinha alguém para te salvar, aquele inferno só estava começando e você nem imaginava do que Jotaro séria capaz de fazer com seu corpo.


Ele estava sendo muito bom com você, ele te pegou direitinho quando você achava que estava enganando ele na verdade tudo aquilo era uma farsa para te pegar desprevenida, quando s/n olhou ele tirando as calças viu que sua intimidade estava mais firme doque qualquer coisa que existe nesse mundo, você tentou lutar contra ele mas só o deixou mais irritado fazendo ele apertar a ferida de sua perna, você gritou de dor em resposta deixando lágrimas caírem sobre seus olhos, ele lambeu os lábios enquanto posicionava seu pênis na sua vagina, a única coisa que você conseguia fazer era emplorar para que ele parasse mesmo que aquilo nunca fosse se realizar.


Jotaro entrou em você com tudo atingindo seu ponto mais sensível a fez gemer alto, mesmo que você não quisesse aquilo não poderia mais ignorar, ele escorregava deu pênis sobre as barreiras apertadas dentro de você, aquela sensação fazia sua mente ficar confusa sem saber o que fazer, pensando que aquilo não poderia piorar Jotaro bate com tudo sobre o corpo de s/n fazendo ela voltar para a realidade, ele começa a fazer impulsos rápidos e rígidos sobre s/n fazendo você gemer mais alto ainda, o homem ainda não estava satisfeito o suficiente só de ouvir seu gemidos, ele apertou seu pequeno pescoço fazendo você lutar para gemer, s/n tentava implorar para ele parar mas isso só alimentava mais e mais a mente perversa de Jotaro então ela desistiu e só aceitou o que estava acontecendo.


Mesmo você não querendo sentir aquela sensação nojenta de prazer por aquele homem, seu corpo não parecia te obedecer mais, a cada impulso violento que ele dava sobre seus quadris suas pernas ficavam bambas, você podia ouvia ele resmungar sobre muitas coisas principalmente a declaração dele, de como ele estava fazendo tudo aquilo por mim, e que me amava e queria você só para ele e mais ninguém, como você o provoca todos os dias com sua cara de brava e como sempre quis que essa noite chegasse, s/n não deu ouvidos a nenhum momento para o homem pois sua mente estava ocupada depois com tudo que estava acontecendo, seu clímax parecia chegar cada vez mais e mesmo que você não quisesse aquilo seu corpo não poderia rejeitar seu prazer.


— Vamos querida! Me mostre o quanto você me ama! Goze para mim! — Dizia Jotaro totalmente fora de si, enlouquecendo dentro de suas paredes que apertavam cada vez mais seu pau, fazendo ele ser mais bruto com seu corpo.


Você tentava refutar tudo o que ele dizia mas era impossível, já tinha acabado, ele segurou seus quadris com toda sua força para garantir que não escapasse nada de dentro de você, era possível sentir cada canto de dentro de seu corpo ser preenchido com o sêmen quente de Jotaro.


Depois de horas e horas abusando de você, ele pode se satisfazer, ele a levou para tomar um banho junto a ele enquanto ele fumava um masso de cigarro, a única coisa que você pode fazer era chorar e se perguntar como isso tinha que acontecer com você, como você pode cair na armadilha de um homem como ele, indignada com o que houve depois do banho ele foi dormir agarrado com você amassando seu corpo com o dele.


Enquanto você olhava para as cortinas que cobriam a grande janela da tempestade que havia lá fora, só pode chorar e implorar que alguém a salva-se daquele inferno sem fim...


Notas Finais


➣ Uma hora ou outra esse capítulo iria chegar então porque não né?

❁Até o próximo capítulo❁


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...