História Just you -(imagine Park jimin) - Capítulo 8


Escrita por:

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS)
Personagens Jeon Jungkook (Jungkook), Jung Hoseok (J-Hope), Kim Namjoon (RM), Kim Seokjin (Jin), Kim Taehyung (V), Min Yoongi (Suga), Park Jimin (Jimin)
Tags Ação, Apoio, Bangtan Boys (BTS), Fluffy, Park Jimin, Romance
Visualizações 13
Palavras 708
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Famí­lia, Ficção Adolescente, Fluffy, Literatura Feminina, Romance e Novela
Avisos: Heterossexualidade, Insinuação de sexo, Nudez, Sexo
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Oi amores ^^

Preparem o coração e boa leitura ♡♡♡♡

( LER NOTAS FINAIS )

Capítulo 8 - Amo te beijar



Jimin on :

Eu e meus amigos conversamos a tarde toda e nem percebemos as horas passando.

Eles se despediram de mim e foram embora. Eu fui me arrumar empolgado para sair com a s/n , aliás vou correr antes que eu me atrase!

Coloquei uma calça preta um pouco justa e uma blusa preta também e uma jaqueta , passei perfume e liguei para s/n .

Ela já estava pronta por sorte,  então fui logo a buscar para sair.

Jimin off.

S/n on :

Hoje foi a melhor tarde , fui devolver o casaco do Jimin e ao mesmo tempo ver ele , mas de brinde eu ganhei ver o lindo e seduzente abdômen dele.

O melhor de tudo é que ele me chamou para sair de novo , claro que eu ia aceitar! 

E aqui estou eu , toda arrumada esperando ele e vendo minha revista com as fotos dele. Minha vida tem se resumindo nele ! E eu gosto disso ! Isto tá me fazendo esquecer da minha depressão! 

Jimin me ligou para dizer que está vindo me buscar,  então , não vejo a hora! 

S/n off.


Jimin on :

Saí de casa nas presas e fui buscar a s/n

[...]

Chegando lá eu toquei a campainha e ela logo atendeu .

Quando a vi fiquei maravilhado com sua beleza , mas quando notei em suas mãos ela estava vendo uma revista com minhas fotos.

Quando ela se tocou que estava com a revista nas mãos e na minha frente,  ela corou tanto que parecia um tomate , o tomate mais lindo que eu já vi .

J : Oi s/n ! Você está linda!

S/n *muito corada* o-obrigada !

J : *sorri* vamos ?

S/n : vamos ! 

Segurei na mão dela e a levei a até o carro , abrindo a porta para ela , e seguimos caminho .

S/n queria ir na praia , ela disse que a praia durante a noite fica linda .


[...]


Quando chegamos lá , fomos direto para uma ponte que ficava de frente para a praia .

Nos sentamos lá e observamos a praia.

S/n não tirava o olho da praia enquanto sorria  , e eu não tirava o olho dela.

J : s/n ?

S/n : hm?

J : o que você tanto olha ?

S/n : ah é que eu tenho boas lembranças daqui !

J : quer me contar ?

S/n : tudo bem...

S/n : quando eu tinha 4 anos meus pais queriam me abandonar,  não porque eles me odiavam ou eram ruins , assim eu pensava , era porque meus pais não tinham condições de me criar , disseram eles , então minha tia Kim dori descobriu e não deixou . Minha tia me levou para casa e cuidou de mim , depois disso meus pais foram embora e eu nunca mais vi eles. Minha tia foi minha mãe e meu deu muito amor e carinho , ela trabalhava muito e quando tinha folga me trazia para essa praia . 

Uma lágrima escorreu pelo olho de s/n e eu não pude me conter em me emocionar.  Eu delicadamente passei o polegar pela bochecha dela para limpar a lágrima. 

Lágrimas desceram do meu rosto também e ela me abraçou , então eu a abracei de volta e dei um beijo em sua testa.

J : calma s/n , eu estou aqui *falo em sussurros* eu te amo...

A mesma escondeu o rosto em meu pescoço e falou perto do meu ouvido :

S/n : eu te amo também....

Eu fiquei todo bobo com isso apenas sorri. Eu lhe dei um beijo na testa  e continuamos abraçados.

Ela parecia com frio então eu a cobri com meu casaco e ela encostou a cabeça em meu ombro e eu coloquei minha cabeça por cima da sua.

Ficamos assim um tempinho até que ela levantou um pouco a cabeça e deu um sorrisinho para mim. Eu não aguentei e roçei nossos narizes. Coloquei a mãos em seu rosto e de pouco em pouco colamos nossos lábios. Estávamos nos beijando mais uma vez. Só que dessa vez nossas línguas e lábios estavam em perfeita sincronia. 

Nos separamos por falta de ar e eu sussurrei no seu ouvido po impulso :

J : amo te beijar...

E o inesperado aconteceu...

S/n : eu também amo te beijar! 

(Ler notas finais)


Notas Finais


Pequeno mas significativo ^^

Primeiramente gostaria de lembrar que estamos no setembro amarelo , e escrevendo essa história com todo o sofrimento da s/n me faz lembrar das pessoas que sofrem o mesmo ou pior ! Então se você sofre desta triste doença saiba que você não está só e que sempre à alguém que te ama e cuida de você , se você está no mundo é por um motivo/propósito e essa fase triste que você está passando não é um ponto final é apenas uma vírgula na sua história! E o melhor logo vai chegar! Seja forte e lembre-se : você nunca estará só !


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...