História Justice of Strangers -Ultimate- - Capítulo 1


Escrita por:

Postado
Categorias Legião dos Super-Heróis
Personagens Personagens Originais
Tags Comedia, Heróis, Heróis Fracassados, Humor, Piada, Super
Visualizações 4
Palavras 287
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Aventura, Comédia, Crossover, Festa, Ficção, Ficção Adolescente, Ficção Científica, Policial, Romance e Novela, Sobrenatural, Survival, Violência
Avisos: Álcool, Drogas, Estupro, Heterossexualidade, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Mutilação, Pansexualidade, Sadomasoquismo, Suicídio, Tortura, Transsexualidade, Violência
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas do Autor


...

Capítulo 1 - Esse é o meu mundo. -Parte 1


Fanfic / Fanfiction Justice of Strangers -Ultimate- - Capítulo 1 - Esse é o meu mundo. -Parte 1


Bem nas profundezas da cidade, há algo; algo que à olhares alheios passa despercebido. Um beco escuro e no meio da cidade, tenha certeza, ali ele está. Pode ser visto cambaleando. Em sua face, o que mais predomina é a tristeza. Um suspirar quente mas sem emoção é produzido por ele. 
No centro do beco há uma lâmpada, ela está fraca, mas nem por isso, lhe falha a silhueta; é um homem. O sujeito parece estar um pouco aflito, seu olhar tenso para as coisas, o andar perdido; ele não ira a lugar nenhum. Após um tempo, ele começará a suar, havia cansado de andar em círculos, seus olhares se viram para a de uma pequena escada de dois degraus, o qual sentará. Após isso, começará a divagar de novo em seus pensamentos, mas desta vez, citará eles em voz-alta. 
_Todos os dias, heróis são feitos, e vilões são criados, algo deve prevalecer. Esse capitalismo, essa discórdia, essa falta de justiça. -O homem passa a mão na cabeça preocupado. 
_Eu não devia tê-los abandonado, eu não reconhecia isso a muito tempo, a minha raiva me controlou. Essa sensação ainda está em mim, não sinto isso dês do acidente. 
_Eu tenho que entrar lá de novo, é... -O homem parou a frase, um olhar mais frio assumiu após esses dizeres, porém ele continuará. 
_Meu dever... -O sujeito, que antes estava triste, abriu um leve sorriso 
Ele levantará do degrau, um olhar mais confiante o assombrava aos poucos seu rosto. O homem começará a tirar o sobretudo o qual cobria parte de seu corpo. Agora exposto e explícito; por trás do sobretudo havia um macacão branco com um semblante vermelho, nele está uma coisa, uma letra, era um "F".


Notas Finais


...


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...