1. Spirit Fanfics >
  2. K-12 (MLB e AD) >
  3. Class Fight

História K-12 (MLB e AD) - Capítulo 2


Escrita por:


Capítulo 2 - Class Fight


Entrei no internato,por dentro ele é muito bonito,diria que até mais que o lado de fora.
Minha sala é a 222,então tenho que me apressar para conseguir achar ela.
Subi uma escadaria e tinham três salas no topo dela.
221,222 e 223.
Bati na porta e ao ouvir um "pode entrar",girei a maçaneta e entrei.
As cadeiras são rosa e azuis,e,percebi que as azuis eram maiores que as rosa,ok,isso pra mim significou que os homens sempre vão estar acima das mulheres já que as mesmas estão apenas sentadas nas cor de rosa.
Revirei os olhos e me sentei no primeiro lugar vago que eu vi.
{...}
Senti alguém me cutucar,quando me virei pra trás era o ruivo de mais cedo no ônibus.
—Me empresta a borracha?—Após escutar essas palavras soltei um sorriso e peguei a borracha de minha mesa,o entregando.—Valeu!
Quando me virei pra minha mesa vi que tinha uma bolinha de papel em cima dela.
A abri e tinham coisas escritas numa caligrafia horrível.
"Vadia de cabelos coloridos"
Olhei em volta e vi um grupo de garotas me olhando com fúria nos olhos.
Rapidamente me virei e continuei a atividade.
Senti algo cair no meu pé,quando fui ver era um lápis,e logo em seguida a loira do ônibus se levantou e veio na minha direção,se curvou,com a bunda quase que na cara do ruivo e sorriu.
—Vá se sentar imediatamente Ambre!—A professora gritou e a loira correu pro seu lugar.
Um sinal tocou e a professora mandou todos se levantarem para o juramento á bandeira.
Todos menos o Dajan se levantou,e ele ainda questionou o juramento,na parte:
"Liberdade e justiça para todos"
A professora se estressou e apertou um botão em sua mesa,e na mesma hora seguranças apareceram e o levaram dali.
Meu cu trancou,é isso que acontece com alunos que buscam liberdade de expressão?
—Hora da soneca alunos!—Dito isso a professora saiu correndo,com o nariz cheio de sangue.
Colchonetes saíram magicamente do chão e tinha apenas um lustre iluminando tudo.
Me deitei num colchonete pronta pra dormir,estava exausta.
Quando finalmente peguei no sono,senti algo se enroscar no meu pescoço me fazendo acordar.
Era uma cobra?!
Me desesperei e fechei os olhos com força.
Quando os abri a cobra não estava mais no meu pescoço,foi só um sonho?
{...}
A hora de dormir acabou,e agora era hora do intervalo no parquinho,isso parece uma creche,só que não podemos brincar nos brinquedos,já que são apenas para exposição.
Estava sentada com Rosalya e um garoto,Alexy,ele demonstrou ser muito legal e engraçado.
—Aí eu fui e falei gentilmente e...CUIDADO!—Alexy gritou e apontou pra trás de mim.
Só fui entender o que ele quis dizer quando senti alguém me empurrar,me fazendo cair no chão.
Era Ambre,não acredito nisso,ela já está passando dos limites.
Não tive tempo de me defender e quando vi ela estava em cima de mim,literalmente dando na minha cara!
A loira parou por uns segundos,me fazendo abrir os olhos.
Ela estava tirando um canivete do sutiã,e com o pequeno objeto fez um corte no meu braço.
Fechei os olhos com força e uma força maior me fez abri-los.
Eu pude ver algumas folhas flutuando e...nós estamos flutuando.
—Me coloque no chão...sua aberração!—Senti meu sangue ferver e vi minhas Maria-Chiquinhas se esticarem e irem em direção ao pescoço da loira,a enforcando.
Enquanto meu cabelo a enforcava eu tive o prazer de estapear ela,até seu rosto estar todo fodido e minhas mãos sangrentas.
A coisa estava ficando suja no Plauground,disso eu tenho certeza.
Eu desejei na minha mente que isso acabasse logo,e vi nós duas voltando ao chão.
O que acabou de acontecer?!
Ela me encarou e saiu correndo,e suas seguidoras atrás dela.
Olhei pra trás e pude ver todos me encarando sssuatados,e surpresos.
Pensei em sair correndo dali,mas escutei um apito agudo e estridente vindo da entrada.
Era a professora drogada junto da loira.
Ai droga,me ferrei!
CONTINUA...



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...