1. Spirit Fanfics >
  2. Kagehina - O novo jogador >
  3. O que acontecerá a partir daqui?

História Kagehina - O novo jogador - Capítulo 7


Escrita por:


Notas do Autor


espero que gostem ^^

Capítulo 7 - O que acontecerá a partir daqui?


Fanfic / Fanfiction Kagehina - O novo jogador - Capítulo 7 - O que acontecerá a partir daqui?

Nesse momento estou arrumando a casa, já que hinata vai vir aqui para jogarmos. Minha mãe só chegará à noite, então não vou poder ouvir ela e suas loucuras, será o tempo que hinata já tenha ido embora, então não tem problema.

A idéia dele vir em minha casa foi um pouco repentina e me pegou de surpresa, mas admito que estou até ansioso, eu nunca trago amigos aqui, acho que ele será o primeiro em anos.


flashback on

— Ei kageyama.

— Hum?

— Parece repentino, mas... você tá livre hoje?

— Isso depende, o que você quer?

— Hum, não é nada não, esquece.

— Se não fosse nada, você não teria perguntado, agora fala, desembuxa.

— É só que, eu poderia ir na sua casa hoje?

— Pra quê?

— Sabe, pra nós jogarmos aquele jogo de rpg que você me disse ontem, não teria problema, não é?

— Hum. — penso um pouco comigo mesmo.

Acho que realmente não, minha mãe só chegará à noite, então daria certo.

— Dá sim, dependendo da hora.

— 15h está bom pra você?

— Está, é o tempo em que eu cozinho e arrumo a casa.

— Você cuida da casa?

— É tão estranho assim? Eu normalmente fico sozinho, a única pessoa que mora comigo não tem tempo, então alguém tem que fazer as tarefas domésticas.

— Bom, eu imaginei que qualquer pessoa menos você fosse apto pra esse tipo de serviço, mas agora revejo que cometi um grande equívoco.

— Ora, e por quê você está falando assim?

— Por nada. Eu passo lá depois, até mais tarde. — sai em meio a risadas.

flashback off

 

Olho o para relógio da parede, falta apenas 5 minutos para o horário que marcamos, a casa já estava arrumada, faltava só arrumar o quarto e tomar um banho.

Assim foi feito, terminei o quarto, mas antes que conseguisse chegar no banheiro, sou interrompido pelo som da campainha tocando. Vou até a porta e a abro, dando de cara com um pequeno ruivo descabelado, com um sorriso contagiante. Dou espaço para o mesmo entrar, e seguimos para a sala.


— Sua casa é muito bonita, causa até inveja.

— Pode olhar por aí se quiser, ou então pode ficar no quarto.

— Aonde você vai?

— Vou tomar um banho. Não está vendo? Estou todo suado.

— Tá certo.

— Ok, fique à vontade.


Pov. Hinata
 

Kageyama foi tomar banho, e eu decidi que ia olhar a casa dele, não tinha mais melhor para fazer.



 

Tempo depois, ele apareceu na porta de seu quarto, o mesmo estava apenas de toalha, mais uma pequena que estava em volta do pescoço, era uma bela visão. Senti meu rosto queimar, então difarcei olhando para o outro lado, com sorte ele não viu, pelo menos espero.

Me levanto para sair de lá para ele se trocar, o mesmo abre espaço e eu saio do quarto, lhe esperando na sala.


Pov. Kageyama
 

Terminando de me vestir, vou ao encontro de hinata que estava na sala, o chamando de volta para o quarto para finalmente jogarmos.

— Eu tenho o jogo de rpg e mais alguns aqui, qual você prefere hinata?

— A gente pode jogar o de rpg primeiro e se nos cansarmos, podemos mudar.

— Não vejo problema.

Dei play no jogo e jogamos, jogamos e jogamos, meu dedos já estavam doendo de tanto mexer no botões no controle. Decidi ir comer algo.

— Hinata, que tal paramos um pouco? Quer comer algo?

— Sim, já estou com fome.

— Vamos comer então, tem comida na cozinha.

Fomos para a cozinha e nos sentamos, tinha hambúrgueres no micro-ondas e suco na geladeira, então podíamos comer até não aguentar mais.

Pouco tempo depois de terminarmos, fui lavar os pratos e hinata disse que iria no banheiro, o informei onde ficava e ele foi.

Uns minutos se passaram e percebi que ele estava demorando demais para voltar, então terminei de lavar a louça e fui a sua procura.

Procurei no banheiro, já que era o lugar onde ele originalmente disse que iria, porém, ele não estava lá. Fiquei nervoso, saí a procura dele com passos rápidos, até que passei pelo corredor e percebi que a porta do meu quarto estava aberta, mas encostada, logo, cheguei perto e olhei pela brecha, ele parecia estar olhando alguns retratos em cima da escrivaninha.

Dava pra perceber que sua cabeça estava longe, não quis atrapalhar, então abri a porta do quarto sem fazer barulho e me aproximei do corpo do mesmo sem que ele percebesse, até que ele se vira, e com um segundo que pisquei, ele já estava caído no chão.

— HINATA? tá tudo bem?
 

Me agachei perto dele, me sertificando de que não havia se machucado. Ele parece estar bem, que alívio.


— Que susto, quer me matar do coração?
 

Por algum motivo, meus olhos se direcionaram para sua boca, e percebi que ele fazia o mesmo para a minha, o que seria isso?

Perdi meus sentidos, já que sem perceber levei minha mão ao rosto de hinata, acariciando sua bochecha levemente, era macia e limpa de espinhas e cravos, assim como a de uma criança.

Ele aproximou seu rosto do meu, e me senti atraído, já que me aproximei junto. E antes que pudéssemos encostar nossos rostos, ele direciona o olhar para o lado, e já sem nenhum controle sobre meu corpo, pus a minha mão no queixo dele, fazendo o voltar com o olhar para mim.

Dessa vez ele não hesitou, mas ainda o vi corado, será que era certo o que estava fazendo? Talvez ele não quisesse isso. Mesmo com esses pensamentos, naquele momento não queria mais nada além de juntar nossos lábios e sentir-lo contra mim.

Parecia que mesmo com aquela expressão de medo, hinata também ansiava por aquela vontade diferenciada de beijar.

Não vamos perder mais tempo, talvez não haja outra oportunidade, vamos torcer que tudo saia como planejado e amizades não sejam desfeitas, por conta de ações feitas por dois adolescentes cheios de hormônios.

O puxei para perto e selei nossos lábios. Eram doces e finos, macios e aconchegantes, não queria separar-los, trazia um prazer diferente no meu corpo. Ele era tão frágil, e ao mesmo tempo, tão independente.


Notas Finais


queria satisfazer um pouco da vontade e parar um pouco com a enrolação ;)

o que acharam? 🦄


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...