História Kai - Capítulo 1


Escrita por:

Postado
Categorias Histórias Originais
Tags Ansiedade, Depressão, Romance Gay
Visualizações 42
Palavras 398
Terminada Sim
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Famí­lia, Poesias, Romance e Novela, Yaoi (Gay)
Avisos: Bissexualidade, Homossexualidade, Sexo, Suicídio
Aviso legal
Todos os personagens desta história são de minha propriedade intelectual.

Notas do Autor


Arte da Capa por Larissa Demesio

Capítulo 1 - Introdução


Oi, meu nome é Kai e hoje você vai conhecer minha vida, eu tenho 17 anos e sou gay, nossa é difícil falar isso tenho tanto medo de ser quem sou que vivo com medo até das palavras, eu tenho alguns problemas que não me deixam melhor, que são ansiedade e depressão, elas me deixam de mal com a vida ou talvez minha vida realmente seja uma merda.

Tudo começou quando eu era apenas um garotinho de 7 anos, lembro que teve uma vez que eu estava com minha mãe na sala assistindo alguma novela e eu achei o ator bonito e falei, ela logo me proibiu de achar homens bonitos, eu fiquei me sentindo estranho a partir dali, eu fui crescendo e com uns 10 anos não me sentia como os outros garotos, eu era diferente e nessa sociedade é difícil ser diferente, eu não sentia vontade de beijar alguma garota como os outros, eu na verdade tinha uma quedinha em um amigo meu do time de futebol, ele era tão lindo e jogava tão bem, uma vez comecei a elogiar ele, e ele logo falou pros amigos que eu era um viadinho e eles começaram a brigar comigo, como podemos ver tenho vários traumas.

Minha família nunca gostou de mim de verdade, em encontros de família, sempre sou excluído de tudo e nunca me dou bem com ninguém, começam a criticar meu estilo e falar do meu jeito, me sinto muito incomodado eles falam demais e não pensam no que falam, e não veem que aquilo pode me atingir, talvez eu tenha nascido para ver se eles mudam em algo, minha mãe eu não entendo muito bem ela, pois ela ás vezes é de boa com o ''gay'' e tem vezes que ela surta, então nem tenho coragem de falar para ela que sou gay, queria que ela me entendesse.

Atualmente só tenho dois amigos que são a Mel e o namorado dela o Moacir, eles são os únicos naquela escola que me entendem e são confiáveis e não são importam com eu ser gay ou não, pois, afinal, eles são bissexuais, eles já me ajudaram tanto com minhas crises que sou grato eternamente a eles, sempre tentam me ajudar com palavras e ações, parecem anjos que vieram do céu só para me ajudar.

A partir de agora você vai acompanhar alguns dias da minha vida.



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...