História Kai - Capítulo 6


Escrita por:

Postado
Categorias Histórias Originais
Tags Ansiedade, Depressão, Romance Gay
Visualizações 21
Palavras 790
Terminada Sim
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Famí­lia, Poesias, Romance e Novela, Yaoi (Gay)
Avisos: Bissexualidade, Homossexualidade, Sexo, Suicídio
Aviso legal
Todos os personagens desta história são de minha propriedade intelectual.

Capítulo 6 - Final


Fanfic / Fanfiction Kai - Capítulo 6 - Final

Sobrevivi.

Tudo após minha overdose de uma certa forma mudou minha vida de uma forma radical, eu não sei o que senti de tão forte que me fez tomar essa atitude, minha mãe ficou muito preocupada comigo depois do ocorrido e não me deixou mais sozinho em casa, meu pai não se importou, na verdade ele nunca se importou.

O Charlie, a Mel e o Moacir sempre depois da escola vinham me visitar pra saber como eu estava me recuperando, Charlie me pediu desculpas por ter me forçado a falar algo que eu ainda não estava pronto a falar e eu falei pra ele que eu contei porque senti vontade no momento, então realmente a culpa não era dele.

Eu fico feliz por ter sobrevivido, acho que entendi que a nossa vida não é tão pequena quanto eu pensava, e que existem outras mil possibilidades de ter terminado aquele dia.

Eu não poderia de deixar de ver os pássaros que tanto me encantam, cantando perto da minha casa em grandes árvores, eu queria ver novamente todas as coisas que me deixam realizado e procurar novas fórmulas de me satisfazer, eu estou determinado a ajudar pessoas que sofrem dos mesmos problemas que eu, estou em um grupo de auto-ajuda e sendo acompanhado por profissionais que cuidam de pessoas com depressão e ansiedade.

Estou ficando bem melhor e super ansioso em ir a formatura com meus amigos e meu amor, a Mel meio que tá bolada por não estar terminando o ensino médio com a gente por ser mais nova uma ano, ainda vai ter que aturar mais um ano no colégio, falando nisso todos na escola sabiam que eu tive uma overdose, estava um pouco nervoso com isso, mas deixei para lá.

19 de Dezembro, SÁBADO, continue lutando

Eu já estava pronto para a grande noite, meu cabelo estava mais cacheado, e eu estava com um terno justo preto e uma gravata borboleta roxa, e meus sapatos sociais eram novos, eu estava exalando um perfume doce e meus lábios não estavam ressecados.

Eu estava me olhando no espelho quando de repente alguém entra em meu quarto, era o Charlie e ele estava bem cheiroso como sempre e muito lindo, com seu cabelo penteado de uma forma fofa, usando um terno branco com uma flor roxa em seu bolso do paletó, junto de uma gravata comum roxa e sapatos de couro sociais brilhantes.

- Oi meu lindo, como você está gato hoje, não sabia que dava pra ficar mais - disse Charlie me agarrando por trás.

- Obrigado, mas você que está meu amor - eu disse me virando e dando um selinho nele - minha mãe abriu a porta para você?

- Sim, acho que ela está começando a gostar de mim - ele fala dando um sorrisinho - Vamos a Mel e o Moacir já estão no carro esperando a gente.

- Tá bom vamos - pego em sua mão e vamos até o quarto da minha mãe se despedir dela.

- Tchau mãe - falo dando um beijo na testa dela.

- Tchau filho, Charlie cuide dele para mim - ela fala olhando em direção fixada a Charlie.

- Pode deixar sogrinha ele está em bons cuidados - Charlie fala já saindo do quarto comigo e indo em direção a porta.

Ao chegar no carro falo com Mel e Moacir que me cumprimentam cada um com um beijo em minha bochecha.

Fomos em direção ao local da formatura.

Ao chegar lá todos estavam nos olhando entrar e aquilo me deixou com vergonha, logo fiquei com as bochechas rosadas.

- Amor você está muito fofo com essas bochechas rosadinhas - ele me fala apertando as minhas bochechas.

- Estou com um pouco de vergonha dessa gente olhando - eu digo e logo em seguida ele pega em minha mão.

- Não precisa, vamos apenas viver nossas vidas.

Nossa noite foi completamente mágica, dançamos muito, curtimos muito, comemos muito e nos formamos que é o mais importante haha, eu não podia acreditar que tentei acabar com todos os meus momentos que ainda estariam por vir, eu prometo que nunca mais vou tentar desistir da vida, ela é muito preciosa para ser acabada assim, afinal, todo mundo tem problemas e cada pessoa tenta sobreviver de uma forma diferente a cada dia que passa, talvez o segredo seja ter amor em nossos corações e praticar a gentileza com o próximo e ter coragem pra enfrentar cada problema que vier.

Não deixem de acreditar que seu futuro pode ser incrível.

E não esqueçam que momentos bons e ruins sempre vão existir, e se você estiver passando por algo ruim, não deixe de acreditar que existe um lindo, grande e brilhante arco-íris esperando por ti.



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...