1. Spirit Fanfics >
  2. Kakegurui - Kakasaku >
  3. Jogos, acordos e fitas vermelhas

História Kakegurui - Kakasaku - Capítulo 10


Escrita por:


Notas do Autor


Se é pra ter hot, vamo fazer detalhado, espero que gostem!

Capítulo 10 - Jogos, acordos e fitas vermelhas


Fanfic / Fanfiction Kakegurui - Kakasaku - Capítulo 10 - Jogos, acordos e fitas vermelhas

Atenção: Esse capítulo contém cenas de sexo explícito assim como uso de drogas lícitas.

A noite caia, as nuvens cinza carregavam o céu dando indícios da chuva torrencial que se seguiria. Os passos de Sakura eram rápidos indo em direção a grande casa projetada, parecia que iria chover logo. Ouviu risadas ali dentro, provavelmente todos estavam em casa, algo que raramente acontecia.

A Haruno entrou no ambiente deixando os sapatos na entrada e se deparando com um grupo ali. Yamato, Aoba e Guy estavam no balcão preparando várias bebidas diferentes. Aquele mesmo balcão em que Kakashi e ela quase transaram. Ela corou entrando e deixando suas coisas ao lado da porta, tirou o sobretudo preto e pendurou o mesmo junto com os outros que estavam dispostos do outro lado da porta.

- Boa noite. - Ela sorriu seguindo para a cozinha, sentada na mesa estava Ino juntamente a Naruto em uma proximidade estranha, ela deu um beijo nos cabelos da amiga e se encostou no balcão pegando uma shot de Aoba. - E então, qual o motivo de reunião?

- Noite de jogos do clã. - Kakashi estava descendo as escadas com algumas caixas nos braços, as depositando em cima da mesa de centro com os sofás envoltos.

- Vocês são oficialmente do Clã, então tem direito de participar. - Naruto falou com um sorriso de lado tomando um gole de uísque, ele ainda estava com o uniforme da anbu e Ino estava ao seu lado usando o da inteligência, o loiro olhou para a garota ao lado dele e deu um sorriso, recebendo um tapa na cabeça.

Sakura balançou a cabeça rindo levemente, e subiu para colocar suas coisas em seu quarto aproveitando para trocar de roupa. Vestiu uma calça branca juntamente a uma blusa de mangas longas que deixava sua clavícula um pouco a mostra, pôs suas meias para andar pela o chão frio e desceu novamente encontrando todos já reunidos na sala no meios de garrafas de bebidas diversas inclusive saquê.

- Então? Qual a diversão de hoje? - Perguntou ela chegando na bandeja onde tinha alguns aperitivos e tirou um pedaço de queijo ali sentando entre Aoba e Guy.

No meio tempo em que ela estava lá já tinha criado uma boa amizade com os dois shinobis, principalmente com o primeiro que muitas vezes parecia ler a mente dela, Sakura desconfiava que o de óculos escuros sabia sobre sua quedinha - que a rosada tinha certeza ser mais que um tombo - pelo o ex sensei.

- O nome do jogo é "Caminho da vida", você vai jogar os dados e a quantidade de numero que cair você vai avançar as casas, na casa que parar você acata o comando, é simples. - Kakashi explicou rapidamente abrindo o grande tabuleiro no meio da sala, haviam oito caminhos ali, um caminho iria ficar livre.

- Ganha quem chegar no final primeiro. - Yamato falou pegando sete bonequinhos dentro da caixa e entregando para cada um, a rosada havia ficado com um de cor vermelha, cada boneco tinhas suas respectivas cores. - Mas, os desafios contidos no jogo são um pouco.... mais adultos.

Curiosa, Ino se inclinou para a frente afim de ler alguns comandos, a loira arregalou os olhos vendo o que tinha ali e começou a rir. Tirou o seu casaco preto da inteligência, e com uma cara maliciosa jogou em cima do sofá, indicando que estava preparada.

- Vamos começar. - Kakashi pegou um copo e colocou os dados balançando, a ordem se seguiria do um ao sete, Sakura era o número três. O dado preto indicaria o jogador e o branco, o número de casas até o desafio.

Kakashi jogou os dados em cima do tabuleiro, o preto caiu no número quatro - para o alívio da rosada - e o segundo no um, Guy era o escolhido.

- Beba uma garrafa inteira de saquê... - Ele leu e pediu com a mão para Yamato o entregar, abriu a garrafa e virou inteira, Sakura olhava com os olhos arregalados pois shinobi bebia sem parar.

- Meu deus do céu. - Ino levou a mão a boca, impressionada e Naruto riu vendo Guy terminar a garrafa um pouco pálido.

- Próximo! - Guy, já um pouco alterado pegou os dados e o copo, chacoalhando e os jogou no tabuleiro, o preto caiu no número sete e o branco no cinco.

- Sou eu... - Ino falou avançando seu boneco no tabuleiro, leu o comando. - Leve quem você tem desejos carnais para um quarto escuro.

A loiro engoliu eu seco corando, agarrou no pulso de Naruto e o puxou sem cerimônias, o loiro estava atônito mas se deixou levar entrando no corredor onde seria os quartos. Sakura olhava surpresa assim como o resto, quem diria?!

Se passaram alguns minutos e os dois voltaram para a sala, Os cabelos de Ino agora estavam presos um rabo de cavalo e Naruto estava um pouco corado, alguma coisa havia acontecido entre eles.

Ino pegou o copo dessa vez jogando os dados lá dentro e balançando o objeto a misturar, colocou em cima do tabuleiro e tirou com objeto cilíndrico revelando o resultado. Dado preto constava o número dois e o branco o número nove.

Naruto pulou as nove casas, era o que estava mais na frente, e leu o que estava escrito ali.

- Cite alguma frase da sua antiga relação que tenha teor sexual e explique. - Parecia que o loiro iria morrer de tanta vergonha, pegou uma dose de saquê e engoliu de uma vez como se fosse coragem líquida. - Oito trigramas e sessenta e quatro quicadas.

Sakura tentava segurar o riso, mas o primeiro a soltar uma grande gargalhada - para surpresa de todos - foi Yamato que não se conteve e em seguida Guy no seu auge de bêbado, Sakura tinha os olhos cheios de lágrimas com a quantidade de risos, afinal, não precisava de explicação para aquilo.

O loiro estava ruborizado, ele chacoalhou o copo com os dados e repetiu o processo, que para o azar de Sakura, o dado preto caira no três assim como o branco fora para o oito.

Sakura seguiu o comando e pulou oito casas, chegando na destino leu o que havia escrito e ruborizou.

- Tira e roupa no ar livre. - Ela engoliu em seco e encarou Kakashi do outro lado, que tinha um ar de sorriso no rosto, o desgraçado sabia que algo do tipo iria acabar acontecendo e foi por isso que havia escolhido aquele jogo.

Mas se ela ia afundar, fazia questão de levar ele junto.

Todos de levantaram afim de ver o que a Haruno iria fazer, ela se direcionou a porta pegando uma das várias garrafas de saquê que havia ali. A noite estava fria e eriçava os pelos da nuca dela, abriu a garrafa de saquê derrubando um pouco do líquido na garganta que desceu arranhando. Guy estava sendo segurado por Yamato pois o primeiro estava cambaleando de bêbado.

Ao sentir o efeito do álcool em seu sangue, Sakura seguiu até Kakashi, sendo observada por todos, inclusive o prateado que se encontrava no balcão vestindo sua blusa usual ninja sem o colete jounin com as mangas arregaçadas. Ela ficou na frente do mesmo e tomou mais um gole vindo direto da garrafa, a tensão sexual era clara entre os dois, mas Kakashi se mantinha impassível.

- Strip dice. - Ela falou jogando os dados do outro jogo no balcão, Kakashi semi cerrou os olhos lembrando do acordo do jogo, a diaba sabia jogar. Os dados caíram em um número par, fazendo com que a rosada ganhasse a rodada. - Tira a calça.

Sakura molhou os lábios que estavam ressecados dando um teor sexual para o ato, deu as costas para o prateado que ainda se mantinha na mesma pose e seguiu para a porta.

- O show vai começar. - Ela falou quando ouviu gritinhos de Ino que estava animada, todos saíram para ver o que se sucederia com a de cabelos roséos. Ela tirou primeiro a blusa jogando na grama verdinha que tinha ao redor da casa, o lugar onde estava situada a residência era envolto de floresta e por isso, tudo estava deserto, se arrepiou com o toque do vento estando apenas de sutiã.

Agora virada de costas para todos, sentindo frio, ela tirou a calça sentindo uma presença ao seu lado, era Kakashi pronto para pagar a aposta do próprio jogo, Sakura tomou uma dose de saquê usando apenas um sutiã rosa claro e uma calcinha branca mostrando seu corpo curvilíneo.

- Como eu perdi a nossa aposta, Sakura, eu também vou. - Kakashi falou alto para os outros ouvirem, a rosada soltou um risinho maléfico ao ver Kakashi tirar a calça e sua blusa preta, o acordo era para tirar apenas o primeiro mas ele optou por ir além, ele usava apenas a blusa da máscara acoplada e uma boxer preta, os dois se viraram para os que viam a cena perto da porta.

- Isso é o showdown porra! - Naruto falou alto puxando Ino pela cintura e a beijando de forma abrupta para a surpresa de todos, era fato que ele usaria a desculpa de estar bêbado mas a loira também se aproveitou do momento seguindo a vibe. Os outros três ali - Aoba, Yamato e Guy - estavam atônitos com o rumo das coisas. Yamato com a ajuda de Aoba levou Guy para dentro com o estado bêbado em que o último se encontrava, as últimas declarações antes do ninja fora de si entrar, foram "Você vai dormir comigo, né Yamato?" .

- Ok, o que diabos acabou de acontecer? - Sakura se virou para Kakashi rindo de tudo que acontecia, o prateado se via com um sorriso de lado e a puxou pelas pernas fazendo a rosada soltar um gritinho de susto.

- Você vai já descobrir no meu quarto. - Ele falou enquanto fazia um sinal de mão de teletransportando diretamente para o quarto do prateado, que ao ver a mulher seminua em sua frente simplesmente havia perdido todo o controle e discrição que tinha.

- Vamos fazer um joguinho. - A rosada falou se aproximando do grisalho com um sorriso sacana.

"Essa mulher vai me matar", Kakashi pensou enquanto a mesma passava seus dedos de forma leve pelo o peitoral masculino. Ignorando qualquer decoro assim como preliminar ou jogo sensual, Kakashi baixou a máscara e a puxou para um beijo intenso não se importando com nada. As suas línguas travavam uma árdua batalha e os dois estavam sedentos um pelo o outro, suas respirações estavam descompassadas assim como o coração que batia em ritmos diferentes, Kakashi sentiu ser pego pelo o pulso e de repente seu corpo foi preso pelo o da garota.

- Eu disse que tenho um joguinho. - Ela sussurou no ouvido do mais velho que estremeceu ao seu toque, obedientemente ele acenou a cabeça em positivo. - Da última vez que vim aqui tinha uma fita de cabelo vermelha, parecida aquela que deixei com você em uma missão anos atrás, é ela?

- Tá no closet, nunca lembrei de lhe entregar. - Ele falou sendo solto pela rosada que seguiu ao seu guarda roupa, pegando a peça que estava em perfeito estado.

A verdade era em partes, ele havia sim guardado o objeto para entregá-la quando a visse novamente, mas quando aqueles desejos se afloraram no seu íntimo, tudo o que ele queria era guardar um pouco dela para si. Aquilo o envergonhava, ele se sentia um adolescente de novo.

Sakura o empurrou em direção a cama, jogando o corpo masculino ali, Kakashi se via vidrado por seus olhos esmeraldas e engoliu em seco ao ver o corpo da Haruno engatinhar em cima do seu, como se fosse uma pantera prestes a atacar. Era extremamente sensual como a luz do luar iluminava suas curvas dando o sombreamento perfeito da garota na penumbra do quarto.

- Sakura... - Ele gemeu ao sentir uma das mãos da Haruno deslizar por dentro de sua Boxer e acariciou seu membro que havia acordado há tempos.

- As regras são as seguintes. - Ela agarrou o membro do Hatake fazendo movimentos de vai e vem com a mão, a pupila do prateado estava dilatada assim como a da Haruno que estava no auge da excitação. - Você vai ter que descobrir em que parte do seu corpo eu estou, com os olhos fechados e sem poder tatear com as mãos. Entendeu?

Kakashi acenou com a cabeça, Sakura pegou a fita amarrando a peça nas mãos do sensei e prendendo na cabeceira da cama. Ela sentou em cima do colo do mais velho o fazendo arfar, colocando sua mão direita em seu olho tapando a visão do mesmo, percorreu a outra mão livre pelo o corpo do mesmo arrepiando-o.

Parou a mão na ombro direito dele e se inclinou para a frente roçando no seu membro que estava pulsando de excitação, Kakashi arfou sentindo o hálito quente da rosada em seu pescoço.

- Em que parte estou? - Ela rebolou de leve no colo e o tirando a concentração, estava jogando sujo.

- Ombro direito. - Respondeu rapidamente, Sakura sorriu de lado tirando a mão dando uma visão privilegiada da posição em que se encontrava. Ela rebolou ainda mais no colo dele sentindo ele se encaixar na sua entrada com apenas o tecido os separando, a rosada mordeu o lábio em excitação. - E agora?

- Em cima do meu pau. - Respondeu contendo o gemido de prazer ao sentir ela sentar com mais força, ele sentia como se seu membro fosse rasgar o tecido a qualquer momento pois estava pulsante e duro.

A rosada tirou a calcinha, não aguentando mais aquele joguinho e ajudou o Hatake tirar a última peça que faltava no seu corpo, deixando o membro grande e pulsante sair dali mostrando suas veias saltadas. A rosada mordeu o lábio vendo a cena e se pôs a tirar sua calcinha sem nenhuma cerimônia pois já estava lubrificada o suficiente.

Kakashi usou sua força para se ver livre da fita amarrada, deixando a peça em pedaços e dessa vez, guiando a situação. Puxou a rosada para um beijo cheio de luxúria, os dois arfavam em êxtase e sentindo arrepios com a leve brisa tocando seus corpos.

- De quatro, agora. - O prateado falou autoritário enquanto a rosada obedecia prontamente empinando a bunda deixando sua intimidade exposta para o mais velho que mordeu o lábio excitado com a cena, se aproximou passando os dedos levemente pela a tez pálida da garota, Sakura sentiu seus pelos se eriçarem com a mão quente do Hatake, uma ardência tomou conta dali sentindo um tapa estalado naquele lugar dando o contraste vermelho com sua pele. Ele pegou um pacotinho indicando ser a camisinha, Sakura não havia visto o momento em que ele havia pego mas só o queria dentro de si.

Kakashi pincelou o seu membro na entrada fazendo Sakura de empinar ainda mais de expectativa, aos poucos ela se sentiu preenchida pelo o mais velho. Ele era grande e grosso, estava mais duro como nunca e ele conseguia fazer jus ao próprio nome. Ela o sentia preencher cada parte do seu ser enquanto seu interior se contraia com ele dentro dela iniciando os movimentos de vai e vêm, uma onda percorreu todo o seu corpo quando ele a puxou pelo o tronco encostando seus corpos enquanto se movimentava e massageava o seu clitóris sensível e inchado indicando o orgasmo que estava próximo, sentiu algo crescer dentro de si e ela gozou naquele momento enquanto o Hatake ainda estocava.

- Kakashi... - Gemeu o nome do mais velho se derramando nele, sua excitação descendo pelas coxas fartas deixando o ninja ainda mais sedento enquanto o mesmo soltava gemidos roucos.

Ele a deitou na cama saindo de dentro dela e percorrendo os seios, chupando e mordiscando fazendo ela gemer seu nome, se posicionou entre as pernas da rosada e colocou seu membro novamente preenchendo a rosada enquanto grunhia em êxtase com a sensação quente e apertada do interior da Haruno. O mesmo se pôs em cima dela equilibrando seu peso nos cotovelos apoiados na cama e se movimentando, rapidamente, Sakura estava prestes a ter seu segundo orgasmo naquela noite como há tempos não tinha e dessa vez seria mais intenso que o interior, principalmente ao sentir Kakashi chupar um dos seus dedos e o levar em direção à sua intimidade massageando de forma cadenciada o seu ponto de prazer, os movimentos se seguiram mais rápidos e firmes até que de forma sincronizada os dois atingiram o ápice.

Kakashi caiu do lado da Haruno arfando com a intensidade que aquilo havia tido, a garota tentava controlar os tremores em seu corpo e sua respiração pois estava no mesmo estado do segundo. Kakashi retirou a camisinha amarrando e indo ao banheiro enquanto Sakura se recompunha, quando o mesmo voltou para o quarto se deparando com a rosada entre seus lençóis brancos se viu no paraíso.

É fato que ele havia tido outras mulheres assim como a garota havia tido casos, mas o Hatake nunca tinha tido um sexo tão intenso e cheio de sentimentos como com a rosada. Ele se deitou ao lado dela passando as mãos em seus cabelos roséos, tão bonitos e cheirosos, ela se virou com um sorriso combinado ao seu olhar doce para ele, prestes a proferir as palavras mais bonitas que o Hatake poderia ouvir naquele momento:

- Aguenta mais um round? 



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...