1. Spirit Fanfics >
  2. Kakegurui - Kakasaku >
  3. Emboscada

História Kakegurui - Kakasaku - Capítulo 14


Escrita por:


Notas do Autor


Eu li cadê comentário de vocês! A fic continuará na linha KakaSaku, mas essa missão em Suna... fica na imaginação de vocês o que pode acontecer! Mas vou já avisando: Saquê, novos jogos e bom, MUITO HENTAI.

Capítulo 14 - Emboscada


Fanfic / Fanfiction Kakegurui - Kakasaku - Capítulo 14 - Emboscada

No total haviam doze ninjas ao redor da comitiva, aos poucos a formação foi perdendo espaço e todos estavam de costas um para o outro cobrindo o ponto cedo de cada shinobi ali. Sakura havia pego uma de suas variadas kunais envenenadas que era presa por um fio de aço que ficava quase invisível aos olhos externos.

A formação combinada havia sido da Haruno atacar com sua força monstruosa o chão fazendo os inimigos - caso aparecessem - ficarem distraídos com a rosada enquanto os outros iam eliminando os que estavam com a guarda baixa, diminuindo consideravelmente os inimigos.

E Sakura o fez, com um olhar para todos -que se espalharam afim de não serem atingidos pelo o ataque- ela juntou chakra no punho e direcionou ao chão fazendo grandes crateras se mostrarem logo derrubando a maioria que estavam apoiados nas árvores, haviam cinco em volta dela e a mesma com sua kunai, fez um movimento giratório atingindo os três shinobis e as duas kunoichis ao seu redor com arranhões. O mais alto e que parecia ser líder daquele grupo riu irônico. O resto do grupo lutava com os que haviam sobrado e o barulho de socos e kunais se chocando eram ouvidos ali.

- Você acha que vai conseguir parar a gente com Kunai? - Ele sorriu ladino, havia uma cicatriz que passava desde a parte superior da sua testa e seguia até o pescoço em uma linha reta, aquela expressão em seu rosto o deixava assustador mas a rosada não havia se abalado.

- Disso, faltam só dois... - Ela fingiu olhar um relógio de pulso, ironicamente - Agora um segundo para começarem a sentir o efeito imediato do meu veneno.

E foi dito e feito, ele a tentou atacar mas foi atingido por uma forte tontura o fazendo perder o equilíbrio e cair, a garganta dele - assim como os outros ao redor da rosada- estava se fechando e a respiração era dificultosa. Sem perder tempo, Haruno saiu dali os deixando no chão, os meninos haviam dado de conta dos outros e estava ali um, apenas um deles, preso pelo estilo madeira de Yamato enquanto Aoba revirava a mente do ninja em busca de informações.

Os eventos anteriores aconteceram de forma muito rápida, aqueles ninjas não eram tão habilidosos e por essa razão o grupo estava se perguntando o que eles faziam ali. Aoba tinha um semblante sério enquanto, com sua mão direita, revirava a mente do ninja que estava preso. Ele tentava sair dali, grunia e tentava a todo custo não deixar o sensor vasculhar sua mente, mas como se fosse num estalo, ele fechou os olhos e abaixou a cabeça.

- Você está bem? - Kakashi se aproximou de Sakura com um olhar preocupado pois o mesmo a vira cercada pelos cinco. A rosada acenou com a cabeça e Kakashi expirou, como se tivesse preso a respiração pela a ansiedade com a resposta. Ele tinha suas duas mãos postas na bochecha da Haruno com um olhar procurado, ela sorriu com o gesto.

- Kakashi, precisamos conversar quando tudo isso passar. - Ela falou engolindo em seco, sabia que deveria colocar os pingos nos i's devido a situação anterior e ter uma conversa franca com o prateado. Ele acenou em positivo com a cabeça voltando para seu escudo de imparcialidade e seguiu para perto de Aoba afim de saber se o moreno havia descoberto algo.

- Eles eram nukenins que nos atacaram por pura coincidência. Mas eu sinto que tem mais coisa por aí... - Aoba falou tirando a mão da cabeça do prisioneiro - Ele tem muitas armadilhas de genjutsu dentro da mente dele, acho que apenas Ino ou Inoichi conseguiriam passar por isso. Não sou tão bom quanto eles.

Sakura sentiu seu peito aquecer ao perceber como a amiga havia crescido, ele deu um leve sorriso ao ouvir o nome da loira que com certeza estava aproveitando sua viagem solitária com o Uzumaki.

- De qualquer maneira, irei avisar para Tsunade-sama. - Kakashi começou a escrever de forma rápida em um pergaminho limpo e após o ato, o enrolou fazendo os selos de invocação - Irei mandar Pakkun.

Ele invocou o pug que apareceu ali em uma nuvem de fumaça exibindo uma cara de puro tédio, idêntica a que Kakashi fazia, fazia muito tempo que a rosada não via o cachorro.

-Yo, Kakashi. - Cumprimentou o prateado olhando ao redor até seus pequenos olhos pararem na rosada que sorriu para ele, Pakkun fez uma cara surpresa para ela que acenou. - Sakura-san, você cresceu tanto.

Ele se aproximou da rosada a cheirando com uma expressão interrogativa, olhou para Kakashi e alternou para ela.

- Você ainda usa o mesmo shampoo que eu... - A rosada fez um bico, fingindo irritação - Mas você tem bastante o cheiro do Kakashi consigo.

Inevitavelmente, os três - Aoba, Guy e Yamato - estavam se segurando para não rir com a cena. Sakura tinha a face extremamente vermelha e envergonhada enquanto o cachorro ainda os olhava. Kakashi pigarreou voltando a atenção para si uma leve parte rosada escondida pela a marca estava ali indicando que ele estava corado também mas mantinha a pose séria.

Tirou o pergaminho entregando para o pug que abocanhou o objeto, ele fungou, cheirando o prateado e se aproximando com o objeto na boca.

-  Dopamina, estrógeno, oxitocina e testosterona... - Olhou para os dois, Sakura tinha suas duas sobrancelhas levantadas em surpresa entendendo o que aquilo queria dizer. - Os hormônios da paixão...

- Pakkun, leve isso para Tsunade-sama, por favor. - O prateado sibilou pedindo com os olhos para que o cachorro saísse logo dali. Pakkun revirou os olhinhos e virou na direção que deveria ir.

- Hm... - Olhou os dois com suspeita e saiu dali em disparada indo em direção a Konoha. Os outros se juntaram prontos para partir na mesma formação.

Ele juntavam chakra e impulsionavam pelas árvores, foram longas horas de viagem enquanto as cores verdes vibrantes estavam começando a se tornarem em tons escuros denunciando a noite que estava prestes a chegar. Eles estavam na metade do caminho, Sakura e Kakashi trocavam apenas as palavras necessárias durante a viagem. Sentimentos conflitante tomavam de conta da rosada, pois afinal, Kakashi estava totalmente impassível e não podia saber o que ele estava pensando.

Kakashi as vezes franzia o cenho mostrando uma ruga de preocupação, ele estava uma bagunça por dentro e não sabia o que fazer. Nunca esteve nessa posição, nunca sentiu paixão.

É, talvez isso sequer fosse paixão. Apenas atração sexual.

Ele pensou olhando de relance para a rosada ao seu lado que fitava sempre o horizonte, sem lhe dirigir o olhar. O prateado admitia que eles eram compatíveis na cama, e muito até, o problema era externamente. Haviam muitas incógnitas começando pelo o relacionamento abusivo que ela havia acabado de sair. E se tudo o que ela dizia sentir era apenas carência? Ou até ele mesmo?

Balançou a cabeça em negação, teria que pensar em tais coisas quando a missão chegasse ao fim. Nunca se permitira que os assuntos pessoais ultrapassarem essa barreira e assim ele teria que se manter. Principalmente aquietar o pau dentro de suas calças, mesmo com uma tentação constante de uma rosada.

- Vamos acampar. - Yamato sugeriu vendo uma área aberta com árvores ao redor. Os cinco pararam ali enquanto Yamato fazia os selos de forma rápida e colocou uma mão no chão. - Estilo madeira: Técnica da casa de quatro pilares.

Uma grande casa de madeira emergiu do chão tomando de conta do local e fazendo todos se afastarem, Sakura sorriu ao ver que dormiria confortavelmente essa noite e não em uma mata suja. Essa era uma das ótimas razões de se ter um usuário do estilo madeira no grupo.

- Boa Yamato! - Guy falou batendo palmas e entrando ali, uma grande escada levava para os cômodos de cima que havia apenas um grande cômodo que naquela noite serviria de quarto. Guy jogou seus pertences no canto e se deitou confortavelmente, Kakashi franziu o cenho com o colega.

- Você tá bem? - Perguntou para o amigo que acenou com a cabeça, um pouco confuso. Ele juntou as sombrancelhas mostrando não entender. - Você não falou nada sobre juventude e também não disse que iria aproveitar a noite para treinar.

- Descanso também é treino! Para ter sua juventude sempre vigorosa, deve se ter um descanso! - Guy deu de ombros e Kakashi suspirou rindo levemente.

- Pra quê eu fui falar. - Revirou os olhos jogando a bolsa no outro lado, perto da de Sakura que tirava sua bandana junto com sua blusa vermelha e a cinta que segurava seu equipamento ninja na cintura. Ela ficou com um top branco feito de ataduras, não dava muito espaço para imaginação mas Kakashi não deixou de lembrar que dois dias atrás estava entre aqueles seios médios e roséos.

Se controla, Kakashi!

Ele se levantou levando suas coisas para ficar do lado dos meninos, a rosada deu de ombros e bufou alto com a atitude do prateado.

- Tsc. Vou tomar um banho no rio aqui perto, preciso tirar todo esse suor. - Ela falou juntando algumas coisas na mão com uma carranca irritada, o lugar não era muito afastado dali e eles haviam encontrado no caminho. Ela desceu as escadas deixando os quatro jounins ali.

- Você ta fodido, Kakashi. - Aoba foi o primeiro a falar recebendo um suspiro irritado do prateado, mas o primeiro foi apoiado por Yamato que estava tirando o seu happuri revelando seu rosto com o queixo coberto pela camisa preta.

- Senpai, você deveria falar com ela. - O ex Anbu falou, Kakashi deu um suspiro derrotado e desceu dali, finha muita coisa na cabeça e principalmente: Controlar o desejo por Sakura.

Ele sabia que se descesse até ali e a visse despida, sua sanidade toda iria pelos os ares, aquela mulher tinha o poder de fazê-lo perder o controle assim como uma maldita feiticeira.

Eles desceu as escadas traçando o mesmo caminho que a rosada seguira minutos antes, o Jounin sentia o seu cheiro de cereja por todo caminho devido o seu olfato aguçado. Ela era extremamente cheirosa e ele adorava aquilo. Principalmente seguir a trilha de sua clavícula e o pescoço delgado da rosada mordiscando sua tez enquanto deixava marcas avermelhadas por ali.

Com esse pensamento, o amigo de Kakashi começou a dar sinais de vida pela calça. Acenou em negação com a cabeça.

So controla Kakashi. Você veio conversar, não foder. Tá parecendo adolescente.

Seguiu a trilha escura em que a única iluminação dali era o luar que estava majestoso lançando sua luz sobre as árvores. Um barulho de água corrente chamou sua atenção, e a sena na frente do prateado o fez perder todo o autocontrole que ele estava trabalhando.

Sakura se banhava nua na beirada do rio.


Notas Finais


Vamos lá, O começo vai ser bem carnal e os dois irão explorar esses sentimentos novos e intensos. Esta muito confuso para eles assim como espero que vocês estejam partilhando da mesma confusão. De qualquer forma, espero que gostem!


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...