1. Spirit Fanfics >
  2. Kanao e Tanjirou >
  3. Conhecendo, e aceitando.

História Kanao e Tanjirou - Capítulo 2


Escrita por:


Capítulo 2 - Conhecendo, e aceitando.


Terminei o treinamento, o cabaceiro aumenta a cada dia, tomo banho e vou para meu quarto secar meu cabelo.

Íris (Meu corvo) vem a minha janela e diz.

-Boa Noite! A próxima missão é ao norte! Um oni vem sequestrando crianças!.

-Claro, obrigada Íris, levantarei cedo.

Batem na porta, vou abrir, era minha mestra.

-Kanao, não precisa ir na missão se não quiser.

Aceno a cabeça, giro a moeda_coroa.

-Eu quero ir.

-Tem certeza? Se quiser eu vou.

-Eu quero ir, poderei me aprimorar em campo.

-Claro, leve o veneno na sua bolsa.

-Sim.

Ela se vira. Mas recua

-Ah Kanao, Giyu deixou lembranças para você, está na sala de jantar.

-Claro.

Quando ela sai volto a minha cama, termino de secar meu cabelo, e pego meu diário.

Folheio algumas páginas, e me distraio com a lembrança de Tanjirou-Sama sorrindo ele era tão fofo.

Acabo dormindo. Acordo durante a madrugada, quando caio da cama.

Aquela queda doeu, me levanto e penteio meu cabelo, arrumo minha bagagem, vou a sala em silêncio, pego a caixa e levo ao meu quarto, coloco na bolsa.

-Kanao-Chan?-Uma das meninas chamam

-Sim?

-O que faz acordada?

-Não se preocupe, vá descansar.

-Tá.

Me deitei, mexendo com a moeda, girando pra lá e para cá, não estando ciente do que estava fazendo, só lembrava dos últimos rostos visto na seleção final, lembro de ter visto um rosto a mais, antes de Tanjirou-Sama derrotar aquele oni mutante, me perguntava o que ele estava fazendo agora.

A luz do sol atinge meu quarto, me levanto e tomo um banho rápido, vou tomar café.

-Kanao, dormiu bem?

-Sim.

-Otimo, não se esqueça do que aprende aqui.

-Silêcio, controle, ataque.

-Muito bem.

Saí a caminho da cidade ao norte. Abri a caixa de Giyu-san, alguns chocolates e uma carta.

'Ah ótimo vai me distrair de pensar em Tanjirou-Sama'-pensei.

*Querida Kanao-Chan,

O garoto que proteje o oni, é Tanjirou Kamado, ele foi treinado pelo meu mestre- Urokodaki

Quero que vocês tenham a chance de se conhecerem, seria bom para ambos serem amigos.

Carinhosamente Tomioka Giyu*

Logo anoitece, vejo três onis, uma de cabelo castanho indo ao laranja, a outra do cabelo verde indo ao branco, e um garoto do cabelo preto, ele estava de olhos fechado, porém movia as mãos de modo estranho, me aproximei, suas mãos tinham olhos verdes!.

Ataquei a do cabelo verde.

-Qual seu nome?-Perguntei.

-Yana-Ela disse desaparecendo.

-SUSAMARU!-o garoto falou saindo de perto.

-Ai Yahaba, cala a boca!- Disse a garota do cabelo castanho/laranja.--Qual seu nome?

-Kanao, Tsuyuri Kanao-Disse a atacando.

-Vc é bem forte.-Ela disse jogando uma esfera em mim.-Gosta de brincar?, Eu adoro

-SUSUMARU!-o garoto disse a puxando.

-Até mais tarde matadora de onis!-Ela disse sorrindo.

Me aproximei da esfera no chão, e ela explodiu me deixando inconsciente.

Acordei na floresta, e vi um javali com um corpo humano.

-Quem é você!?

Ele se aproximou, e colocou um pano na minha testa, pegou minhas mãos de modo que eu segurasse o pano.

-Obrigada.

Ele ameaçou de tirar a cabeça de javali, mas recuou ouvindo íris

-Tá, tudo bem ela tá comigo!-eu disse antes que ele serrasse Íris com sua espada com dentes.

Percebi que a espada era uma nichirin.

-Você é um matador de oni?

-Eu luto para ser mais forte!-ele disse finalmente.

-Entendi, qual o seu nome?

-Inosuke, Hashibira Inosuke!, E o seu?

-Kanao, Tsuyuri Kanao.

-Está melhor dos seus ferimentos?

-Sim, obrigado, ainda estamos no norte?

-Sim.

-Obrigada.

-De nada, você tem um rosto bonito! Quer lutar comigo?

-Obrigada, mas recuso, tenho que voltar pra casa.

-Casa?, Quem se importa? Luta comigo!

-Não obrigada.-Disse o nocauteando.

Tratei de suas feridas, tirei sua cabeça de javali, ele era um garoto com um rosto feminino, entendi o pq da cabeça de javali. E voltei para casa.



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...