1. Spirit Fanfics >
  2. Karada no Henka (Naruto-Sasuke Uchiha) >
  3. 01 - Chuva de Meteoros

História Karada no Henka (Naruto-Sasuke Uchiha) - Capítulo 1


Escrita por:


Capítulo 1 - 01 - Chuva de Meteoros


Fanfic / Fanfiction Karada no Henka (Naruto-Sasuke Uchiha) - Capítulo 1 - 01 - Chuva de Meteoros

O céu azul e estrelado iluminava todos naquela noite, cada ponto branco que se destacava no azul escuro e intenso, a Lua fazendo o mais belo trabalho de iluminar a todos enquanto o sol não aparece. Já era mais de 19:00 da noite e um pequeno grupo com quatro adolescentes curtiam juntos a espera do espetacular show de meteoros.

- Sabe que sua mãe vai reclamar né? - perguntou uma loira encostada na parte da frente de uma camionete vermelha -

- Ela não vai estar em casa pra dizer alguma coisa sobre - respondeu a outra garota que estava deitada no capô da camionete -

- Não seja careta Tema, a gente já fez coisa pior - falou um moreno aproximando-se enquanto abria uma lata de cerveja -

- Só estava avisando porque agora... - a mesma pega a latinha da mão do garoto dando um enorme gole no líquido -

A risada da outra menina ecoou pelos ouvido dos amigos enquanto o um dos garotos de cabelos castanhos tentava roubar ou pegar novamente a cerveja que lhe foi tirado. Um ruivo um pouco mais baixo que o outro menino apareceu e se juntou a loira que estava deitada no carro.

Lhe estendeu uma latinha e ambos brindaram antes de abrir e começar a beber.

- Ainda não entendo como tem coragem de fazer isso - falou Temari se juntando aos outros que riam um pouco da situação da amiga que estava com a roupa um pouco molhada de bebida -

- Ele não tem medo da morte - Naomi apontou pra Kankuro que ria negando com a cabeça -

- Fala sério eu vou chegar fedendo em casa - resmungou revirando os olhos prevendo o sermão que ganharia se seu pai estivesse em casa -

- Eu tô achando que alguém vai se dar mal - zombou a garota de cabelos dourados tingidos de azul que estavam se desbotando aos poucos pela falta de tinta e tratamento -

- E eu só quero ver oque a sua mãe vai dizer se te ver fedendo a cigarro - um sorriso debochado foi dado pela outra que deu de ombros sabendo que provavelmente sua mãe nem em casa estaria -

Desligou-se da conversa que estavam tendo para apenas admirar a paisagem. O grupo dirigiu até uma parte da montanha que levava a um templo, eles encostaram o carro na pista que dava toda a visão da cidade. Os inúmeros pontos brilhantes das luzes acesas nas casas das pessoas, as vezes viver no interior do Japão era muito entediante para adolescentes como eles.

Naomi Senju filha de uma das melhores médicas que tinha, sua mãe viajava muito e provavelmente não paravam em casa, cuidava de hospitais em diferentes lugares e um deles ficava em Tokyo. Tsunade Senju morava no interior em busca de ficar mais próximo a sua família, seu avô e tio enquanto administrava de longe o hospital que ficava na capital do Japão.

Muitas vezes o uso do cigarro que a menina usava era briga entre as duas, já que sua mãe entendia o quão mal a saúde aquilo fazia, mas nada mudava. Não era como se a menina fosse viciada, ela usava algumas vezes, nada demais.

Seus pensamentos foram para seu pai, ele sim morava em Tokyo, bem no centro da cidade, era um escritor bastante admirado, Naomi ja leu seus livros, quando ganhou de aniversário de 15 anos um deles sua "velha" quase o queimou já que a classificação era pra maiores de 16 anos. Jiraya era o tipo de homem que Tsunade nunca se envolveria, mas era amigos e muito jovens, acabou que ela engravidou em uma noite de bebedeira e como não iria tirar a chance daquela criança de nascer decidiu criá-la, o mesmo até ofereceu participar mas foi expulso pela loira.

Ela gostava do seu pai, ele era um homem um pouco liberal com algumas coisas, mas acabava que sabia pouco sobre ele já que o mesmo nunca passou muito tempo em sua casa, foram apenas algumas viagens quando a menina tinha seus 14 anos de idade.

Agora com seus 18, terminando o 3 ano do ensino médio prestes a se libertar do "inferno", como a menina o chamava, iria depois mudar-se para a casa de seu pai.

- Olha - apontou Gaara, um três irmãos No Sabaku, eram os melhores amigos da Senju -

Todos os quatro olhavam o céu admirando a chuva linda de meteoros que caia. A azulada soprou um pouco da fumaça do cigarro de menta olhando vislumbrada aquele espetáculo natural que o próprio universo proporcionava.

...

Em um lugar distante do interior um menino olhava os céus sozinho na varanda de seu quarto, era silencioso e bastante calmo. As luzes brilhantes que faziam quando os meteoros atingiam a atmosfera terrestre eram um palco perfeito para o moreno que usava uma câmera para tirar fotos da bela chuva que acontecia.

Poderia muito bem estar curtindo esse momento com seus amigos, tinha sido convidado por eles, seria muito bom não passar esse momento apenas no escuro e no silêncio, mas acabava que preferia ficar sem ninguém por perto e longe do barulho.

Curtindo o momento para tirar as fotos e depois colocá-las em algum lugar para marcar o momento. Gostava de fazer aquilo, tirar fotos era como sua paixão, tinha câmeras de todos os estilos e sua predileta era a câmera polaroid.

Suspirou encostando no pequeno muro do prédio, morava em um condomínio alto junto ao seu irmão. Ele apenas vivia com Itachi que tinha 22 anos e era integrante de uma banda famosa chamada Akatsuki, era meio difícil viver com alguém famoso, ou conhecer alguém assim já que na escola muitas pessoas se aproximavam dele pelo seu irmão. Parou de viver com os pais quando o irmão finalmente conseguiu instabilidade, digamos que ele não tinha uma boa relação com o pai.

Seus olhos ônix refletiam o brilho com clareza, até que alguns entendiam o porque de quase todas as meninas de sua sala terem uma queda por ele, sua beleza era algo peculiar, como seu melhor amigo lhe chamava, mais parecia um vampiro.

Ouviu o som de seu celular tocar e entrou no quarto novamente o atendando, acabou ouvindo o som alto como se uma festa estivesse acontecendo.

- Oe, Sasuke ainda tem chance de vir - avisou a voz estridente do outro lado, seu melhor amigo, Naruto -

- Já disse que não dobe' - falou com sua típica voz de tédio, barulho não era algo que apreciava -

- Sakura esta aqui, seria bom se viesse - tentou mais uma vez, sinceramente o moreno não entendia o porque dele falar sobre a menina de cabelos rosas, a única coisa que aconteceu entre os dois foi um simples selinho quando mais novos -

- Não fode Naruto, não vou e sabe muito bem que eu não ligo se ela está aí - disse rispido desligando o celular na cara do amigo -

Já era cansativo aturar todas aquelas loucas atrás de si, Karin era a pior, e ainda mais a Sakura, o mesmo apenas a considerava uma amiga muito boa. Sakura Haruno era muito perfeita na sua opinião, usava roupas claras e seu cabelo era pintado de rosa sempre retocado.

Não ia mentir, a amiga era bonita mas nunca faria seu tipo, perfeição o irritava, gostava de garotas mais animadas, livres que não precisavam seguir o padrão, talvez fosse seu lado adolescente rebelde que queria encontrar alguém como ele falando... mas não se importava muito.

Arrumou um pouco a bagunça de seu quarto e rapidamente tirou a blusa jogando-a na cama de qualquer jeito e ligou o ar-condicionado. Se cobriu com o edredom e fechou os olhos apenas querendo dormir, aquele dia tinha sido muito chato pra ele.



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...