História Karai e Miwa - Capítulo 4


Escrita por:

Postado
Categorias As Tartarugas Ninja
Visualizações 18
Palavras 860
Terminada Não
LIVRE PARA TODOS OS PÚBLICOS
Gêneros: Ação, Aventura, Romance e Novela

Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas do Autor


Meu filho,
não vá pela vereda dessa gente!
Afaste os pés do caminho que eles seguem, pois os pés deles correm para fazer o mal,estão sempre prontos
para derramar sangue. 

Provérbios 1:15-16

Capítulo 4 - Pés apressados !


Fanfic / Fanfiction Karai e Miwa - Capítulo 4 - Pés apressados !

Se realmente existe alguma comprovação da alma, esta não está nos olhos ,mas sim nos pés .Veja bem ! São eles que nos leva para os desiguinos dos nossos corações e mesmo que mentissemos para os olhos ,boca e mente para com os pés temos que dizer a verdade,pois cada passo é uma decisão , um pacto com o futuro e para cada passo uma conseguencia .

Uma vez que se escolhe entrar no clã do pé não existia volta ,mas.... e nascer dentro do clã ? O nascimento é o primeiro passo da vida ,imaturo ,inesperiente mas ainda assim um passo ,uma escolha, uma conseguencia .

Não existe volta ,não existe dúvida ,só existe o destino .E hoje o destino decretou a morte de um fantasma ,o fantasma da selva.Ele já havia provocado inúmeros prejuízos aos subordinados de karai na América do Sul.Um grupo de ninjas com orgulhosos 200 soldados ,tinha seu número reduzido para 30 em exercício ,100 debilitados e 70 inválidos dentro do prazo de um mês .

-Para um fantasma...até que seus punhos são bem sólidos ! -exclamou karai na barraca dos feridos em seu acampamento.

-Sim ,filha do mestre ,este fantasma tem nos encomodado e muito ,neste ritimo nao cumpriremos a missão de seu pai-respondeu seu general.

-Se tivessem me ouvido e não roubassem os moradores não teríamos este problema -reprendeu Karai- ele só os está protegendo e devolvendo os seus pertences 

-Roubar é da natureza do clã ,não sobrevivemos por doações minha líder .-retrucou o general .

-Sabe muito bem que viemos com provisões para durarem a mais de 4 meses-disse karai com impaciência e desprezo -A sua natureza me força a pedir ajuda ao meu pai e eu odeio pedir ajuda a ele .

-Entao não peça-disse o general com clareza - vamos organizar uma caçada a este fantasma tão estupendo; é só me dar a ordem que eu irei ,tenho planos de...!!

-Nao !!! -interrompeu Karai-Eu mesma vou mata-lo e caso ele seja mesmo um fantasma encontrarei seu corpo para queima-lo.Estou farta da sua incompetência .

-A senhora acredita em fantasma ?? Disse em uma risada irônica .

-Claro que sim meu general -respondeu Karai-Por acaso você ainda não percebeu que já é um homem morto ? 

-Nao faça ameaças que não possa cumprir !Os soldados me seguem e ...

-Todos os soldados fiéis a você estão  a nossa frente ,inválidos ou debilitados.Os trinta que restão são da minha guarda pessoal e eu só não te mato agora porque não quero perder mais homens .Agora me deixe em paz ,eu tenho um fantasma pra matar .

-Sim minha líder ,como quiser ! -Disse o general se retirando.

Passada uma hora se preparando em sua tenda  karai se lembrou da família que andava ajudando ,cujo o pai e marido ela havia arrancado.Resolveu fazer algumas doações a eles antes de embarcar em sua caçada.Levou Pães ,remédios e alguns doces.Deixou tudo em frente da janela das crianças e enquanto admirava elas abrirem sua cesta de longe, karai por intermedio da leitura labial entendia o que diziam "Mae !!! O fantasma da selva nos visitou de novo"-"Oh!! Meus filhos ele não é um fantasmas mas sim um anjo "-"TALVEZ SEJA O PAPAI "-"SIM,meus amores ,talvez seja o papai"

Karai sentiu uma lágrima brotando mas foi surpreendida com uma voz ao fundo."Então é você o fantasma da selva !?"virando rapidamente ,temendo ser seu general,karai exclamou-Apareça !!!

-Nao vai querer que eu faça isso -Disse a voz - Eu não sou feio, mas certamente você não me entenderia.

-Quem é você ?? O que quer ?Covarde sem honra ! -Gritou karai.

-Já me chamaram de Fantasma,yokai ,kappa ,mutante...pode escolher !Eu quero que deixe estas pessoas em paz ,kunoichi.

-Minha missão e luta não é contra eles ,mas contra Hamato yoshi então vá em paz kappa ,eu não irei importuna-lo.

-Hamato Yoshi ? O que ele fez pra você ? 

-Ele nasceu -respondeu karai -meu mestre o quer morto ,por isso estou aqui para montar uma base no ocidente para procurá-lo 

-Nao devia buscar a morte de alguém que não conhece.

-Revele-se kappa ! Quero vê-lo ! 

-Nao ! Eu não me aproximo de pés apressados para derramar sangue.No entanto ,quero sua palavra de  que cuidará das pessoas desse vilarejo ,vi o que fez com aquela família ,se disser que nao permitirá mais roubos de seu clã eu confiarei em você .

-Tem minha palavra Fantasma-disse Karai em tom de negociante ! Após nada mais poder ser ouvido dentre as árvores,Karai retornou ao seu acampamento.

No meio do caminho ,karai tinha pego o coração de uma tartaruga que havia visto.Pisando no acampamento ,lá estava seu general correndo em sua direção para lhe questionar sobre a morte do fantasma,antes mesmo dele poder abrir a boca ela o sufocou  com o coração do repitil,o enfiando em sua garganta.

-Diz a lenda meu general-karai olha nos olhos de seu general-,que se você morrer engasgado por um coração ainda batendo de algum animal você reencarna como um Kappa de aparência igual a dele  .Considere uma honra por eu estar te matando com o coração de uma tartaruga ,pois não existe outro animal que eu admira mais do que uma.

Todos do clã do pé reverenciavam a filha do Destruidor na quela noite.Ninguem mais desafiou suas ordens .











Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...