1. Spirit Fanfics >
  2. Katsuki Bakugou: A nerd maldita >
  3. O Teste de Individualidades

História Katsuki Bakugou: A nerd maldita - Capítulo 4


Escrita por:


Notas do Autor


Oii gente, voltei!
Aqui está mais um capítulo para vocês, espero que gostem! ❤️

Capítulo 4 - O Teste de Individualidades


Fanfic / Fanfiction Katsuki Bakugou: A nerd maldita - Capítulo 4 - O Teste de Individualidades

S/N Pov's

Mina e eu tínhamos acabado de colocar nossos uniformes de educação física e então saímos do banheiro feminino e fomos em direção ao pátio, onde Aizawa-sensei mandou todos se encontrarem após nos trocarmos. Assim que chegamos lá avistamos Kirishima ao lado de Bakugou, Kaminari e Sero conversando entre eles, então fomos de encontro com os rapazes.

Não demorou muito para que o sensei aparecesse e começasse a explicar o que aconteceria ali. De acordo com ele, seria um Teste de Avaliação de Individualidade, onde todos nós faríamos oito testes para testar nossas habilidades.

- Bakugou. - chamou Aizawa-sensei direcionando o olhar para o rapaz - Você terminou em primeiro lugar no exame prático, certo? - fez uma pausa - No fundamental, qual foi o seu melhor resultado no arremesso de softbol? - concluiu ele.

- 67 metros. - respondeu o loiro entediado.

- Então tente fazer com a sua individualidade agora. Você pode fazer o que quiser contanto que fique dentro do círculo. - falou o sensei entregando a bola para Bakugou que foi em direção ao círculo.

- Bem... - disse o rapaz enquanto alongava um de seus braços e se posicionava para arremessar a bola - SHIINEEE!! - gritou o garoto enquanto fazia uma enorme explosão arremessar a bola para longe.

- M-morra? - indago surpresa enquanto observava o rapaz.

- Esse é o meio mais racional de formar o alicerce de um herói. - disse Aizawa-sensei enquanto conferia o resultado - 705,2 metros. - concluiu ele.

- O QUÊ!? - todos indagaram surpresos com o resultado de Bakugou, enquanto o mesmo sorria orgulhoso.

- 705,2 metros? É sério? - questionou Denki surpreso.

- Uau, isso parece tão divertido! Não acha S/N-chan? - diz Mina direcionando o olhar para mim enquanto sorria animada.

- Sim! Mal posso esperar pela minha vez! - digo animada e cerrando os punhos em frente ao peito, com um enorme sorriso no rosto. 

- Hunf, nenhum de vocês idiotas vai conseguir um resultado melhor que o meu! - disse Bakugou apontando para si mesmo num tom rude e orgulhoso, enquanto se aproximava de nós.

- Você não é o único forte daqui, bro! - começou Kirishima - Somos tão bons quanto você! - disse ele enquanto tinha um sorriso determinado estampado no rosto.

- Desculpe Bakugou-san, mas faremos você engolir seu orgulho depois desse teste! - digo determinada encarando o mais alto com um sorriso em meu rosto.

- Quero ver vocês tentarem então. - disse o loiro num tom debochado, mas percebia-se que o rapaz havia ficado animado por conta do nosso desafio.

- "Parece divertido", é? Certo. - disse o sensei com um sorriso sádico no rosto - Pois bem, quem chegar em último lugar nos oito testes será julgado sem potencial e será punido com a expulsão. - concluiu ele.

- Quê!? - indagou alguns alunos surpresos com o que o sensei acabará de dizer.

- Punido com expulsão? Ele pode fazer isso? - questiona Sero direcionando o olhar para Denki.

- Somos livres para fazermos o que quisermos sobre as circunstâncias de nossos alunos. - ele dá uma pausa nos olhando com um olhar assustador - Bem vindos ao curso de heróis da U.A.! - concliu ele se afastando de nós.

As palavras do sensei deixou muitos ali empolgados, inclusive eu. Para muitos, aquelas palavras poderiam ser consideradas palavras para nos desanimarmos ou até mesmo para nos fazer desistir, mas eu não tive essa interpretação, para mim, eram palavras que me empolgava e me deixava mais determinada a dar o meu melhor no teste, não permitirei ser passada para trás. 

- Certo, agora vamos dar continuidade ao teste. - disse Aizawa-sensei interrompendo minha linha de pensamentos - Senhorita Ochako, sua vez. - chamou ele entregando a bola para a garota que não demorou muito para arremessa-lá, recebendo o resultado em instantes. - Infinito. - concluiu. 

- Infinito!? - indagou Mina surpresa, na verdade todos estavam surpresos, até mesmo o loiro explosivo. 

Alguns minutos se passaram e Aizawa-sensei ia chamando um de cada vez, todos os meus amigos já tinham ido, só faltava eu e um certo rapaz de cabelos esverdeados, este parecia estar nervoso desde que o sensei tinha dito que um de nós seria expulso. Eu pensei em ir até ele para dar apoio, mas no momento em que eu ia ir, o sensei o chamou, indicando ser a sua vez. 

- Izuku Midoriya, sua vez. - falou Aizawa-sensei num tom meio rude, entregando a bola na mão do garoto, ele a encarou por alguns segundos e então a arremessou, mas ela não foi muito longe, no momento o rapaz ficou desesperado e sussurrando algo para si mesmo enquanto encarava um de seus braços - Eu apaguei a sua individualidade. - pronunciou o sensei se aproximando do rapaz, fiquei me perguntando o porquê daquilo, não consegui escutar o restante da conversa, mas o Izuku parecia bem nervoso, enquanto o sensei estava assustador, até que ele entrega outra bola na mão do esverdeado e se afasta dele sussurrando algo. 

Então o garoto observa a bola em sua mão por alguns segundos e cerrando seus dentes se posiciona para logo a arremessa-lá, dessa vez a bola voou para longe numa velocidade enorme. Logo ele se vira para Aizawa-sensei e cerra seu punho mesmo com um dedo inchado e digire a palavra para o mais velho a sua frevre. 

- Sensei... Eu ainda consigo me mover! - diz Midoriya com um sorriso no rosto, deixando Aizawa-sensei surpreso e com um sorriso bem estranho no rosto, voltando a atenção ao aparelho em sua mão. 

- 705,3 metros. - concluiu ele mostrando o aparelho para toda a turma. 

- Quê!? - gritou Bakugou impaciente e claramente irritado. 

- Relaxa bro, é só um teste bobo, você ainda é um dos melhores! - falou Kirishima colocando uma de suas mãos no ombro do loiro.

- CALA A BOCA CABELO DE MERDA! - gritou o rapaz praticamente cuspindo as palavras pra fora e quase avançando no ruivo, então decido intervir puxando Kirishima pelo braço, o trazendo para trás de mim. 

- Se acalma Bakugou-san, vai ficar com raivinha só porque o esverdeado ali te passou? - falo num tom debochada, mas com medo da reação do rapaz - Vamos, relaxa! Guarda seu rancor pra quando chegar a minha vez, aí você vai ver o quão boa eu sou! - dou um sorriso um pouco convencida, mas engolindo a seco logo em seguida ao ver a expressão estressada de Bakugou. 

- Tsc, deixa de falar merda sua nerdzinha! - disse o loiro num tom extremamente rude virando o rosto de forma brusca e se distanciando da gente, deixando eu e Kirishima sem reação pela atitude dele.

Quando o ruivo parecia que ia me dizer algo, Aizawa-sensei me chamou indicando ser a minha vez. Então reparo que Bakugou estava a me observar de longe, ele parecia curioso sobre o que eu poderia fazer, não expressava mais raiva em seu rosto, apenas curiosidade, ele parecia analisar cada movimento meu em direção ao sensei. Não vou negar, ter o olhar do loiro sob mim me deixava nervosa, mas não deixaria isso atrapalhar meu desempenho, vou mostrar a ele o quão forte eu sou, e que ele não é o único bom aqui. 



Notas Finais


Bem, eu demorei um pouquinho para postar, mas tá valendo, né? Kkkk
Espero que vocês tenham gostado. E assim que der eu voltarei com o próximo capítulo.
Então até lá se cuidem!
Bjs❤️


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...