1. Spirit Fanfics >
  2. Kenryoku no Keisho - A Sucessão do Poder >
  3. O Reino do Zodíaco

História Kenryoku no Keisho - A Sucessão do Poder - Capítulo 2


Escrita por:


Notas do Autor


Todos os personagens e artes são de minha autoria

Capítulo 2 - O Reino do Zodíaco


Fanfic / Fanfiction Kenryoku no Keisho - A Sucessão do Poder - Capítulo 2 - O Reino do Zodíaco

Não fazia muito tempo desde que A Estrela havia distribuído seus poderes para as sete Entidades, até então conhecidas pelos seus “dons”, Poder, Criação, Bem, Mal, Tempo, Espaço e Sétimo, como assim era conhecida a sétima e última Entidade a receber seus dons, elas não se conheciam, não sabiam o que fazer com o poder que haviam herdado, mas elas sabiam que tinha alguém capas de dizer o que elas precisariam fazer para que o universo, a maior e mais perfeita criação da Estrela, pudesse conter vida e manter-se em equilíbrio, aquele que havia herdado o poder mais incrível e forte, Sétimo é quem os guiaria, então, fez com que a entidade da Criação criasse os Sistemas Solares, depois ordenou que a mesma criasse seres semelhantes a eles, porém mais fracos então ela criou os Deuses, e Sétimo por sua vez deu alguns poderes específicos a cada Deus, em seguida pediu aos Deuses criarem as raças, então a Deusa da Vida junto as Entidades Bem e Mal, criou sete raças, Humanos, Draconianos, vampiros, Anjos, Demônios, Metamorfos e Elfos, satisfeita com sua criação a Deusa da vida decidiu conviver entre elas, porém, um conflito entre as Entidades Bem e Mal acontecia, a Entidade Bem, enfurecida pelo insulto aos Anjos que fora ideia sua na hora da criação, decidiu levá-los com ela a um lugar sagrado longe do Mal, onde eles viveriam em paz eterna, a Entidade Mal por sua vez, levou os Demônios para um lugar onde eles iriam pra sempre lutar e escravizar os mais fracos, era um lugar horrendo, onde nenhuma das outras raças pensavam em pisar lá, esses lugares futuramente ficariam conhecidos como “céu” e “inferno”.

Sétimo então percebeu que nem tudo deveria ser pra sempre, então decidiu trocar o dom da entidade Poder e a transformou na entidade da Destruição para ser a contraparte da Criação e manter tudo em equilíbrio, logo tudo que fora criado por mais de bilhões de anos atrás poderia ser destruído caso necessário pela entidade da Destruição.

Katsuo então acorda no dia seguinte bem disposto, porém faminto, mas o mesmo não perde tempo e começa a arrumar as coisas e em seguida parte atrás de seus amigos em direção ao norte, por estar carregando peso de mais em sua jaqueta, decide levar a espada em suas costas, enquanto caminhava sentia a presença de uma pessoa bem diferente uma pessoa poderosa, mas não dá bola e continua indo ao norte até que encontra um acampamento improvisado, Katsuo imagina que seja os restos deixados por Hideki e Emi, não muito tempo depois ouve um grito de uma garota próximo de onde estava, desesperado corre até lá com medo de que seja a Emi, mas no lugar de sua amiga encontra uma bela garota de cabelo rosa e olhos dourados que estava sendo atacada, sem pensar duas vezes Katsuo preparado para atacar, entra na frente da garota que no momento já estava no chão desarmada.

Antes mesmo que pudesse fazer algo, o homem que atacava a garota desaparece entre as árvores, Então Katsuo vira pra garota e se assusta ao vê-la, pois sentia como se já tivesse a visto antes,

— você está bem?

Diz Katsuo estendendo sua mão a garota para ajudá-la a se levantar

— Sim, obrigada, eu me chamo Mindy...

Diz a garota se levantando com a ajuda dele, Mindy teve a mesma reação ao olhar para Katsuo

— porque aquele homem estava te atacando?

Diz Katsuo um tanto quanto preocupado

— ele era um mercenário, alguém que está tentando invadir meu reino o contratou pra me matar, ele me desafiou a um duelo e eu acabei perdendo...

Diz Mindy secando suas lágrimas

— espera, você é rainha de algum reino?

Diz Katsuo um pouco desconfiado

— na verdade sim, eu sou a rainha do Reino do Zodíaco...

Diz Mindy abrindo um leve sorriso

“Eu sinto que já conheço ela de algum lugar mas...de onde?” pensou Katsuo olhando no fundo dos olhos da Mindy

— e qual o seu nome guerreiro?

Diz Mindy Sorrindo e guardando sua espada

— a-ah pra que tanta formalidade? Meu nome é Katsuo...

Diz Katsuo um pouco corado

“eu...já ouvi esse nome antes...” pensou Mindy assim que ouviu o nome dele

— é um nome bonito, mas venha, te levarei ao meu reino, você parece faminto

Diz Mindy caminhando com o Katsuo

— c-claro, eu acho uma ideia ótima!

Diz Katsuo um pouco empolgado acompanhando ela

Depois de aproximadamente quarenta minutos eles chegam ao Reino do Zodíaco, um reino muito tecnológico e rico, seus prédios eram todos brilhantes como diamante, o Reino do Zodíaco é de longe o reino mais rico de todos, com poucas olhadas e pouco tempo de caminhada se percebia que não existia moradores de rua, todas as pessoas possuíam uma casa e estavam bem de vida, era o lugar perfeito

— woow, esse Reino é incrível mesmo! Nunca tinha visto nada como isso antes

Diz Katsuo extremamente empolgado

— eu sei, todos de fora dizem isso, todos nós do Reino do Zodíaco vivemos bem, temos casa, comida e utensílios de sobra, e nós somos humildes, por mais que não pareça

Diz Mindy enquanto passava enfrente a casa de uma mulher na qual estava dando abrigo e alimento a um viajante pobre de outro reino

— e nossos produtos são os mais vendidos, eles possuem a maior e melhor qualidade de todo o planeta

Diz Mindy levando Katsuo ao castelo, o mesmo era inteiramente feito de ouro

— um castelo de ouro? Isso incrível, e surreal

Diz Katsuo ainda com um sorriso, o mesmo entra no castelo junto a Mindy, a mesma ao entrar no castelo, anda até um de seus serviçais e pede para que sirvam um grande e delicioso banquete, pediu também para que chamassem os outros dois hóspedes para participar e celebrar com o “guerreiro que salvou a vida dela”

— você tem hóspedes aqui?

Diz Katsuo

— sim, como eu disse, somos muito humildes, eu os encontrei não muito longe de onde você me encontrou, estavam com sono e famintos assim como você

Diz Mindy, logo Emi e Hideki aparecem na entrada do castelo que era onde Katsuo e Mindy estavam

— K-Katsuo?

Diz Emi um pouco assustada mas logo fica aliviada

— Emi, Hideki!

Diz Katsuo indo até os dois e os abraçando com um pouco de força

— é tão bom ver você a salvo Katsuo, ficamos um pouco preocupados, mas confiamos em você

Diz Hideki

— vocês se preocuparam a toa, sabem que eu sou um ótimo espadachim!

Diz Katsuo sorrindo

— com certeza você é Katsuo

Diz Emi segurando o riso

Logo após a conversa amigável dos três amigos, o jantar é servido, todos então se sentam sobre a mesa e comem, incrivelmente era a melhor comida que os três já haviam comido, nada se comparava a isso, Katsuo até tenta guardar um pouco da comida em sua jaqueta pra poder comer mais tarde mas é impedido pela Emi que chuta a perna do mesmo

— hm? Uma Jaqueta mágica? Por acaso ela foi feita pelas aranhas do Sul?

Diz Mindy curiosa pra saber como ele conseguiu uma

— sim, as aranhas fizeram, eu consegui essa belezinha aqui do meu irmão mais velho a muito tempo atrás, eu não tiro ela pra nada, só quando vou tomar banho

Diz Katsuo sorrindo e abraçando a Jaqueta

— quando ele diz “pra nada” é pra nada mesmo, não é atoa que ela está fedendo a carniça

Diz Emi comendo bem afastada de Katsuo

— faz sentido, estava tentando entender de onde o cheiro podre estava vindo

Diz Hideki, logo todos se afastam de Katsuo deixando ele isolado no lado esquerdo da mesa, Mindy estala os dedos e no mesmo instante alguns serviçais usando máscaras tiram a Jaqueta do Katsuo e a levam pra lavanderia real

— não se preocupe, amanhã de manhã já poderá usá-la novamente

Diz Mindy terminando de comer, logo após todos terminarem de comer, Mindy ordena que alguns empregados levassem os hóspedes para serem lavados, Katsuo fica um pouco com o pé atrás sobre essa ideia de outra pessoa lavando seu corpo mas logo aceita ao ver o banheiro, o mesmo era gigante com uma banheira que cabia centenas de pessoas e uma televisão gigantesca que mais parecia tela de cinema, a mesma tinha vários programas e seriados incríveis

— isso aqui é o paraíso!

Diz Katsuo sorrindo e pensando que sua noite tinha acabado de começar.

No dia seguinte, Katsuo acorda e sua jaqueta estava dobrada na ponta de sua cama, a mesma estava limpa e com todas as suas coisas organizadas ao lado de sua cama.

— cara, nem lembro da última vez que vi essa jaqueta com um cheiro tão bom

Diz Katsuo que estava cheirando sua jaqueta sem parar

— eu poderia cheirar isso o dia todo!

Diz Katsuo vestindo sua jaqueta que agora estava limpa, logo o mesmo sai de seu quarto se encontrando com seus amigos na sala do trono, Mindy já estava lá e conversando com o conselheiro real, katsuo se esconde pra tentar ouvir a conversa, mas tinha chegado tarde e o conselheiro se retira, logo Mindy senta em seu trono exausta e com uma expressão deprimida.

— você não parece bem majestade...

Diz Katsuo indo até Mindy.

— a-ah eu tô sim, não precisa se preocupar Katsuo, eu apenas estou um pouco cansada e com fome

Diz Mindy se levantando e mudando sua expressão para uma face mais feliz e com um sorriso acolhedor.

— Emi e Hideki saíram a pouco tempo, foram até a feira, queriam ver mais sobre o reino, acho que se você correr ainda alcança eles

Diz Mindy apontando para a porta do castelo.

— ok, vou me encontrar com eles, até mais tarde rainha!

Diz Katsuo correndo e acenando empolgado, ao sair do castelo acaba escorregando e caindo, mas logo se levanta e sai correndo ainda mais rápido com vergonha, em pouco tempo encontra Emi e Hideki que estavam comprando doces.

— ah Katsuo, você está aí, pensamos que ia ficar espionando a rainha em seus aposentos

Diz Emi com uma expressão meio cansada.

— Que!? Porque eu faria uma coisa dessas?

Diz Katsuo ficando muito corado.

— é que ontem a noite você ficava falando “Mindy, Mindy” enquanto dormia, então pensamos que você ia tentar fazer coisas pervertidas com a rainha

Diz Hideki enquanto analisava uma maçã com caramelo, nesse momento Katsuo cai no chão com o nariz sangrando muito.

— eu não tinha imaginado nada, mas agora que vocês falaram

Diz Katsuo com um sorriso malicioso no rosto, Emi não perde tempo e pisa no rosto do Katsuo, olhando pra ele com muito desprezo.

— seu tarado de olhos verdes!

Diz Emi pisando várias vezes no rosto de Katsuo, o mesmo se levanta com o nariz quebrado, mas coloca ele de volta no lugar e se regenera.

— droga Emi! Agora eu vou ter que beber mais sangue pra poder reativar minha regeneração

Diz Katsuo ainda tocando em seu nariz pra ver se estava normal de novo, depois de um tempo os três saem daquela barraca e começam a andar pelo reino olhando as belas praças e moradias.

— ok, acho que agora é uma boa hora pra darmos uma avaliada no nosso plano.

Diz Hideki ficando de frente pra Emi e Katsuo, os mesmos acenam com a cabeça e se juntam a ele.

— Katsuo, o mapa

Diz Emi olhando pra ele com um olhar sério, Katsuo então acena com a cabeça e começa a procurar o mapa em sua jaqueta e percebe que o mesmo não estava mais lá.

— droga! O mapa não está mais aqui!

Diz Katsuo em desespero.

— o que?! Como não está com você?

— eu não sei! Simplesmente não está!

Então Hideki diz:

— ok, tudo bem, não vamos brigar por causa disso, esse não é o único mapa certo? Podemos encontrar outro e chegar até a fonte ainda, isso só vai ser mais demorado do que pensamos

— você está certo Hideki, então de volta a estaca zero

Diz Katsuo um pouco triste, Emi ia dizer algo mas é interrompida pelo conselheiro real acompanhado de dois guardas, o homem então sobe em um dos bancos da praça e chamando a atenção de todos começa a falar:

— atenção, guerreiros e guerreiras de todo Reino do Zodíaco, eu, o conselheiro real tenho o mapa pra Lendária Fonte do Poder Ilimitado!

Katsuo e os outros no momento se assustam mas logo acham que é falso

— vocês podem estar pensando que é falso, mas eu tenho como provar!

O conselheiro então abre o mapa revelando um selo mágico bem raro e único, que era a prova que precisava pra mostrar que o mapa era o verdadeiro.

— é o nosso mapa! Aquele conselheiro safado! Ele me roubou!

Diz Katsuo muito revoltado, Emi então pergunta:

— o que? Como você sabe que é o nosso?

— o nosso é o único que tem o selo Azul!

O conselheiro então volta a falar:

— com a ordem da Rainha Mindy, eu organizei um torneio de gladiadores, no qual o vencedor receberá o mapa como prêmio!

A população começa a aplaudir, Katsuo então começa a olhar atentamente para o conselheiro, o mesmo estava com um sorriso macabro em seu rosto. “ mas que garoto tolo, deixando cair um objeto tão importante! ” pensou o conselheiro, e olhando diretamente nos olhos de Katsuo começa a ter lembranças de algumas horas atrás. Enquanto estava saindo do castelo se depara com Katsuo caindo na porta, ia ajudar mas percebe que o garoto derrubou algo, curioso então, o conselheiro vai até tal objeto e olha vendo que era um pedaço de papel enrolado, ia devolver mas logo sente a magia emanando de tal papel, ao abrir e ver o selo mágico percebe que era um mapa muito importante, o conselheiro então leva até a rainha e a relembra da conversa que teve com a mesma momentos antes do Katsuo entrar na sala do trono, então o mesmo diz que tem a solução e diz que deveriam fazer um torneio de gladiadores, fazendo uma super atração, assim o povo seria mais fácil de controlar, o conselheiro completa dizendo que é como a política do pão e circo, a rainha então aceita tal ideia e permite que o conselheiro organize tal evento. Voltando ao presente, Emi e Hideki estão segurando Katsuo pois o mesmo queria avançar no conselheiro e pegar o que é seu por direito.

— para com isso Katsuo, não vamos bater nele na frente de todos, isso vai pegar mal pra gente, nós vamos jogar conforme as regras, nós vamos participar do torneio!


Notas Finais


Opa e aí, depois de muito tempo mesmo, mais de 1 mês sem postar, eu postei um novo capítulo, espero que gostem :3 s2


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...