História Keopi Dream - Imagine Yuta - Capítulo 2


Escrita por:

Postado
Categorias EXO, Neo Culture Technology (NCT)
Personagens Baekhyun, Chanyeol, Chenle, Jaehyun, Jaemin, Jeno, Jisung, Johnny, Lu Han, Sehun, Taeyong, Ten, Winwin, Yuta
Tags Chenle, Imagine Yuta, Lucas, Taeyong, Winwin
Visualizações 35
Palavras 1.954
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 14 ANOS
Gêneros: Comédia, Crossover, Festa, Romance e Novela, Shoujo (Romântico)
Avisos: Álcool, Heterossexualidade
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Gente foi mal a demora, e obrigada pelos favoritos ❤
Desculpas os erros, fiz pelo celular, que é uma bosta 😅

Capítulo 2 - Keopi Dream - Lindo, porém babaca


dia seguinte...
Yuta e o primeiro a chegar na cafetaria, ele abriu ea porta com as chave.

Entra e vai para trás do balcao,  coloca seus fones e começa  a mecher em seu celularar enquanto ouvia musica,esperando sua irmã e seus amigos
Yuta estava tão concentrado em seu celular que não viu e nem ouviu Taeyong e Lucas abrindo a porta.
Lucas - E aí japa! - Lucas espalha o cabelo do japonês, que lhe lança um olhar mortal - Sorry
Taeyong - Vamos para os vestiário, Lucas - Taeyong empurra Lucas 
Yuta tira seus fones e vê sua irmã  atravessando a rua.
Yuri - Oi mano - Entra no local com um sorriso - Queria te falar uma coisinha. ..
Yuta - lá vem bomba
Yuri - Eu tenho que fazer um trabalho da faculdade....
Yuta fez sinal para que ela continuasse
Yuri - E eu vou  ter que fazer amanhã ,na casa da minha dupla
Yuta - Essa sua dupla, menina ou menino? - Perguntou sem a olhar.
Yuri-  Menino -Disse
 baixinho,fazendo seu irmão mais velho a olhar.
Yuta - É o que ? Fala mais alto menina !
Yuri o olhou e disse
Yuri - Eu vou ter que ir na casa da minha dupla,  que é um garoto....
Yuta - Ahh tá! Pode ir - Diz deixando ela surpresa
   Yuta sempre foi um irmão ciumento e protetor.
Na escola ,ele não deixava ninguém ficar com ela, mas Yuri sempre conseguia ficar com alguns garotos,escondido, è claro!
Yuri - E sério isso ? - Perguntou
Yuta - É sério....Eu percebi que  não deveria ter  me metido na sua vida , na época da escola , então prometi a mim mesmo que não iria interferir na sua vida.
Yuri foi até ele rapidamente, o abraçou forte, quase deixando ele sem ar
Yuri - Obrigada !
Yuta - De nada,agora me solta - Diz e ela desfaz o abraço -Mas tem uma condição.
Yuri fez bico , e Yuta começou a falar a condição.
Yuta - Se for fazer coisinha com essa sua dupla, por favor use camisinha
Yuri - Yuta !- Deu um tapa no braço dele, Yuta fez uma careta de dor - Apesar dele ser o garoto que eu gosto não vou fazer esse tipo de coisa.
Ela diz isso exatamente na hora que WinWin e Chenle chegam.
Chenle - Chefinha tá amando ?- Pergunta sorrindo
WinWin - Será que é quem eu tô pensando? E o...- Yuri coloca a mão na boca de WinWin,  o impedido  de falar.
WinWin tira a mão dela , abre a boca para falar de novo mas começa a levar tapa em seus braços.
Chenle - Isso nem faz cócegas ,da logo um soco nele, noona - Diz rindo dos dois.
WinWin - Você é um belo amigo ,hein.
Chenle - Fico do lado de quem me paga, ainda apor cima muito  bem - Diz indo para o vestiário.
Lucas e Taeyong já vestidos com o uniforme de mordomo, perguntam o porque de Chenle estar rindo tanto.
Taeyong -  O que vocês fizeram  para o golfinho abrir a boca ? - Diz e vê Yuri e WinWin bringando como duas patricinhas.
Lucas - Eu aposto na Yuri - Grita animado -Time Yuri!
Yuta já sem paciência,  vai até os dois, pega os dois pela orelha .
Yuri - Ai! Me solta Yuta.- Reclama, com um bico .
Os outros apenas riam da situação
WinWin - Você vai rasgar minha orelha ,Hyung!
Chenle chega, e começa  a rir.
Chenle - Você vai alargar as orelhas de morcego do WinWin. - Comentou rindo.
Yuta - Vão parar ? - Perguntou aos dois,que ficaram falando "sim "várias vezes
WinWin - Finalmente - Disse assim que Yuta soltou sua orelha - Você é do mal,Hyung.
Yuta - Estou apenas educando vocês,  eu sempre fiz isso desde que nos éramos pequenos.
Por ser mais velho,Yuta sempre cuidou de Yuri e WinWin,  o chinês e amigo de infância dos irmãos, sempre estava junto com  eles.
Agora Yuta com  21 e Yuri e WinWin com 19, trabalham juntos.
Eles nunca iriam se separar, afinal são melhores amigos desde a infância.
 
WinWin e Yuri estão na faculdade ,  ele faz dança e ela faz artes cênicas.
O Yuta já terminou a faculdade,  ele  fez dança  por quatro anos, agora as tá trabalhando no café,  já que sua mãe está doente.
Chenle - Que dureza, crescer com Yuta deve ter sido bastante duro - Disse.
Yuta - É o que ?
Chenle - Não disse nada ,chefe - Disse escondendo suas orelhas com suas mãos.
(...)
Taeyong - Aigoo, estou tão cansado! - Disse suspirando.
Yuta - Do que ? E eu aqui que fiquei cozinhando.
Taeyong - E que eu tive que jogar Just dance várias vezes com as clientes.
Yuri - Tadinho
Chenle - As vezes eu tenho inveja do Taeyong por ser tão famoso entre as garotas, mas  também tenho pena, pobre Hyung.
Yuta - Preciso de mais garotos, se tivermos mais opções isso não deixaria você tão cansado.
Yuri - Segunda eu vou ver na faculdade se alguém quer trabalhar aqui, tem um monte te garotos bonitos na faculdade.
WinWin - Incluindo o Jaehyun,né Yuri - Provocou a mais nova.
Lucas - Eu sugiro que você cale a boca ,antes que seja morto pela Yuri.- Aconselhou o amigo.
Yuri - Melhor ouvir o Lucas,  se não já sabe - Disse  juntando dois dedos, como uma tesoura.
WinWin engoliu em seco, e não falou mais nada,depois do gesto.
Yuta - Quem é Jaehyun ?
Taeyong - E o garoto mais pular da faculdade, todas as meninas são loucas por ele, Jaehyun e como um príncipe,  e sempre educado com elas.
Lucas - Ele se daria bem no trabalho, eu posso falar com ele se quiser, ele é meu amigo.
Yuta -Hmmm,  faça isso, se ele aceitar eu só vou precisar de mais três?
Chenle  - Quer contratar quatro?
Yuta - Sim, eu preciso de dois da sua idade Chenle , e os dois  mais velhos, como o Jaehyun.Eu estou pensando em abrir o café de manhã,  então eu preciso de garotos que estudem a noite , assim vai gerar mais lucros.
Yuri - Verdade! Durante  as férias, sempre temos muitos lucros.
Yuta - Se eu contratar mais pessoas, vocês poderão ter férias,  o que acham?
WinWin - Eu acho uma boa !- Diz animado.
Chenle - Umas férias seria bom - Disse , é Lucas e Taeyong concordaram .
Taeyong - Nos podemos postar no Facebook e no instagram que estamos precisando de garçons.
Yuta - É também de cozinheiros, eu descobri que o Chinhwa  não estava doente, ele tinha ido para uma festa,então eu o demeti , e  o Kwan se demitiu, porque recebeu uma proposta de emprego.
WinWin - Aigoo,que coisa hein.
Chenle - Vai ficar tudo bem,logo teremos cozinheiros.
Yuta - É!  Agora vão se trocar, amanhã e sábado,  vão dormir bem cedo,que eu quero vocês aqui as 11 da manhã
Taeyong - As 11 ? Não é as 9 que nos abrimos geralmente aos sábados?  - Perguntou confuso .
Yuta - Sim, mas eu vou fazer uns negócios amanhã.
WinWin - Que tipo de negócios?
Yuta - Do tipo que não lhe diz a respeito.
WinWin - Nossa,grosso!
Yuta - Eu sou um amor de pessoa .
Yuri - Vamos parar né?   temos que ir para casa ,já são 7:30.
Os meninos foram se trocar, Yuri se aproximou do seu irmão.
Yuri - Você vai falar com ele ?
Yuta - Vou..
Amanhã Yuta iria tomar café com seu pai, que tinha se separado de sua mãe há  3 anos,por conta de  uma traição da parte dele.
Yuta e Yuri ficaram com muita raiva ,não quiseram ter contato com ele.
Yuri - Não acho uma boa idéia.
Yuta - Ele insistiu muito, já não estava mais aguenta as ligações dele, não dá para ficar rejeitando
Yuta era o mais apegado ao seu pai, os dois se davam muito bem.
Yuri - Esta bem - suspirou - Boa sorte ,mano - Disse indo para o vestiário feminino.
(...)
 P.v.o Yuta
Já são 9:30, e eu estou estou aqui,  em uma cafetaria, esperando o meu...pai.
        Já faz tempo que eu não o chamo de pai.
- O senhor vai querer mais alguma coisa? - A garçonete perguntou, com olhar malicioso.
Sinceramente, já estou me irritando com ela.
Antes dela me atender , os botões da sua camisa estavam fechados,agora estão 3 abertos, quase revelando....
Se insinundo para um cliente, por que ela está trabalhando aqui,e não em um prostibulo?
Yuta - Um cappochino - Disse simples,  e ela se virou , e foi rebolando até o balcão.
- Oi - uma voz grossa atraiu minha atenção,  levantei meu olhar para o dono da voz,vendo meu pai.  - Esperou muito tempo? - Perguntou  se sentando.
Yuta - Não - Digo e a garota vem até a mesa, com o meu pedido.
- O que vai pedir senhor ? - Perguntou para o meu pai, que pediu um café - Eu já trago.
Sro. Nakamoto - Ela estava de dando mole filho -Disse assim que ela saiu - Ela combina com você.
Yuta - Não tenho interesse  nesse tipo de garota.- Disse tomando o cappochino
Sro. Nakamoto - E qual seria o seu tipo?
Yuta - Uma garoto  que não tenha interesse na minha aparência, e sim na minhas qualidades. Não sou igual a você, que teve interesse em uma secretaria,que apenas queria  o seu dinheiro.


Sro.Nakamoto - Essa doeu - Disse olhando para baixo - Mas saiba que eu mudei.
Yuta - Hmmm.
Sro.Nakamoto - E sobre isso que eu queria falar...Eu conheci uma mulher já faz dois anos que estamos juntos, e eu vou me casar com ela.
Yuta - Você o que ?! - Gritei  me levantando.
Sro.Nakamoto - Isso mesmo que você ouviu, eu vou me casar, com aquela mulher - apontou para alguém atrás de mim.
Me virei vendo uma mulher de vestido branco,com seus cabelos pretos soltos,com um sorriso, vindo até nos .
 - Eu sou - Eu a inteterrompo .
Yuta - Eu vou embora - pego minha carteira, deixo uma nota  de 50$ , e vou embora.
Ouvi gritos do meu pai, mas nem liguei.
Estou com raiva,tristeza, tá tudo misturado.
Sinto meu corpo se chocar com algo, vejo então uma garota,  caida sentada no chão.
- Você é cego ? - Gritou .

P.V.O  S/N
S/n - Você é cego ? Gritei,sentido dor.
- Você que esbarrou em mim - Disse irritado.
   Eu estava mecheendo no celular, meio que e minha culpa, mas e dele tambem, ele não me viu.
S/n- Você que esbarrou e mim - Disse me levantando, irritada.
De pé,  pude ver melhor seu rosto.
- Eu sei que sou bonito mas não precisa ficar encarando - Passou por miim.

Realmente ,ele é lindo,mas o que tem de lindo tem de babaca.
  Que coisa,eu hein! Parece eu quando tô de tpm.
Sinto meu celular vibrar , pego e vejo que é uma mensagem da minha mãe.
Abro o WhatsApp,  leio a mensagem em voz alta.
S/n - " A conversa com o filho dele não foi muito bem, nos já saimos do café, não precisa vir mais"
Aigoo, eu estava quase chegando, se não fosse esse filho da mãe, eu poderia ter pegado carona com o meu futuro padrasto.
 Pois é, eu o conheci pessoalmente  ontem,  eu já tinha falando com ele por telefone e vídeo chamada,  ele é uma pessoa bem legal.

Bem, já é que eu estou aqui, eu vou no café daquela garota que me ofereceu o emprego, eu acho que eles devem estar aberto.

                

 






 


Notas Finais


Comentem se estão gostando,por favor ❤
Desculpas os erros...


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...